QT Sydney: um hotel feito para o Instagram

Natalie Soares
por Natalie Soares

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Um dos louges do QT Hotel

Quando cheguei em Sydney, depois de viajar, literalmente, para o outro lado do mundo, já tinha perdido um pouco a noção da hora e ansiava apenas por fazer o check-in no hotel e descansar. O que eu não imaginava era ser recebida pela Diretora do Caos, praticamente uma celebridade do QT Hotel (a pronúncia é igual à de "cute"), que dá as boas-vindas para todos os hóspedes que ficam por ali. Com sua peruca ruiva e seu look desenvolvido por um dos nomes importantes do mundo fashion da Austrália, ela era a primeira impressão de que esse hotel seria algo diferente.

O hotel

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Um dos lounges do QT Hotel

Ao chegar na recepção – que funciona no primeiro andar de um prédio histórico no centro da cidade – o hotel mostra um pouco mais da sua personalidade: uma mistura curiosa de peças retrôs com artigos de design contemporâneo, com direito a uma parede toda trabalhada com malas da antiga Pan Am, pôsteres e iluminação indireta.

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Detalhes da recepção

Da trilha sonora aos atenciosos funcionários, o hotel proporciona uma experiência cheia de temperos especiais.

O QT é o único endereço de Sydney membro do clube Design Hotels e, nos últimos anos, vem arrancando elogios da crítica especializada, além de figurar na lista dos melhores hotéis da Condé Nast Traveler. Ele ainda conta com um SPA e uma barbearia vintage no subsolo que complementam muito bem o seu conceito inusitado e atento aos detalhes.

O Quarto

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Luminária

Check-in feito, entrei no elevador e começou a tocar James Brown todo animadão cantando I Feel Good. No dia seguinte, ao descer para o café da manhã era a vez de Billy Idol me acompanhar com Dancing with Myself. Para minha surpresa, descobri que os elevadores do hotel têm um sensor que calcula quantas pessoas estão dentro dele para decidir a trilha sonora.

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Quarto do QT Hotel

Ao todo, o QT conta com 200 quartos e seus objetos da decoração variam de um para o outro. Dos jogos de infância, como dominó e pega-varetas, aos itens para você preparar seu próprio martini, os ambientes são cheios de detalhes bem humorados.

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Detalhes da bancada do quarto.

Jet lag? Não ouvi nem falar desse nome.

Restaurante e Bar

IMG_7743

Bar do QT Hotel pela manhã. Lotado todas as noites.

Assim que o hotel foi inaugurado, o restaurante e o bar caíram na graça dos moradores de Sydney e principalmente de quem trabalha próximo à Market Street.

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Restaurante do QT Hotel

O Gowings Bar & Grill é uma brasserie no melhor estilo europeu. Com um salão amplo e a cozinha aberta, o restaurante também é uma ótima escolha para quem quer ter um bom jantar em Sydney, e a dica vale também para quem não está hospedado por lá (é importante reservar). O cardápio traz pratos à base de frutos do mar, peixes, cortes de carnes especiais e aproveita muito bem os produtos frescos da região.

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Salão do Gowings Bar na hora do café da manhã

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Jantar no Gowings Bar & Grill 

Durante as manhãs, o agitado salão dá lugar a um café da manhã caprichado e servido à la carte. Se a magia mora nos pequenos detalhes, então o dia começa muito bem ao provar a manteiga caseira feita ali mesmo e bagel com sementes de papoula.

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Entrada do café Parlour Lane Roasters

O QT ainda conta com o Gilt Lounge, ideal para curtir a variada carta de drinks e o Parlour Lane Roasters, um café com jeitão meio vintage no térreo do prédio ao lado da entrada principal do teatro.

Localização

QT Hotel Sydney dica onde ficar

Fachada do hotel ao lado do teatro State.

O hotel fica entre dois emblemáticos prédios do CBD, o centro financeiro de Sydney: a histórica loja de departamentos Gowing e o Teatro State; além disso, está a menos de um quarteirão do Queen Victoria Building, de frente para o shopping Westfield e a duas quadras do Hyde Park.

Embora fique no coração do bairro empresarial, ele está próximo de uma infinidade de lojas de marcas internacionais, de departamento, shoppings e a 20 minutos de caminhada do Circular Quay. Também está num ponto estratégico do metrô e de várias linhas de ônibus que levam rapidamente para praticamente qualquer canto da cidade.

É pra você que procura por um conceito de hotel cheio de personalidade e que quer ficar no burburinho.

Não é pra você que gosta de hospedagens mais sóbrias e discretas.

Natalie viajou a convite do Turismo da Austrália.

Leia mais:

3 comentários

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Adorei!!

Clarissa Carino

Adorei, lindíssimo, pena que a diária é um pouco cara demais rs

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Procurando passagem pra Sydney já!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar