Dubai Opera abre no fim de agosto com show de Plácido Domingo

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Fachada do Dubai Opera

Dubai está prestes a ganhar mais uma atração: a Dubai Opera, localizada em frente ao edifício Burj Khalifa, em Downtown Dubai, abre suas portas em 31 de agosto. O tenor espanhol Plácido Domingo é o convidado para o concerto de abertura.

O calendário continua recheado nos dias posteriores, com montagens de 'Os Pescadores de Pérolas' de Bizet (de 1 a 3 de setembro); 'O Barbeiro de Sevilha' de Rossini (de 2 a 4/9); 'Ópera Sem Palavras' (em 5/9); 'Giselle' e 'Coppélia', ambas encenadas pelo Balé e Orquestra da Sibéria (no dia 16/9 e de 15 a 17/9, respectivamente). 'Postcards from Vienna' (22/9); 'Mozart Gala' (23/9) e o show ilusionista 'Impossible' (de 26 a 29/9) dão seqüência à programação que conta em 8 de outubro com o tenor José Carreras.

Além de espetáculos 'ocidentais' de ópera, cantores pop e musicais da Broadway ('Les Misérables' e 'West Side Story' estão engatilhados), a Dubai Opera também servirá de palco para apresentações de estrelas do mundo árabe. Ou seja: fique de olho no site quando programar uma viagem para a cidade. Os ingressos dos espetáculos cujos preços já foram divulgados ficam na média de 300 dirhams, aproximadamente 81 dólares.

Vista aérea do Dubai Opera

Arquitetura

O projeto arquitetônico da Dubai Opera remete a um dhow, o veleiro árabe tradicional. O formato permite que o espaço interno se transforme, podendo assim receber os mais diversos tipos de apresentações e eventos.

Além do auditório principal, palco de apresentações e salas de ensaios, a Dubai Opera também conta com um restaurante no terraço e um jardim com vista privilegiada para o Burj Khalifa e a Fonte de Dubai.

Parte de trás do Dubai Opera

Fotos: Divulgação

Leia mais:

2 comentários

Lu
LuPermalinkResponder

Ah, faltou a Casa Brasil q ainda está por lá. E, c pouca fila. Mas n deu tempo ...

Pedro @travelwithpedro

Realmente, Dubai se reinventando a cada dia. O interessante é como cada cidade da região vai seguindo uma linha diferente: Dubai com sua ópera de vidro e hiper-moderna, como tudo na cidade. Já a Ópera de Muscat, em Omã, é toda em mármore e se parece com as antigas fortalezas do país. Ambas belas mas do seu próprio jeito. smile

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar