Quantum of the Seas: tecnologia e diversão em um cruzeiro à prova de tédio

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Simulador de queda livre RipCord by iFLY

Simulador de queda livre no Quantum of the Seas

Com o lançamento em 2009/2010 dos colossais Oasis of the Seas e Allure of the Seas (até hoje os maiores navios de cruzeiro do mundo), a Royal Caribbean criou para si mesma um problemão. Afinal, o próximo integrante da frota não poderia deixar a dever aos seus antecessores, que foram revolucionários em termos de engenharia e atividades a bordo. Jardins suspensos, tirolesa, teatro aquático e um calçadão ao ar livre no centro do navio eram atrações da dupla Oasis-Allure bem difíceis de superar.

Quantum of the Seas

Quantum of the Seas no porto de Cape Liberty, New Jersey

Pois então, 5 anos depois de ter zarpardo com o Oasis, o Viaje na Viagem esteve em Cape Liberty, New Jersey, para conhecer o Quantum of the Seas, apresentado neste semestre pela Royal Caribbean como o primeiro "smartship" do mundo.

Mas o que é que um smartship tem que os outros navios não têm?

Embarque no Quantum of the Seas

Check-in sem filas

As experiências inteligentes no Quantum of the Seas começam já no check-in, que dispensa filas e guichês. O procedimento é feito no saguão de embarque de maneira muito mais ágil e simpática, com agentes da companhia e seus tablets.

O navio oferece banda larga de alta velocidade, algo que não se encontra em cruzeiros normalmente. O serviço é pago (fuén!), mas vai possibilitar acompanhar a chegada da mala à porta da cabine em tempo real, e também permitir montar e modificar a sua agenda de atividades ao longo da viagem, usando um aplicativo para iPhone/iPad ou Android. Quem não quiser pagar pelo wi-fi vai poder programar sua agenda em estações com tablets, de uso gratuito e distribuídas pelo navio.

(O app não estava disponível nas 2 noites em que estivemos a bordo, mas o wi-fi foi liberado e funcionou muito bem.)

Pulseirinha do Quantum of the Seas

Pulseirinha de identificação por radiofreqüência

Cada passageiro recebe uma pulseirinha, como a MagicBand da Disney, para usar no navio. Durante os dois dias em que estive no Quantum, eu usei a pulseirinha para abrir a porta da cabine, para pedir o meu drink no Bionic Bar e para desembarcar. Compras também poderão ser feitas diretamente com ela, mas eu esperava um pouquinho mais de chances de interação. Seria divertido!

North Star

North Star: o mirante móvel do Quantum of the Seas

Mas é nas suas principais atrações que a tecnologia inovadora do Quantum of the Seas se escancara. São 4 grandes novidades: uma cápsula de vidro que funciona como uma espécie de mirante móvel, um simulador de queda livre, um bar operado por robôs e um teatro com telões apelidados de "Roboscreens".

North Star

North Star

A North Star é a atração principal e a mais impressionante do Quantum of the Seas. É uma cabine como aquelas de bondinho, ou de roda-gigante, que eleva 15 pessoas por vez a uma altura de 90 metros.

Passeio na North Star

Dentro da North Star

O passeio é suave e surpreende com vistas inimagináveis do navio. Pegamos dias bem nublados e, assim mesmo, foi uma experiência fantástica. Imagino que deva ser especialmente bonito rodar com a North Star em um dia de sol, tendo o porto de desembarque à vista.

Queda livre no RipCord by iFLY

O simulador de queda livre RipCord

O simulador de queda livre RipCord by iFLY é a atividade mais radical a bordo. Depois de um treinamento, e devidamente equipado com macacão, capacete e óculos, você está pronto para se lançar em um vôo de 1 minuto, dentro de um túnel de vento. Os instrutores acompanham cada passageiro e vi alguns conseguindo voar sem muita dificuldade, flutuando a uma altura de 1 metro e meio a 2 metros. (Com experiência, dá para ir bem, bem mais alto!)

Bionic Bar

Robôs-barmen do Bionic Bar

Particularmente hi-tech é o Bionic Bar, em que dois robôs fazem as vezes de barmen e preparam drinks sem qualquer interferência humana. As garrafas de bebida ficam encaixadas no teto, de cabeça para baixo, e os robôs vão preparando os coquetéis de acordo com os pedidos que forem chegando pelos tablets espalhados pelo bar.

Bionic Bar

Bionic Bar

Pedindo um drink, via tablet, no Bionic Bar

Há receitas prontas, mas você também pode inventar a sua própria bebida. Selecione entre tequila, whisky, gin, vodka; adicione sucos, licores, refrigerante, gelo; peça para agitar ou misturar. O robô faz tudo, só não traz amendoins ou escuta seus problemas. mrgreen

Two70, o teatro hi-tech do Quantum of the Seas

Espetáculo no Two70, o teatro hi-tech do Quantum of the Seas

À noite, mais inovações no teatro Two70 – um espaço preparado para apresentações mistas de música, acrobacia e dança, com telões de altíssima resolução. Um grupo de 6 telas articuladas chamadas Roboscreens compõem o espetáculo fazendo do cenário um coadjuvante em cena.

Starwater no Quantum of the Seas

Starwater no Quantum of the Seas

Starwater

O espetáculo atualmente em cartaz, Starwater, é super dinâmico, com atores que passeiam pela platéia, bailarinos suspensos em cabos de aço e todo um clima Vegas. Um arraso!

Um navio novo – e de espírito jovem

Quantum of the Seas

Arte no corredor do Quantum of the Seas

Minha impressão geral do Quantum of the Seas é de que se trata de um navio com espírito jovem, não apenas pelas atrações mais radicais, mas também por algo de contemporâneo e fresco que se experimenta em boa parte do navio.

Elevadores no Quantum of the Seas

Elevadores

A decoração nos espaços comuns varia do sóbrio ao divertido. Os elevadores são bem-humorados, com suas fotos engraçadas de bichos.

Cabine interna com varanda virtual

Cabine interna com janela virtual

Cabine no Quantum of the Seas

Cabine com varanda

Cabine superior com vista para o mar

Cabine superior com vista para o mar

Nas cabines, a decoração é igual à que você encontraria em um hotel executivo dos mais bacaninhas. (E as cabines internas têm uma tela de LED do tamanho de uma janelão, em que é transmitida, em tempo real, a vista que se teria de uma varanda.)

Restaurante Izumi

Restaurante japonês Izumi

Alguns restaurantes poderiam muito bem existir em terra firme. Aqueles restaurantes formais grandalhões, típicos de cruzeiros, não são vistos por ali.

DJ no Seaplex

DJ no Seaplex

No Seaplex, o complexo de entretenimento do Quantum of the Seas, iluminação e som têm qualidade espantosa, que talvez você não ache nem na melhor balada da sua cidade. E a trilha sonora são só os hits mais-mais do momento.

A música no Quantum of the Seas é digna de nota, por sinal. Taylor Swift nos alto-falantes do Seaplex, o sonzinho tranqüilo da Feist a caminho das cabines, uma banda soul de responsa no Two70, o musical Mamma Mia em versão completa no Royal Theater, e bandas cover no Music Hall...

Bon Jovi cover

Bon Jovi cover

... com um Jon Bon Jovi mais abusado que o próprio Jon Bon Jovi. Hilário!

Entediada ficava a sua avó

Quantum of the Seas

Escalada, North Star e um urso cor-de-rosa de 8 toneladas

No Quantum of the Seas, o simulador RipCord e o mirante móvel North Star são apenas os carros-chefes de um navio cheio de atividades a experimentar.

Bodyboard no Quantum of the Seas

Simulador de surfe e bodyboard

Ao ar livre, a parede de escalada e o simulador de surfe e bodyboard são sucessos de outros navios da marca que a Royal Caribbean repete no Quantum of the Seas.

Carrinho bate-bate

Carrinhos bate-bate no Seaplex

No Seaplex, o maior centro de entretenimento coberto já feito em um navio, a primeira pista de bate-bate em alto mar do mundo só deixa uma pergunta: mas por que é que ninguém pensou nisso antes?

Patinação no Quantum of the Seas

Patins na pista do Seaplex 

Quando os carrinhos vão para a garagem, a pista se transforma em uma grande quadra multiuso, com turnos para aulas de trapézio, patinação e partidas de basquete, futebol e vôlei.

Estações de Xbox no Seaplex

Espaço Xbox One no Seaplex

No Seaplex também há mesas de air hockey, ping-pong e uma sala só com videogames Xbox.

The Living Room, o espaço teen do Quantum of the Seas

O espaço teen descoladão do Quantum of the Seas

Adolescentes e crianças têm também os seus próprios espaços à parte para fazer amigos, bater papo e descansar, o que torna o Seaplex um local de interação de pessoas de todas as idades.

Todas as atrações – North Star, simulador de queda livre, carrinho bate-bate e as demais – estão inclusas no preço do cruzeiro.

Piscinas

Piscina principal dos adultos

Piscina principal dos adultos

Piscina dos adultos e piscina infantil

Piscina dos adultos e piscina infantil

As piscinas são 4. As duas principais ficam lado a lado, ao ar livre: uma grande e outra infantil, com personagens do filme Madagascar.

Piscina coberta

Piscina coberta

Piscina coberta

A terceira piscina fica em uma área com cobertura retrátil, uma idéia esperta para dias de chuva.

Solarium

Solarium no Quantum of the Seas

Solarium

A quarta piscina fica no solarium, o lugar mais gostoso para curtir a paisagem em um ambiente quase zen, todo cheio de plantas naturais, e exclusivo para adultos.

À exceção do solarium, as áreas de piscina são bem standard para um navio tão cheio de novidades.

Refeições inclusas

American Icon Grill

Restaurante American Icon Grill

Passageiros de cruzeiros costumam ter duas opções para jantar inclusas no pacote – ou fazem a refeição no restaurante principal do navio, ou comem no restaurante-buffet, tendo algumas outras alternativas pagas à disposição para dar uma variada em um dia ou outro.

Silk

Restaurante Silk

No Quantum of the Seas você pode jantar a cada noite em um restaurante a la carte diferente, e 4 deles estão inclusos em qualquer pacote, desde as cabines mais básicas. Experimentei o American Icon Grill, que serve hambúrgueres, chicken wings, gumbo, mac 'n cheese e outros pratos típicos americanos, e o Silk, que é pan-asiático e tem no menu pratos conhecidos no mundo todo, como rolinhos primavera, salada thai de papaia verde e frango tikka masala.

Os outros restaurantes inclusos para todos são o The Grande, de clássicos da cozinha européia, e o Chic, de cozinha contemporânea. Hóspedes de suítes têm ainda outra opção inclusa à disposição: o Coastal Kitchen, de inspiração mediterrânea.

Restaurante-buffet Windjammer

Almoço no Windjammer

Restaurante-buffet Windjammer

Além deles, o restaurante-buffet Windjammer é aberto a todos os hóspedes, com cozinha variada e apresentação bem bacana.

Entre restaurantes, cafés e lanchonetes, são 11 as opções já inclusas para refeições.

Refeições pagas

Jamie's Italian

Jamie's Italian

O melhor que comi no Quantum of the Seas, devo ser sincera, veio de dois lugares pagos à parte: o Jamie's Italian e o Michael's Genuine Pub.

Jamie's Italian

Jamie's Italian

O Jamie's Italian rende um jantar divertido em família, com antipasti para dividir, vinho da casa e clima informalíssimo. Minhas costeletas de cordeiro estavam excelentes. O jantar vale os 45 dólares cobrados, uma vez que você pode pedir quantos e quaisquer itens entre entrada, prato principal e sobremesa por esse preço.

Michael's Genuine Pub

Michael's Genuine Pub

Michael's Genuine Pub

Michael's Genuine Pub

O Michael's Genuine Pub, meu favorito, tem tudo para ser o grande point do navio. Cada porção de petiscos custa 5 dólares, e você pode escolher entre azeitonas temperadas, batata chips com molho de cebolas caramelizadas, falafel, fritas de polenta, sanduíches, saladas, entre muitas opções. Cervejas artesanais são o forte do bar, com preços entre 3 e 15 dólares.

São 8 os restaurantes e lanchonetes que devem ser pagos à parte no Quantum of the Seas.

Próximas saídas

Royal Esplanade

Royal Esplanade

O Quantum of the Seas vai estar no Caribe nesta próxima temporada. Entre dezembro de 2014 e janeiro de 2015 serão diversas saídas, começando em R$ 2.649 por pessoa, por 8 noites em cabine interna dupla.

A partir de julho, o navio se muda para a China, onde fará viagens a partir de Xangai.

O navio-irmão do Quantum of the Seas, Anthem of the Seas, começa a navegar em abril de 2015. Em 6 de maio está programada uma saída a partir de Southampton, Inglaterra, em um cruzeiro de 16 noites pela Europa, incluindo paradas em Barcelona, Nice, Marselha e La Spezia. Os preços começam em R$ 6.059 por pessoa, em cabine interna dupla.

Veja mais informações no site da Royal Caribbean.

Quantum of the Seas ou Oasis of the Seas?

Quantum of the Seas

Quantum of the Seas

O Quantum of the Seas não supera o Oasis of the Seas. A experiência oferecida é outra, e não poderia ser diferente, dada inclusive a diferença de porte entre um e outro.

Escolha o Quantum/Anthem of the Seas se estiver procurando um cruzeiro com um quê a mais: pelas atividades de aventura, pelas opções de restaurante, pela tecnologia empregada no entretenimento e nos serviços.

Escolha o Oasis/Allure of the Seas se pensar no navio como o destino em si, e se quiser viver uma experiência única em um gigante.

Mariana viajou a convite da Royal Caribbean.

Leia mais:

17 comentários

Lala Rebelo
Lala RebeloPermalinkResponder

UAU! Adorei! Nunca gostei muito de fazer viagem de cruzeiro, por causa do pouco tempo em cada local. Mas esseeee cruzeiro!! Me deixou louca pra conhecê-lo! smile
Beijos,
Lala Rebelo / travel blogger
www.lalarebelo.com

Damares Lombardo

Mariana, acho que nem querendo não dá pra ficar entediado....rsrsrsrs

Hugo
HugoPermalinkResponder

Depois desse relato maravilhoso, até eu fiquei com vontade de embarcar nesse passeio.

Lucas Melo
Lucas MeloPermalinkResponder

Pena que não temos estrutura para estas novidades aqui no Brasil

Luana Prazeires

Perfeito!!!!
Sou suspeita em falar, pois, sou viciada em cruzeiros e já trabalhei em cruzeiros, mas este é realmente incrível!!!!! Arrasou VNV! TOP

Cibi Fabi
Cibi FabiPermalinkResponder

Olá Mariana! Ao terminar de ler sua experiência -viagem no Cruzeiro, fiquei intrigada: só tem qualidades e tudo é incrível e maravilhoso, mas não tem nenhum defeito, nada saiu errado???

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Cibi Fabi, quanto ao Oasis of The Seas, posso lhe dizer que realmente não tem defeitos. Os americanos sabem fazer a coisa certa. Estive ano passado num cruzeiro de 7 noites no Oasis e foi espetacular, sem falar na educação e gentileza da tripulação e dos passageiros. Acredito que o Quantum of the Seas siga a mesma linha.

mirella matthiesen

Eu vi o Quantum of the Sea em Nassau na semana passada smile

Angelo Pavan
Angelo PavanPermalinkResponder

Que loucura! Nunca imaginei ser possível fazer tanta coisa flutuar junta! eek
Aí me vem a pergunta: com tantos atrativos, que imagino eu pode-se levar vários dias para se conhecer a todos (e nem se ver a luz do Sol), porque este "hotel" precisa sair de terra firme?

Rubens xacraleonel

Incrivel...fizemos a travessia , Sampa / Barcelona, adoramos, No Splendours.
Agora em abril retornaremos aos mares, com o Rapsody...e´esse o nome?
A Royal Caribeann, é um showw no marr..

A. L.
A. L.PermalinkResponder

O dress code dos jantares é atualizado com a modernidade das instalações ou atividades, ou permanece o anacronismo de sempre, com padrões de 1965?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, A.L.! A maioria dos restaurantes pede trajes casuais ou "smart casual". Apenas 2 pedem trajes formais, mas nada a la "noite do comandante". wink

lilian mori
lilian moriPermalinkResponder

Gostaria de passar o reveillon de 2015 no quantum. Nesta data dezembro 2015 ele estará onde para q eu possa embarcar e qual o itinerário. Grata. Lilian

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lilian! Dê uma pesquisada no site da Royal Caribbean:

http://www.royalcaribbean.com.br/findacruise/ships/class/ship/home.do?shipCode=QN&wuc=BRA

Maria Christina Nogueira Maciel Ramalho

Olá, há dois anos atras viajei no Allure Of The Seas, um cruzeiro de 7 dias e tudo foi maravilhoso! Fiz um pacote de cerveja que foi ótimo. Estou de viagem marcada no Quantum em abril , um cruzeiro de 14 dias. Soube que não vale a pena comprar pacotes de bebidas, gostaria de escutar sua opinião.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Christina! Veja a opinião de alguém que comprou:
http://mjontravel.boardingarea.com/2014/11/08/cruise-drink-packages/

Magali Viajante

Fazer um cruzeiro é sempre uma delícia!
Veja no blog Magali Viajante 8 motivos para fazer um cruzeiro agora!
http://magaliviajante.com/2014/08/22/magalista-8-motivos-para-fazer-um-cruzeiro/

Abraços!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar