#VnV 15 anos: você lembra a primeira vez que acessou o Viaje na Viagem?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

A Bóia

A Bóia original

Dia 30 de dezembro o Viaje na Viagem completa 15 anos no ar. (Quer saber como tudo começou? No aniversário de 10 anos do blog eu contei a história inteira.)

Vamos comemorar os 15 anos ao longo do ano que vem. (Tem coisa boa vindo por aí.)

E desta vez eu queria contar a história do Viaje na Viagem a partir de depoimentos dos leitores -- ou "trips", como a gente dizia antigamente (uma abreviatura de "tripulantes" criada pelo Wander, um leitor -- ou trip -- do Recife).

Durante as próximas semanas, vamos fazer enquetes em torno de temas definidos.

O tema de hoje: você lembra quando foi a primeira vez que entrou no Viaje na Viagem? Consegue lembrar ano?

Foi pelo Google? Foi indicação de alguém? Ou caiu aqui via Facebook ou Instagram?

Essa primeira vez deixou alguma impressão especial? Ou você só foi perceber o que era o Viaje na Viagem depois de repetidas visitas?

Nas próximas enquetes outros temas vão ser propostos.

Conta pra gente! E muito obrigado por compartilhar a sua história com o Viaje na Viagem!

118 comentários

William Nascimento

Conheci vocês pela rádio Bandnews. Acessei pela primeira vez para decidir minha viagem ao Jalapão e fiz exatamente o roteiro sugerido com a Korubo. Foi incrível! Desde então não existe uma viagem que eu faça sem consultar as dicas do VNV antes! Obrigado!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Tá brincando?!
Eu não me lembro quando foi a ÚLTIMA vez que eu tenha viajado sem usar as dicas do Viaje na Viagem ou do Ricardo Freire ...

Isadora
IsadoraPermalinkResponder

Minha primeira vez foi pesquisando sobre a riviera maia no Google. O Vnv foi o site mais completo, com as melhores dicas sobre o destino. As dicas e descrições foram 100% úteis e fiéis. Desde então sempre começo por aqui.

Hugo Medeiros
Hugo MedeirosPermalinkResponder

Foram muitas Viagens na Viagem. Mas as primeiras foram inspiradas pelo post dos "Super-bangalôs", onde estavam alguns dos quartos mais maravilhosos e desejados do país.

Não lembro se o ano era 2004 ou 2005 e fomos nos hospedar no antigo Pestana Angra Beach Bungalow, que até hoje marca a nossa memória afetiva como um dos lugares mais memoráveis em que estivemos.

Depois vieram muita outras viagens. A lua de mel em 2006, que graças ao Riq foi integralmente pelo Nordeste, ao invés de algum destino no exterior como era comum. Nessa viagem incluímos clássicos como o Toca da Coruja, e novidades recém descobertas pelo VnV, como a Pousada do Toque.

São 15 anos, não apenas de viagens, mas de sonhos que se tornam realidade.

Jessica Barroso

Lembro que comecei a usar o VNV mais ou menos em 2012-2013 na minha primeira viagem para Buenos Aires. Dei um Google para buscar dicas e cai neste maravilhoso site!!
Utilizei várias dicas do bóia nesta viagem e em diversas outras.
Sou muito grata a toda equipe!!

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Ah, lembrar o ano da primeira vez eu não lembro, nem a ocasião. Acredito que tenha levado um tempo pra me dar conta de que sou fã dos conteúdos que vocês postam e passado a "frequentar" o blog pra toda viagem que aparecesse.
Mesmo assim, não me lembro de ter feito nenhuma viagem nessa década que tá encerrando sem ler o viaje na viagem. Aliás, mesmo quando não to nem perto de viajar eu entro aqui pra dar uma conferida no conteúdo.
Depois de algum tempo, passei a segui-los em todas as redes sociais por que além de procurar quando tenho, ou estou fazendo planos, sinto a necessidade de conhecer as novidades publicadas diariamente, além de indicar o VNV pra todos que perguntassem.
Mais do que dicas acho que vocês publicam textos que conferem ao leitor a sensação de que pode ser acolhido em qualquer lugar do mundo, o que ninguém mais consegue fazer.
Parabéns pelos 15, muito bem sucedidos, anos!

Nathalia
NathaliaPermalinkResponder

Não sei qual foi a primeira, mas desde que conheci o blog não viajo sem as dicas daqui e todos os amigos ainda recebem minha indicação pra acessar.

Valternise PEREIRA

Ficar por dentro de dicas p viagens com adolescentes.

Bruna Lima
Bruna LimaPermalinkResponder

O ano foi 2012! Indicação da minha média dermatologista que já viajou o mundo. A primeira impressão foi boa e deu para entender um pouco a dinâmica aqui, mas com o tempo lendo fui entendendo como funciona o blog cada vez mais, a questão dos links prontos com a perguntas mais feitas de forma que não precisamos ficar usando a caixa de diálogo para saber.

Foi o ano que casei e tive lua de mel, primeira viagem a sós e o destino era NATAL. Na volta fiz questão de ler tudo mais uma vez e confirmar o quanto as dicas eram ótimas.

Desde então já viajamos muito, Brasil e exterior, sem agência, só com dicas daqui e com a maior qualidade possível! E também já assisti tudo do youtube, inclusive destinos que nem podemos ir, só para ver o Ricardo falando... hahaha Que didática! Que delicia! Façam maaaais smile

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Conheci o Viaje na Viagem em 2012, me preparando para uma viagem à Flórida e Nova Iorque. Era a primeira vez que saía da América do Sul em 15 anos.
Desde então, estive em todos os continentes. Virei um caçador de passagens baratas. Só para a Europa fui seis vezes nesses sete anos, e aos EUA voltei umas oito.
Não foi coincidência. O VnV criou um monstro. Eu agradeço!

Pamila
PamilaPermalinkResponder

Conheci o Viaje na Viagem há 8 anos, pelo google, logo quando comecei a trabalhar e estava louca para juntar uma grana e viajar. Minha primeira viagem com vocês (rs) foi para o Uruguai, o planejamento ficou fantástico, deu tudo mega certo e desde então, todas as minhas viagens começam e terminam por aqui. E como tudo o que é bom tem que ser conhecido, sempre que conheço um viajante "novato", já dou a dica: "consulte o viaje na viagem para garantir um passeio tranquilo e sem perrengues".
Parabéns Ricardo, Bóia e demais colaboradores pelo trabalho sério e eficiente!

MARCELA CASTRO SILVA

Comecei a viajar quando era tudo mato na internet kkkkkkk então fazia minhas pesquisas através do Guia 4 rodas e era assinante da revista Viagem e Turismo, onde sonhava com as fotos (estava começando a trabalhar e consequentemente, começando a poder $$$ viajar). Ganhei o livro "100 praias que valem a viagem" e o nome "Ricardo Freire" já era uma referência pra mim. Mas o site eu só vim descobrir em 2013, na minha primeira viagem internacional, para Buenos Aires, e hoje não me vejo viajando sem esmiuçar esse site!
Uma dúvida: Tem como receber notificações de alguma forma quando um comentário meu é respondido?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcela! Infelizmente o nosso sistema não dá esse suporte.

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Lembrar, lembrar mesmo, eu nao lembro de cabeça - lembro de ler vários tópicos de perguntas e respostas quando ainda estava na Viagem e Turismo(se não me engano) - mas teve uma época que eu copiava muitos textos, e mesmo comentários, para uns docs por regiões que sempre fiz. O mais antigo que tenho é de Agosto de 2005, intitulado 'Grande Loteria de Perguntas: uma semana em Nova York'.

Engraçado que vendo estes mais antigos tem várias perguntas que até hoje a gente faz, tipo:
"O que fazer em 15 dias na Italia alugando um carro para lua de mel"
Ou
"Vou sair de férias para Lisboa e Porto. Alugar um carro para conhecer as cidades no percurso é uma boa idéia? Pretendia também ir até Barcelona. O que você indica?" (sim, tenho as respostas neste meu doc rsrs)

Tenho bem na memória a expedição pé na areia, que saiu na Viagem e Turismo(acho que de 2006) que depois li várias informações no próprio blog.

Também lembro da delícia que foi te acompanhar num périplo de vários meses na Europa, alugando casas em diferentes cidades(inclusive uma casa-barco em Amsterdã que sonho até hoje)

Foi com dicas daqui que em 2009 usei o nyhabitat para alugar minha primeira 'casa de férias', antes do airbnb existir (ou já existia e nem lembro). Também encontrei uns sites bem 'fora da caixinha' para hotel em Praga em 2010.

Quando comecei a viajar meu primeiro site de pesquisas era o mochileiros.com (no qual cheguei a ser moderador por um tempo), mas apesar de ainda passar por lá, os posts estão tão completos que há tempos aqui é o numero 1.

Um dos grandes orgulhos até hoje foi ter tido um post 'só meu' sobre um aplicativo para a Virada cultural de São Paulo, em 2013 e também 2014 smile

Melhor site de viagens, de muito longe! E todo ano tenho que passar aqui para parabenizar!

Elis Folhadella

Meu querido, soube do seu blog através de uma amiga do trabalho. Não lembro quando foi a primeira vez, mas tenho a sensação que vc sempre esteve em minha vida e faz parte das minhas viagens. Sempre inicio minhas viagens no seu blog e faço questão de seguir todas as indicações( não tem erro). Acho até que vc consegue ler pensamentos e sabe a necessidade de cada viajante. Gostaria de lembrar e agradecer muitoooo, uma viagem em particular que fiz por indicação sua, e foi uma das viagens mais lindas que já fiz ( A Rota dos Sete Lagos entre Bariloche e São Martin de Los Andes). Parabéns pelo belíssimo trabalho e pela competência. Seguiremos sempre juntos. um grande abraço.

Anna Francisca

Não me lembro se foi o acaso, o Google ou o livro Freire’s que comprei em um sebo, em Pinheiros. Sei que foi bem no início. Como não se encantar e se divertir com os relatos daquela viagem para o Japão? Adorei! E nunca mais larguei.

Andrea Queiroz Eto

Não tenho certeza, mas acho que conheci o site em 2004, quando fui para Jeri. Lembro que antes não era VnV, era o freire's. Sou fã desde essa época. De lá pra cá foram muitas viagens que saíram redondinhas graças às dicas de vocês, como, por exemplo, Aruba e Deserto do Atacama, cujos guias são super completos. Obrigada!

Clécia
CléciaPermalinkResponder

Li todo o post dos 10 anos (ufa!) e me encorajei a comentar! Viajo de tempos em tempos de POA a AJU por motivos de familia, e cheguei aqui lá por 2013-2014 quando comecei a pesquisar coisas legais pra enriquecer/aproveitar melhor essas idas. Desde então não viajo a lugar algum sem incluir o VnV no planejamento! Assim foi Sergipe, Alagoas, Santa Catarina, Amazonas, São Paulo, o próprio Rio Grande do Sul... A primeira internacional para a Espanha... e tá sendo com a próxima para a Bahia em 2020! Além de todas as que leio e ainda não posso fazer!

KERUBINA
KERUBINAPermalinkResponder

Eu lembro de conheci o site em 2011, e desde então entro todos os dias para ver se tem texto novo.
Cada viagem que fiz seguindo o site foi a confirmação de que não poderia mais viajar sem ele.
Mas sinto falta daqueles textos sobre o "porquê"de viajar, filosofar sobre essa vontade de conhecer o mundo e suas idiossincrasias completam a viagem, principalmente quando são tão bem escritos.

Glaicia
GlaiciaPermalinkResponder

Acho que foi em 2014, numa viagem à NY. Encontrei com o bom e velho google. E depois de ter anotado as dicas de transfer do aeroporto para os hotéis (peguei uma daquelas vans), que deu super certo, vi que esse site era porreta! Sempre aproveito as dicas de como se locomover e qual a melhor sequência do roteiro. Desde então, levei comigo todas as dicas pra Andaluzia, Suíça, Lisboa, Berlim e até num intercâmbio pra Edimburgo. Também sempre dou uma xeretada no manual de resorts do Brasil, mas sempre acabo em São Miguel dos Milagres! Agradecida, que trabalho incrível o de vocês.

Cristiana Gomes

Me lembro de ler sua coluna na Revista Época e de amar aquelas epifanias sobre viagem. Imagino que de algum comentário seu na revista ou curiosidade de me aprofundar sobre algum destino, fui parar na sua versão digital. Me lembro de sempre visitar o blog, mesmo quando viajar ainda era sonho. A primeira viagem que o seu blog foi minha fonte, não só de informações, mas de outros blogs, foi em 2008. Você me levou ao conexão paris, ao hotel california, ao ducs amsterdam, aos meninos do MauOscar, ao sundaycookies, mikix, uma galera sensacional... Como muitos outros, não imagino viajar sem passar por aqui. E passo por aqui, mesmo quando não tou com viagem à vista. Sei que hoje virou site, foi formada uma baita equipe (que tem a sua vibe), mas, querido Comandante, você é o melhor. Vida longa ao VnV!!!

Valeria
ValeriaPermalinkResponder

Não me lembro quando foi que conheci o VnV, acho que foi através de publicações em revista de viagem. O que interessa que sempre adorei o teor das informações contidas nos relatos, dos detalhes e do texto bem escrito. Sempre li antes de qualquer destino programado e segui os passos sugeridos em várias viagens como Patagônia Argentina e Torres del Paine, Jalapão com Korubo, Lima e Cuzco, e até Sudeste Asiático, que escolhi o hotel sugerido em Singapura. Tive enorme satisfação de encontrar Ricardo morando no mesmo prédio do nosso apartamento de família no Rio. Pode acreditar, foi um dia inesquecível para mim, apesar do encontro ter sido tão rápido! Mas outros virão. Parabéns a todos da equipe e que venham mais 15 anos com esse sucesso. Obrigada.

Luiz Carlos G Cerqueira Lima Jr

Ric
Nunca viajo sem usar suas dicas e o VNV. É tão essencial como verão na Bahia! Este caso de amor comecou lá atrás qiando não havia site, aonda nos livros...

Dalva
DalvaPermalinkResponder

Acho que conheci procurando dicas na internet para a Alemanha em 2012 por ai, e desde então, temos sido companheiros de viagem! Parabéns pelo Blog, não dá para viajar sem dar uma passada por ele!

Ferreira
FerreiraPermalinkResponder

VnV é minha agenda primeva de viagens. Tudo começa por aqui e sempre termina bem. Ricardo Freire é utilidade pública, devia até ser tombado como patrimônio perpétuo dos viajantes.

Cleide Lucia
Cleide LuciaPermalinkResponder

Faz muito tempo e foi dando um google. Confesso que não viajo sem ler as preciosas dicas do VnV. Leio, indico, recomendo. Costumo dizer que o blog é a minha "bíblia" de viagens. Parabéns Riq, Bóia e equipe pelos 15 anos no ar.

Antonio Cruz
Antonio CruzPermalinkResponder

Eu trabalhei em uma agência de assessoria de imprensa entre 2010 e 2011, lá participei do lançamento de uma webserie de vídeos do Ricardo com um site de reserva de hotéis. Ali conheci o site e daí em diante todas as viagens passaram por alguma checagem de roteiro aqui no VnV.

RITA VICENTE
RITA VICENTEPermalinkResponder

Ah, Ricardo Freire, eu te 'persigo' desde que vc escrevia na Viagem e Turismo. Não me lembro quando foi que descobri o site, mas é certo que não viajo sem ele. E a prova que vcs fazem A diferença é que estou tentando fazer um planejamento de uma viagem para a Grécia, mas estou quase sucumbindo sem a sua ajuda. Não adiantam outros sites, o Viaje na Viagem escreve do jeito que eu gosto, com dicas organizadíssimas e certeiras! Não sei o que seria de mim sem vcs!

Norma Cristina

Encontrei o VnV pelo Google qdo fiz minha primeira viagem sozinha pra Aruba. Foi em 2014! Olha só Qto tempo eu perdi...
Desde então, eu não vou nem à Petrópolis- moro no Rio-, sem consultar o blog. Buenos Aires, Colonia de Sacramento, São Paulo, Vegas, NY, Salvador, Trancoso, Caraiva, Santiago, Mendoza, eu não dou um passo sem o VnV. Isso sem contar os lugares incríveis q eu conheço na minha imaginação de tanto ler os relatos q, de tão completos, me dão a dimensão exata das maravilhas q eu ainda conhecerei por aí! Super obrigada pelo conteúdo sensacional desse blog incrível!

JULIO CESAR GONCALVES CORREA

2011, Lençóis Maranhenses + cruzando o Delta do Parnaíba. Foi amor à primeira visita.
Abraço!

Alexandra Godoy

Faz muiiiito tempo. Meu primeiro contato foi através do livro Viaje na Viagem, quando foi lançado (1998 ou 1999?!). Vi numa livraria, achei o subtítulo (auto-ajuda para turistas) super bacana e comprei . Desde então venho acompanhando.

Anne
AnnePermalinkResponder

Encontrei uma outra tripulante jurassica do milênio passado q nem eu!!! Kkkk

Régis
RégisPermalinkResponder

Não vou lembrar exatamente quando foi meu primeiro acesso, mas lembro bem que o VNV foi fundamental na minha viagem à Itália em 2009. Aquele roteiro mastigadinho de bate-volta de Roma a Pompéia foi uma mão na roda, e de lá pra cá eu acesso o Blog quase todos os dias. Parabéns pelos 15 anos e que venham muitos mais!!

Aline Bernardes

Não consigo lembrar a primeira vez que acessei o site. Talvez tenha sido há seis, oito ou dez anos. Difícil dizer. Com certeza a "primeira impressão" não ficou, mas com o tempo claramente foi caindo a ficha que, independente do destino, o VNV era o canal. Todos os lugares que eu pesquisava o site tinha um conteúdo impecável a respeito! Como profissional da comunicação, da área do turismo e também de Porto Alegre, logo já rolou aquela "conexão" com a trajetória do Ricardo Freire. Há muitos anos o VNV é sempre minha primeira consulta. Vocês são incríveis! Parabéns pelos 15 anos!

shirley calves

Eu sigo o Ricardo desde que ele escrevia como Turista Profissional nas revistas, tenho o seu livro e acesso o site desde o seu lançamento. Não viajo sem as dicas do VnV e seus seguidores. Ricardo Freire e sua equipe foi inovador no Brasil no jeito de prestar informações de roteiro de viagens e fazer as conexões certas pensando em todo tipo de público. Vocês são incríveis, Parabéns pelos 15 anos!

Caroline®
Caroline®PermalinkResponder

Foi durante a primeira expedição pé-na-areia (era 2005 ou 2006 isso?) Cliquei num link na home do Uol, quando o blog ainda era de lá. Desde então, acompanhei todas as mudanças de layout, quando foi pro site da Abril (que fase difícil), durante aquela série pioneira de hospedagem em AirBnB na Europa, quando passou a focar mais nos guias e ficou ainda mais completo.Ou seja, isso me faz praticamente uma decana deste clube virtual de viajantes! Será que eu não mereço uma carteirinha?

Valéria Lattanzi

Oi, meu blog preferido! Faça viagens com vocês desde 2014, quando fiz uma viagem para Olinda. De lá até hoje, já percorri o Santiago, Val Paraíso, Cajon Del Maipo, Montevideo, Colonia Del Sacramento, Punta Del Este, Buenos Aires, Bariloche, San Martin de Los Andes, Roma, Veneza, Florença, Nápoles, Piza, Lucca... tudo em modo solo seguindo suas dicas de quando ir, onde ficar, o que fazer e onde comer.
A experiência mais incrível de todos foi em Roma. Visitei o Museu do Vaticano seguindo exatamente suas dicas. Marquei o ticket no primeiro horário, logo na entrada foi sensacional, parecia que eu já havia estado lá seguindo exatamente o que você falou, fui direto para a Capela Sistina e ficamos lá, eu,meu marido e meu filho, com poquíssimas pessoas, curtindo aquele momento sagrado na Capela sem o frenesi louco dos turistas.
Além disso, fizemos tb o Tour do Peppe, a visita guia as tumba de São Pedro e a Necrópole do Vaticano. Tudo sempre deu certinho graças a vocês!
E olha, já tenho dois outros roteiros montadinhos no blog: Atacama e Europa ( Londres, Paris e Amsterdan) . Vocês são os melhores!

Marcelo Morgado de Sá

Por sorte eu tenho e-mail com a indicação do link do "blog". Foi no 01/01/2006 quando ainda era no http://viajenaviagem.zip.net/
E foi justamente pesquisando informações sobre como viajar melhor que encontramos a bóia. Desde então, sempre passo aqui pra organizar minhas viagens.

Thiago Augusto

Sim! Minha viagem a Paris em 2009. Iria pra la com minha filha de um ano na epoca e estava estressado nivel hard com tudo que poderia acontecer ao viajar com crianca pequena pra “longe”. No final, com a ajuda de vcs na parte logistica e de sites/blogs que vcs recomendaram sobre outros pais com filhos viajantes, ate os perrengues naturais de qualquer viagem foram otimos!

P.S.: voltem a postar com mais frequencia no site ... sinto muita falta de novos posts. Entendo as atualizacoes que estao fazendo, mas nao me refiro somente a posts de destinos. Qualquer assunto relacionado, desde arrumacao das malas ate depressao pos viagem, vale a pena para nos viajantes ...

Ze-Jet
Ze-JetPermalinkResponder

Vixe...faz um tempão...foi naquela viagem do Riq pro Japão...em 2004, né não? Ou foi antes disso?
Foi naquele post que aprendi que não se pode colocar shoyu no arroz...planejamento é tudo smile

Ricardo Freire

Zé! Que saudade!

Ze-Jet
Ze-JetPermalinkResponder

Saudades também!
Beijos pra ti e pra turma do fundão!

Kamila
KamilaPermalinkResponder

Acessei para me organizar para Disney com as crianças, ainda estava sem coragem de ir fora de excursão mas achei tanta informação que me senti muito segura! Depois disso, nunca mais parei de vir aqui...até mesmo para as menores viagens! Obrigada por tudo!!!

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

No 1o semestre de 2010, pesquisando sobre Londres e Amsterdã, que foram os meus destinos em julho daquele ano - a 1a viagem organizada totalmente sozinha e sem agência! Achei o VnV no Google e mesmo quando voltei da viagem, continuei devorando o conteúdo. Aqui que descobri vários outros blogs de viagem que amo (nos comentários) e depois de 3 anos, comecei o meu próprio blog!

Magali
MagaliPermalinkResponder

Ler essa pergunta me levou para muuuuuuito longe.... quando eu estava começando a ter um dinheirinho e iniciava meus primeiros passos nas viagens. Sem companhia (meus amigos eram todos "duros") fiz algumas viagens sozinha pelo Brasil contando apenas com as dicas do blog do UOL que eu abria diariamente na minha mesa pela manhã, para saber se havia alguma novidade. Sentia como se fosse eu mesma a fazer aquelas viagens e dar aqueles passos.... Para mim, a "expedição pé na areia" foi, e ainda é um verdadeiro guia para quem quer se aventurar pelo Brasil. Obrigada, RF! Obrigada equipe da Bóia pela companhia em todos esses anos!

ROBERTA MODENA PEGORETI

O viaje na viagem é nosso "guia" oficial. Eu, marido e meu filho sempre seguimos os conselhos e dicas do Ricardo Freire. A primeira vez que usamos foi em 2015 quando fomos para Buenos Aires e trocamos o dinheiro no lugar indicado, foi muito bom, conseguimos economizar horrores com a taxa de câmbio, outro roteiro que foi um presente: BH e cidades históricas, foi simplesmente fantástico. Montevideo foi outra grata surpresa. Seguimos todas as dicas em Florianópolis em 2019, e estamos indo para Foz em janeiro de 2020. Obrigada por fazer parte dos nossos melhores momentos!!!!!???

Kathryn
KathrynPermalinkResponder

Xi, então devo estar por aqui desde bem o começo. Acho que acessei a primeira vez há uns 13 anos, quando voltava a Paris, dessa vez levando meu marido (então namorado) a tiracolo. Mas já era tão completo, já achei tão profissional na época, rssss. Desde então volto com certa frequência sempre que quero tirar alguma dúvida pu pegar dicas...

Kathryn
KathrynPermalinkResponder

Obs.: Na época eu assinava a revista Viagem e Turismo. Acho que cheguei aqui através de algum artigo lá? Ou pode ter sido apenas fuxicando via Google (ou ferramenta de pesquisa de sites que se usava na época...a memória já não é tão boa, sabe como é...)

Germano Vieira Borba

Moro em Recife (PE). Conheci o Viaje na Viagem, em 2012, por indicação da dentista da minha esposa. O blog salvou nossa viagem de férias à Morro de São Paulo (BA). Eu enjoo até em ônibus então a dica de como chegar usando ferry boat para Itaparica e ônibus até Valença (BA) para só então pegar uma lancha rápida para Morro de São Paulo foi matadora.Outra dica que salvou a viagem foi a sugestão de se hospedar na segunda Praia. Até hoje tenho em minha caixa postal o e-mail de confirmação da Booking da minha reserva na Pousada Villa Das Pedras. Uma das melhores pousadas que me hospedei por indicação do Viaje na Viagem. Eu não conhecia o Booking, conheci através de vocês. Desde então só viajo após minuciosa pesquisa no Viaje na Viagem. Meu próximo destino deve ser a Península de Maraú agora em Março/2020.

WILIAN QUINTINO DE OLIVEIRA

Eu era leitor do Freire's. Vi o VnV nascer. 1 dia antes da minha primeira viagem eu descobri o Freire's e nunca mais dei uma volta de carro no bairro sem consultar aqui. Logo, não sei o que significa o "antes e depois" do VnV na minha vida. Sei apenas que, se eu conheço Jeri e não conheço Capitólio, a 200 km da minha casa, é pq não tem um guia "Capitólio" no VnV e eu não arrisco viajar sem passar por aqui.

Valquiria
ValquiriaPermalinkResponder

Eu conheci o Ricardo através da Revista Viagem e Turismo de julho ou agosto de 2008, na época ele era colunista. Acessei o blog do VnV que na época também era hospedado na VT e planejei a minha viagem a Londres, a primeira de muitas (quase todas) que reservei tudo por conta própria graças ao Riq e esse blog maravilhoso. Acompanhei a mudança de hospedagem do site, a perda e recuperação dos posts, a organização cada vez maior, uma vez até tomei um passa fora do Riq que achou que eu estava fazendo uma pergunta idiota (rssss) mas depois entendi, ele fazia tudo sozinho na época e estava estressado. Não tem uma viagem que eu faça sem consultar o VnV e faço propaganda para todo viajante que eu conheço. A última foi Foz do Iguaçu neste reveillon e só salvei o post completo no celular e segui todas as instruções, foi sucesso.

Juliana Amorim

Eu tinha um blog pessoal no Wordpress e sempre via nas estatísticas da plataforma que um certo blog recebia muitas visitas sendo sempre o primeiro da lista. Resolvi clicar e fiquei fã do vnv. Só tenho a agradecer a todas as experiências compartilhadas.

Igor Bandeira
Igor BandeiraPermalinkResponder

Conheci vcs numa entrevista dada na Globonews e desde então é meu guia de viagens principal. Só me hospedo nos hotéis recomendados por vcs (pois pra mim o hotel também faz parte da experiência da viagem) e nunca me arrependi. Minha primeira viagem que utilizei o blog como guia principal foi para Gramado em 2017 e foi maravilhoso. Agradeço muito as viagens compartilhadas.

Paulo Futami
Paulo FutamiPermalinkResponder

Conheci o Riq quando buscava a melhor maneira de ir de Itacaré a Trancoso, isso há quase 14 anos.
Abraços

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar