Cânion do Xingó, com base em Alagoas: a dica da Carla Z.

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Cânion do Xingó

A Carla Z. escolheu uma estratégia interessante para visitar o Cânion do Xingó. Em vez de encarar o cansativo bate-volta a partir de Aracaju, ou de se hospedar em Canindé do São Francisco, preferiu fazer na cidade de Piranhas a sua base. Tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, Piranhas fica também às margens do Rio São Francisco, mas no estado de Alagoas. A Carla aproveitou para fazer outros passeios pela região, e para curtir as praias fluviais também. Vai pela Carlinha:

Acabei de voltar do Cânion do Xingó, com base na cidade de Piranhas, em Alagoas. Fui e voltei pelo aeroporto de Aracaju, com vôos diretos Rio – Aracaju – Rio. Aluguei carro no aeroporto mesmo.

De manhã saí em direção a São Cristóvão e só depois para o interior.

São Cristóvão é bonitinha, tem o circuito das 7 igrejas, mas, pelo que tinha lido, esperava mais. De qualquer jeito, gostei bastante de ir passear lá.

A ida foi meio confusa; o GPS e o mapa do Google Maps não se entenderam muito bem. Chegamos perguntando pelo caminho. Antes de ir, melhor perguntar na pousada o caminho para pegar. Na volta fizemos isso e deu certo.

Outro ponto, mas esse a gente já sabia: o Google Maps indica uma volta imensa pra ir de Canindé do São Francisco (a última cidade em Sergipe) para Piranhas, mas tem uma ponte de uma pra outra.

Mirante Secular

[Mirante Secular]

Em Piranhas fiquei no hotel Pedra do Sino, onde também funciona um restaurante com uma vista linda. Eles chamam esse ponto de Mirante Secular, tem uma escadaria de 300 e não sei quantos degraus para chegar lá (mas só fui de carro, nem consigo imaginar subir isso tudo naquele calor). Dá pra ver a cidade toda, além da linda vista do rio São Francisco e as prainhas que se formam na cidade.

Rio São FranciscoRio São Francisco

[Rio São Francisco]

A recepção e o café da manhã são servidos nesse mesmo restaurante e os donos são muito simpáticos e prestativos.

Os quartos têm o principal desejo por lá: ar condicionado! É muito quente. Quando chegamos estava 42°C! É tudo simples, mas bom, além da varandinha com vista pro rio São Francisco.

PiranhasPiranhas[Piranhas]

A cidade é muito fofa, daquelas de se perder passeando, com as casinhas todas coloridas, muito bem preservadas. Não precisa nem saber o que tem por lá, é só ir andando.

A praia no rio é uma delícia (adorei não passar o dia salgada), mas pode ser que tenha muita gente, música alta; o melhor é chegar bem cedo na praia e fazer os passeios de tarde.

Recentemente foi construído o que eles chamam de orla, que são vários restaurantes no final da praia.

As noites foram muito divertidas. Os bares colocam mesinhas na rua (de plástico, Riq, não tem jeito), música ao vivo e depois acaba em festa, com o povo dançando no meio da rua mesmo.

Cânion do Xingó

[Cânion do Xingó]

O passeio mais famoso é o do Cânion do Xingó. Ele sai do restaurante Karrancas, com toda a estrutura pra isso, em Canindé do São Francisco (SE). O restaurante é grande, com buffet de almoço, e também pratos a la carte, uma praia e vários catamarãs e lanchas para o passeio. A navegação pelo rio dura 1 hora e é gostosinha (mesmo com a música o tempo todo rolando) até chegar na parte mais bonita do Cânion, onde é feita uma parada para banho e pra um rolêzinho num barco menor por uma parte mais estreita (5 reais por pessoa).

Cânion do Xingó

Essa parada pra banho seria deliciosa se não fosse uma grande farofa. Só é possível ficar numa área delimitada, uma espécie de piscina feita de rede. Cento e poucas pessoas numa mesma área e aquele monte de macarrão colorido. Ok, já tinha visto fotos, já esperava encontrar isso.

Cânion do Xingó

É possível alugar lancha no restaurante, mas elas estavam parando no mesmo piscinão, não sei se param em outros pontos pra banho. Mas acho que pra um grupo grande a lancha vale a pena sim (não sei os preços).

Procurei saber se dá pra chegar de outro jeito, mas todos aconselham a ir com o catamarã, pela estrutura toda. Mas, como qualquer barco pode chegar lá, acho que se sabendo de outros pontos que saem barcos você deve conseguir fazer esse mesmo passeio com menos gente.

Piranhas

[Barqueiros em Piranhas]

O passeio do último dia foi sensacional. Pegamos um barquinho com um barqueiro em Piranhas mesmo e fomos navegando pelo São Francisco até a fazenda onde Lampião foi morto. Lá tem uma trilha para o ponto exato que foi pego, que não tem nada demais, apenas mostra o lugar, mas você anda pela caatinga – aquela secura e aquele calor! Na fazenda também tem uma prainha deliciosa. Lá eles operam um restaurante, lojinha, tirolesa etc, por isso todos os barquinhos levam lá. Também tem passeios de catamarã saindo de Piranhas, é o passeio básico de lá, mas fazer sozinho é mais gostoso. O bom foi que fomos cedo, antes dos passeios chegarem e o restaurante, a praia e a trilha ficarem cheios de gente. Nosso barqueiro era uma figura e contou várias histórias da região além de levar em pontos de mergulho, pontos com a água clarinha e falar muito do rio São Francisco. Me arrependi de não ter levado a máscara para ver como é o rio.

Outro passeio legal é o da Usina do Xingó. É no caminho entre Piranhas e o lugar de onde sai o catamarã. O passeio todo demora uns 40-50 minutos. Primeiro passa um videozinho, depois explicação na maquete, que é toda de madeira, tão linda que não dá pra prestar atenção no que o carinha diz, só na maquete, e depois pagando 40 reais por carro tem a visita pela Usina, passando de carro em cima da barragem e tudo. É tudo enorme, de ficar de queixo caído. Adorei! Queria até ter ido à Usina de Paulo Afonso no dia seguinte, que fica a uma hora de distância, mas não tive tempo para isso.

Lembre de levar sapato fechado para esse passeio. E a trilha do Lampião também é bem melhor fazer de tênis.

Muito boa essa viagem. Queria que fosse aqui pertinho pra poder ir uma vez por ano.

Adoramos o relato, Carlinha!

Leia mais:

48 comentários

Patricia - Turomaquia

Tinha visto tuas fotos pelo Instagram, e adorei ver o roteiro detalhado!
Beijos

Viviane de Carvalho Pontes

E no alto da escadaria em Piranhas tem um restaurante com a melhor farofa de manteiga de garrafa que já comi na vida...

Eunice
EunicePermalinkResponder

Carla, muito bacana sua viagem. Vc teve notícias de qual a situção da estrada Paulo Afonso-Canindé? Pensei em fazer P. Afonso- Canindé - Piranhas mas não consegui nenhuma informação da real situação desse trecho.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Ih, realmente não sei. Eu perguntei quanto tempo até a Usina mas não falaram a condição das estradas. As que pegamos de Aracaju pra lá estavam boas.
Liga pro hotel Pedra do Sino pra ver se eles podem te informar.

Jackie
JackiePermalinkResponder

Otimo roteiro! Também fizemos esse passeio, mas a partir de Aracaju, com um ônibus (achei a estrada bem estranha pra dirigir por lá, assim, sem conhecimento e sozinhos). Gostei bastante do que li sobre Piranhas, a gente visitou Penedo, tb às margens do S;. Francisco e já ficou encantado. Numa proxima esse roteiro pode ser o escolhido.

nosso post: http://www.viajesim.com/2010/11/lua-de-mel-no-nordeste-sergipe.html

Márcio
MárcioPermalinkResponder

Vou fazer esse roteiro no mês de dezembro, mas saindo de Maceió, onde moro. Aliás, fazer o passeio saindo de Maceió é outra opção para quem vem do sul/sudeste.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Se eu morasse em Maceió com certeza iria muito pra lá! Alias tinham muitos turistas de Maceió em todos os lugares.

Márcio
MárcioPermalinkResponder

Pois é, fico até meio envergonhado de nunca ter feito esse passeio. Sabe como é, né? A gente mora perto, então como é fácil de ir sempre a gente vai deixando pra depois...

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Momento Tommy! Post no VnV!

Lena
LenaPermalinkResponder

Que delícia ver um destino que a gente quer muito fazer, detalhadinho aqui! smile Também tinha visto suas fotos, Carlinha e estava super curiosa pra saber mais. As vezes em que chequei vôos de São Paulo pra Aracaju achei meio complicado. Preciso checar de novo. Quem sabe agora me animo smile

Luciana Ferreira

São Cristóvão é uma cidade bem bonitinha, preservada, vale conhecer. O passeio do Cânion do Xingó é bem bonito. Não dá prá negar que o momento "piscinão de macarrões" é tenso quando se chega, mas depois as pessoas se acomodam (ou a gente acostuma e abstrai, já que o calor é imenso e água, ótima). Além de ser um raro momento de silêncio, verdade que a música não dá refresco pros ouvidos, é repetitiva e fica bem enjoada depois de um tempo.
Sua estratégia de ficar em Piranhas foi uma boa sacada. Eu estava em Aracaju e não tive coragem de sair de lá novamente para fazer os outros passeios. Preferi rumar prá Mangue Seco, outro bate-volta bom, bem mais fresquinho. Parabéns pelo relato, CarlaZ.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Quem está hospedado em Penedo, Maceió ou Aracaju não pode deixar de ir a Piaçabuçu e fazer o passeio até a Foz do Rio São Francisco!!!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Bah Carlinha , a-d-o-r-e-i esta aventura de vcs.

Sempre quis ir até a Foz do SF , mas agora sei que quero mesmo é o
Canion do Xingó >> lindão!

É provável que durante a semana seja menos muvucado né ?
(receita que costuma valer para todos os lugares do planeta )

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Quanto ao google maps , é impressionante a quantidade de erros em rotas , e vale para todos os lugares.

Na minha cidade -Poa- nunca consigo encontrar uma rota correta , está tudo defasado , mão de ruas erradas , caminhos muito longos e sem sentido.
Em outros lugares tb sempre encontro erros grosseiros no google maps, já sei q é só para ter uma idéia, não dá pra confiar.

Flora
FloraPermalinkResponder

Carlinha, acompanhei suas fotos no istagram e foi muito legal ver o seu relato. Quero muito conhecer este canion.

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Show Carlinha, adorei as dicas e quem sabe um dia me aventuro por lá!!!!

A Sylvia disse tudo sobre o google maps, não é só no Brasil é no mundo todo, mas não posso negar que continua infinitamente melhor que GPS defasado ou o novo apps do iPhone smile
Bjos

Sílvia Oliveira

Sensacional o relato. No ano que vem, a Expedição Brasil Express do Matraca News desembarca no Cânion do Xingó e eu também pretendo me hospedar em Piranhas. Adorei, Carlinha! smile

Liliana
LilianaPermalinkResponder

Acompanhei as fotos pelo instagram e babei muito! Quem dera ter tempo de viajar quando visito a família no Brasil.
Parabéns pelas fotos e dicas, Carlinha!

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Lindo esse cânion! Belo relato, sucinto e informativo. Parabéns!

Cintia
CintiaPermalinkResponder

Esse é um dos passeios que ainda quero fazer...apesar da música e farofada...rs...

Vinicius Rezende

Esse roteiro é um espetáculo! Só não visitei a hidrelétrica, e atesto todas as impressões da Carla!
Eu só peguei uma época menos movimentada, e durante a semana - logo, não vi todo esse movimento nos bares de Piranhas. Mas a cidade é um charme! E o hotel tá valendo muito a pena!

Eu fiz esse trajeto, depois fui "seguindo" o São Francisco: Penedo, depois Piaçabuçu (onde se faz o passeio até à Foz do São Chico), depois voltando pelo litoral sul de Alagoas até Maceió (com direito a parada em Pontal do Coruripe, ótima praia pra descansar).

karen
karenPermalinkResponder

Olá, o sr foi de carro de piranhas até Maceió? Gostaria de obter informações da estrada... Se por GPS, é fácil ir de Maceió a canindé? Se a estrada é boa e bem sinalizada? Se é possível fazer bate volta?
Att.
Karen

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karen! Este comentário é de 2012, achamos difícil que o leitor veja a sua pergunta. O Ricardo Freire foi sempre via Sergipe.

Gustavo Alfredo

Sim, é fácil - Apesar da sinalização não ser das melhores mas o trajeto em si é tranquilo.

Saindo de Maceió pegue sentindo Arapiraca, entre as duas cidades a sinalização é boa e entre Maceió e a Barra de São Miguel o trecho é duplicado, estrada excelente. Após a Barra você deve pegar a AL220 e seguir por ela até o trevo com a BR101 (Você só vai andar por ela poucos quilometros).

Após a cidade de São Miguel dos Campos deve-se pegar a direita no posto da PRF e seguir para Arapiraca, depois de Arapiraca continue pela AL220 e vá embora sem entrar em nenhuma cidade - De Arapiraca até Piranhas a sinalização piora, mas não dá pra se perder. Em Olho D'água do Casado você pega a esquerda no trevo, em 15 km estará em Piranhas, aonde de lá até Canindé não dá mais do que 10 km.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Carlinha,
Beleza de relato! smile
Bjs

Érika Marques - Outros Ares

Carlinhas suas fotos ficaram maravilhosas e o roteiro não poderia ser melhor! Show!

Em Julho do ano passado fizemos uma road trip de 15 dias pelo nordeste, alternamos entre o litoral e o interior. Na época descobri Piranhas e vi que valeria uma visita, mas as informações eram poucas como também não vi nenhuma indicação de hospedagem, assim resolvemos pernoitar em Canindé de São Francisco, pois não sou adepta ao bate-volta, gente, é muito cansativo!

Acontece que quando estava lá e fui conhecer Piranhas, fiquei encantada! A cidade é lindinha e mil vezes melhor que Canindé, ponto para você que acertou em cheio! smile Lá no blog, publiquei posts sobre Piranhas, Canindé de São Francisco e passeio aos Cânions do Xingó.

Beijo grande,

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Carlinha, também tinha acompanhado sua viagem pelo Instagram mas lendo aqui o post deu mais vontade ainda de copiar seu roteirinho. Arrasou! wink

wagner gonzalez

Fiz este mesmo roteiro da Carla em 29 de novembro de 2012, inclusive ficando no mesmo hotel em Piranhas, a única coisa que gostaria de acrescentar para ajudar a outros viajantes que forem de carro, assim como nós é que seguindo as orientações de um caminhoneiro em Aracaju,é melhor pegar a BR 101 em direção à Maceió, passando pelas entradas das cidadezinhas de Maruim e Rosário do Catete, após passar pela entrada desta última cidade, virá uma espécie de um trevo com saída somente pela esquerda (não sei precisar quantos km depois dela, mas também não é difícil pois é o único neste percurso) e aí entre nesta estrada à esquerda que chegará em Canindé do São Francisco. Assim que entre nesta estrada menos de 1 km à sua direita tem a entrada para a empresa Vale do Rio Doce, na dúvida pare na guarita e pergunte se esta é a estrada que leva até a cidade de Canindé (foi o que fiz, pois infelizmente as estradas de lá não são bem sinalizadas, então na dúvida é melhor parar e perguntar). Realmente este passeio vale muito à pena realizá-lo. Boa viagem à todos.

Gilca
GilcaPermalinkResponder

Carla, boa tarde! Pretendo ir agora em Setembro, você sugere quantos dias p/ fazer todos os passeio? Sabe informar qual a melhor época de ir p/ lá? Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gilca! Não há época desaconselhável. Chove pouco entre outubro e fevereiro. Passe pelo menos dois dias inteiros (três noites) em Piranhas ou Canindé, para fazer todos os passeios.

ademir lourenço

olá estou chegando dia 23 de outubro 2013 vou ficar dois dias não estou encontrando o site para fazer as reservas do passeio de catamarã alguém sabe ....ademircuritiba@ibest.com.br

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ademir! Você pode ver com a Nativa:
http://www.nativaturismo.com.br/passeiosturisticos.htm

silvana da silva

Carla sua informação, tá sendo otíma agente se sente mais segura.valeu mesmo,,,,

Glória Paiva
Glória PaivaPermalinkResponder

Saímos sem rumo e íamos escolhendo os lugares. Estávamos na Praia do Forte-BA e resolvemos fazer o passeio dos Canyons e o do Lampião .
Aracaju sem vagas nos hoteis. Ficamos num simples na Praia. Internet pifou.ñ consegui reler as dicas.
No próprio hotel nos informou que duas agências faziam o passeio. Nozestour e Crystal..
A 1a com alguma coisa no "Reclame aqui ". E não abria a internet.
Procuramos a Crystal, a atendente mui educada nos informou ser melhor nos hospedarmos em Piranhas, cidd pequena e com poucos hoteis e o melhor seria "Flat do Pedro". Nos mostrou fotos, um quarto com fogao ,geladeiras e que era simples. E seria essa a opção. A reserva foi feira na nossa frente.
Chegamos ás 18:30 hs. Em Piranhas. E as reservas? Procuramos Walkiria, tb educada e solicita "foi feita a reserva, porém não havia vaga".
Nos colocou em um cômodo com banheiro, aparentemente arrumadinho.
Walkiria nos perguntou por diversas vezes se queríamos procurar outro lugar. Cidade pequena , a moça da Crystal tour nos informou que as acomodações eram escassas. Vamos assim mesmo...e estávamos cansados. Tínhamos descido uma trilha para a Grota de Lampião.
Lençóis usados com fios de cabelo. Toalhas rasgadas, desfiadas. Embaixo da cama embalagem de camisinha.
Walkiria voltou e deu jeito.
Ao amanhecer 6:00 hs. Começaram a chegar as crianças de uma creche, ao lado do cômodo.
Saímos a passeio; a cidade é lindinha e com muitos hoteis até com um pouco de luxo . Esse perto de um mirante.
Entramos de gaiato no navio da Crystaltour.
O passeio é belíssimo.

mirts Inácio
mirts InácioPermalinkResponder

Boa noite pessoal!
Olá Carla!
Gostaria de saber quais passeios imperdiveis em Paulo Afonso e em Piranhas, irei passar dois dias em cada cidade.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mirts! Use as dicas do post acima! wink

Mirian Cunha
Mirian CunhaPermalinkResponder

Por favor, alguém sabe informar qual a empresa de ônibus que faz o trajeto Aracaju/Piranhas(AL). Grata. Mirian

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mirian! A Copertalse faz a rota de Aracaju a Canindé:
http://www.coopertalse.com.br/horarios_rotas.wsp

Denise Gomes
Denise GomesPermalinkResponder

Boa noite,
Este site tem ajudado muito eu e meu esposo em nossas viagens, parabéns.
Alguém sabe me informar, por favor, se é difícil ficar hospedado no pedra do sino sem carro? Parece que o acesso não é fácil, tem táxi ou moto- táxi por lá?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! Sim, tem ambos.

NANA
NANAPermalinkResponder

Olá,
alguém sabe de dicas de pousadas perto do centro, para alguém que não está de carro?
grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nana! A O Imperador é bem central.

KATIA CRISTINA DA COSTA MONTEIRO DA SILVA

Segui a dica da Carla e, agora em janeiro/2016, depois de ir a Maceió, fui pra Piranhas e ao Cânion do Xingó. Tudo devidamente registrado.
http://pernasnomundo.blogspot.com.br/2016/02/25-28012016-canion-do-xingo-rota-do.html

Tercia
TerciaPermalinkResponder

A azul tem voos de Salvador para Paulo Afonso .

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Fique como base a cidade de Paulo Afonso na Bahia. Lá além de uma cidade muito simpática tem Várias hidroelétricas muita história e uma bela praia de água doce. Gostei muito de fazer esse roteiro e o do imperador que segue várias cidades do São Francisco. Agora para quem gosta de igrejas e as mais antigas do Brasil tidas em outro vá a penedo Alagoas.

Isabel Cristina de Melo Souza

Alguém sabe informar se consigo ir de ônibus de Aracaju até Piranhas, ou tenho que ir para Candindé e de lá seguir para Piranhas? Vou passar alguns dias em Piranhas, porém sem carro.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar