Marrocos pra Sabrina

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Marrakech. Foto: Arnaldo Interata, Fatos & Fotos de Viagem -- http://interata.squarespace.com

A Sabrina está pensando em ir ao Marrocos. Bora ajudar?

Eu de cara recomendei não perder tempo com Casablanca, que é uma cidade grande e chata. Mas minha experiência no Marrocos não é muito grande. Fui em 98, como parte de um périplo pelo Oriente Próximo (em francês é mais bonito, Proche-Orient). Permaneci algumas horas em Casablanca, daí peguei um vôo a Ouarzazate, já próximo ao deserto (peguei um passeio até Zagora), depois aluguei um carro com motorista para atravessar as montanhas Atlas até Marrakech. Adorei, e estou pra voltar desde então.

Uma coisa que muita gente desconhece é que há muitos vôos diretos a Marrakech, que não precisam passar por Casablanca.

Preparei uma seleção de fontes quentes sobre o Marrocos:

Marrakech no Fatos & Fotos de Viagem, por Arnaldo Interata (de onde eu gentilmente surrupiei a foto do post)

Marrakech no Achados, por Dri Setti

Marrocos no Saia pelo mundo, por Mari Campos

Marrocos no O que eu fiz nas férias, por Gabe Britto

Marrakech com crianças no Viajando com pimpolhos, por Sut-Mie

Marrakech no Crônicas de viagens, do Claudio

Marrakech no Viagem & Aventura do Estadão, por Camila Anauate (continua aqui)

Fez no Viagem & Aventura do Estadão, por Camila Anauate

Merzouga no Viagem & Aventura do Estadão, por Camila Anauate

Morocco Travel, ótima agência -- aproveite para se inspirar nos roteiros

Riads Morocco, riads para alugar

Trem no Marrocos -- só para consulta; não dá para comprar do exterior

Marrocos no New York Times

E você, já foi ao Marrocos? Compartilhe as suas dicas na caixa de comentários. Shukran!

133 comentários

Izabel
IzabelPermalinkResponder

Olá!
Gostaria de uma ajudinha! Estou indo em abril com meu namorado a Europa. Pretendemos passar três semanas, já elegemos uma semana em Barcelona e outra em Paris. A terceira semana pessamos no Marrocos ou na Croácia, já que nenhum de nós conhece esses dois países. Algém pode me falar a respeito do clima na Croácia em abril, entre outras dicas?
Agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Izabel! Por favor, deixe sua pergunta em um post sobre a Croácia, para a gente poder manter a ordem na casa grin https://www.viajenaviagem.com/category/croacia/

vanessa
vanessaPermalinkResponder

Ola!
Também gostava de tirar uma pequena dúvida. Estou a pensar ir em abril a marrocos mas estou com receio que faça chuva na altura. Consegue me dizer como é o clima lá nessa altura?
obrigada

Maria José
Maria JoséPermalinkResponder

Olá!
Alguém já fez uma excursão bacana - não muito engessada - pro Marrocos? Quero fazer a Andaluzia (Espanha) de forma independente, e pegar uma excursão pro Marrocos em outubro. Alguma sugestão?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria José! Sites como edreams têm pacotes que saem da Espanha.

zezé
zezéPermalinkResponder

Obrigada, Bóia!! Vou pesquisar. wink

maria de fatima leal santos

Boa noite Bóia
Fiz uma programação de viagem para Portugal e Espanha. Ao comprar as passagens de avião dentro desses países, errei nas datas e fiquei com pouco tempo em Portugal e Barcelona e, portanto me sobrando bastante dias no sul da Espanha. Daí me veio a vontade de conhecer um pedacinho de Marrocos. Vou estar em Granada do dia 12/01/2014 a 15/01/2014. Como faço para ir de Granada para Tarifa? É possível dormir em Tarifa para comprar as passagens para Tanger bem cedo? É necessário dormir em Tanger ou pode-se ir direto para Fez? Seis dias em Marrocos fazendo Fez e Marrakesh é possível?
Tenho que estar em Madri no dia 25/01/2014 pois voltarei para O rio no dia 30/01

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria de Fátima! O melhor seria voar a Marrakech. Há vôos desde Madri.

maria de fatima leal santos

Olá Bóia
Como estarei em Granada gostaria de saber qual é a melhor forma de chegar em Tanger, pois Madri será a última cidade visitada. Pensei que seria melhor só conhecer Fez pelo pouco tempo que tenho. Como faço para sair de Granada para tarifa?
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria de Fatima. É muito complicado e você não tem tempo para fazer uma viagem interessante. Você teria que coordenar a chegada em Tarifa com um ferry para Tânger, e de lá ir a Fez, e depois voltar. Deixe para ir ao Marrocos quando você tiver tempo de ir ao Marrocos. Há muito o que ver na Andaluzia e na Espanha, não jogue seu tempo e seu dinheiro fora em deslocamentos inconvenientes, com um tempo de permanência que não compensará o sacrifício.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Eu fui para o Marrocos quando estudava em Granada (em 2006)! Mas como fui em uma excursão de final de semana para estudantes, não tenho dicas práticas. O ônibus que pegamos era alugado, paramos em Málaga tb antes de ir para Algeciras. De lá fomos de barco para Ceuta e aí outro ônibus nos levou para o hotel em Tanger. Lembro que saímos da aula mais cedo naquela 6a, as 12h pra comer alguma coisa antes de pegar o bus e chegamos a noite no hotel, levamos o dia inteiro nisso... Não é tão perto como parece. Aí no sábado passeamos por Tanger e Tetouan e no domingo fomos para Chefchaouen, a cidade mais linda de todas!!! E depois do almoço já começamos nosso caminho de volta. Lembro que cheguei em casa em Granada as 2 da manhã de 2a!!! (depois de andar tb um trechão a pé +/-1h pq não tinha ônibus naquele horário rs) Quando vi essa excursão, corri pra arranjar uma amiga pra ir comigo, mas desencanei de conhecer as cidades mais famosas do Marrocos pq sabia q ficava longe. Eu acho melhor ou vc voar direto para Marrakesh se quiser conhecer os lugares clássicos de lá ou se tiver na cabeça que vai voltar um dia, se concentrar no norte do país, nessas cidades que eu falei.

Outra ideia tb é fazer bastante passeios na Andaluzia mesmo! Eu morei 2 meses lá e não dei conta de visitar tudo nos finais de semana! Málaga é linda, Antequera, uma cidadezinha ali do lado tb!!! Córdoba, Sevilha, Granada e Ronda!! Além disso ali por "perto" tb tem Marbella, Jerez de la Frontera (pra quem gosta de vinho Jerez), Arcos de la Frontera, Úbeda, Jaen, Nerja, Almería... Passeios não vão faltar! A Andaluzia é mágica!

Fiz meu blog há pouco tempo, então infelizmente não tenho nenhum post das viagens antigas rs Mas tenho certeza q vc não irá se arrepender, se fizer vários passeios pela Andaluzia!!! Granada vale muito a pena tb! Conheci muita coisa legal na cidade, além da Alhambra. Como tinha aulas até as 14h, sempre tinha a tarde/noite para conhecer os pontos turísticos. Levei + de 1 semana pra ir em todos, mas eu fui! rs As pessoas que vão pra lá e só visitam a Alhambra, não sabem o que estão perdendo!

gisela
giselaPermalinkResponder

Oi, MAria de Fátima
É possível, sim! Acabei de fazer isso, mas no caminho de volta. Durma uma noite e aproveite pra explorar Tarifa, que é uma graça. A travessia de Tarifa a Tanger dura apenas 40 minutos, mas conte com 1h30/ 2h no total, porque os ferries sempre atrasam para partir. Em Tanger, vc pode pegar direto um trem rumo a Fez. São superconfortáveis e a viagem dura coisa de 3h ou 4h. E prepare-se. Fez é incrivelmente interessante! Amei. De lá, vc pode pegar um trem a Marraquech. OU ir ao Deserto do Merzouga. Fiquei sete dias no país e, claro, gostaria de ficar mais, mas valeu muito a pena. Boa viagem!

Nourddine Blatif

Um grupo de profissionais com vasta experiencia em turismo, oferece viagens ao Marrocos e ao Deserto do Saara por via aérea, terrestre em 4X4 com ar condicionado e mini-onibus por toda a região sul do Marrocos.

Junte-se a nós em nossas viagens ao Marrocos para descobrir os melhores destaques do Sul do Marrocos: as belezas das montanhas do Atlas, Oasis cobertos de palmeiras, Kasbahs centenários, aldeias berberes feitos de tijolos de barro, uma linda paisagem selvagem repletas de desfiladeiros e o deserto do Saara com suas dunas de areia....

Renato
RenatoPermalinkResponder

Oi, Ricardo, que tal um post atualizado do Marrocos para os atleticanos?
Não sei se vc foi ver o Colorado no Japão ou em Abud Dhabi, mas talvez vc tenha alguma dica específica para o Mundial da Fifa.
Valeu!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renato! Obrigada pela sugestão, já repassei para o Comandante.

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Renato, você tem interesse de ir para o Marrocos também? Eu tenho interesse de assistir os jogos do galo e preciso de algumas dicas. Abs,

Carlos Henrique Morais Mendes

Ola..

Estou indo para Marrocos em Dezembro para o Mundial de Clubes, gostaria de indicações de hoteis e sobre como é o clima em Marrakech nesta época.

Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Poderá fazer um certo calorzinho de dia (coisa na casa dos 20ºC), mas à noite pode esfriar bastante.

Não temos uma relação organizada de hotéis na cidade, sugerimos dar uma pesquisada no Booking.

Viagens em Marrocos

Um grupo de profissionais com vasta experiencia em turismo, oferece viagens ao Marrocos e ao Deserto do Saara por via aérea, terrestre em 4X4 com ar condicionado e mini-onibus por toda a região sul do Marrocos.

Junte-se a nós em nossas viagens ao Marrocos para descobrir os melhores destaques do Sul do Marrocos: as belezas das montanhas do Atlas, Oasis cobertos de palmeiras, Kasbahs centenários, aldeias berberes feitos de tijolos de barro, uma linda paisagem selvagem repletas de desfiladeiros e o deserto do Saara com suas dunas de areia

Viagens em Marrocos

olaUm grupo de profissionais com vasta experiencia em turismo, oferece viagens ao Marrocos e ao Deserto do Saara por via aérea, terrestre em 4X4 com ar condicionado e mini-onibus por toda a região sul do Marrocos.

Cassio
CassioPermalinkResponder

Por favor, o trem de marraquexe para casablanca no domingo tem horario pela amanha a partir de que horas...? Qual valor? La em casablanca, qual a distancia do desembarque do trem para o aeroporto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cassio! Veja horários em http://www.oncf.ma/Pages/Accueil.aspx .

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Não conheci o roteiro “clássico” do Marrocos, mas quando estudei na Andaluzia, aproveitei um final de semana para conhecer o norte do país (Tanger, Tetouan e Chefchaouen linda!!!) e conto aqui neste post: http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/10/um-final-de-semana-no-norte-do-marrocos.html#more. Para quem for esticar a viagem, minhas dicas do sul da Espanha estão aqui: http://taindopraonde.blogspot.com.br/search/label/Andaluzia

karim
karimPermalinkResponder

Se alguem precisa de mais informaçao temos uma agencia de viagem em Marrocos e minha mae e brasileira :
okimoto@askmotra.com

http://www.askmotra.com

virginia
virginiaPermalinkResponder

Ricardo,
Parabéns pelo blog. Utilizo sempre! Estamos indo para Marrocos e Andaluzia em fev, chegando por Marrakech e saindo por Sevilha, voando Ibéria. É a melhor opção ou invertemos? Se ok, vimos que de Rabat há vôos para Sevilha, mas será que vale a pena visitar Gibratar? Teria como sair de Rabat para lá?
Roteiro: Marrakech 3 dias, tour pelo deserto até Fez 3 dias; Fez 2 dias; percurso Fez-Meknes-Volubilis-Rabat de trem; Rabat 1 dia.
Na Andaluzia: Sevilha 3 dias, Córdoba 1 dia, Granada 2 dias, Ronda 1 dia.Grata,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Virginia! Gibraltar é uma curiosidade, mas não é das coisas mais imporantes da Andaluzia, não.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Estudei na Andaluzia por um tempo e meus posts sobre a região estão aqui: http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/11/post-indice-andaluzia.html.

virginia
virginiaPermalinkResponder

Obrigada pela resposta!
Gostaria de uma opnião sobre o roteiro: começar pelo Marrocos é uma boa, pois a maioria de agências de viagem inicia pela Espanha.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Virginia! A ordem não influi, não.

Nivia
NiviaPermalinkResponder

Olá Ricardo, Bóia e viajantes. Gostaria de opiniões sobre meu roteiro para o Marrocos em maio.
1º dia- Marrakech (dia inteiro, chego na noite do dia anterior)
2º dia- Marrakech
3ªdia - Excursão para o Saara
4ª dia - Retorno do Saara, chegando à noite e pegando vôo para Fés
5ª dia - Fés
6ª dia - Fés
7ª Méknes, Volubilis, Moulay Idriss e Salé em grand taxi
8ª dia - Rabat (vôo de volta às 21hrs)

Pretendo fazer Marrakech-Fés de avião e o resto de trem. A excursão do Saara será em agência (4x4) e não por conta própria. Será que está muito corrido? Devo abrir mão de alguma coisa? A escolha do retorno por Rabat é porque é a única cidade com vôo para Madrid à noite, senão teria que antecipar a volta em várias horas. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nivia! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Nivea, eu ficaria um dia inteiro em Fez e tres
em Marrakech; Rabat é linda e gostosa de
passear, vais curtir passar um dia lá.

aldema
aldemaPermalinkResponder

Gostei do teu roteiro.Os lugares selecionados são lindos. Com certeza, vais querer retornar. Fez rende fotos lindas!!!Boa viagem

www.correndomundo.blogspot.com

eva
evaPermalinkResponder

Oi Nivia, eu fiz mais ou menos isso (sem Méknes, chegando por Rabat e tudo em trem) e funcionou. Você vai ficar com gostinho de quero mais, mas... Quando isso não acontece?
Rabat, no final, pode parecer um pouco "ocidente" mas tem coisas lindas, eu adorei almoçar perto da praia.
Aproveite!

Nina
NinaPermalinkResponder

Oi, Nivia.
Passei com meu marido 14 dias inteiro no Marrocos em outubro. Percorremos quase 3 mil km, de carro, e sempre falta tempo, sempre parece corrido... Nosso roteiro começou e terminou em Casablanca, mas lá só dormimos a última noite. Passamos pelos lugares que você cita, exceto a excursão ao Saara como uma espécie de bate-volta de Marrakech. Preferimos passar a noite em Merzouga (do outro lado do país) e não em Zagora, embora tenhamos ficado em Ouarzazate ao fim da passagem pelo interior (Boulmane Dades e Kalaat M'Gouna), que é deslumbrante, com as gorges... Mas vimos tanta coisa e as experiências foram tão bacanas ao longo das duas semanas que acabou que a parte do deserto foi, confesso, uma decepção. Passar a noite na tenda bérbere foi uma roubada...
Fes e Marrakech são cidades tão especiais que eu tiraria o dia de Meknes e Volubilis. As ruínas que você encontra nestes dois lugares são muito interessantes, mas, se você já viu ruínas romanas antes, talvez valha mais a pena explorar uma programação em Marrakech, como o hammam ou uma aula de culinária local com visita ao mercado. Dois dias inteiros em Fes é tempo mais que suficiente (fiquei três) e recomendo, tanto lá quanto em Marrakech, contratar um guia para a visita à medina. Isso vai fazer com que o assédio seja menor e você possa aproveitar o passeio sem sustos e sem perder. Em Marrakech, além de explorar os sabores da Praça Jamaa El Fna, há excelentes restaurantes dentro e fora da medina antiga.

aldema
aldemaPermalinkResponder

Excelente a sugestão da Nina: contrate um guia em fes e Marrakech.Para isso, contate uma agência de turismo que eles indicarão. Foi o que eu fiz, depois de ter perdido tempo e me aborrecido com o assédio de vendedores.

Nivia
NiviaPermalinkResponder

Bóia, Nina, Aldema, Eva e Sylvia, muito obrigada! Já inclui um dia em Marrakech, que será compensada com a retirada de um dia em Fés ou Merknes, ainda estou decidindo. Sou apaixonada por desertos, então vou testar a roubada, rsrs A ideia do guia é ótima, pois já vi vários relatos sobre o assédio dos vendedores. Na volta conto como foi. Abs

Marcela
MarcelaPermalinkResponder

Nivia, para não comprar gato por lebre e se decepcionar, quando for comprar o tour do deserto a partir de Marrakech certifique-se de que irão te levar até as Dunas de Erg Chebb! E se vc encontrar um preço muito barato desconfie! É muito comum por lá venderem um tour de uma noite no deserto que na verdade só vai até uma área de transição meio pedregosa, e te colocam pra dar uma volta num camelo mal cuidado. Esse lugar não é o deserto propriamente dito! É tourist trap total!!! Tenho vários amigos que caíram nessa furada!
Normalmente os tours que chegam até as dunas saem de Marrakech de manhã, dorme a primeira noite em Ouarzazate, no segundo dia continua a viagem até chegar ao deserto e dorme a segunda noite no acampamento berbere. Não é tão longe em kms, mas as estradas são cheias de curvas (nivel Valle Nevado, sem brincadeira!), tem que atravessar a cordilheira do Atlas, então anda-se devagar, não tem como correr. Já viu o desenho do papa léguas? É bem aquilo!
Mas enfim, achei que valeu muito a pena o passeio, e olha que peguei tempo nublado, não vi por do sol nem estrelas sad Imagino que com tempo bom seja fantástico! Anda-se mais ou menos 1 hora camelo na ida e 1 na volta. Achei beeem tranquilo, mas teve gente que ficou com as pernas doloridas.
No dia seguinte subimos nas dunas pra ver o sol nascer e foi lindo!

Joana
JoanaPermalinkResponder

Passei 18 dias no Marrocos em dez. Quanto aos guias, tanta na Medina de Marrakech quanto na de Fez, o governo ou orgao de cultura de lá criou um sistema de roteiros muito interessante. Veja o site http://www.visitmedina.ma/. Vc nao precisa de guia. Toda a medina tem placas coloridas, indicando o tipo de roteiros a se percorrer. As placas verdes, por exemplo, indicam os roteiros de jardins. As marrons dos portoes da medina. E cada ponto de interesse historico destacado tem uma placa explicativa. Ou vc pode usar seu celular, atraves do codigo QR, para obter as infos e os itinerarios. Simples, sem custo, inteligente. Fazendo todos os percursos, vc descobrira as medinas como a palma de sua mao, indo a lugar escondidos, fora das obviedades turisticas.
A medina que mais gostei foi Fez. Na verdade, a Medina que mais gostei. Fiquei hospedada nas medidas em todos os lugares que passei. Fez vale dois dias. E mais um se for a Meknes e as ruinas de Vollubis.
Fui ao deserto do Saara, saindo de Fez. Em Merzouga. É um mundo a parte realmente, e não me arrependo. Mas andar de camelo te destroi por alguns dias. Diz meu namorado que quem tem o costume de andar de cavalo, nao sofre tanto. Sei nao. Só sei que é bem longe e cansativo.
Casablanca vale pela mesquita. A maior e mais surpreendente. Como nosso voo chegava em Casablanca a tarde e só pegamos o voo para Fez no fim da noite, deu tempo de conhece-la e jantar num restaurante incrivel na cidade.
E Essaouira foi a cidade que mais gostei no Marrocos. A beira mar, uma mistura africana, muculmana e portuguesa incriveis. Aqui o assedio dos vendedores é quase inexistente, as muralhas da medina sao lindas, banhadas pelo mar mais maravilhoso e forte que vi, e as casas brancas e azuis, abandonando aquela cor marrom predominante em todo o Marrcos.
Marrakech vale pela praça el fna. Aquilo é o mundo em um só lugar. Fiquei apaixonada. E as montanhas do Atlas, perto da cidade. Fiz o trajeto por elas vindo de Ouzazarte. É belissimo.
Voltei apaixonada pelo Marrocos e pretendo voltar em breve, para conhecer o Norte.
O povo é educado, a comida é deliciosa. Os lugares, lindos. A riqueza da arte manual deles incrivel. Recomendo a leitura do livro A Casa do Califa, para se apaixonar ainda mais por tudo.
O unico porém sao os comerciantes e as compras. Lembre se sempre de pagar um decimo do que pediram, sem exagero. E nunca iniciar uma conversa para a compra de algo. No mais, é fácil ignorar o assedio. Não me incomodou.

Thaís Arouca
Thaís AroucaPermalinkResponder

Concordo com a Joana em relação a Essaouira, é uma cidade linda, não imaginava que ia gostar tanto… o Marrocos é apaixonante!

CARLOS
CARLOSPermalinkResponder

Olá!
Tenho uma série sobre o Marrocos no meu blog (ainda não finalizada totalmente):
http://www.escaladaplanetaria.blogspot.com.br/search/label/MARROCOS
Abraço a todos!
Carlos

Nivia
NiviaPermalinkResponder

Joana, estou lendo Nas Noites Árabes do mesmo autor de A Casa do Califa e estou encantada pela escrita de Tahir Shah! Não sei como, mas vou tentar conhecer Essaouira...

clóvis martins

Pretendo fazer em junho uma excursão chamada "cidades imperiais" de sete dias até Marrakech por meio do destinia.com. Ela é totalmente terrestre partindo e voltando para Tanger. Alguém quer opinar? Vale a pena por ser terrestre?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clóvis! Sim, o Marrocos não é tão grande, dá para encarar ir por estrada.

marco
marcoPermalinkResponder

Iremos em janeiro para Lisboa e Porto. Depois de uma semana, gostaríamos de ir ao Marrocos via Lisboa, direto para Marrakech e dunas do Saara, no máximo de 6 noites, 7 dias. Há alguém que já tenha feito tal roteiro? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marco! As dunas mais próximas estão em Zagora. Você atravessa as montanhas Atlas até Ouarzazate e lá, ou em Zagora, contrata pernoite no deserto. É um roteiro absolutamente corriqueiro, você não encontrará nenhum problema em realizar.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Oi Marco, fizemos um roteiro MARAVILHOSO pelo Marrocos em março. Você pode ler tudo sobre ele aqui, ó: http://www.topensandoemviajar.com/2014/04/08/a-viagem-de-carro-pelo-marrocos/

marco
marcoPermalinkResponder

Olá. É possível montar um roteiro para Marrakech, a partir de Lisboa, por conta, ou é melhor contratar um pacote.
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marco! É possível fazer tudo por conta, sim. Não entendemos muito de pacote.

chrystiane
chrystianePermalinkResponder

Marco, a TAP voa direto pra Marrakesh.
Lá vc pode passar 02 dias e depois, pela internet ,http://www.visitasguiadasdemarrakech.com/ ,contratar um tour privado de até 04 dias (que foi o que fiz e que recomendo) que vai de Marrakesh ao Sahara e de lá até Fez ,passando por lugares incríveis e com hoteis com café e jantar incluídos.Vale cada tostão!A volta pode ser via Casablanca ou outra cidade próxima.Não há voos de Fez para Lisboa.De Fez vc pode partir de trem,que é ótimo por sinal.

Pedro
PedroPermalinkResponder

marrocos é lindo, gostei muito já fui várias vezes há um site muito bom com imensa informação de viagem http://www.marrocos.com abraço a todos e boa viagem

Omar
OmarPermalinkResponder

"Grande artigo e óptimo blog! Deixe aproveitar este seu espaço de comentários para apresentar Viagens em Marrocos.
Somos uma equipa de especialistas em turismo por todo Marrocos. Planeamos viagens de sonho em Marrocos, passando por deserto, cidades, montanhas e oásis de uma beleza incrível.
O nosso site é http://www.viagens-em-marrocos.com, e aí pode ver mais detalhes e ideias.
Se estás a pensar em Marrocos, vem experimentar um dos nossos veículos 4x4 e conhecer os segredos mais escondidos.
Obrigado.
Omar"

Denise
DenisePermalinkResponder

Olá!
Planejo ir com a família (2 crianças de 11 e 5) para Marrakesh em Julho. O Ramadã é impeditivo?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! O Marrocos é razoavelmente religioso e, se a sua temporada coincidir com o Ramadã, passará sim perrengues para se alimentar de dia; terá que fazer discretamente e longe do olhar dos marroquinos. Mas o maior problema dessa época é o calor. Não se vai ao Marrocos no verão, não.

Denise
DenisePermalinkResponder

Obrigada pela informação!

Clari
ClariPermalinkResponder

Estive no Marrocos em abril de 2015, saindo de Portugal e fazendo todo o trajeto de onibus. Passando pela Espanha, atravessando o etreito de gibraltar de ferry e chegando em Tanger, na África.
Foi uma aventura de 9 dias, com direito a acampamento no deserto e passeio de Dromedário!
Marrocos é fascinante!!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Ola Clari! Quero fazer esse trajeto de ônibus também. Você pode me contar como foi sua rota? De que forma comprou as passagens, e se possível, qual foi o valor gasto aproximadamente.. Obrigada! smile

Mohamed
MohamedPermalinkResponder

Somos berberes jovens do sul do Marrocos altamente dedicada ao turismo responsável. Nós encorajamos nossos visitantes a viver e sentir a essência de nossa cultura, nossos costumes, nosso modo de vida, o nosso povo. Estamos abertos a qualquer tipo de experiência, sugerir, e se eles querem deixar ir e desfrutar de novas experiências, nós cuidamos da organização. Sabemos que o nosso país e todas as suas possibilidades, para que possamos oferecer aos nossos clientes tudo que eles querem e tornar a sua estadia em nosso país em um momento inesquecível nas viagens do deserto e trilhas em todo o Marrocos .

Porqui MaroccoEscursioni.com ?

-9 anos de experiência e conhecimento de Marrocos .

-Especialistas no deserto marroquino e áreas selvagens .

-guias nativos .

-Guias particulares, em grupo e personalizadas

Adriana Ferraz

Acabei de voltar do Marrocos e é um país muito interessante e imperdível, vale muito a pena ir. Quero voltar em breve!
Fui a Casablanca, nada de muito interessante, fui ä Medina Mohamed II, única que permite a visitação de turistas mediante pagamento de 120 DIham , vale a pena porque é linda e tem guias em ingles e espanhol;
Rabat, capital política do Marrocos
Meknes, uma das capitais imperais, imperdível;
Fez, uma das capitais imperiais, linda, a medina precisa de um bom guia local porque é muito fácil de se perder
Marraquexe é também imperdível, recomendo muito ficar em um Riad na Medina, ficamos no Palais des Princesses, lindo e muito bem localizado.
O que mais gostamos foi uma excursão de 3 dias de marraquexe para Merzouca com uma noite em tenda nas dunas de Erg Chebbi. contratamos um tour privado com motorista que falava portugues e foi excelente porque ele nos levou direto aos pontos turisticos, bons restaurantes. Ficamos excelente hotel e uma tenda privativa com banheiro privativo com agua quente! Não recomendo alugar carro e dirigir sozinho nesta região porque é muito fácil se perder, as pessoas falam só o árabe, muitos guardas nas estradas parando os carros e eles são rispidos com os locais imagina como serão com os turistas. Contratamos a empresa Viagens Marrocos de Omar que fala muito bem o portugues(tratei com ee por email e no marrocos pelo whatsap. Foi tão honesto que nos devolveu dinheiro porque a diária da tenda ficou mais barato, muito sério e honesto). O nosso guia Rachid, muito atencioso, excelente motorista, educado e fez tudo que pedimos, inclusive nos levou em excelentes lugares para comprar roupas tipicas, ceramicas, óleo de argan legitimo e tapetes berberes com excelentes preços. Ficamos a Primeira noite no hotel Xalunga e no acampamento em merzouca Bivouac Azawad, excelente tenda, delicioso jantar e cafe da manhã. Atendimento de qualidade.
O Marrocos é um pais de excelente comida, povo hospitaleiro, muita cultura e excelentes compras nos Souks das medinas.

Emerson Barros

Há um ano estive em Marrocos (fev/2016), em uma viagem super independente, confortável, segura e acessível (no sentido financeiro). É bom lembrar que durante o inverno no hemisfério norte é a baixa estação por lá, mas também você não sofre com o calor, por isso acho que é o período ideal para visitar. Viajamos somente duas pessoas, chegamos por Marrakech onde passamos alguns dias (hospedados em um lindo Riad na Medina), depois alugamos um carro e seguimos para Aït Benhaddou, onde tivemos uma linda experiência hospedados na Kasbah Tebi. Seguimos depois para Tinerhir (Gorges du Todgha), passamos duas noites muito bem acomodados nesse lindo oásis, na casa da Fanny (La Maisonnette). Daí a viagem seguiu para Merzouga e às dunas de Erg Chebbi, passamos duas noites no Hotel Kasbah Mohayut, que organizou uma das noites em tenda/acampamento no deserto, serviço muito atencioso, momentos mágicos! Do deserto seguimos viagem para Fez, onde devolvemos o carro à locadora logo na chegada. Em Fez ficamos hospedados também na Medina, o que sempre indicamos.
Essa foi uma das viagens mais "redondinhas" que fizemos, foi super tranquilo (road trip por Marrocos é possível, fácil, e um monte de gente faz)! Pessoas muito acolhedoras, culinária deliciosa, cultura encantadora, paisagens deslumbrantes! Se alguém quiser qualquer dica pode entrar em contato, adoraríamos compartilhar nossa experiência com todos os que estejam dispostos a aproveitar esse lugar encantador!

Tati Batista
Tati BatistaPermalinkResponder

Fiquei 7 dias no Marrocos. De fato, CasaBlanca não me chamou muito a atenção exceto pela Mesquita Hassan II e pelo passeio na Medina. Se alguém precisar se inspirar para um diazinho por lá, deixo minha contribuição aqui:

http://viajanderia.com/roteiro/o-que-fazer-em-casablanca-roteiro-de-1-dia/

Fiquei mais uns dias em Marrakesh e fiz o tour do Deserto. Se precisarem saber como andam os gastos por lá, vou deixar aqui minha planilha com os registros de tudo que gastei na viagem ao Marrocos por 7 dias, espero que ajude:

http://viajanderia.com/gastos/quanto-custa-viajar-para-o-marrocos/

É minha hora de ajudar né, já que busco tantas infos aqui wink

dilma braga
dilma bragaPermalinkResponder

Tenho um boo de Volta lisboa/rio , ficarei aguardando boo POR 20 horas, gostaria de saber Como posso aproveitar essas horas em casa Blanca

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dilma! Aproveite essas horas para reservar um hotel. Ninguém pode passar 20 horas sem-teto em lugar nenhum do mundo, ainda mais num país pobre. Com hotel garantido, deixe sua bagagem (nem que seja a de mão) e visite a Mesquita.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Só alertas sobre os links e respectivos comentários:

Já é possível comprar online as passagens de trem no oncf.ma.

O link da página de Mari Campos não está funcionando.

Alexandre Tiosso C. Martins

Acabamos de chegar de uma viagem inesquecível para o Marrocos (eu, minha esposa, minha filha de 6 anos, minha mãe e minha sogra). Passamos pelas seguintes cidades:
Casablanca (a vista a mesquita Hassan II é imperdível);
Rabat (capital do país, cidade moderna, que vale a pena visitar);
Chefchaouen (na minha opinião, o lugar mais bonito que visitamos);
Fez (a medina é uma loucura, com mais de 9.000 ruas. Necessário um guia para a visita);
Meknés (cidade imperial, muito bonita, pena que fomos para lá em uma sexta-feira, onde muito pouca coisa abre)
Voulubilis (ruínas romanas muito interessantes);
Merzouga (com direito a uma noite de pernoite no deserto e ida de camelo, na verdade dromedário) - saindo da cidade passmos pelas gargantas do Todra, impressionantes;
Boumalne e Ouarzazate (gragantas do Dades, a "serra do rio do rastro"marroquina, a Kasbah e os estúdios de cinema);
e Marrakech (com a imperdível medina, Jardins de majorelle e a Praça Jemma El-Fna.
Em nenhum momento nos sentimos indesejados ou em qualquer perigo. Muito pelo contrário, o povo é atencioso (ainda mais quando ficam sabendo que você é brasileiro), as cidades são seguras e há muita polícia em todas as cidades e estradas.
Fizemos tudo por conta própria, sem guias e com carro alugado. Dirigir no Marrocos é tranquilo, desde que você tome cuidado com o trânsito meio maluco e estradas muito sinuosas. As estradas são bem sinalizadas, sem buracos e muito policiadas. Fui parado algumas vezes, mas em todas fui muito bem tratado pelos policiais.
A única recomendação que faço a todos que vão a Marrakech é sobre as barracas de comida da praça Jemma El-Fna. Paramos em uma barraca (a de número 26) para jantarmos espetinhos de vários sabores. Pedimos nossos pratos e o garçon começou a trazer pratos com pães, saladas marroquinas, azeitonas.... Como o pedido que fizemos se restringia ao tipo de carne, frutos do mar ou legumes destes espetinhos, achamos que eram acompanhamentos destes pedidos. Mas não eram não! Quando pedimos a conta, um susto: tudo era cobrado separadamente! Cada pratinho com pães ou salada era cobrada separadamente. Conclusão: foi a refeição mais cara de toda a vigem, incluindo jantares com vinho marroquino, entrada, prato principal e sobremesa em restaurantes chiques e com excelentes avaliações aqui no tripadvisor. Tentamos argumentar que não tinhamos pedido aquelas coisas, que foram colocadas na mesa sem querermos, mas não houve acordo.
Fora isso, foi uma viagem dos sonhos. Todos adoraram. O Marrocos superou em muito todas as espectativas.
Quem estiver na dúvida, meu conselho é: abra sua cabeça e mergulhe no Marrocos que você não irá se arrepender.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar