Feriado no meio da viagem: calma, não é o fim do mundo

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

14 de Julho em Paris

Já escrevi que brasileiro não tem medo de terremoto, não tem medo de furacão, não tem medo de vulcão: brasileiro tem medo é de loja fechada. Prova disso são os comentários desesperados de quem de repente vê seu mundo cair, ao dar-se conta de que vai haver um feriado em Três Pontinhos (Nova York, Buenos Aires, Paris, Santiago, Madri) justo no meio da sua viagem.

Pessoal: feriado não significa greve geral, nem estado de sítio, nem toque de recolher. Com as exceções de praxe (Natal, 1° de janeiro, Páscoa) até as lojas dos shoppings abrem. Em um ou outro lugar pode haver outras datas que tenham essa característica (em Santiago, por exemplo, a Sexta-Feira Santa também fecha o comércio, e até mesmo dos shoppings), mas veja bem: o pânico só se justifica se aquele for exatamente o único dia que você teria para o dever cívico-religioso de comprar.

Pense no feriado que cai justo no meio da sua viagem como o Universo conspirando para atenuar a sua vitrinodependência. Sim, você pode.

10 coisas para fazer quando um feriado resolve cair no meio das suas férias

1. Fazer um bate-volta aos arredores

Todo mundo tem planos de fazer uma ou outra viagem aos arredores da cidade onde está hospedado. Pois bem: programar uma dessas viagens no feriado é uma ótima estratégia. Você foge do lugar parado e vai para o animado. Evite apenas destinos que possam ficar lotados demais (por exemplo: em Santiago, é melhor fugir para Valparaíso e Viña, onde há espaço para todos, do que para as estações de esqui, que têm capacidade limitada).

2. Visitar museus

Museus só fecham em feriados que caem no dia do seu fechamento semanal (normalmente, segunda-feira) ou naqueles megaferiados já citados (Natal sempre, Páscoa às vezes). Identifique os museus que você gostaria de visitar na cidade, entre nos sites para confirmar se abrem no dia do feriado, programe dois e pronto: você não perdeu o seu dia. (Igrejas também entra nesta categoria, e com uma vantagem: não fecham nunca.)

3. Passear no parque

Como você não pensou nisso antes? Parques sempre estão abertos em feriados. E, ao contrário do que acontece na sua cidade, na cidade dos outros os parques ficam mais interessantes quando estão cheios: ver como se vestem, como se comportam e o que consomem os nativos extrapola o mero contato com a natureza.

4. Caprichar no almoço

Feriado combina com um almoço longo e festivo. Se estiver acompanhado, programe uma extravagância gastronômica para esse dia. Não precisa nem ser uma extravagância perdulária: pode ser uma extravagância meramente calórica ou alcoólica. Será um dia memorável.

 

 

5. Dar um rolê por áreas históricas ou residenciais

Quando o centro da cidade é moderno e totalmente voltado aos negócios, fica ermo em feriados. Agora: áreas históricas e bairros residenciais bacanas dão passeios perfeitos para depois do almoço grin

6. Usar o transporte público

Não inventaram dia melhor que o feriado para você se aventurar pela cidade usando o transporte público, que vai estar desafogado. É um bom dia para ir de ônibus até o fim de alguma linha -- e ver um canto da cidade que não faria parte do seu tour.

7. Aderir à programação do dia

Feriados costumam ter eventos, desfiles, corridas, caminhadas, shows de música em parques... Compre os jornais da véspera e do dia e junte-se aos locais. De novo, o show, o desfile e até o evento são o de menos: o mais bacana é a experiência antropológica de ver como os nativos se comportam e experimentar o que eles comem e bebem nessas situações.

8. Cair na balada -- na véspera

Véspera de feriado, em qualquer cidade de médio porte para cima, significa noite fervida. Aproveite para se jogar na naite, com a desculpa de que no outro dia você não vai ter tanta coisa para fazer...

9. Descobrir as feirinhas

Se a síndrome de abstinência comprólatra estiver pegando, tenha pesquisadas as feiras de artesanato e quinquilharias da cidade: é bem provável que algumas sejam armadas em feriados.

10. Embarque num tour organizado

Agências de turismo receptivo não tiram férias. Caso você sofra de feriadofobia aguda, basta ir à recepção do seu hotel e pedir os folhetos e catálogos de excursões. Sempre haverá várias que operam no feriado. Pronto: por causa do feriado, você pode acabar visitando coisas que os seus amigos nem sabiam que existiam, porque não tiveram a sorte de pegar um feriado no meio da viagem! grin

Leia também:

O primeiro e o último dia da viagem: não conte com eles

Cuidado com a síndrome de overplanning

Não procure um lugar em outro

10 certezas que um viajante não deve ter

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email
Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

103 comentários

Paula Pereira
Paula PereiraPermalinkResponder

Esse post foi feito pra mim!
Eu to desesperada! hahaha
To indo pra Santiago (Chile) dia 16...e descobri que é feriado dia 18 e 19! E pelo que eu andei lendo, não é um simples feriado...é o maior feriado deles, eles nao fecham só dia 18 e 19, mas tb acho que fecham no dia 20! Como fico 5 dias...e 3 sao feriados...to um pouco desesperada!
Alguém aqui já foi pro Chile nessa época?
Pode me dizer como que é? O que fecha ou o que fica aberto?
O que eu posso fazer nesses dias?

Obrigada,
Paulinha!

Vivian
VivianPermalinkResponder

Paula, cheguei em Santiago no meio do feriado das Fiestas Patrias, que é esse que vc vai pegar. Realmente, bandeiras nas janelas e tudo fechado. Eu só tinha dólar e não tinha uma casa de cãmbio aberta pra trocar o $ perto de onde eu estava no centro. No fim, consegui sacar num cx eletrônico no metro. E fomos para o Cierro Santa Lucia, que tem uma vista linda, e Cierro San Cristobal.
No dia seguinte que ainda era feriado, passamos o dia em Viña del Mar e Valparaíso, e a noite fomos no shopping pra comer em Santiago mesmo, pois não tinha um restaurante aberto na rua. Mesmo com as lojas fechadas, tem muita coisa pra se ver a pé na rua. Não se desespere. Só tente trocar um pouco de dólar no aeroporto pra não passar desespero que nem eu. rs
Boa viagem

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vivian! É por essas e por outras que recomendamos habilitar o cartão de banco para saques internacionais, e levar um VTM como plano B. Caixa automático não fecha nunca! Eventualmente um está quebrado ou não tem dinheiro, mas sempre tem o próximo!

https://www.viajenaviagem.com/2011/08/a-melhor-moeda-para-levar-para-o-exterior-seu-cartao-do-banco/

Fábio G.
Fábio G.PermalinkResponder

Paula, estive em Santiago no feriado da Asuncion de la Virgem, em 15 de agosto, as grandes lojas na região central abrem, às 11:00. E ficam abertas até às 20:00.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Olá você sabe me dizer se os shoppings e as casas de cambio ficam abertas no dia 15 de agosto? estou indo pra lá no dia 14 e descobri que será feriado, como queria trocar o peso lá agora fiquei meio sem saber o que fazer, pois vou chegar dia 14 a noite.

Thyago Portela

Peguei um feriado agora em julho e agendei pra ir a Vina e Valparaíso. Pq vc não faz isso e no outro dia sobe a montanha pra esquiar?

Mendonça Júnior

Estive em Santiago agora em Agosto. Cheguei no dia 14, domingo, e na segunda, dia 15 era feriado. O que fiz? Fui à estação de esqui que, durante a temporada, inclusive o mês de setembro, não fecha para nada, somente se não tiver neve.

Anelise Isber
Anelise IsberPermalinkResponder

Olá, Estou com o mesmo problema que a Paula , Estou indo para Santiago dia 15 de Setembro bem no feriado de 18 e 19 que é uma das datas mais importantes no Chile. Preciso de uma ajuda para saber se haverá emenda nos dias 20 e 21 , acredito que em qualquer lugar no mundo não mas queria ter essa certeza pois se realmente só for esse dois dias de festa , irei para valparaiso e no outro dia eu passearei nos parques mesmo ...

Obrigada
Anelise

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anelise! O único problema do feriado é para compras e vinícolas. Nesses dias também vale a pena ligar antes de aparecer nos restaurantes. Fora isso, o Mercado funciona, a cidade continuará linda, os cerros estarão abertos, Valparaíso é uma ótima pedida, Cajón de Maipo é uma opção de passeio.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/09/feriado-em-viagem-calma-nao-e-o-fim-do-mundo/

fernanda
fernandaPermalinkResponder

paula, estou na mesma situação.
tinha feito um roteiro para mim mas nem sei por onde começar.
1 dia(18 set) - cerro cristolbal, la chascona, mercado central, santa lucia,,,,
2- dia 19 set- valle nevado e bella vista a noite
3 dia 20 set- valparaiso e nina del mar
4 dia 21 set- viniculas
5- portilho 22 set
6- 23 set???

e agora o que faço? os shoppings estão fechados, museus e o valle dizem q fica lotado. sad

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Veja as dicas do Ricardo Freire para o feriado das Fiestas Patrias aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2012/09/18-19-setembro-santiago-o-que-abre/

Raquel Barbosa

Oi! Estive na Europa e peguei 2 feriados (semana santa e 1º de maio). Uma diquinha de Paris (quem sou eu, já que aprendi demais aqui no seu site): os museus fecharam no feriado de 1º de maio, mas aproveitamos o dia para irmos a Feiras livres (postei algumas dicas: http://saladagrega.blogspot.com/2011/06/olha-o-tomate-passeando-em-feiras-de.html ) e fomos visitar a Torre Eiffel neste dia, pois não fecha nos feriados. Compramos pelo site, e só aparecemos por lá na hora marcada, sem filas. Daí você pode curtir o dia todo sem stress...abraços, Raquel

Priscila [Inquietos]

Lembro de um feriado que aproveitei muito bem: estávamos em Paris no Ano Novo e como no dia seguinte nada abriria, fomos pra Eurodisney. Nos divertimos muito, muito, muito, mesmo com a temperatura perto de zero graus. Saí morrendo de vontade de conhecer a Disney americana. Me rendi.

Diónísio
DiónísioPermalinkResponder

Em Barcelona, em dois dias seguidos de feriado (25 e 26 de dezembro), tive atividades o tempo todo. Os feriados não atrapalharam.

val
valPermalinkResponder

um cineminha vai bem...

Isabel O., Portugal

Achei graça a este texto como curiosidade antropológica - serei só eu que não estou minimamente virada para compras quando viajo? Até as montras quando viajo em Agosto pela Europa me desesperam um pouco - estão cheias de roupa da nova coleção e eu só quero que o Verão não termine NUNCA!!!
Pior que isso é regressar para aí a 10 de Agosto e ver os hipermercados cheios de cartazes a anunciar a campanha "Regresso às Aulas!". Bah...
Por aqui, o que deve ser um bocadinho irritante para turistas são greves de há anos em certos monumentos na altura da Páscoa.(Nos Jerónimos era um "clássico") Comércio em centros comerciais (que há em profusão por tudo quanto é sítio... menos na minha cidade)deixará os consumistas felizes. Nunca vejo nada fechado (talvez no 1º de janeiro...)

Clara
ClaraPermalinkResponder

Isabel O., você tem uma companheira cá no Brasil que não costuma ligar a mínima para compras quando viaja. O que eu compro é porque está na minha cara, pedindo para ser comprado, por assim dizer. O que ocorre é que fico muito entretida com a viagem e todos os seus encantos, de tal forma que não tenho vontade nem paciência de "cortar esse barato"(gíria brasileira meio antiga).

De tanto que não comprei quando viajei, vou para os EUA e aí sim, aproveitarei para ir em um outlet ou outro dar uma renovada, porque os preços no Brasil estão proibitivos.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Em Londres é feriado dia 25 e 26 de dezembro e eu saía de lá justo dia 26. Passei perrengue, foi difícil até conseguir taxi para o aeroporto (metro tb parado).
Aproveitei para passear nos parques e encontrei algumas lojinhas abertas no caminho (dia 25/12).
Mas em Paris, acho que 95% das lojas na Champs Eliseés e na Rivoli estavam abertam no dia 1/1. Isso mesmo, 1 de janeiro.
No Porto também encontrei váriassss lojinhas abertas em 1/1.
Mas eu tinha programa para todos estes dias, só pra constar...rs

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

1/1 é uma data pouco relevante na Península Ibérica. Festas, mesmo, na Epifania (6/1). Eu diria que 6/1 é até mais relevante culturalmente do que o Natal em Portugal e Espanha.

Clara
ClaraPermalinkResponder

Riq, quanto ao fechamento dos museus, de fato, boa parte deles fecha às 2as. feiras, mas alguns fecham às 3as feira e estou lembrando de um que fecha às 5a. feiras, o Guggenheim de N.Y.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

O termo feriadofobia é ótimo! wink

Vivian
VivianPermalinkResponder

Já peguei 15 de agosto na Itália, em Milão. Ferragosto é o feriado mais esperado por eles. Fecham tudo, alguns fecham o mês inteiro. Como eu já tinha feito todos os pontos turísticos possíveis e imagináveis, fui no cinema, sentei na praça do Duomo pra tomar sorvete, fui passear no Castello Sforzesco. Tem muita coisa além de lojas pra se fazer numa cidade.
Mesmo que vc esteja em Miami, e o outlet estiver fechado (oq eu dúvido), vá pra Miami Beach pegar uma praia.smile

Marcio Antonio

Nós fomos pra Roma ano passado na Semana Santa, mas no nosso caso foi justamente por ser Semana Santa; um amigo que trabalha no Vaticano nos conseguiu convites para as cerimônias (na Sexta-Feira Santa foi convite VIP, só faltou comungar com o Papa).

Na Quinta-Feira Santa visitamos igrejas e almoçamos sem problema perto de São João do Latrão (onde assistimos à missa do lava-pés);

na Sexta-Feira Santa fomos ao Coliseu e ao Foro Romano, abertos; de lá fomos pro Vaticano para o ofício da Paixão, e de lá voltamos pro Coliseu para a Via Sacra;

no sábado, começamos em São Paulo Extra Muros, de lá para os Museus Vaticanos, e depois mais uma vez na Basílica de São Pedro para a Vigília Pascal;

domingo fomos de novo ao Vaticano para a missa e a bênção Urbi et Orbi, e depois ao Castelo Sant'Angelo. Com direito a sorvete no fim do dia.

Em todos os dias o restaurante na frente do hotel (perto de Termini) estava aberto. As lojas de temática religiosa (de igrejas, como em Santa Maria Maior) também estavam sempre abertas, inclusive na segunda-feira pós-Páscoa, que também é feriado lá - no sábado, antes da missa, até a livraria do próprio Vaticano estava aberta!

Mas, de resto, como não sou comprólatra, não me aflijo com esse tipo de situação. Até porque em alguns casos eu compro antes, na internet, e mando entregar no hotel uns dias antes da minha chegada, então tanto faz ser feriado ou não.

zuzu
zuzuPermalinkResponder

Os preços no Brasil sao horrorosos mesmo, mas nada justifica essa loucura de comprar. Cansei disso(mas isso sou eu). Tanto que das últimas vezes que levei mala sobressalente, voltou vazis do jeito que foi. Nem levo mais.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Eu acho curioso esses posts sobre compras. Eu garanto que tento, mas não consigo entender a ideia de passar dias e dias de uma viagem cara de turismo em outro continente ou país atrás de compras - a menos que seja uma viagem de negócios domésticos mesmo.

Não recrimino quem viaja assim, todos somos livres para viajarmos como quisermos, mas não me contenho em, sem vocalizar ou externalizar meus pensamentos, fazer a conta do quanto custa o tempo que amigos ou conhecidos dizem que gastam em compras, dividindo o custo total da viagem pelas horas úteis por dia de viagem.

Na verdade, eu até entendo a lógica de comprar por € 100 uma calça que no Brasil custa R$ 1.200, ou por € 399 câmera top que no Brasil custa R$ 2.999. Eu só não entendo a lógica de, depois de achar um produto 80% mais barato que no Brasil em 1 hora de compras, gastar outras 4 horas tentando achar outra loja onde ao invés de 80% a diferença seja de 85%.

hehe desculpem o desabafo :/

Marcio Antonio

Ah, eu compartilho da sua perplexidade. É verdade, já comprei coisas caras lá fora. Netbook, PS3, o cojunto do Beatles Rock Band com bateria e baixo, coisas que aqui custavam 4 vezes mais. Mas nunca fiz "dia de compras" no sentido de "criar necessidades". O mais perto que tive disso foi na Irlanda, quando estava fazendo um tempo miserável e a única solução foi rodar os shoppings e galerias de Galway (que nem eram tantos), ou uma vez em Nova York em que matei BH, Sephora e Macy's em apenas uma manhã para as encomendas dos parentes e amigos.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Ótimo texto! wink
Quando descubro que é feriado no local para onde viajo, a maior preocupação é saber o quão complicado é conseguir táxi para me buscar/levar ao aeroporto. Outra preocupação é com a reserva de hotéis. Agora em julho, passei as Fiestas Patrias entre Lima e Arequipa e, 2 meses antes, alguns hotéis já não estavam mais disponíveis nas datas que eu queria.
Lembro, também, que há alguns anos atrás, passei o 15 de março (feriado nacional) em Budapeste. Estranhei o metrô superlotado e a explicação que me deram foi que o transporte público no feriado era limitado.

Rogerio
RogerioPermalinkResponder

O feriado mais "complicado" que já peguei foi o Ano Novo Judaico (Rosh Hashaná)em Jerusalém. A cidade para mesmo. Restaurante só no hotel.Parece que só não é pior que o Yom Kippur. Mesmo assim as partes árabe e cristã da Cidade Antiga funcionam normalmente e podem ser aproveitadas.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Hehe é isso mesmo Riq !
Uma vez nos tempos pré-web conseguimos a proeza de em uma unica viagem ter apenas dois dias que não eram feriados; e o roteiro
incluia Londres,Roma,Atenas e Istambul (feriadões locais E
o período inteiro do Ramadam ) .
Acho que foi nesta viagem que aprendi a ser feliz sem comprar nada!

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Com relacao à compras na Alemanha, só um lembrete: por aqui TODAS as lojas fecham no domingo.

Nao tem shopping aberto, nao tem lojinha no centro, nada. Só algumas panificadoras (nem todas), algumas farmácias (nem todas) e lojas de conveniência em postos de gasolina.

Domingo é dia de descanso, por lei!

Luca
LucaPermalinkResponder

Beber é sempre solução para quando não se tem nada pra fazer, né? Eu muitas vezes faço turismo gonzo.

Luca
LucaPermalinkResponder

Ah, pior que feriado são férias coletivas que muitas lojas e restaurantes tiram na primeira quinzena de agosto (o suprasumo do auge dos píncaros da alta temporada no hemisfério norte). No meu caso, as lojas nem fazem diferença, mas saber que você não vai poder comer nem hoje nem amanhã naquele restaurante com o qual você tinha sonhado há meses (e até programado a roupa) é duro...

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Lembrança importantíssima. Em algumas cidades, o mercado gastronômico, casas noturnas e outros fecham no altíssimo verão (10-20 dias). Mesmo que essas cidades tenham um certo movimento turístico.

Entre cidades sujeitas a esse contratempo na Europa, cito: Milano, München, Frankfurt, London como as mais afetadas pelo fenômeno por assim dizer.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Pegamos o 1o de novembro em Versailles ano passado. Tinhamos bebido muitos vinhos na região de Champagne, corrido para pegar o Palácio aberto na véspera (eu já conhecia, mas meu marido não, chegamos no entardecer) e o hotel Ibis nos deu uma tremenda boa notícia para um casal que adora praticar sonoterapia - café da manhã até meio-dia - descemos as 11:30 e fizemos a digestão nos Jardins smile

Luana
LuanaPermalinkResponder

Peguei o dia 14 de julho (feriado da bastille) em Paris no ano passado! Aproveitei que era feriado, fui conhecer o Marais que tem muita coisa pra se ver simplesmente flanando pelas ruas, decansei na place de vogue, almocei em um restaurante delicioso a beira do Sena e a noite cometi uma super extravagancia, um jantar harmonizado com vinhos, com musica ao vivo no bateaux parisiens que cruza o Sena e volta a torre eiffel pra vermos os fogos do dia festivo!!!
Foi maravilhoso!! Só tive um probleminha: achar taxi para voltar pro hotel...mas depois de muitas coupes de champagne, nem isso me incomodou!!!!!!

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Adorei as sugestões. E acho que são válidas pra qualquer ocasião. Nem precisa ser feriado. A nº 6 é a minha predileta!

Eliane
ElianePermalinkResponder

Adorei o post!!!
Vou estar em Paris de 22 a 29 de dezembro...
Algumas dicas do que fazer dias 24 e 25???
Será que vou encontrar alguma coisa aberta dia 25?
Pensei na Eurodisney para esse dia?
Alguma sugestão???
Abraços
Eliane

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliane! O site da http://www.disneylandparis.com ainda não está com os horários de Natal, mas é certo que abra todos os dias.

Quanto aos demais programas, é só ler o que está escrito no post e pôr em prática smile

Luana
LuanaPermalinkResponder

Alguém tem dicas do que fazer em Barcelona no dia 1/01? Passeios, restaurantes... =) É o dia em que chegaremos na cidade...será que vou ter dificuldade para encontrar taxi?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luana! Se é o dia em que você chega na cidade, uma boa é fazer o check-in no hotel e se entender pelos arredores. Pelo que pesquisei, atrações-símbolo como Casa Battló, Casa Milà e Parc Güell não fecham em 1º de janeiro. Confira ao chegar wink

FLAVIA
FLAVIAPermalinkResponder

NOSSA, nem com esse blog me animei !!! Estou indo passar 03 noites em ROMA. Chegamos no dia 29 de tardezinha.... os planos eram dia 30 VATICANO e dia 1º COLISSEUM / FÓRUM ROMANO e PALATINO. No entanto acabo de descobrir que dia 1º será FERIADO e tanto o VATICANO como o COLISSEUM não abrirão !!!!!!!
Já comprei os ingressos para o Vaticano no dia 30/Abril.... Dia 2 cedinho partimos. SERÁ QUE VOU ATÉ ROMA E NÃO VOU CONHECER O COLISSEUM ????
Por favor, me ajudem...... chego as 16hs do dia 28. Será que daria tempo de deixar as malas no Hotel (proximo a estação Termini) e CORRER até o Colisseum ????
Ou seria melhor ir ao VATICANO na manhã do dia 30, e deixar a tarde para o Colisseum ??? SOCORRO !!!!

No aguardo...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flavia! Em português se diz Coliseu, em italiano Colosseo, em inglês Colosseum.

Em maio a última entrada é às 18h15, você não vai conseguir. Deixe para a tarde do dia 30. No geral recomendamos nunca ficar menos do que quatro dias inteiros, sem contar com o da chegada, em grandes capitais.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Lucy
LucyPermalinkResponder

Pois é, também fiquei preocupada porque descobri que no dia 15 de agosto, bem no dia que vou chegar em Santiago - Chile, é feriado.
Justo no dia que eu tenho que comprar pelo menos umas luvas de neve pros meus meninos pois iremos para Valle Nevado o dia seguinte.
Já vi alguns comentários que não é muito fácil encontrar roupas para os pequenos para alugar então a minha esperança é que pelo menos os shoppings abram nesse dia.

Elisio
ElisioPermalinkResponder

Vou está apenas 1 dia em Santiago - Chile. Logo dia 15/08 um feriado. Boia ou outra pessoa poderia me dizer se tem lojas abertas no centro de santiago e se tem casas de cambio tb aberta? O que posso fazer nesse feriado lá? em fim o que abre e o que fecha em Santiago nesse feriado do dia 15/08?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisio! As lojas do centro não abrem em feriado. As de shopping abrem. Aproveite para ir a Valparaíso, ou fazer os básicos como Mercado Central (que abre), Cerro San Cristóbal, Cerro Santa Lucía.

Tire dinheiro em caixas eletrônicos. Habilite seu cartão de banco para saques internacionais e desbloqueie para uso no Chile durante a sua viagem.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Elisio
ElisioPermalinkResponder

Obrigado Boia, infelizmente ir a Valparaiso não é possivel pelo tempo, pois estarei em Santiago apenas das 12:00 da tarde até as 21:50 da noite quando pegarei o onibus da turbus para pucon. Essas horas que passarei lá é que queria aproveitar para fazer umas compras de roupas para o frio de pucon já que sou do nordeste do brasil. Como li em algum lugar alguem falando que no centro de santiago tinha roupas e luvas para a neve mais barato do que locar elas, ai pensei em procurar essas roupas no centro de lá, mas pelo jeito isso não vai ser possível. Quanto ao cambio, vc acha que seria melhor eu trocar dolar no aeroporto ou em pucon? só levarei dolar, real e o cartão de crédito. Já que as casa de cambio no centro fecharão. Outra pergunta: vou pegar o onibus da turbus para pucon no terminal da Sazie con Rodriguez, esse local fica perto da estação de metro los herois é isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisio! O seu maior problema será a bagagem. O melhor a fazer é pegar um táxi (aceitam cartão; dá o equivalente a 30 dólares) até o novo shopping Costanera Center, que fica em Providencia. Ali você pode comprar as roupas básicas.

(Dá também para comprar aqui no Brasil pela internet em http://www.decathlon.com.br ).

Se realmente não quiser usar o saque em caixa automático (recomendamos muito que você use essa opção, seja com cartão do banco, seja com VTM), troque 100 dólares pela cotação fajuta da casa de câmbio do aeroporto.

Do shopping Costanera você pode ir de metrô (lembre-se da bagagem....) ou de táxi até o terminal Los Héroes, que fica perto da estação Los Héroes do metrô.

Por favor não pergunte detalhes de Santiago neste post. Para perguntar sobre Santiago, use um post específico de Santiago.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Elisio
ElisioPermalinkResponder

Obrigadão Boia, ajudou bastante. smile

Deise
DeisePermalinkResponder

Olá, estou indo para o Chile em 12/09 a 19/09/12 e como estou vendo, nesse periodo haverá feriado. Nesse periodo o comercio fecha todos esses dias, ou é apenas 18 e 19/09?? O poderia me indicar p fazer nesse periodo?

Grata pela atenção.

Cynthia
CynthiaPermalinkResponder

Oi Comandante, oiBóias...estou indo para NY em dez e gostaria de saber se os museus e outlets fecham no dia 25. Vocês acham legal eu programar conhecer a Philadelphia neste dia? Obrigada!!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cynthia! Outlets e museus fecham no dia 25. Na Philadelphia as coisas também vão estar fechadas smile

Leia mais recomendações sobre o Natal fora de casa:
https://www.viajenaviagem.com/2010/11/noite-de-natal-fora-de-casa-o-que-fazer/

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Pessoal, dicas para 1° de Jan em Londres???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Pesque dicas no post acima smile

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Valeu, sabe me informar algum serviço bacana de tour em Londres. Na internet aparecem vários, gostaria de indicação de algum mais firmeza heheh. Obrigado pela pacênça!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Não armazenamos esse tipo de recomendação. Nossa praia é viajar por conta própria. Não há porque pegar um tour em Londres.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Entendi..na verdade minha busca é mais pelo fato de querer ir a Oxford no dia 01/12, mas com transporte parado pensei em comprar um desses tours apenas para este dia. De qquer modo valeu demais por todas as dicas até agora!

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Digo.. 01/01/13! smile

andrea
andreaPermalinkResponder

Desespero !!!! Eu meu marido e minha filha de 7anos estaremos em Londres em 25 e 26 de Dezembro.
Já sei que não há transporte publico, já sei que nem o Mac donalds abre. Mas tem que ter alguma coisa pra fazer. Não posso ficar trancada no hotel !!!! Qualquer dica tá valendo , Please !!!!!

Fabio de Rezende

Estive ano passado esses dias por lá.

Dia 25 é realmente complicado, nao tem nem onibus. Como 25 foi o dia que cheguei, ja no meio da tarde, acabei dando uma volta perto do hotel, tomei uma cerveja no bar do hotel e fui dormir.

Dia 26 o problema é bem menor, apesar de ser o boxing day.

Vou te dar o meu roteiro que tb é bom para criança.

Acordei e fui na Abadia de Westminster, fui de metro. Atravessei a ponte, passando pelo Big Ben, e fui até a London Eye, em seguida fui no Aquario, que fica em fente a London Eye. Em seguida me dirigi ao museu Madame Tussaud. Existe um ticket desses 3 passeios com desconto e sem filas (dica daqui mesmo).

Depois fui fazer compras na Oxford Street, aproveitando os descontos do boxing day. À noite fui a um show conhecidissimo que eu esqueci o nome, de um pessoal que faz som com latas, vassouras, etc.

É isso. Dia preenchido com leres londrinos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabio! Deve ser o Stomp grin

Fabio de Rezende

Isso, isso, isso!!!

Ana Guaioto
Ana GuaiotoPermalinkResponder

Estarei no dia 14 de julho de 2013-domingo em Paris feriado e como estou com uma crianca de 8 anos e pensei em passar 1 dia no Parc de la villete queria saber se ele abre neste dia de feriado e se vale ou fica muito lotado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Está aberto e fica muito lotado, porque neste dia todos os museus de Paris têm entrada gratuita.

elizabete
elizabetePermalinkResponder

Vou estar em Paris no sábado de aleluia e no domingo de páscoa.
Alguém tem alguma dica de programações, mesmo que forem religiosas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elizabete! Dê uma olhadinha no http://www.conexaoparis.com.br para informações mais específicas.

Semana Santa em Buenos Aires 2013 « Buenos Aires, queridos.

[...] automático Como já bem disse o Ricardo Freire: “brasileiro não tem medo de terremoto, não tem medo de furacão, não tem medo de vulcão: b... Mas mesmo assim, nao dá para negar que todo mundo quer viajar na Semana Santa e que Buenos Aires [...]

maria lúcia r gonçalves

Vou estar em Paris no dia 1 de maio. o que posso fazer, o que está aberto, lojas nem pensar né?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Lucia! Você vai estar na cidade mais linda do mundo. É um presente divino você não perder tempo olhando para vitrines.

Graziela
GrazielaPermalinkResponder

Olá, estarei em Paris no dia 15 de agosto deste ano. O que é possivel fazer neste feriado? Os museus abrem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Graziela! Museus abrem em feriado. Releia o post. Veja quantas coisas você pode fazer num feriado em qualquer lugar do mundo. Mesmo se tudo tudo tudo tudo tudo estivesse fechado em Paris, caminhar pela cidade mais linda do mundo já valeria a pena.

Laura
LauraPermalinkResponder

Alguém pode me dar dicas do que fazer no dia 31 de dezembro e 1 de janeiro em Berlim?
Grata!

goretti matias

chegarei em barcelona dia 24 de dezembro, estou ansiosa pra saber o que possa fazer dia 25 e 26 q são feriados por la, estou viajando com criança de 12 anos,vcs tem algum roteiro pra indicar para esses dois dias, ou algum bate-e-volta ja pesquisei na internet e nåo consegui informações

Lia
LiaPermalinkResponder

Os feriados da Semana Santa prejudicam os passeios turísticos em Paris? Os restaurantes e lojas abrem na 5ª e 6 feira Santa?

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Vou para Lima no feriado de 01 de maio, será que as lojas abrem??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Provavelmente não. Mas acredite: com fé e um pouco de auto-superação, você sobreviverá a essa catástrofe.

Andri
AndriPermalinkResponder

Fernanda, como foi o feriado de 1º de maio em Lima?
Esse ano vou estar lá.

Roberto Hoffmann

Pessoal, sabem como é o feriado de 8 de maio em Paris? Estou interessado nas paradas militares, homenagens aos veteranos da guerra, ou seja, a real comemoração do feriado. As informações nos outros blogs são muito desencontradas: uns dizem que há, outros que não rola mais nada.
Em Moscou, o Dia da Vitória (lá é no 9/maio) é imperdível!
Vale a pena se programar para estar em Paris e ver a festa ou será apenas um feriado “ordinário”?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! De repente no http://www.conexaoparis.com.br elas sabem!

marcia
marciaPermalinkResponder

Vou chegar em lisboa na sexta feira da paixão ,será que vai ter alguma coisa funcionando …..o que poderia fazer neste feriado. Obrigado

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Márcia,

Em 2010 fui pra Lisboa e Porto na Semana Santa e tudo estava funcionando
Fui no final de semana anterior ao feriado e voltei ao Brasil no domingo de Páscoa
Fiz todos os programas turísticos sem contratempos!

Bjs!

Rafaela
RafaelaPermalinkResponder

Oi, Bóia!
Eu pretendo viajar para o Chile em novembro do ano que vem, mas, como eu gosto de conhecer bastante o lugar antes de viajar pra ele (e me divirto muito fazendo isso), já estou começando a planejar desde já! grin Eu vou viajar em família e a data que eu havia escolhido para embarcar (por ser perto do meu aniversário, dentre outros motivos) era sábado, dia 31/out (Dia de las Iglesias Evangélicas y Protestantes) e o dia em que eu havia programado turistar pela cidade (visitar o centro: museus, cerro san cristóbal e cerro santa lucia, mercado central etc.) era justamente no domingo (quando a entrada para muitas atrações é gratuita), dia 1/nov (Dia de Todos los Santos). Quando descobri que era feriado, fiquei com muitas dúvidas: as atrações e os restaurantes estarão abertos nessa data? (Achei muitas informações sobre o que abre e fecha nas Festas Patrias, mas nada sobre essa data específica.) Outra dúvida: por ser domingo (e por ser feriado), o centro da cidade vai ficar muito vazio/esquisito? ou ainda é movimentado o bastante para ser visitado em segurança? Obrigada por qualquer ajuda!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafaela! No fim de semana e à noite o centro fica vazio. Os feriados em que tudo fecha são sexta-feira santa, páscoa e festas pátrias. O Mercado Central abre sempre.

Rafaela
RafaelaPermalinkResponder

Obrigada!!

cristina
cristinaPermalinkResponder

ola, vou estar em buenos aires no feriado da independencia (9 julho) e gostaria de saber oque a populaçao costuma fazer ou aonde encontar informaçoes sobre a programaçao
obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! O Vuenos Airez é um site bastante bacana que tem o calendário cultural da cidade: http://www.vuenosairez.com/

Você também consegue saber sobre eventos ao chegar na cidade. Pergunte no seu hotel, ou procure em jornais locais.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Olá, você sabe me dizer se os shoppings, as casas de cambio e o patio bellavista ficam abertas no dia 15 de agosto em Santiago? estou indo pra lá no dia 14/08 e descobri que será feriado, como queria trocar o peso por lá, fiquei meio sem saber o que fazer, pois vou chegar dia 14 a noite.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Em feriados as praças de alimentação dos shoppings costumam abrir. Você pode trocar um pouco de dinheiro no aeroporto, mesmo com taxa baixa, só para não ficar sem pesos. Use cartão de crédito para gastos maiores até conseguir trocar seu dinheiro por um bom câmbio.

RAQUEL SANTOS
RAQUEL SANTOSPermalinkResponder

Olá!
Gostei das dicas e já haviamos planejado algo semelhante às dicas. Mas ainda me restam dúvidas sober onde ir para comer ou fazer compras.
Irei chegar com minha família no dia 24/12 por volta das 23hs, até aí me planejei para comermos no aeroporto mesmo...claro, se tiver algo aberto.rsrs
Mas quanto ao dia 25/12 não consegui nenhuma indicação de restaurante aberto para almoço e até o momento não tem informações nos sites dos shoppings ou do Pátio Bellavista sobre o horário de funcionamento. Como iremos chegar de véspera, ambos os dias o comércio estará fechado e eu não tenho a mínima idea de como me virar com a turma.
Alguém passou por isso e tem alguma dica?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Caso não haja vôos partindo de madrugada do aeroporto, é provável que tudo também esteja fechado por lá.

No seu lugar, eu mandaria um email para o hotel perguntando sobre serviço de quarto e sugestões para o dia 25.

Francis
FrancisPermalinkResponder

olá pessoal! Alguém sabe se feriado nacional no Peru fecha tudo?
Aliás, em feriado no Peru eles deixam de fazer algum passeio (principalmente em Cusco), acho que não né? Alguém aí já teve a experiência de pegar um feriado quando estava em Cusco?
Eu vou pra lá e pegarei o feriado de Santa Rosa no dia 30 de agosto, que é nacional...
Se alguém tiver dicas e quiser dividir experiências agradeço! wink

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Francis! Tudo estará funcionando. O que acontece nos feriados? As pessoas viajam. Os lugares turisticos atenderão os turistas.

Theophilo
TheophiloPermalinkResponder

Voces poderiam me informar se o mercado
de pulgas de Saint Ouen (Paris) vai abrir no
dia 01 de maio ? Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Teophilo! Não temos certeza, mas parece que costumam abrir:
http://pucesdeparis.blogspot.com.br/2010/04/les-puces-ouvertes-le-1er-mai.html

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Como é em Santiago no Día de las Iglesias Evangélicas y Protestantes? Vi que este ano cai no dia 27/10, justo no período em que estaria lá. Como tem marcha no centro, deve ficar o caos, né? Se não houver opção, melhor planejar uma ida a Valparaíso ou Vinã pra fugir?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Até hoje não tivemos nenhuma reclamação de leitor por algum transtorno nesse dia. Santiago é enorme. Se haverá uma parada no centro, é só não ir ao centro nesse dia.

Laura Martins
Laura MartinsPermalinkResponder

Oi, Bóia!

Acho que ninguém ainda falou sobre isso, então aí vai, porque acho que ajudará as pessoas a não passar o aperto que passamos.

Com alguns meses de antecedência, agendamos viagem para Santiago, compramos passagem, reservamos hotel para que comemorássemos meu aniversário lá, no dia 19 de abril.

Cerca de duas semanas antes de partir (ainda bem!), descobrimos que o governo havia acabado de instituir um feriado nesse dia! E a finalidade seria segurar todo mundo em casa para o recenseamento.

Pesquisei em vários blogs, mandei mensagens, nenhum blogueiro especialista em Santiago, nem o motorista que contratamos, imaginou que fosse fechar TUDO no dia 19/4. Mas fechou. Não posso dizer que fechou tudo porque encontramos um açougue aberto.

Andamos horas a pé pela cidade: restaurantes e shoppings fechados. Perguntávamos às pessoas, na rua, se havia algum lugar aberto onde poderíamos encontrar água mineral. Foi então que descobrimos que muitas pessoas também estavam à procura...

Finalmente, encontramos água. As duas últimas garrafas. Sabe onde? No tal açougue.

Assim, voltamos para o hotel e almoçamos por lá mesmo, pois não havia opção. Ainda bem que não chegamos muito tarde, porque, logo, logo, pararam ônibus de turistas na porta, perguntando se o restaurante do hotel estava aberto. Desceram trocentas pessoas, e os funcionários improvisaram um almoço para elas.

Pelo que apuramos, não adiantava ir para as cidades próximas, porque lá também tudo estaria fechado. Não é comum, no Chile, as pessoas desrespeitarem a lei, segundo o que nos disseram.

Por isso, gostaria de alertar os leitores: é melhor não estar no Chile no dia 19 de abril, porque, com certeza, é pior do que nos feriados religiosos. Meu aniversário foi comemorado andando pelas ruas e, para não dizer que não fizemos nada de especial, tomamos um vinho no restaurante do hotel.

Um gde beijo, Bóia!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar