Natalie em Jonville, com direito ao Bolshoi

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Bolshoi em JoinvilleVocê sabia que o Festival de Dança de Joinville é o maior do mundo? Eu também não. Sou soube disso ao ler a introdução do primeiro post da viagem da bailarina-blogueira Natalie Marvila, a outra metade dos Cozinheiros de Primeira Viagem, para realizar um antigo sonho de assistir ao festival.

Enquanto as amigas aproveitaram uma folga para fazer o passeio de barco pela baía Babitonga até São Francisco do Sul, ela foi fazer uma peregrinação até a sede da filial joinvilense do Balé Bolshoi, onde acontece uma visita guiada (é preciso agendar por email; ela explica).

Entre um espetáculo e outro ainda deu tempo de dar um rolezinho básico pelo centro histórico e de visitar um museu arqueológico. Vale a pena dar uma olhadinha no blog: Joinville fica a apenas 120 km de Curitiba, no caminho para o litoral de Santa Catarina; é um ótimo pit sop para quem está descendo de carro.

Leia no Cozinheiros de Primeira Viagem, por Natalie Marvila:

Bolshoi no Brasil -- e outras atrações de Joinville

Jonville: o Museu Arqueológico do Sambaqui


21 comentários

Natalie
NataliePermalinkResponder

Poxa, você não imagina como é bacana passar por aqui e dar de cara com nosso bloguinho na home do VnV. Fiquei muito feliz smile Obrigada!

Cristina L
Cristina LPermalinkResponder

esse passeio da baía de Babitonga é IMPERDÍVEL!!!

Na vila da Gloria, do lado de lá, come-se frutos do mar fresquinhos e muito, muito camarão de tamanhos incompreensíveis (na época) e preços super justos. Um dia fui no final da tarde e pegamos a última balsa para voltar, bem de noite. Pois não é que a região é tão limpa que dá para ver bioluminescência na água, à medida que o barco vai abrindo espaço?

Morei em São Bento do Sul e estudava em Joinville. Depois da aula da pós, no sábado, íamos comer frutos do mar bem pertinho da Sociesc, no Iate Club de Joinville - um lugar super agradável também.

Eu adoro Joinville - outra cidade facinha, facinha para eu ir morar!

Senzatia
SenzatiaPermalinkResponder

Muito bacana ver a divulgacao da minha cidade (mesmo nao morando mais lá, vai ser pra sempre minha cidade!) no VnV! Nós temos, além do Festival de Danca, a Festa das Flores em novembro, que também é bem famosa e visitada! Este ano a festa será entre os dias 12 a 16 de Novembro de 2010 e aqui vai o link para maiores informacoes: http://www.festadasflores.com.br/
E vale a pena passar sempre no blog da Natalie, eles tem sempre um post divertido e sobre um tema interessante pra gente ler! smile

Denise Mustafa

A Nat é nossa bailarina viajante. Sempre com coisas boas pra falar do mundo do ballet!

Oscar
OscarPermalinkResponder

Legal ver um post falando sobre Joinville.. A cidade que minha mãe mora e que vivi boa parte da minha vida!! O Festival de Dança de Joinville é super tradicional mesmo!!

Além do Festival Joinville tem várias atrações legais de se conhecer!! Além das recomendações da Natalie.. Recomendo alguns outros lugares..

Mirante da Cidade no Morro do Boa Vista, no qual em dias de tempo bom é possivel ver tanto a Serra do Mar, quanto a Baia da Babitonga e São Francisco do Sul.

Uma das coisas que mais gosto de fazer quando estou em Joinville é explorar seu turismo rural.. Existem vários roteiros super bacanas no contra pé da Serra do Mar como a Estrada do Rio Bonito ou a do rio do Júlio.

Não existe nada melhor no verão de Joinville do que ir tomar um banho de Rio no Quiriri ou no Piraí.

Um Passeio bem legal de se fazer também é subir a Serra Dona Francisca até a cidadezinha de Campo Alegre (Estrada do Rio do Julho fica no meio do Caminho)...

Por fim não posso deixar de falar das delicias culinárias da cidade. Principalmente os bolos e as tortas da Panificadora São José a Confeitaria XV.

Mas meu restaurante favorito fica em Pirabeirada (Distrito de Joinville) e se chama Gute Küche, eles tem um marreco recheado delicioso.. Ai que fome que deu...

Natalie
NataliePermalinkResponder

Já tenho ótimas dicas para aproveitar quando eu voltar o ano que vem smile

Oscar
OscarPermalinkResponder

Se precisar de mais dicas de como chegar etc.. so falar grin

Wander
WanderPermalinkResponder

SC sempre linda ! Joinville bela. São Francisco do Sul, 3ª cidade mais antiga do Brasil, tem um centro histórico tombado e o Museu do Mar http://www.museunacionaldomar.com.br, com a sala Amyr Klink e a histórica embarcação em que Amyr cruzou o Atlântico em cem dias.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

AdOOro as aventuras da nossa bailarina !!

Ermesto, o pato

Tem também o passeio de trem a vapor em Rio Negrinho, o maior passeio em trem a vapor que ainda roda no Brasil, e que fica a uns 100km.

O cruziero para São Fransisco do Sul, bela Cidade colonial, também é recomendável.

Marcie
MarciePermalinkResponder

Uia...ninguém percebeu que faço figuração neste post? wink

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Que legal Marcie !!
É verdade .. adorei smile

Oscar
OscarPermalinkResponder

Eu ate pensei comigo.. O que esta fazendo essa foto ali?!?! Mas resolvi deixar quieto grin

Legal!!

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

smile smile
Nat e Marcie dancando!!!

Natalie
NataliePermalinkResponder

A Marcie foi dar uma voltinha comigo lá no Sul grin

Lena
LenaPermalinkResponder

smile Acho que a Natalie tem carregado esta foto d Marcie pra cima e pra baixo, como o anãozinho da AMelie Poulin! wink

Os posts, vídeo-posts, receitas e geek-dicas do Sundaycooks são ótimos! smile

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Meu nome é Cristina e lamento ter ficado apenas 20hs a trabalho em Joinville wink

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Morei em Joinville por 5 anos, e guardo muito boas lembranças.

Vale a pena seguir as dicas que o Oscar deu num post acima. Especialmente o marreco recheado do Gute Küche, é inesquecível...

Outro passeio legal é visitar o Museu da Imigraçao. Este fica no prédio construído para abrigar Dona Francisca de Bragança (irmã de D. Pedro II) e seu marido, o Príncipe de Joinville (filho do rei da França). Infelizmente os príncipes nunca se hospedaram lá...

A colônia alemã surgiu após a venda das terras da região, que pertenciam ao dote da Dona Francisca, à uma companhia de imigração alemã. O nome da colônia passou a ser Dona Francisca, em homenagem à princesa, e mais tarde a cidade passou a se chamar Joinville, em homenagem ao príncipe.

No museu existem artefatos, móveis e fotos dos primeiros colonizadores.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Como combinar uma viagem de quem mora em São Paulo, vai à São José do Rio Preto e de lá para Joinville! Com marido, uma criança de 10 anos e outra de quase 2 anos, de carro, em janeiro (03 a 14/01/2015), logo após o Reveillon? Quais seriam pontos de parada interessantes? Qual seria o melhor roteiro?
Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Inês
InêsPermalinkResponder

Olá Daniela! Eu sou de São José do Rio Preto e tenho um filho que estuda em Joinville. Fui várias vezes para lá de carro nesta época do ano que você está indo. Em janeiro deste ano ficamos uns 10 dias por lá. O trajeto que sempre fazemos começa pela BR 153, passamos em Marília, Ourinhos, Ponta-Grossa, Curitiba, Joiville. O caminho não é ruim, porém tem um bom trecho de pista simples e acaba sendo cansativo. As rodovias são boas. Porém tem poucas opções de paradas, digo restaurantes grandes e bons, mas dá para quebrar um galho. A região de Joiville é bem gostosa para passear. Tem bastante coisa perto que dá para fazer bate e volta. Quando vamos para lá, ficamos em Joiville como base (no apartamento do meu filho) e de lá passeamos pela região. Um passeio à cada dia. Dá para ir ao Beto Carrero, Blumenau, Piçarras, São Francisco do Sul, Brusk (para fazer compras). Este ano fomos também para Bombinhas e Balneário Camboriu. Dá para conhecer bastante coisa!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar