Noronha: conheça as novas regras de agendamento de trilhas (e deixe seu relato!)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Noronha trilhas com agendamento: Atalaia

Praia da Atalaia

Em meados de dezembro de 2018 o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha implantou novas regras para o agendamento das trilhas com limite de visitantes diários.

São 5 trilhas com agendamento obrigatório, incluindo a que leva ao aquário natural da Praia da Atalaia.

Noronha o que fazer: trilha da Atalaia

Como era

Antigamente o agendamento podia ser feito por terceiros (pousadas, guias ou agências), e havia um posto na praça do Flamboyant aberto até a noite. Algumas trilhas esgotavam as vagas com semanas de antecedência.

Em 2017 houve uma primeira mudança de regras, para que as trilhas não ficassem na mão das agências. Todo agendamento passou a ser feito pessoalmente pelo turista (e em alguns casos, pelo guia) no Centro de Visitantes (Vila do Boldró). Mas como o atendimento começava às 8h, antes das 6h já tinha gente na fila.

Como ficou

Agora o agendamento é feito em totens de autoatendimento, que funcionam das 17h às 20h, permitindo agendar trilhas nos próximos 6 dias.

Teoricamente, o visitante perde menos tempo com esse sistema. (Na prática, porém, se quiser fazer uma trilha disputada como a Atalaia, vai perder uma tarde.)

Agendamento de trilhas: passo a passo

Há menos vagas do que candidatos às trilhas, então invista uma tarde para fazer o agendamento.

No meu roteiro sugerido de Noronha, recomendo usar a tarde do segundo dia na ilha (depois de uma longa manhã se deslumbrando com a Praia do Sancho).

Caso o seu vôo chegue até o meio-dia, você pode usar a primeira tarde na ilha para isso. (Mas eu acho anticlimático: a gente chega em Noronha cheio de vontade de aproveitar. Ir do aeroporto praticamente direto para o centro de visitantes não é uma maneira auspiciosa de iniciar a viagem.)

15h30: início da distribuição das senhas de atendimento

Para evitar que se formem filas antes da abertura da sala dos totens, são distribuídas senhas de atendimento. (Mas antes do início da distribuição, haverá uma fila organizada para que as senhas sejam de fato distribuídas pela ordem de chegada.)

15h30: exibição de vídeos no auditório do Projeto Tamar

Para entreter todos os que vão precisar esperar até a abertura da sala dos totens, simultaneamene à distribuição das senhas é iniciada a projeção de vídeos sobre Fernando de Noronha no auditório do ICMBio.

16h30: palestra com um guarda-parque sobre os atrativos agendáveis

Também faz parte do programa de espera. Aproveite para tirar dúvidas ou conhecer melhor atrativos que podem funcionar como plano B caso esgotem as vagas da trilha que você tinha escolhido.

17h às 20h: agendamento nos totens

Noronha novas regras de agendamento de trilhas

Às 17h abrem a porta da sala de agendamento. Há três totens à disposição dos visitantes. O atendimento se dá pela ordem das senhas. É preciso ter já comprado o seu ingresso para o parque.

O sistema é bastante intuitivo -- mas se tiver dúvidas, é só falar com o monitor.

Noronha novas regras agendamento de trilhas

A primeira tela mostra o menu com as trilhas agendáveis. Clique em qualquer uma delas (ou em todas) para verificar a disponibilidade nos próximos 6 dias.

Noronha novas regras agendamento de trilhas

Na hora de reservar, você usa a leitora óptica no código de barras do seu cartão-ingresso. Em seguida, o totem imprime o recibo da sua reserva.

O agendamento é gratuito. Algumas trilhas, porém, requerem a contratação de guia.

Chegou cedo? Talvez dê tempo de pegar o pôr do sol

Fernando de Noronha o que fazer: pôr do sol no Forte do Boldró

Pôr do sol no Forte do Boldró

Se você chegou cedo para pegar uma das primeiras senhas, pode ainda encerrar a tarde com dignidade. Caso você saia até as 18h, pode assistir ao pôr do sol:

As trilhas com agendamento obrigatório

Praia da Atalaia

Trilha de 45 minutos, a partir da Vila do Trinta, que leva a um aquário natural, represado na maré baixa. 96 visitantes por dia, divididos em 6 grupos de 16 participantes. Leia mais.

'Atalaia contemplação'

Para quem está interessado em fazer a trilha da Atalaia, sem entrar no aquário. Funciona apenas na maré alta, quando a praia está interditada.

Morro São José

Uma ilha secundária com excelente área para snorkel. Só tem acesso na maré baixa, a partir do mirante Air France, no norte da ilha. Nos dias de lua cheia ou nova, quando a maré seca bastante, dá para usar uma trilha de pedras, sem necessidade de contratar guia. Mas nas luas minguante ou crescente, quando a maré não seca o suficiente, a travessia precisa ser feito a nado -- e então é obrigatório ir com guia. Em qualquer uma das situações, são 16 vagas por dia.

Abreus

A piscina natural da Enseada dos Abreus é uma alternativa à da praia da Atalaia. O acesso é mais difícil, numa trilha que acompanha o desnível de uma pedra, com um corrimão de corda. Só é permitida a flutuação com colete (e sem protetor solar), durante a maré baixa. 40 vagas por dia. Dá para ir sem guia.

Pontinha-Caieiras

Sai da Vila do Trinta e leva a outras duas piscinas naturais no nordeste da ilha: Pontinha e Caieiras. Nas duas só é possível flutuar com coletes, e sem protetor solar, durante a maré baixa. 40 vagas por dia. É obrigatório contratar um guia.

Tem uma variante, Atalaia-Pontinha-Caieiras, que inclui Atalaia. A saída também é da Vila do Trinta.

Capim-Açu

É uma trilha de duas horas que começa no PIC Sancho e termina na Praia do Leão, passando por uma estrada histórica e contornando toda a ponta sul da ilha, totalmente preservada. Visita a caverna Capim-Açu. 40 vagas por dia. É obrigatório contratar um guia.

Já agendou trilha pelas novas regras? Conte pra gente!

Se você já esteve em Noronha depois da implantação das novas regras de agendamento de trilhas, compartilhe sua experiência. Conseguiu? A que horas você chegou para agendar?

Leia mais:

8 comentários

Herbert F Lacerda

Acho que deu ruim para mim. Chego numa quinta 17h. Volto domingo mesmo horário... Acho que nao consigo Atalaia.
Sugestões ou alternativas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Herbert! Se você quer fazer alguma trilha, pode dar uma passada até as 20h no Centro dos Visitantes para ver o que sobrou para a sua estada. Mas não tenha expectativas. De todo modo, sua permanência é curta demais, você vai ter muitas outras atrações para ver. A Atalaia não vai fazer falta.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/#roteiro

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Ficou horrível, você chega às 15:30, já tem um monte de gente amontoada procurando o funcionário do ICMBio para pegar a senha, depois você tem que esperar por 1h até a palestra em um auditório quente e abafado. Depois disso faz ainda uma fila enorme e demorada para agendar pelo totem em um lugar ainda mais quente que o auditório. Você perde 1 tarde de praia para fazer isso, lamentável. Muito melhor se fizessem isso na parte da noite.

Katia Araujo
Katia AraujoPermalinkResponder

Cheguei as 16h numa quarta feira, fui direto pegar a senha, peguei a senha 25 e consegui apenas marcar a Pontinha-Caieiras para o domingo.
Capim-Açu ainda tinha horário também, de resto só tinha para o dia que tinha acabado de abrir (terça feira) e eu fui embora na segunda.
Pra quem fica menos de 6 dias é bem difícil conseguir qualquer coisa.

Seria melhor que o agendamento fosse para, no máximo, 2 ou 3 dias. Dessa maneira que é hoje só quem fica muito tempo na ilha tem chance de fazer todas as trilhas.

schnaider da silva ferreira

Tem tambem as trilhas aquaticas que nao precisa marcar no ICMBIO, só contratar um guia, sao fantasticas e exclusivas, pois vc faz com seu grupo e guia apenas! Fiz do Porto ate a Conceicao, cruzamos com golfinhos, entramos numa gruta! Fiz tambem a volta no Morro 2 Irmaos, passando pelo meio deles, inesquecivel, tbem a laje da Cacimba!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Schnaider! Talvez não esteja mais disponível no novo esquema.

Camilla
CamillaPermalinkResponder

Bom dia!

Estive em Noronha pouco antes desta mudança nos agendamentos. Pelo que entendi só mudou o horário do sofrimento para agendar. De madrugada/manhã para a tarde/noite.

Algo que só sabemos chegando no ICMBIO é que este número de visitantes que é divulgado por passeio/dia não tem sido assim. O número tem sido bem menor. Uma tentativa de preservar, mas ainda ineficiente e que, no caso dos turistas, cria uma falsa esperança de ver algo ainda preservado. Bem, em dez dias na ilha só visitei duas das atrações agendadas e com muitas idas e vindas ao Boldró...perda de tempo, frustração e desinformação total.

No Atalaia, por exemplo, que está assoreada e quase não é possível vermos nada (devido a ganância por não interditar a entrada na piscina por um período, para que a areia remexida possa cessar e a biodiversidade voltar ali na entrada das marés), é nítido que o interesse é atender (ainda que parcialmente) o desejo do turista e não respeitar a vida marinha. Muito triste! No final, ambos não respeitados.

Realmente o fato de por totens sem uma estratégia digna para turistas e vida marinha, de nada adiantará.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Acho que o pessoal de Fernando de Noronha precisava de copiar as "best practices" de Bonito. Não é a mesma situação, as limitações são maiores, mas pelo menos dá pra ir a Bonito já tendo tudo planejado e reservado. Na ilha, os incentivos a organizar turismo dessa forma seriam ainda maiores, ninguém merece pagar caro pelo transporte, caríssimo pela hospedagem e ainda enfrentar fila que nem repartição pública como INSS tem mais...

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar