Golden Tulip, Salvador: altos e baixos, mas bom custo x benefício

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

Eu estava procurando um hotel para ver a Lavagem do Bonfim. Na primeira vez que pesquisei no Hoteis.com, encontrei dois bons hotéis na região em que queria ficar, o Rio Vermelho, na faixa dos R$ 180 para aqueles três dias de janeiro: o Mercure Rio Vermelho e o Golden Tulip Rio Vermelho. O Mercure é o meu hotel-default em Salvador; acho o seu combinado custo x conforto x localização imbatível. Dois dias depois, porém, quando fui fechar a reserva, não havia mais disponibilidade no Mercure. Resolvi, então, experimentar o Golden Tulip, a R$ 182.

O Golden Tulip Rio Vermelho está na sua terceira administração. Abriu em 1997 como o Transamérica Salvador, e durante os primeiros anos foi o cinco-estrelas mais cobiçado da cidade -- tanto por méritos próprios quanto pela decadência, à época, do vizinho Méridien (hoje totalmente remodelado como Pestana Bahia). Em meados da década passada o hotel ostentou a bandeira  Blue Tree, até ser incorporado à rede Golden Tulip, que está em franca expansão pelo Brasil.

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

Minha primeira impressão do hotel não correspondeu à expectativa. O lobby, cinzento e sem brilho, não lembrava em nada o tempo do Transamérica, quando o bar era um dos favoritos da cidade para encontros de negócios.

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

O quarto também ficou aquém do que eu esperava: pequeno (menor do que o standard do Mercure) e com decoração datada. No mais, tudo OK: os equipamentos funcionando bem, banheiro super em ordem, roupas de cama e banho novas, tudo limpo e cheiroso. Mas o todo me fez imaginar que o hotel não é renovado há muito tempo (se me dissessem que o meu quarto está igual a quando foi inaugurado, eu acreditaria). Eu esperava mais de um Golden Tulip; achei o quarto mais adequado a um Tulip Inn (a bandeira econômica da rede).

Precisei me lembrar do preço (R$ 182, com café da manhã incluso) para me assegurar de que não tinha feito um mau negócio, não. Decerto não era mais uma mega-pechincha, mas o preço continuava interessante. (No Mercure o café da manhã é à parte, e custa R$ 28 por pessoa; em duas pessoas, na hora de pagar os extras, o Mercure acaba indo para uma faixa de preço superior.)

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

Dali em diante, porém, o hotel foi subindo no meu conceito. O café da manhã é nível 5 estrelas, e tem uma tapioqueira a postos.

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

A piscina, que fica no terraço, está ainda mais bonita do que na época do Transamérica. Funcionários me disseram que foi recentemente reformada -- indício de que vem renovação de quartos por aí, também.

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

E na saída, uma bela surpresa: o estacionamento, feito por manobristas, é cortesia -- o que acaba deixando a diária ainda mais em conta.

Resumo:

Hospedagem: 3 noites

Quarto: meu standard era pequeno e precisava de um banho de loja. Se não houver diferença muito significativa de preço, cacife um dos apartamentos luxo, que são maiores e ficam em andares mais altos.

Internet: R$ 15 por dia, com senha fornecida na recepção.

Café da manhã: farto, com ingredientes de qualidade e tapioqueira. Estava incluído na minha diária.

Estrutura: o hotel tem piscina (a mais impactante de Salvador, por conta da vista), academia com sauna (não visitei) e quadras de tênis (na cobertura).

Localização: no alto do Morro do Conselho, no Rio Vermelho, dentro de uma espécie de condomínio guardado com guarita. A pé, você vai precisar subir/descer um caracolzinho para chegar ao bairro, ao lado do Mercado do Rio Vermelho (ou seja, está mais próximo da muvuca do que Pestana, Mercure e Ibis, mas há o inconveniente da ladeira).

Estacionamento. Gratuito, com manobrista.

Perrengue. Um dia faltou luz no bairro entre 3 da manhã e 2 da tarde e o gerador do hotel só garantia a energia de equipamentos de emergência (luzes do teto e elevadores).

Serviço. Funcionários todos simpáticos e prestativos.

Impressões finais. As cinco estrelas do hotel continuarão meio apagadas enquanto os apartamentos e o lobby não forem renovados. Mas para quem quer ficar num hotel de ótimo padrão de serviço, com uma piscina espetacular, a um orçamento pouco maior do que um Ibis, vale a pena.

Golden Tulip Rio Vermelho, Salvador

Veja:

Hotéis de Salvador no Hoteis.com

Todas de Salvador no Viaje na Viagem

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire


 

 

16 comentários

Ed
EdPermalinkResponder

Riq,
quando reformarem os quartos o preço vai lá pras alturas. Lembrando que o café da manhã do Mercure Salvador também é muito caprichado, sem falar da piscina de borda infinita bem pertinho do mar (mas a sauna andava meio largada, uma pena).

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Eu adorava fazer eventos no Transamérica, rsrs. Era sempre sucesso de público e crítica.

O café da manhã está realmente com uma cara ótEma.

E acho a vista dali uma das mais lindas da cidade. Adoro levar meus amigos turistas pra tirar foto de cima do Morro do Conselho.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Uma coisa certa é que quando encontramos uma promoção em um hotel, devemos fazer a reserva na hora. Eu já perdi boas oportunidades por deixar para reserva no dia seguinte.

E o hoteis.com tem algumas tarifas especiais que surgem de vez em quando e rapidamente vão embora. Tem que agir rápido para aproveitar o desconto.

Rafael R.
Rafael R.PermalinkResponder

Fiquei 1 noite no Golden Tulip em abril/2010, logo depois da mudança de bandeira, e me decepcionei demais. Peguei o quarto luxo, enorme, mas muito velho, internet não funcionava nem com toda a boa vontade dos funcionários. A piscina estava precisando de reforma (os ladrilhos já tinham soltado em uma boa parte do fundo, dava um aspecto ruim, mas então já resolveram). A sauna estava desligada. E o melhor da festa eu perdi, meu vôo era super cedo, então fiz check-out antes do café começar.

Em 2008 fiquei no Pestana e achei infinitamente melhor. A CVC tem uma tarifa acordo muito boa com eles, pra 2011 acho que é R$ 244 o duplo (taxas e café incluso) e vale pra reservas avulsas.

zuzu
zuzuPermalinkResponder

O café tá com uma cara ótima mesmo, bem nordestino!

AndreC
AndreCPermalinkResponder

Na minha humilde opinião, a diferença não vale a pena! Fui duas vezes a Salvador em 2010. Em uma fiquei no íbis e, em outra, no Golden Tulip. Cacifei uma promoção e consegui o café grátis no íbis. Achei que valeu mais a pena. A diferença de diária era de 89 reais (na época). Como eu não sou de curtir piscina de hotel, achei que valeu a pena. Sei que o hoteis.com é seu patrocinador, mas depois do cano que levei não reservo nem drink por lá! A dica é se cadastrar para receber as promoções direto do mercure. De vem em quando somos surpreendidos por uma bem legal!! Abraços!

Ricardo Freire

AndreC, fui olhar o comentário em que você relatou o caso -- você não levou um cano. A sua reserva foi debitada no ato porque essas eram as condições, estava escrito na página antes de fechar a reserva, você não leu direito.

Acostume-se: as melhores ofertas, em todos os sites de reservas, inclusive nos sites dos hotéis, e inclusive nos site do Ibis, implicam em débito imediato e não são reembolsáveis.

Sandrissima
SandrissimaPermalinkResponder

Lindo, né? Dá até pra ver meu muquifo de lá. Faltar energia elétrica no Red River? NORMAL... Agora até que melhorou um pouco. Dizem ser por causa da ventania e da alta salinidade. Hoje pela manhã a fiação de minha rua estava em circuito, saindo faíscas.

Silvia Granata

Gostei da dica! Não conheço a rede e acho que posso aproveitar. A rede Accor (Mercure/ Ibis) ja conheço e acho muito boas. Só tem um problema: não tem quartos familias, que comportem um casal com 2 crianças. Só falta melhorar isso para mim!

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Vou experimentar da próxima vez que for na minha amada Salvador. Da última vez fiquei no Pestana e a decepção foi muito grande. Café da manhã super meia boca, com pouquíssimos toques típicos (era disso que eu tinha saudades, já que morei em Salvador) e igual durante os seis dias de estada.
O quarto também não apresentava nada demais, TV convencional e pequena, cama não muito confortável. Enfim, pra 5 estrelas foi decepcionante.
O detalhe positivo é que também não me foi cobrado qualquer valor pelo estacionamento. Além da vista que é linda smile
Aluguei um carro pela Movida em ótimo estado, serviço perfeito, mas caro. Eles possuem um convênio com o Pestana e deixam o veículo no hotel, também retiram acaso não se queira ir dirigindo até o aeroporto.

Abraços

Regiane
RegianePermalinkResponder

Oi Riq, estou com viagem marcada para Salvador em Abril. Tenho lido os comentários aqui e acaba deixando a gente ainda mais confusa..rsrs.. Por acaso você conhece o Hotel Vila Gale Salvador? Tenho lido boas referências dele, será? queria saber de alguém que se hospedou lá para poder comparar. Grande abraço. Regiane

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regiane! Aqui quem responde é A Bóia.
O Vila Galé Salvador é um hotel de estrutura semelhante a este, mas com apartamentos/equipamentos renovados. Fica em Ondina, um bairro entre a Barra e o Rio Vermelho. Você vai precisar de carro ou táxi para se locomover; com exceção do restaurante Alfredo di Roma, não há nada perto para ir a pé.

André
AndréPermalinkResponder

Bóia! Help-me, please. Vou passar uns dias no Iberostar da Praia do Forte. Na volta pensei em conhecer Salvador, ficando duas noites por lá. Qual a melhor localização para isso?
Pensei no Rio Vermelho (Mercury). Vou com filho de 2 anos.
Achei o Pestana e o Vila Galé, abaixo do seu estrelato.
Abç

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Recomendamos Rio Vermelho e Barra como os lugares para aproveitar melhor Salvador.

Para saber mais sobre os hotéis, leia as resenhas de ex-hóspedes do Mercury Rio Vermelho, Pestana e Vila Galé no Booking.

Aldinha Forte
Aldinha FortePermalinkResponder

Pessoal me ajuda....

Tô querendo ir pra Salvador agora no Feriado de 23/06....

Vale a pena ir pra lá essa época? Dizem que Junho chove constantemente por lá...

Qual a opnião de vocês ?

Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Aldinha! Veja como escapar da chuva neste post: https://www.viajenaviagem.com/2011/01/ferias-no-brasil-como-fugir-da-chuva/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar