Verão em Nova York: um guia de rooftop bars para dar um up na sua viagem

Rogéria Vianna
por Rogéria Vianna

Rooftop bars em Nova York: Press Lounge

O verão chegou, e com ele o astral de Nova York foi lá pra cima -- mais especificamente, para os terraços onde funcionam os rooftop bars. Esses bares ao ar livre ficam em coberturas de prédios -- não importa se altos ou baixos -- e servem para paquerar o skyline de Manhattan (outros tipos de paquera também são possíveis, mas não obrigatórios).

Clássicos, os rooftop bars são a cara do verão nova-iorquino -- e vêm se multiplicando a cada temporada, fazendo a alegria de locais e visitantes. Muitos deles estão localizados no topo de hotéis. Se você está procurando um lugar descolado para ficar, use este post também como um guia de hospedagem...

  • Rooftop bars em Manhattan

Upper East Side

Rooftop bars Nova York: Met Roof Garden

The Cantor Roof Garden Bar no Met

Sabe aquele momento delicioso em que a turistagem encontra a descontração? É isso o que acontece durante a sua visita ao lindo Metropolitan Museum of Art. Lá em cima, no seu terraço, está o The Roof Garden. Nessa ampla área ao ar livre funciona um bar onde também rolam mostras de arte exclusivas. De lá você pode ver os arranhas-céus de Manhattan e mergulhar o olhar no imensidão verde do Central Park, ali coladinho. Mas esse não é um lugar para se estender noite afora -- funciona de domingo a 5ª apenas até as 16h30, 6ª e sábado até as 20h15. Aberto de abril a outubro (1000 5th Ave à altura da 82nd St).

Upper West Side

Rooftop bars Nova York: The Empire

The Empire Rooftop

Localizado no topo do hotel The Empire, esse é um ótimo destino no Upper West Side: animado, tem programação de shows de jazz e um menu atraente. É dividido em um elegante salão principal fechado no centro e duas áreas abertas laterais, com mesas e sofás -- uma delas fica sob o letreiro de néon que é marca registrada do hotel. A vista é privilegiada: de lá do alto pode-se avistar o complexo do Lincoln Center (44 W 63rd St, entre Columbus Ave e Broadway).

Hell’s Kitchen

Rooftop bars Nova York: The Press Lounge

The Press Lounge

Não se assuste com a fila na porta do Ink48 Hotel. Aquela turma toda quer exatamente o mesmo que você: apreciar a vista 360º da cidade e os melhores ângulos do Hudson River. The Press Lounge é lindo, elegante, com um salão de pé direito alto, varanda coberta e uma área aberta com uma piscina longa e estreita, a atração do pedaço. Tem coquetéis sazonais e cardápio com valores um pouco acima da média dos bares em geral, mas é o preço da exclusividade do lugar. Tem clima de verão, gente bonita e good vibe (653 11th Ave com 48th St).

Cantina Rooftop

Quer encerrar o dia em um rooftop bar divertido e sem formalidades? Então seu lugar é o Cantina Rooftop. Com raízes mexicanas -- o chef Gonzalo Colin viajou por 30 cidades do México para criar seu cardápio --, oferece uma seleção de ceviches, guacamoles, tacos e outros pratos especiais. Tem decoração colorida, calaveras (caveiras) mexicanas nas paredes e o clima é tão animado que não é de se espantar que, de repente, todo mundo comece a dançar. Uma jarra de margarita é quase indispensável (605 W 48th St, entre 11th e 12th Ave).

Times Square

Rooftop bars Nova York: St. Cloud

St. Cloud

Esse rooftop bar é simplesmente lindo e mais parece um cenário. Porque, apesar de estar em plena Times Square, consegue ter um clima tranquilo que vai fazer você se sentir nas nuvens (será que veio daí a inspiração para o nome?). Localizado no topo do The Knickerbocker Hotel, ele tem uma área bem ampla e arejada, com luzinhas graciosas penduradas no alto e nada mais nada menos do que os prédios da Times Square e a bola do Ano-Novo ao fundo. Uau (6 Times Square com Broadway).

PHD Terrace

O PHD fica em dois andares do Dream Hotel Midtown. Ele é decorado com muitas plantas, bancos e videiras ao longo da parede e sempre bem frequentado por pessoas elegantes. De seu terraço o que se vê são as luzes inconfundíveis da Times Square e dos prédios de Midtown. Para os mais animados, ainda tem uma atração extra: no piso inferior funciona um club badaladinho, para quem quiser esticar a noitada (210 W 55th St, entre Broadway e 7th Ave).

Midtown East

Nova York rooftop bars: Salvation Taco

Salvation Taco

Esse rooftop bar fica no 17º do Pod 39 Hotel (boa dica para quem estiver hospedado lá) e é bastante disputado por quem gosta de curtir uns drinks ao ar livre. Ele é extensão da taqueria que fica no térreo, comandada pela chef celebridade April Bloomfield (a mesma do The Spotted Pig e do Salvation Burger). O ambiente é supercharmoso, com tijolinhos aparentes, arcos e jeitão de construção antiga. De lá pode-se observar o lado leste da cidade, o One World Trade Center, o Empire State Building e o rio. Para melhorar, experimente os coquetéis do mixologista Sam Anderson e as especialidades da chef Bloomfield (145 E 39th St, entre Lexington e 3rd Ave).

Midtown West

Refinery Rooftop

Ali pertinho do belo Bryant Park fica o Refinery Hotel, que abriga um popular rooftop bar que funciona o ano todo. Sua decoração rústica com tijolos aparentes, muita madeira, mesas compartihadas e luzinhas penduradas no alto tornam o ambiente ainda mais aconchegante. Eles costumam dizer que estão 'à sombra do Empire State', que pode ser apreciado através do teto retrátil de vidro ou de sua área externa, na varanda. Espere as luzes da cidade acenderem para tudo ficar mais bonito. Aproveite para pedir um coquetel -- o time de mixologistas deles é ótimo. Vai merecer um, dois ou vários brindes (63 W 38th St, entre 5th e 6th Ave).

Monarch Rooftop

Outro com vista para o gigante Empire State é o Monarch, que tem quase 500 metros quadrados de área. Ele fica na cobertura do Marriott Courtyard Herald Square. Você pode escolher entre ficar na área fechada, decorada com sofás, tijolinhos retrô e painéis de madeira ou não fazer cerimônia e ir direto para o espaço aberto e se embasbacar diante da visão desse ícone nova-iorquino a poucos metros. Um lugar que a cada minuto faz você se lembrar que sim, você está em Nova York (71 W 35th St, entre 5th e 6th Ave).

Top of the Strand

E não pense que os drinks com o Empire State acabaram. Mais um rooftop bar que tem o prédio como pano de fundo é o Top of the Strand. Seu projeto foi criado por Lydia Marks, cenógrafa da série Sex and The City (que outra poderia ser?). O que faz dele uma boa escolha o ano todo é o teto retrátil de vidro, que durante o verão fica aberto para receber a brisa e, quando as temperaturas caem, é fechado sem bloquear a vista de seu vizinho célebre. Tem um clima íntimo, diferente da loucura turística da região, e vários drinks ótimos (33 W 37th St, entre 5th e 6th Ave).

Chelsea

Gallow Green

Já ouviu falar do famoso espetáculo interativo Sleep no More, que é encenado em um hotel? O Gallow Green fica exatamente no topo do Hotel McKittrick (o que já garante uma boa dobradinha teatro-bar). O que o diferencia dos outros é o clima de campo que você consegue desfrutar em plena Nova York. Seu terraço é todo decorado com treliças com plantas e flores, como se você estivesse em meio a um jardim secreto. Experimente um de seus famosos coquetéis ou reserve uma mesa para o brunch (542 W 27th St, entre 10th e 11th Ave).

Flatiron District

Rooftop bars Nova York: 230 Fifth

230 Fifth

Esse é o maior e mais famoso rooftop bar de Nova York. Tem dois andares: o primeiro, com sofás, iluminação especial e DJ e se transforma em uma balada agitada aos fins de semana. Mas é no andar superior que fica o que realmente interessa: uma imensa área ao ar livre com vista privilegiada do Empire State Building. Fica muito movimentado no verão, tanto à noite quanto durante o dia, para o brunch ou happy hour. E o inverno não é obstáculo para quem quer visitar o 230: nos dias frios, o bar providencia robes felpudos e liga os aquecedores para deixar todo mundo quentinho (230 5th Ave, entre 26th e 27th St).

Rooftop bars Nova York: Sabbia

Sabbia

O Eataly tem no seu topo uma choperia, a Birreria, que funciona durante todo o ano. Mas no verão, ela ganha clima praiano e se transforma no Sabbia (areia, em italiano). No cardápio, tem o melhor da culinária mediterrânea e também da costa do Atlântico: pratos italianos, petiscos, frutos do mar, drinks refrescantes e cerveja fabricada lá mesmo. A decoração faz referência aos balneários europeus e é o lugar perfeito para se sentir de férias na Itália (200 Fifth Ave, esquina W 23rd St, em frente ao Madison Square Park).

Meatpacking District

Plunge

Esse bar é um clássico no efervescente Meatpacking District e está há mais de 10 anos nas paradas de sucesso. Fica no Gansevoort Hotel e de lá você dá um look nos prédios da região e no rio Hudson. Tem áreas abertas e fechadas, piscina e uma tenda na varanda na parte de trás. A surpresa é um teto retrátil que, à noite, se abre sobre o salão, que vira uma pista de dança (18 9th Ave com W 13th St).

Catch

Esse bar/restaurante está sempre cheio e movimentado (dizem inclusive que o Leo di Caprio é habitué). Tem dois andares: no inferior funciona o restaurante propriamente dito e um bar. No superior fica outra área para refeições e a varanda, com mesa com guarda-sóis, plantinhas e gente bonita. Oferecem uma ótima seleção de coquetéis e pratos com frutos do mar, sua especialidade. Aproveite e peça também a famosa sobremesa Hit Me, fenômeno nas redes sociais (21 9th Ave, entre Little W 12th St e 13th St).

Le Bain at The Standard

Outra parada indispensável no Meatpacking District, fica no topo do famoso The Standard Hotel (aquele sobre o High Line). No primeiro andar fica uma pista de dança onde a principal atração é uma piscina (sim, uma piscina) na qual as pessoas podem mergulhar no meio da balada. No andar de cima fica o rooftop bar, em uma área espaçosa, com gramado artificial, espreguiçadeiras e cercado por vidro, o que dá ainda mais visibilidade dos arredores e sensação de amplidão. Dali enxerga-se seu vizinho célebre, o Whitney Museum, o Hudson River e o sul de Manhattan (444 W 13th St, entre Washington St e 12th Ave).

Soho

Rooftop bars Nova York: Hugo

Hugo Hotel

Quer tomar um drink, curtindo a brisa fresca do rio, vendo a Estátua da Liberdade, a Freedom Tower e o pôr do sol no Hudson River? Então dirija-se ao Hugo Hotel, que tem não apenas uma, mas duas opções de rooftop bar. A primeira é o Bar Hugo, que tem uma parte fechada e elegante, com sofás de couro, obras nas paredes e decoração com madeira e uma varanda, para quem prefere espaços abertos.

Rooftop bars Nova York: Azul

A segunda opção é mais descontraída e fica um andar acima: o Azul on The Rooftop é um bar com ares de cantina e inspiração cubana vinda diretamente das ruas de Havana. Tem drinks deliciosos, pratos mexicanos e cubanos e, durante o verão, também tem programação de cinema ao ar livre (525 Greenwich St, entre Vandam e Spring St).

Jimmy

O Jimmy é um daqueles bares bem conhecidos na cidade e fica no 18º andar do The James Hotel. Imponente, tem decoração retrô inspirada nos antigos pubs e vista 360º da cidade. Enquanto toma um drink, você pode apreciar a paisagem, os rios em Midtown e a Brooklyn Bridge. O DJ garante a boa música e, nos dias quentes, a pedida é garantir um lugar no terraço onde fica a piscina (27 Grand St, entre Thompson St e 6th Ave).

Lower East Side

Rooftop bars Nova York: Mr. Purple

Mr. Purple

É um dos mais novos de Nova York e já caiu no gosto do público, que aguarda na fila pacientemente ao lado de duas obras de Mr. Brainwash posicionadas no corredor de entrada. Fica no topo do Hotel Indigo Lower East Side e tem vista de Downtown e Midtown, piscina iluminada, DJ e cardápio cheio de delícias. No brunch do fim de semana vira uma farra, com música nas alturas, gente mergulhando na piscina e público na faixa dos 20-30 anos (180 Orchard St, entre Stanton St e E Houston).

Chinatown

The Crown

Quem está no eixo entre Tribeca e Nolita tem uma boa opção. O novíssimo The Crown, fica no 21º andar do Hotel Bowery 50 e tem dois pátios ao ar livre, com vista para a Freedom Tower, Empire State Building, Manhattan Bridge and Brooklyn Bridge. E, ainda, de outro ponto bem interessante do bairro e um marco da cidade de Nova York: o arco de entrada da Manhattan Bridge, construído em 1915 e inspirado no triunfal Porte Saint Denis em Paris. O ambiente do The Crown é confortável e casual. Os coquetéis têm influência asiática, clara menção ao bairro, enquanto as comidas seguem a moda das street food ao redor do mundo, com pretzel bávaro, hot dog e pipoca polvilhada com nori (50 Bowery, entre a Bayard e a Canal St).

Lower Manhattan

Loopy Doopy

Quem está em Lower Manhattan não precisa atravessar a cidade para curtir um bom rooftop. O Loopy Doopy fica no Conrad Hotel e tem uma vista linda dessa área da cidade e da Estátua da Liberdade bem pertinho. E o que também faz desse bar famoso e digno de visita são seus criativos coquetéis, entre eles o grande sucesso Prosecco & Ice Pop, que nada mais é do que um picolé em um copo cheio de prosecco. Refrescante e perfeito para os dias quentes de verão (102 North End Ave, entre Murray St e Vesey St).

  • Rooftop bars no Brooklyn

O Brooklyn também marca presença nesse circuito de diversão a céu aberto.

Williamsburg

Rooftop bars Nova York: Westlight

Westlight

O rooftop bar Westight é uma novidade tão entusiasmante quanto o local que o abriga: o hotel The William Vale, que virou um marco na região com sua arquitetura moderna. E é em sua cobertura que está esse bar que já virou sensação no pedaço, atraindo pessoas que encaram a fila com a maior disposição. Afinal, esse é um dos melhores lugares para apreciar a estonteante vista 360º da cidade. Você pode escolher entre um sofá ou uma mesa na ampla área aberta de frente para o skyline de Manhattan ou uma mesa na área fechada que é linda, iluminada e toda com paredes de vidro, o que permite continuar apreciando a paisagem. No cardápio, bons coquetéis e petiscos (111 N 12th St esquina Wythe Ave).

Rooftop bars Nova York: Ides

The Ides

Esse é um clássico de Williamsburg. O The Ides é o rooftop bar do Wythe Hotel, de frente para o East River. O bar fica no 6º andar do prédio que já foi uma fábrica antes de ser convertido em hotel. Ele é charmoso e, ao mesmo tempo, despretensioso. Tem uma parte interna com mesas e DJ’s e uma grande área no terraço. De qualquer ponto do bar é possível ver o skyline de Manhattan que, de dia ou à noite, é sempre uma visão estonteante (Wythe Ave com N 11th St).

Berry Park

O Berry Park é um daqueles raros rooftops bars que não estão no topo de um arranha-céu ou no prédio de um hotel famoso. Ele é baixinho, discreto, mas encara a função com muita competência. Esse é um bar de esporte amplo e despojado, com móveis em madeira escura. O cardápio é repleto de petiscos e cervejas, bem ao clima do lugar. No segundo andar fica a área do seu rooftop, também em clima bem informal, com mesas equipadas com guarda-sóis, plantas e luzinhas (quem não ama?). Tem teto retrátil em caso de chuva ou frio e dali, vislumbra-se Manhattan ao fundo e o Empire State. Para quem não é chegado em frescura, apenas em diversão (Berry Park 4, entre N 13th e N 14th St).

McCarren Rooftop Bar

O bairro mais badalado do Brooklyn é conhecido por sua vibe hipster, mas o McCarren, no topo do hotel que lhe empresta o nome, traz um pouco de glamour a esse despojamento todo. Cercado por vidros e a elegância de seus sofás e almofadas bicolores, é o lugar para deixar o dia passar sem pressa. Seu terraço oferece uma vista panorâmica de Manhattan e do McCarren Park, logo em frente. Tem cardápio com comidas sazonais e uma lista extensa de coquetéis. Para animar, conta com DJ e apresentações de música ao vivo, seja ao por do sol ou noite adentro. Só abre às sextas e sábados (160 N 12th St, entre Berry St e Bedford Ave).

Dumbo

Rooftop bars Nova York: 1 Rooftop

The 1 Rooftop

O 1 Hotel Brooklyn Bridge tem um endereço privilegiado: fica dentro do Brooklyn Bridge Park. E não pense que são só os seus hóspedes que aproveitam o visual deslumbrante que sua localização proporciona. The 1 Rooftop é seu bar sazonal e que certamente está entre as melhores vistas entre todos os rooftops da cidade. Impossível não se encantar com a imensa beleza que o circunda: o skyline de Manhattan com o One World Trade Center bem à sua frente, a Brooklyn Bridge, a Manhattan Bridge na diagonal, e a Estátua da Liberdade (pequenina) ao fundo. Sem falar no verde do próprio parque. A área é ampla e sem frescuras, com poltronas, pufes e uma arquibancada de madeira. O cardápio segue a mesma linha, com cervejas, coquetéis e petiscos como guacamole, hot dog, fritas e lobster roll (sanduíche de lagosta). Funciona todos os dias da semana, enquanto o clima permitir (60 Furman St, no Brooklyn Bridge Park).

Leia mais:

10 comentários

Clarissa Carino

Maravilhoso esse post, os rooftops realmente são um dos maiores charmes de NY!
Estive na cidade em maio e já pude aproveitar o por do sol incrível no Westlight e a vista do Empire State iluminado do 230th Rooftop! Super recomendo os dois! smile

Valerie
ValeriePermalinkResponder

Adorei as dicas! Indico também o rooftop do Hotel Dreams Downtown, em Meatpacking. Vista para o Empire State, gente bonita, bons drinks e petiscos, ótimo DJ.

Maria Luisa Gregorio

Que delícia! A cara de Nova York e a minha também!
Quero voltar logo!

Cleide Lucia
Cleide LuciaPermalinkResponder

Dicas preciosas, belo post. Parabéns!

Rosana dos Santos Oliveira

Ainda não estive mas me pareceram meio caros, não?

Maria Diniz Almeida Miziara

Adorei as dicas. Parabéns!!!!

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Ótimas dicas! Para bens! !!
Estarei viajando com meu filho de 9 anos, gostaria de ir até um rooftoop, mas vi que a maioria não aceita menores de 21 anos. Existe uma minoria? Sabe qual eu poderia ir com criança? Existe algum que funcione em horário que aceite a entrada de criança?
Depois de ler seu post fiquei com muita vontade de ir a um rooftoop.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Menores de 21 anos não têm acesso a ambientes de bar na maioria dos estados americanos.

marlene
marlenePermalinkResponder

olá, vou pela primeira vez a Nova York, e adoraria conhecer um rooftop, mas vou com minha filha de 19 anos, ela consegue entrar em algum, pensei que a restrição fosse apenas para a ingestão de bebida alcoolica, mas não pode nem entrar, é isso mesmo??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marlene! Sim. É a cultura deles.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar