A mais bela das derrotas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Hajj colorado

Claro que eu não tô feliz. Mas eu não tô arrasado como a maioria dos colorados, não.

Um dos 14 ônibus da Freeway Sports

Porque eu viajei pra assistir a um campeonato. E quando cheguei aqui nos Emirados, descobri que na verdade estava participando de um hajj.

Hajj colorado

Hajj é o nome que os muçulmanos dão à peregrinação a Meca que eles precisam fazer uma vez na vida. Pois o que aconteceu aqui nos Emirados foi um hajj colorado.

Hajj colorado

Entre 5 e 10 mil pessoas, dependendo da contabilidade de quem você acredita, coloriram os shoppings e os calçadões de Dubai de vermelho e fizeram do estádio de Abu Dhabi um pequeno Beira-Rio. Ou um Beira-Golfo. Mar Vermelho!

Hajj colorado

Hajj colorado

Encontrando amigos na fila: o Thales, o Leandro & sra.

Nunca antes na história desse país (sim, a prosperidade econômica e o real valorizado têm muito a ver com isso) um time de futebol mobilizou tantos torcedores numa peregrinação a um lugar tão distante.

Hajj colorado

Hajj colorado

A fila à minha frenteA fila atrás de mim

Sabe-se, no entanto, que de vez em quando ocorrem acidentes nos hajjs em Meca. Há confusões, pisoteamentos, feridos, mortos. Mas isso não torna o hajj uma experiência menos transcedental para um muçulmano.

Valdomiro na embaixada da Freeway Sports

(Bater um papo com o Valdomiro, um dos maiores ídolos da história do Inter, como eu bati na embaixada colorada que a Freeway Sports e o Inter montaram no hotel Ramada Chelsea, vale quanto? Para outras coisas existem todos os outros cartões de crédito.)

Hajj colorado

O radinho distribuído pela Rádio Gaúcha

Hajj colorado

Fernanda Zaffari, da Zero Hora

O hajj colorado a Abu Dhabi não acabou exatamente como a gente imaginava, mas quando a dor da derrota passar vai ser lembrado como o momento mágico em que algo entre 5 e 10 mil pessoas viajaram entre 14 e 24 horas de avião para invadir um país e um estádio. Na minha escala de valores isso é tão valioso quanto qualquer título que se possa conquistar.

(E sempre lembrando que, em 2006, nós fomos o Mazembe do Barcelona. O vexame de ontem é proporcional ao tamanho que o Inter tomou desde então.)

Hajj colorado

Foi mais ou menos o que aconteceu -- só que em âmbito doméstico -- com a torcida do Corinthians, que em 1976 invadiu o Rio de Janeiro e depois Porto Alegre e, mesmo tendo amargado mais um ano de fila, jamais vai esquecer aquelas viagens. Perder foi apenas um detalhe de uma aventura de proporções épicas.

Ramada Chelsea, Dubai

Caso o seu time algum dia lhe ofereça a oportunidade de fazer um hajj, e você tiver condições de ir, não deixe a oportunidade passar.

Os colorados que estão aqui em Abu Dhabi ainda saíram no lucro: ganharam uma noite bem dormida, longe das buzinas azuis que devem estar sendo ouvidas até agora no Rio Grande.

Para nós o hajj futebolístico pode ter acabado, mas o hajj turístico continua.

Como eu disse pra Fernanda Zaffari, ao vivo na Rádio Gaúcha: sábado, dia livre para compras.

Eu no hajj colorado

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

76 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Lu
LuPermalink

Bela forma de encarar o ocorrido ... parabéns!! E continue aproveitando o haji turístico!
Bjs,
Lu

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalink

Concordo, Lu.

Gerson
GersonPermalink

Boa Riq!
Levantou, sacudiu a areia e está dando a volta por cima.

Roberto Jaeger
Roberto JaegerPermalink

Ric, estamos aqui em Dubai, sentindo todas as emoções contigo! Realmente perder o jogo não é fácil, mas o privilégio de estar aqui, no outro lado do mundo, com o time do coração e conhecendo estas maravilhas...não tem preço!
Cada minuto está valendo a pena, no próximo estaremos aqui novamente!
Saudações coloradas!
Beto

Claudio Motta
Claudio MottaPermalink

É isso aí! Aproveite o passeio e vai contando as novidades...
Abraço.

Carmen
CarmenPermalink

Ricardo, o cor colorado lhe fica bem!!

Pat Fernando
Pat FernandoPermalink

Puxa! Nada mais precisa ser dito.

ps: sorte mesmo de vcs que não estavam por aqui, pois foi uma farra do boi gordo, com direito a festas homéricas e escandalosas. Para não dizer desrespeitosas. Dormir ontem foi difícil, não pelo amargor da derrota, mas pela falta de noção de algumas pessoas.

jo elias
jo eliasPermalink

como diz o velho rei, o importante é que emoções eu senti. O post ficou incrivel!

zuzu
zuzuPermalink

Adorei, o que mais dizer?

zuzu
zuzuPermalink

Adorei o post, nao a derrota, só prá deixar claro...

Priscila [Inquietos]
Priscila [Inquietos]Permalink

[2 membros] Adorei o post, nao a derrota, só prá deixar claro…

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Atitudes positivas e ver o lado bom das coisas são tudo na vida!

Elaine Rego
Elaine RegoPermalink

Sou tricolor (o original, das Laranjeiras) e nem consigo me conter de vontade de um dia estar aonde você está Riq.

Essa peregrinação é pra poucos. E não é todo time que mobiliza tanta gente pra tão longe.

O Brasil quase todo (exceto o rival do Colorado) tava torcendo.Eu torci muito.

E agora espero poder um dia ver o meu time num "haji" desses.

Rodrigo Barneche
Rodrigo BarnechePermalink

Parabéns Riq, mesmo com a dor teu texto continua leve e divertido. Padrão Riq de qualidade smile

Val
ValPermalink

ah...o Inter não foi o mazembe de 2006 não...afinal o adversário era o Barcelona...way different!!!

perder faz parte...do mazembe nem tanto...mas pena mesmo tenho desses 5 a 10 mil colorados pagando a prestação da viagem ainda...vai ser duro esquecer essa derrota!

bola pra frente!

Beto
BetoPermalink

Tergiversou mrgreen , mas, como sempre, tergiversou bonito. Boas compras, Riq.

Cristina L
Cristina LPermalink

fiquei sabendo que o Inter havia perdido com uma mensagem do meu pai, no meio de uma reunião

"sou Congo desde criancinha"

rsrrsrs pronto, alfinetei smile

mas eu queria que o Inter tivesse ganho. melhor eles do que esse Zamb-sei-lá-o-quê

Adri Lima
Adri LimaPermalink

ADORO, A-DO-RO seus raros textos relacionados à paixão pelo futebol. Aquele de Santa Bárbara acho incrível. Esse aqui entra pra listinha (viu o video da Energia das Torcidas?)! Bjo, aguenta a gozação que faz parte e bola pra frente! razz

Adri Lima
Adri LimaPermalink

IIh, mandei outro comment com link e acho que foi pro poço...

Rosa
RosaPermalink

Isso ai Riq!!! É assim que a banda tem que tocar. Para aqueles que se contentam em fazer festa com a derrota dos outros, só lamento... são pequenos demais, mesquinhos demais. Nenhum time merece esse tipo de torcedor. Parabéns aos lúcidos e felizes que torcem por times que conseguem sair das quatro paredes e ir tão longe!!! Bela derrora! Belo texto! Bela lição!

Eloisa
EloisaPermalink

Adorei o post! Uma justa homenagem aos milhares de colorados [como o meu marido] que cruzaram o oceano para torcer pelo nosso amado Colorado! Nada vai nos separar!

Dani Freitas
Dani FreitasPermalink

Que post legal, Riq! Legal mesmo.
Emocionou até mesmo uma são paulina...

Oscar
OscarPermalink

Mais um membro wink

Martinha
MartinhaPermalink

3 membros.. e olhe que sou Gremista..

((Bem, tenho que rever meus conceitos.. nem sei quem são os jogadores.. humpt))

Clemilson
ClemilsonPermalink

O pior não é perder para um time africano na semifinal. É saber que ainda restam 11 prestações da CVC no cartão de crédito.
E ainda tem muitos torcedores colorados que compraram pacotes para a partida final e vão chegar a Abu Dhabi.

Antonio Jesus Jr.
Antonio Jesus Jr.Permalink

Essa é uma forma bem bacana de encarar o fiasco colorado. Sou colorado e não me conformo com o Inter. O problema não foi o Mazembe, mas o próprio Inter, que não soube aproveitar a oportunidade para fazer história, faltou raça e futebol. Perderam e fomos todos punidos com esta dor. O jeito é curtir os Emirados e fazer compras...

Amélia
AméliaPermalink

Como diz o poeta: "Toda viagen é uma extravagância" ainda mais se o poeta é lou-co-lorado por futebol!!!!!!Parabéns pela sua paixão!E sinto muito pela decepção!!!!smileBoa viagem ....

Ale Tricolor (do Morumbi)

Escutei o jogo pela Rádio Gaúcha, e ouvi sua entrevista no final. Ser Colorado na vitória qualquer um pode ser. Ser Colorado quando a bola do Inter não entra é para poucos! Parabéns, Riq!!! Enquanto a maioria vermelha destila seus ataques a Celso Roth, você mostra que, mesmo triste, é preciso seguir em frente. Sempre!

Ale Tricolor
Ale TricolorPermalink

A Fernanda Zaffari, em seu blog, menciona os comentários do Riq, logo após a partida. Segue o link abaixo:

http://wp.clicrbs.com.br/fernandazaffari/2010/12/15/lagrimas-da-torcida/?topo=52,1,1,,170,e170

Carlos Henrique Loyo
Carlos Henrique LoyoPermalink

Oi Riq, parabéns pelo post e por ser um torcedor racional. Tenho vários amigos que, em matéria de futebol, são torcedores irracionais, estes são um saco!

Samuel
SamuelPermalink

Comparar a vitória do Inter contra o Barça...vc deve estar de brincadeira!!!
Parabéns pelo maior vexame do futebol brasileiro!!
Abaixem a bola, humildade te leva mais longe que em Abu Dhabi!

Eduardo
EduardoPermalink

Cada um encara como quer.

Trouxa.

Nem li
Nem liPermalink

HAHAHAHA..... CHHOOOOOOOOOORAAAAA COLORIDA!!!!!!!!!!!!CHHOOOOOOOOOORAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
HAJJ??? HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA
CHHOOOOOOOOOORAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
CHHOOOOOOOOOORAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
CHHOOOOOOOOOORAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
CHHOOOOOOOOOORAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

(que deselegante)

"Perder foi apenas um detalhe de uma aventura de proporções épicas" - é preciso saber até perder com dignidade. Boa turistada!

Clemilson
ClemilsonPermalink

Começou o show dos torcedores "sem noção".

RD2
RD2Permalink

Perdeu. Perdeu e perdeu feio. Foi o maior vexame da história do futebol brasileiro. Isso é de vocês, ninguém tira hehehehehe.

Gustavo Scache Belardinuci

Olá Riq!! Bem, não sou tão íntimo seu para chamá-lo abreviadamente, na verdade nem o conheço (rsrsr). Todavia, gostaria de deixar aqui meu comentário. Sou Corinthiano, e estava torcendo para o Inter chegar a final e, se fizesse por merecer, ser o campeão. Não sou dos torcedores que fazem um escândalo pela derrota do meu adversário; na verdade fico feliz com a vitória do meu time, independentemente do que ocorra com os outros. Mas, sei como se sente, infelizmente meu time tem a maior torcida contra no Brasil - acredito que seja pela sua grandeza, porém, você se saiu bem. Temos sempre que ver o lado bom nas dificuldades, e nada melhor que uma viagem para Abu Dhabi e a participação em uma peregrinação na torcida do seu time para amenizar a dor. Aproveite a viagem, porque futebol é assim mesmo, sempre acontece imprevistos. Abraço!!

Bulk
BulkPermalink

Chora, não... O importante é competir.

Simone Lobo
Simone LoboPermalink

Achei esse post o máximo, lindo, de arrepiar! Sou corinthiana de coração e colorada pelo meu marido que tem família no Rio Grande.
A derrota faz parte, o detalhe é como encarar e ver o lado bom, que sempre, sempre existe. Ver milhares de colorados em um país tão distante significa sucesso, independente do resultado do jogo. Claro que seria melhor a vitória, mas pensa que delícia ainda poder turistar por um país tão lindo?
Abraços Riq!

andre
andrePermalink

Belo post.
Pena ter sido citado em outro blog (sobre futebol), e ter atraído toda a sorte de gente pequena, mal educada e grosseira.
Voltemos às viagens...

Ale Tricolor
Ale TricolorPermalink

Faço minhas as suas palavras, André! Aliás, dá para entender porque o futebol gera tanta ignorância e violência. Uma pena mesmo!

Valéria Ferreira
Valéria FerreiraPermalink

Não há outra forma inteligente de encarar o ocorrido. Na verdade nós amantes do futebol, o usamos para pretexto para conhecer pessoas , lugares e alavancar um bate papo numa festa chata, por ex.
Eu sou sãopaulina,havia saído do interior (pertinho 140km de sampa) para assistir a Sâo Paulo x Inter na libertadores. No outro dia saí pra curtir a cidade e o estádio do time que eu adoro.
Ta certinho, tem que aproveitar esse momento que é UNICO e vc é privilegiado por poder acompanhar seu time aí no Oriente Médio.

julio mena
julio menaPermalink

Então fica mais uma coisa,todo torcedor precisa entender que jogo,é jogo.A vontade de vencer é igual para os dois lados,dessa vez foram os africanos,parabéns.Eles sofrem tanto quanto vocês.
E existe uma próxima vez,salvo as devidas proporções.Quem sai do interior do estado,ou do bairro vizinho para assistir o clube de coração.
Continuemos a torcer pois dias melhores virão.
Sou Sãopaulino,anti qualquer time que tente ameaçar a nossa soberania,mas torço pela felicidade de todos os torcedores.

Fernando Moreno
Fernando MorenoPermalink

Caramba, estou na site certo? Aos sem noção, acessem o site do bem amigos ou qualquer coisa do gênero. A nossa viagem aqui é outra.

Roger
RogerPermalink

Perdeu, mas parabéns ao Internacional pela bela torcida que ostenta. No Brasil, acho que só o meu Corinthians, o Flamengo e o Galo levariam tanta gente assim para os Emirados Árabes. Repito: acho. Por que certeza mesmo só tenho com o Internacional, que provou isso ontem. Pela paixão dessa torcida, o título é um mero detalhe.

rh
rhPermalink

O problema é que é necessário ganhar uma Libertadores para ir para o Mundial, então tenho certeza que o Corinthians nunca levaria ninguem para lá.

Cristina L
Cristina LPermalink

(é impressão minha ou esse tópico descambou nos comentários?)

Val
ValPermalink

Este que é o problema gostei do post acima, Julio Beltrão, o problema é que as pessoas os torcedores não se preocupam com seus times e sim com o time dos outros, se perdeu mto no futebol, por causa de pessoas assim...mais é uma pena...

Carlos Renato
Carlos RenatoPermalink

Salve Ricardo,
gostei das fotos e concordo com muita coisa do que vc disse.
porém, O Inter não foi o Mazembe do Barcelona,isso achei um tanto quanto devaneio seu, sobr eo jogo d eontem o Mazembe jogou melhor e venceu, op esporte tem disso, não é humilhação histórica e sim um feito inédito de um tme africano, é chato para vcs do Inter mas não diminui a história do clube, e PARABENS PARA VCS AO TERMINAR O JOGO E APLAUDIR O VENCEDOR, ISSO DIGNIFICA O ESPORTE.
No mais, apesar de sãopaulino, queria vcs campeões, só que agora com toda certeza sou Mazembino na final.

responda, vai assistir a rodada final sábado???

bom turismo e bom retorno

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Vou assistir não... tô curtindo mais ver os colorados ainda com a camisa passeando pela cidade.

Quando disse que o Inter foi o Mazembe do Barcelona é porque era um super-azarão. Em 2006 nem a gente esperava ganhar. (Ainda não encontrei nenhum colorado que não tenha me dito isso.)

Paulo
PauloPermalink

Bacana as fotos! Realmente são momentos fantásticos para serem relembrados, não pela derrota, mas sim pela viagem e as emoções vividas.

Obviamente para quem foi curtir a viagem a vitória é um mero detalhe.

Não acho que o Inter tenha sido o Mazembe do Barcelona!

Espero ter esta oportunidade no final de 2011 com o meu Cruzeiro!

Fernando Machado
Fernando MachadoPermalink

Freire,
EU nem te conheço e também não frequento muito o Blog, que descobri há pouco tempo.
No entanto, entendo perfeitamente o que vc tenta passar.
Há 10 anos, desde que ando pelas minhas perna$, vou atrás do Coringão, em todo jogo decisivo que tenha. Lógico que sempre viajamos atrás do nosso time esperando a vitória, que é o motor da paixão pelo futebol. Mas, de maneira alguma, ela é esencial para a nossa paixão pelo time.
Já vi muitas derrotas do Corinthians fora de SP. Nenhuma, é verdade, tão longe, afinal, somos mais caseiros (rs). Mas, todas as derrotas são sempre carregadas de um forte componente emocional e afirmativo que nos leva ao próximo jogo e a esperança que será diferente.
Em 2008 estava no Recife e vi o Timão perder a Copa do Brasil p/ o Sport. Mas, no outro ano, já estava na estrada e,em Porto Alegre, vi meu time ser campeão sobre o Inter.
É assim mesmo!
Sei o quanto a dor é grande mas, nossa paixão é maior e saber que, igual a nós, tem mais uma legião de apaixonados...é um enorme consolo.

Andre L.
Andre L.Permalink

Eu não gosto muito de futebol ao ponto de ser fanático por um time, mas algo preciso dizer: os torcedores que viajam ao Exterior, sejam em Copas, sejam em torneios como esses, se comportam muito bem, sem violência e vandalismo em geral. Seria bom que os estádios fossem dominados nas arquibancadas e camarotes por este tipo de torcedor que faz do esporte um espetáculo, e não por "torcidas organizadas" (gangues de criminosos) que enfeiam o esporte e enchem as páginas policiais.

Qual seria o caminho? Aumentar drasticamente o preço dos ingressos talvez seja um bom incío... fazer cadastro de torcedores problemáticos, banir qualquer símbolo de "organizadas" e por aí vai.

Fernando Remedio
Fernando RemedioPermalink

Ricardo, concordo com voce que a zebra em 2006 nao foi o Inter, foi o Gabiru!! alias, cade o Gabiru??
Muito bom o post, parabens e aproveite a viagem!

PattyBraga
PattyBragaPermalink

Riq, já disse hoje que te adoro??? Meu sofrimento com a nossa derrota foi amenizado com esse teu brilhante ponto de vista!
Sem mais,
Beijos

Eliana
ElianaPermalink

Ricardo,

Parabéns pelo "post" !!!!

Um alívio para os amantes do futebol e do esporte !!!! Estar feliz em qualquer situação, esperando a próxima partida(sem traumas, violência, stress) !!!!

Vitórias e derrotas são passageiras .... o amor pelo clube este sim permanece !!!!

Saudações tricolores(SPFC).

ELIANA - SP

carlos lima
carlos limaPermalink

Eu como saopaulino gostaria de parabenlizar o Inter por ter conquistado a libertadores e participado do mundial, só quem disputou e ganhou sabe o que é bom, perder faz parte do jogo.
todos os times tem vitórias marcantes e derrotas frustantes , mas isso não tira o brilho e nam mancha a história do clube. e ainda gostaria de dizer que considero o corinthians realmente campeao do mundo de 2000., se os outros times(europeus) não deram importancia, azar o deles

Virginia Lucia
Virginia LuciaPermalink

Riq, no início fiquei até preocupada com você, mas ô bom humor danado, é isso mesmo!!! Lindo texto, belas fotos e impressões, como sempre você está de parabéns.

Clara
ClaraPermalink

Fazer de um limão uma limonada é uma boa e bela idéia.

Mas comparar o Inter com o Manzebra é demais, até para mim, que sou carioca e flamenguista.