Natal: como está o calçadão da praia de Ponta Negra

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Calçadão de Ponta Negra

Muitos leitores perguntam sobre o estado do calçadão da praia de Ponta Negra, semidestruído por marés violentas no inverno de 2012 (ou seja: há mais de quinze meses). Estive em Natal e posso mostrar a situação do final de novembro de 2013.

Calçadão de Ponta Negra

Depois de passar o último verão em escombros, o calçadão começou a ser recuperado em meados de 2013. As obras andaram interrompidas por falta de pagamento à construtora, mas foram retomadas e já estão na fase final.

Quer dizer: as obras estão na fase final desta primeira etapa, que consiste apenas na recuperação das condições mínimas de uso, sem oferecer perigo aos banhistas e passantes.

Calçadão de Ponta Negra

O que estão terminando agora é o chamado enrocamento da praia -- a instalação de um paredão de pedras soltas para conter o barranco e impedir mais erosão nas próximas marés grandes.

O calçamento, no entanto, não está sendo recuperado ainda. Os pontos que perderam as pedras portuguesas estão sendo simplesmente recobertos com areia. (Na maré alta, quando alguns trechos da praia somem, esse calçadão de areia acaba funcionando como praia.)

Ponta NegraPonta Negra

Alguns -- poucos -- trechos continuam tenebrosos. É difícil entender que o estrago foi feito pela maré -- e não por um furacão...

A recuperação definitiva do calçadão só vai ocorrer depois de aprovado o projeto de contenção da erosão, que pode ser pela construção de quebra-mares ou de adensamento da areia. Dizem que ficará pronto a tempo da Copa, mas... eu não contaria com isso.

Ponta Negra

O mais incrível é que, para efeito do turismo, o calçadão de Ponta Negra é o equipamento de mobilidade urbana mais importante para Natal. Mas o governo e a burocracia brasileiras têm razões que até a esperteza desconhece.

Leia mais:

9 comentários

Viviane
VivianePermalinkResponder

Morei 15 anos em Natal e saí de lá a quase 9. Estive em Natal agora em novembro e fiquei chocada com o que vi! Não posso imaginar como o calçadão chegou a esse estado e o fato é que a praia de Ponta Negra simplesmente não existe mais!
A situação é terrível na maré cheia! Tentei encontrar um lugar para ficar que não fosse em meio as pedras, e simplesmente não consegui.
É triste ver a Cidade do Sol desse jeito.

juliana
julianaPermalinkResponder

pobre Natal, tão longe de deus, tão perto dos Alves.

Rudson
RudsonPermalinkResponder

A reconstrução do calçadão iniciará tão logo o encoramento for finalizado. Quiosques, banheiros, mirantes, calçadas, parques, paisagismo, bancos, enfim, tudo isso será feito antes da Copa. Na verdade, ficará pronto em maio de 2014. O projeto final, provavelmente de engorda da praia, será feito após esta fase e não tem qualquer ligação com o calçadão.

Maria Helena
Maria HelenaPermalinkResponder

Cheguei anteontem de Natal e realmente o estado do calçadão é lastimável. Continuam as obras de encoramento; aguardemos então a reconstrução do calçadão. Pelos comentários de pessoas que frequentam Natal mais que eu, a maré está ficando cada vez mais alta. Na minha opinião, o mar está reclamando o espaço que lhe foi tomado pela especulação imobiliária...

Sonia Pompermaier

Tambem estive em Natal estes dias…
nao ha praia senao na mare baixa.
pedras e mais pedras...

Marcos
MarcosPermalinkResponder

Essas pedras soltas serão um paraíso para os ratos da região... aqui no Rio onde há delas, há ratos.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Que tristeza ver Natal assim... E os esgotos em Ponta Negra? Da última vez que fui lá estava uma podridão... É muita sacanagem desses governantes e passividade da população.

Vladimir
VladimirPermalinkResponder

Triste realidade brasileira! Esse é apenas um de MILHARES de exemplos que podemos dar para um país que vive se auto-destruindo por falta de vergonha na cara e covardia de um povo passivo (diferente de pacífico).

Poderia escrever um monte aqui, sobre o tema...

Ontem, o consulado americano emitiu um ALERTA DE PERIGO para o Rio de Janeiro... Pelo menos alguém pode ter a chance de salvar seus pertences e talvez a própria vida! Nós que moramos aqui é que sabemos a quantidade de amigos que temos visto postando, pelo facebook, que foram assaltados ou que tiveram parentes ou amigos assaltados! A coisa tá feia!

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Mas nem uma ligaçãozinha...

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar