#Linkódromo | Um miniguia de Turim, no Milão nas Mãos

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Turim

Elegante e discreta, Turim é, das grandes cidades italianas, a mais subestimada turisticamente pelos brasileiros. Berço da Fiat e casa da Juventus, Turim não pára de criar ícones: o mais recente é o empório-feira-bar-restaurante Eataly, que começou ali e hoje é uma atração em Nova York.

Turim está a apenas 140 km de Milão -- ou 55 minutos de trem, o que faz da cidade um bate-volta perfeito.

Em relação a Milão, a capital do Piemonte está 50 km mais próxima dos Alpes italianos. Aosta está a 105 km; Courmayeur, ao pé do Mont Blanc, a 148 km (e Chamonix, já na França, a 170 km). Se não estiver de carro, o jeito mais fácil de chegar é com os ônibus da Savda. Aosta é porta de entrada para o parque nacional Gran Paradiso. Mais ao sul, o Alto Vale Susa tem um rosário de estações de esqui.

Quer saber o que fazer em Turim? A Magê Santos, do excelente Milão nas Mãos, deu uma escapada até a vizinha Turim e traz o roteiro essencial para a sua visita: museus, palácios, cafés, restaurantes e hospedagem.

Vai pela Magê:

Leia também:

15 comentários

Natalia Itabayana

Turim é um excelente destino, e as dicas da Magê são sempre de alto nível. O mesmo esmero que ela tem pra divulgar os segredos e atrações de Milão ela mostra em outros destino da Itália. Ainda tive a sorte de ser guiada pessoalmente por ela pelas ruas milanesas, passeio nota 10!

Mage Santos
Mage SantosPermalinkResponder

Obrigada, querida Natalia!!
Eu adorei conhecer vcs por aqui e pena que foi tão pouco o tempo que tínhamos!!
Bjs

Paula Brum
Paula BrumPermalinkResponder

Se todo mini guia fosse assim, tão certeiro e objetivo.... Sempre dicas maravilhosas, favoritadíssimas. Abraços, querida!!

Mage Santos
Mage SantosPermalinkResponder

Cara Paula!
Obrigada! O que é bonito tem que ser mostrado e visto. Turim é nota 10!!
Abraços

Luciana Rodrigues - Turismo em Roma

Também quero ser guiada pela Magê. Ela realmente bate um bolão com os posts dela.

Mage Santos
Mage SantosPermalinkResponder

Luciana!!
Te espero em Milão para um café e bate pernas pela cidade.
Bjs!!

João
JoãoPermalinkResponder

Espalha não !!!(ahahha). Realmente, fiquei um mês (dez 09) em um estágio e retornei em minha ultima viagem ano passado e não me canso de vê-la e me surpreender!! Vale a visita sim!!

Mage Santos
Mage SantosPermalinkResponder

Pois é, João, dá aquela vontade de não espalhar, né? De ficar com aquele segredo só para gente...
Mas é legal que os brasileiros saibam que é um destino possível. Eu fui depois do Natal, férias de inverno e a cidade estava cheia de italianos e tb muitos franceses.
Agora quero voltar no verão e ver como é a cidade, pq sempre fui no inverno.
Abs

Mage Santos
Mage SantosPermalinkResponder

Turim vale ótimos posts, do Milão das mãos ou de qualquer outra pessoa que posso mostrar as belezas da cidade.
Eu gosto muito dessa cidade!!
Abs
Mage

Cristina Souza da Rosa

Eu não conheço Turim, mas estou prestes a ir a Milão e vou conhecer a cidade pelas mãos da Magê. O blog dela é òtimo, cheio de dicas espertas da cidade e, o melhor, faz a gente ter uma outra visão de Milão. Não vejo a hora de aterrizar na Itália e conhecer Milão.

Beijo, Magê!

Mage santos
Mage santosPermalinkResponder

Cristina querida, estou te esperando.
Vc vai enjoar de Milão!!
Bjs

Marcio Antonio

Eu passei três semanas em Turim como voluntário dos Jogos Olímpicos de Inverno em 2006 e endosso totalmente as dicas de visitas e cafés (os restaurantes eu não pude conferir). Eu acrescentaria aí a catedral de Turim, onde está o famoso Sudário (embora ele não fique à mostra, tem uma exposição interessantíssima sobre os aspectos científicos e históricos do pano), e a Basílica de Superga, de onde se tem vistas magníficas da cidade. A igreja é famosa por um acidente aéreo que matou toda a equipe de futebol do Torino, em 1949, quando o time era um dos melhores do mundo.

Mage santos
Mage santosPermalinkResponder

Marco Antônio,
Pois é, as igrejas, as vilas sabaudas nos arredores...Vai ficar para um próximo post, pq realmente é muita coisa.
Dessa vez, eu nem entrei nos palácios. Melhor, assim tenho sempre uma desculpa para voltar.

Claudua Santos

Turim é super bacana. Aliás, tem tanta cidade na Itália que Brasileiro não faz turismo e que são maravilhosas. Para conhecer mesmo tem que ter espírito desbravador e explorar, e sair dos roteiros que todo mundo faz.

Eu recomendo Turim sempre!!

Karen Duarte
Karen DuartePermalinkResponder

Adoro o norte da Itália, mas ainda não fui a Turim. Estive nos alpes na fronteira da Áustria, em Corvara, Alta Badia. Lindo demais!
Adorei o blog. Morei alguns anos na Europa e há poucos meses também comecei a escrever em um blog de viagens. Se tiver interesse em conhecer, segue o link http://vidadeviajante.com
Abraços

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar