São Paulo para duros: como é o hotel San Gabriel, na Frei Caneca

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Hotel San Gabriel

Amor à primeira vista... bem, não foi. Confesso nunca ter dado bola para o San Gabriel (R. Frei Caneca, 1006), o hotel econômico favorito de 9 entre 10 duros que se hospedam na região da Paulista. Parte por conta do site, que falhava em impressionar; parte por culpa do sistema de reservas, que demandava o preenchimento de um formulário gigantesco e depósito adiantado das diárias. Agora não tem mais perrengue: o hotel já está no Booking e tudo.

O hotel

Bem localizadérrimo, a três quadras da Paulista e do lado do agito na Augusta – sem, entretanto, ficar no meio da bagunça. São 10 minutos a pé até a estação mais próxima do metrô, e o ponto de táxi em frente tem sempre carros à disposição.

A recepção é bastante grande e parece ter passado por uma reforma recente. Há uma área espaçosa com sofás e de tudo um pouco na lojinha de conveniências.

Hóspedes recebem a senha do wi-fi logo na chegada. A conexão é gratuita e funciona nos quartos, mas em determinados momentos a velocidade esteve ruim.

Os café da manhã cobrado à parte me fez preferir outras opções. O que não falta em São Paulo é padoca.

O quarto

Escolhi o executivo, que é o mais baratinho. Achei bastante confortável, apesar de pequeno. A cama é gostosa e o banheiro tem um tamanho muito bom.

O quarto vem equipado com ar-condicionado e ventilador de teto, uma pequena TV de tubo e uma escrivaninha. Não precisei usar, mas imagino que você tenha que ser bem magrinho para caber entre a cama e a mesa e conseguir trabalhar ali confortavelmente (o apartamento é “executivo”, afinal).

Hotel San GabrielHotel San GabrielHotel San Gabriel

Fiquei surpresa por oferecerem frigobar: muitos hotéis dessa categoria – e até de categorias superiores – não colocam mais frigobar nos quartos. Faz uma tremenda falta. Ponto para o San Gabriel.

Outros acertos são o armário, bem espaçoso, com gavetas e vários cabides, e persiana de metal que fica por fora da janela. O quarto vira um breu. Tive a melhor noite de sono em muito tempo – e não bati a cabeça na beliche de cima quando acordei, o que invariavelmente acontecia no Formule 1 (atual Ibis Budget).

No banheiro eu poderia apontar alguns senões: o chuveiro é elétrico, não são dadas toalhas de rosto, e as de banho são do tipo “hotel econômico” mesmo. Leve xampu e condicionador; por lá só tem sabonetinho. De qualquer forma, garante mais privacidade do que o formato do Formule 1/Ibis Budget, com o box que já sai dentro do quarto e cria um pouco mais de intimidade com o seu companheiro de viagem do que talvez você gostaria.

Identifiquei alguns problemas de conservação aqui e ali: o vidro da janela e o box estavam trincados, e uma das maçanetas do armário era diferente das outras. Nada que tenha causado transtorno, mas incomoda um pouquinho.

Minhas impressões

Acredito que o segredo para sair satisfeito de um albergue ou hotel econômico é saber de antemão o que você vai encontrar. Para quem está com orçamento curto, pretende curtir São Paulo e não sofre de frescurite, apostar no San Gabriel vale a pena. A espetacular Livraria Cultura do Conjunto Nacional está pertíssimo; uma caminhada de 10 minutos leva ao Masp ou às vitrines dos Jardins (olha o bolso!), e dá para voltar a pé da balada na Augusta.

Leia também:

20 comentários

Annabelle
AnnabellePermalinkResponder

Fiquei em duas oportunidades no hotel, ambas em 2007, e não me decepcionei justamente porque já sabia o que iria encontrar.

Apesar da reserva, à época, ter sido um tanto quanto diferente da informada acima (reservei por telefone e fui informada que quando do check-in já deveria efetuar o pagamento e só!), é um hotel simples e econômico, bem localizado, e o café da manhã valia muito à pena.

Algumas considerações devem ser feitas: a localização é indicada não só para turistas que querem ficar próximos à Av. Paulista/Rua Augusta, mas também àqueles que se encontram em tratamento médico nos vários hospitais das redondezas, além do que o Shopping Frei Caneca ali próximo é uma mão na roda com uma boa praça de alimentação.

Uma dica de bons quartos é sempre pedir em um andar (bem) alto, pois a rua Frei Caneca, na altura onde se localiza o hotel (quase Peixoto Gomide), costuma ser muito barulhenta, especialmente aos finais de semana.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Fiquei hospedado lá algumas vezes há aproximadamente 3 anos, quando estava recém-reformado. Também não me decepcionei e parece que nada mudou de lá pra cá. Mesmo assim, continuo achando um custo-beneficio muito superior ao do Formule 1. Principalmente porque a localização é bem mais favorável do que a Consolação ou 9 de Julho...

Justina Muianga

Bom dia gostaria de saber quanto custa a diaria para um quarto triplo e um duplo, para dias 25 de setembro a 28 de setembro de 2012.
Justina Muianga

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Justina! Entre em contato com o hotel, há um link no texto.

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Parei de ficar lá depois que o sistema de reserva se burocratizou. Antes era ligar e dar o número do cartão para garantir a reserva. Isso de formulário, fax, reserva não imediata, pagamento exclusivamente em dinheiro etc., além de não dar mais para mim, não merece ser incentivado.

claudia silva
claudia silvaPermalinkResponder

Como faço pra chegar em osasco de transporte publico, saindo do aeroporto de guarulhos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Pegue o ônibus comum para a estação Bresser do metrô, continue de metrô até a estação Barra Funda, pegue o trem da CPTM na Barra Funda até Osasco (linha 8, Diamante).

ana
anaPermalinkResponder

ola bom dia alguém pode me informar quanto tempo leva aproximadamente da estação Bresser do metro ate o aeroporto de guarulhos indo de ônibus comum?

Jessé
JesséPermalinkResponder

Boa tarde!
Gostaria de saber se alguém conhece alguma hospedagem BBB próxima ao Centro de Exposições Imigrantes ou alguma outra dica de hospedagem bacana próxima a alguma estação de metrô que facilite
o deslocamento até o Centro de Exposições.
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jessé! O hotel Formule 1 do Paraíso está ao lado da estação Paraíso do metrô, onde passa a linha azul, que leva à estação Jabaquara, de onde você pega um táxi para o centro de exposições (são 850 metros).

Jessé
JesséPermalinkResponder

Velu, Boia! Obrigado pela dica. Vocês são ótimos, sempre dispostos a ajudar.

cassia santana

gostaria de saber as opções de transportes públicos e como chegar saindo do aeroporto de Congonhas para o hotel San Gabriel na Frei Caneca, em São Paulo. Grata pela atenção

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cassia! Há um ônibus para a estação Tatuapé, que conecta com o metrô. Vá até a estação República, troque para a linha amarela, desça na estação Paulista, ande mais 10 min. até o hotel.

https://www.viajenaviagem.com/2011/01/a-boia-em-ponte-aerea-para-duros/

Waldyr
WaldyrPermalinkResponder

Fiquei hospedado neste hotel em 2009 e 2013... Excelente custo x benefício, como não sou exigente quanto a hoteis (até pq eu os utilizo somente para dormir) eu gostei muito. Acho que o único problema que alguns irão achar é que o quarto é pequeno.. mas fica a dica: tente reservar com uma antecedência de mais de 30 dias pq suas suítes se esgotam muito rapidamente.... tem vários "sacoleiros" que sempre procuram o Hotel. Possui uma excelente localização, fica há uns 9 km do aeroporto de Congonhas, como já citado por outros viajantes tem um pequeno Shopping , o Frei Caneca próximo...e tem mais um mini-shopping beirando a Av. Paulista que não me recordo o nome mas acho que é Shopping Paulista.

Elaine
ElainePermalinkResponder

Olá, recentemente fiquei no Hotel Moncloa, na região da Frei Caneca, bem próximo ao shopping frei caneca. Achei uma alternativa melhor que o San Gabriel. Eu pesquisei os dois econômicos e considerei o Moncloa melhor custo X benefício por oferecer café da manhã incluso na diária e poder reservar pelo booking. O San Gabriel é burocrático para reservar, precisa pagar uma parte diária adiantado e café da manhã pago à parte. Recomendo o Moncloa para os econômicos como eu.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Sou de BH e fique a pouco no hotel e olha,vou te contar,bom dimais da conta!
O hotel passou por reformas e está muito aconchegante e agradável. Agora eles te dão a opção de 2 cafés da manhã,um mais econômico por 10 reais e um outro estilo buffet,que é a vontade por 20 reais! Fora a promoção no site que eu adoreeeeeeeeeeeeei! Super ajudando os quebrados (como eu rsrs) eles deixam pagar em até 3x sem juros !!! E tem 50% de desconto nas opções de café da manhã. Bom dimais da conta. Indico para todos os amigos,volto pra lá com certezaaaa

beijos galeraaaaaaa

Antoniel Lopes Barbosa

Gostaria de saber preço da diária para casal e se o estacionamento pode ser usado pagando a diária, mesmo que o proprietário do veículo não esteja hospedado.

Explico. É que minha esposa estará internada no Hospital Nove de Julho por quatro dias e o estacionamento do mesmo é muito caro.

Atenciosamente,

Antoniel

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antoniel! Dê uma ligadinha para o hotel, só eles saberão informar.

Júnior
JúniorPermalinkResponder

Uma pena o valor da diária do Hotel ter aumentado tanto. Até ano passado os preços se iniciavam em R$ 150,00 p/ um Casal. Atualmente está R$ 240,00 (incluíram o café da manhã) mas mesmo assim ficou muito elevado

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar