Pousadas, resorts e hotéis para relaxar com segurança: as dicas dos leitores

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Hotéis seguros - Pousada Patacho

Hotéis seguros: as recomendações dos leitores

Perguntamos aos leitores do Viaje na Viagem: você se hospedou em algum hotel, resort ou pousada desde a retomada do turismo? Quer ajudar aos outros viajantes que buscam hotéis seguros para desconfinar sem receio? Conte pra gente: você recomendaria o hotel, resort ou pousada em que se hospedou, baseado na aplicação dos protocolos de segurança da pandemia?

Se você tem alguma indicação, use a caixa de comentários.

Se está procurando hotéis testados e aprovados na pandemia, veja a nossa lista (que está sendo atualizada diariamente):

As indicações dos leitores

Angra dos Reis

Portobello Resort
Estão seguindo os protocolos, com álcool em gel por todos os cantos, todos os funcionários usando máscara, aferição de temperatura ao entrar no restaurante 3 vezes ao dia, e somente se tira a máscara para as refeições. Café da manhã buffet servido pelos funcionários sem contato com os clientes, tinha recreação ao ar livre e com máscara. Nos sentimos tranquilos e relaxados pois o hotel é muito grande, com muito verde e à praia privativa deu para matar a saudade do mar. (Cris)

Não gostei. Muita gente sem máscara, não higienizavam as mesas do restaurante entre os hóspedes, tinha arrumação de quarto normal, piscina lotada e parquinho também. (Karine)

Atibaia (SP)

Hotel Fazenda Recanto da Paz
Cumpre todos os protocolos! (Marisilvia)

Bananal (RJ)

→ Quinta dos Bosques
Segue rigorosamente os cuidados. (Loraine)

Barra de São Miguel

Gungaporanga Hotel
Fui em agosto. Me senti super segura. Logo na chegada recebemos uma sacola com máscara e álcool-gel.
O café da manhã almoço e jantar é servido no quarto ou no restaurante com mesas distantes. Todos os talheres, pratos, xícaras e alguns alimentos são servidos embalados. O hotel possui 18 bangalôs e só estavam reservando a metade. Todos os funcionários usavam máscaras e ainda aquela proteção de acrílico e álcool-gel o tempo todo. A sauna está fechada. Achei super organizado e super recomendo! (Nilce)

Vivá Barra de São Miguel
Estão cumprindo todos os protocolos de segurança. São bem rigorosos. Café da manhã é agendado para não aglomerar. Recomendo! (Fran)

Barra do Piraí (RJ)

→ Hotel Fazenda Ribeirão
Poucos quartos, muito espaço ao ar livre, atividades com horário marcado, eu adorei. (Karine)

Bento Gonçalves (RS)

→ Casa Valduga Pousada Gran
Nos hospedamos no fim de junho. Fizemos o check-in na sexta a tarde e participamos (eu, meu marido e meus sogros) de duas aulas sobre queijos e vinhos no final de semana. O complexo da Casa Valduga estava funcionando: os cursos, visitações, degustações e demais serviços, todos respeitando distanciamento. Havia muito álcool-gel em todos os lugares, p uso de máscara era obrigatório e o café da manhã era servido à mesa, no salão do café da manhã, conforme as opções que havia no dia. O complexo da vinícola está muito bem preparado para receber os hóspedes com segurança, respeitando todos os protocolos de higiene. (Tassiane)

Bonito (MS)

Hotel da Praça
Viajamos no início de julho. Hotel, restaurante e passeios nos surpreenderam com os cuidados." (Loraine)

→ Camping do Rio Formoso
Ficamos num chalé no Camping do Rio Formoso. A área do camping é bem grande e a propriedade não estava cheia. Pudemos aproveitar os decks na beira do Rio Formoso sem ninguém por perto. Deu pra fazer distanciamento social tranquilamente. Preparamos todas as nossas refeições no chalé. Fizemos compras em um mercado da cidade e o uso de máscara era obrigatório e a população estava respeitando. Todos os funcionários do camping também usavam máscaras. Fomos em agosto. Agora no feriado da Independência li notícias de que a cidade estava lotada. Aí, é impossível não haver aglomeração. Se eu só tivesse opção de viajar em alta temporada e feriado não iria de jeito nenhum. Aliás, já não ia nesses períodos antes da pandemia. (Thaisa)

Búzios (RJ)

Pousada do Namorado (Geribá)
Ficamos 2 dias. Todos os protocolos de segurança seguidos: funcionários usando mascara, álcool-gel disponível em vários lugares, limpeza constante das mesas, produtos, agendamento para uso da hidromassagem, orientação para uso de luvas no café da manhã (buffet), enfim, nos sentimos muito seguros e confiantes, e vamos voltar em breve. Recomendo para quem quer aproveitar uma pousada linda, com equipe amável e gentil, e com toda a segurança que o momento exige. (Marcia)

La Belle Maison Brigitte Bardot (João Fernandes)
Fui no fim de agosto. Uso obrigatório de máscara, café da manhã servido na varanda com itens escolhidos no dia anterior, dispenser de álcool por todo hotel e quantidade reduzida de hóspedes. (Gabriela)

Vila d'Este Handmade (Morro do Humaitá)
Máscara obrigatória, álcool-gel por toda parte. Café da manhã servido diretamente na mesa no restaurante do hotel, com ambiente super arejado e mesas bem espaçadas. (Gabriela)

Pousada Santorini (João Fernandes)
Hospedagem perfeita de 2 dias. Preocupação com a higiene e distanciamento desde antes do check-in, que foi feito todo online. Quarto limpíssimo, uso obrigatório de máscara. Café da manhã divino servido no quarto ou piscina, cujos itens eram escolhido previamente e também online. Me senti super segura! (Bia)

Cabo Frio (RJ)

Recanto da Passagem
Os protocolos de segurança, limpeza e distanciamento foram seguidos. No café da manhã, mesas com distância segura. Piscina não estava aberta na ocasião. Tem restaurante, com menu no QR code. Todos os funcionários de máscara! (Thiago)

Caldas Novas

Rio Quente Resorts (Rio Quente)
Todos os protocolos seguidos, café da manhã servido na mesa, buffet controlado sem acesso direto do hóspede. Disponibilizam álcool pra todo lado, até no quarto. Funcionários cobrando uso de máscara nos lugares obrigatórios. Boa viajar com segurança! (Bianca)

Camburi - São Sebastião (SP)

Pousada Camburizinho 2
Segue rigorosamente os cuidados (Loraine)

Campos do Jordão (SP)

Pousada do Conde
Fomos super bem atendidos e amamos a pousada! Café da manhã excepcional servido na mesa! E o local do café da manhã é um charme: em uma varanda toda de vidro de frente para a rua! (Ana)

Hotel Vila Inglesa
Nos hospedamos em julho, quando estavam limitados a 40% da capacidade do hotel (agora já podem até 60%) e piscina, sauna e massagem não podiam ser utilizados (agora podem, com agendamento). A estadia foi perfeita, protocolos todos seguidos à risca. Café da manhã à la carte, excelente. Mesas com distanciamento e fixas durante toda a estadia. Almoço no jardim e jantar nos quartos. Como a cidade já flexibilizou o funcionamento dos restaurantes, creio que isso também tenha ocorrido no hotel. (Vera)

Grande Hotel Senac
Sensação muito tranquila! Refeições são servidas pelos funcionários todos com máscaras e luvas. Como o hotel é bem grande e os espaços bem distribuidos, a sensação é de certo distanciamento. Além de tudo, qualquer lugar onde você vá sentar no hotel tem uma etiqueta de higienizado que você retira para usar e eles saberem que devem higienizar. Além do hotel ser muito bom e a comida ser uma maravilha (tem que experimentar a pizza). (Marcelo)

Pousada Dom Alfredo José
Adoramos o atendimento de toda equipe, com toda a segurança possível por conta da pandemia. O hotel estava bem vazio, e o que mais achei legal foi o café da manhã que na noite anterior nós escolhíamos o cardápio e agendávamos horário, super recomendo! Se possível viagem durante a semana, a cidade estava bem mais calma do que no fim de semana. (Claudia)

Flecheiras (CE)

Rede Beach (Guajiru)
O hotel é maravilhoso! Cumpre os protocolos recomendados de higiene e distanciamento social. O café da manhã é servido na mesa. O menu do restaurante é enviado por whatsapp. (Cris)

Fortaleza (CE)

Beach Park Acqua Resort
Maravilhoso! Estão bem cuidadosos com relação à pandemia! Vale muito a pena! Frente mar, e ao lado do Beach Park! Super recomendo". (Cauenan)

Fortim (CE)

Jaguaribe Lodge
Fui em agosto e me senti super segura. O hotel é super arejado e lá venta muito, então não tinha necessidade de máscaras. Mas o hotel é muito grande e tem poucos quartos então quase não víamos hóspedes. Mesmo na piscina as cadeiras estavam longe e nunca estavam todas cheias. Os funcionários usavam sempre máscaras. E tinha muito alcool em gel. Super recomendo. Fora que o hotel é incrível, impecável. (Lívia e André)

Foz do Iguaçu (PR)

Belmond Hotel das Cataratas
Estivemos no feriado da Independência, e estão com um protocolo muito bom de cuidados! Álcool-gel por todos os lados, no check-in você usa caneta individual e depois já descarta para limpeza, funcionários e hóspedes de máscaras o tempo todo, exceto restaurante (mas você tinha que usar máscara para sair da mesa). Para se servir no café e no jantar, disponibilizavam luvas descartáveis e álcool-gel. As mesas tinham distanciamento entre si, mas achei que o hotel estava bem ocupado. Não teve aglomerações mas teve momentos de convivência com outras pessoas, principalmente na piscina, meu filho brincou com outras crianças o tempo todo. No quarto disponibilizaram um kit com álcool-gel, máscaras, enfim. Aquele serviço impecável de um 5 estrelas. Amamos a estadia e nos sentimos muito seguros e confortáveis em todos os momentos. Sem falar que ficando lá, temos acesso exclusivo às Catataras antes e depois da abertura do parque para o público geral. Recomendo de olhos fechados! (Lu

Gonçalves (MG)

Pousada Dona Manuela
A pousada está na área rural de Gonçalves. Ficamos num chalé onde possível fazermos nossas próprias refeições e ainda tinha uma área externa privativa. A maioria dos restaurantes e outros estabelecimentos comerciais estavam respeitando regras de limitação do número de pessoas e uso de máscaras. Há totens de álcool em gel pela cidade. Mas o movimento de turistas aumentou bastante no sábado. (Renata)

Gramado

Hotel Canto Verde
Todo higienizado, uso de máscaras obrigatório dentro das dependências do hotel. O cfé da manhã foi servido por uma funcionária e as mesas tinham distância segura entre si. Nos sentimos seguros, aproveitamos passeios ao ar livre pela cidade e os restaurantes. Enfim, foi ótimo para a saúde mental depois de meses sem viagens! (Carla)

Laghetto Stilo Borges
Foi fantástico! No elevador era orientado usar só pessoas da mesma família simultaneamente. O café da manhã era à la carte e estava maravilhoso! (Eunice)

Ilhabela (SP)

Vila Kebaya
Acabei de me hospedar e recomendo MUITO! Seguindo todos os protocolos e nos deixando tranquilos. (Soraya)

Pousada Altamira
Cumpre todos os protocolos! (Marisilvia)

Imbassaí (BA)

Pousada Bichelenga
O café da manhã era na mesa e com agendamento de horário, os funcionários equipados, álcool disponível por toda a pousada e muita área verde. Excelente opção para ir com a família. Particularmente não recomendo a praia de Imbassaí por conta da falta de infraestrutura. De qualquer modo, se quiser descansar e curtir o espaço e as piscinas (são 2 piscinas disponíveis) vale muito a pena. Caso queira uma opção de praia há opções próximas (menos de 10 km) em Porto Sauípe (ao norte e com ondas mais fortes) ou em Praia do Forte (ao sul com ondas mais tranquilas). Caso queira jantar a pousada dispõe de opções para comer nos quartos. Querendo sair e conhecer restaurantes próximos recomendamos o restaurante da Vilangelim Ecopousada que dispõe de pratos para 1 ou 2 pessoas e com um sabor maravilhoso. (Jonh)

Itacaré (BA)

Txai Resort
Me hospedei na sua reabertura em 14/8. Foram dias ótimos. Todos os protocolos de segurança foram aplicados. Nos sentimos seguros durante toda a hospedagem. Café da manhã servido na mesa (sem buffet). Hotel rígido com hóspedes sem perder cordialidade. Indico! (Iris)

Itamonte - Parque Nacional de Itatiaia (MG)

Pousada Ribeirão do Ouro
Segue rigorosamente os cuidados. (Loraine)

Itatiba (SP)

Hotel Fazenda Dona Carolina
Recomendo. Muita área aberta e com protocolos de segurança. (Nandoca)

Itu (SP)

Novotel Itu
Não achei perfeito -- eles estavam muito atrapalhados com um monte de papelada e burocracia no checkin, o que nos causou um pouco de desconforto na chegada com um monte de gente na recepção. As refeições eram buffet e um funcionário higienizava a mão de todo mundo antes de entrar -- eu preferia que fosse buffet assistido. Mas fora isso, ficamos tranquilos na piscina, no playground e nos jardins. Vi os funcionários pedindo para hóspedes colocarem a máscara quando eles esqueciam e no geral todo mundo muito respeitoso com as regras. Estava tendo recreação só ao ar livre e todo mundo de máscara. Uma das piscinas acabava ficando mais cheia, mas como havia 4, eu e minha família sempre chegávamos antes de todo mundo e escolhíamos ficar nos lugares mais vazios. (Thais)

Jericoacoara

Casa Elea
Recomendo fortemente. Seguem a risca os procedimentos de segurança, alem de serem excelentes em todos os sentidos. (Leia)

Lins (SP)

Blue Tree Thermas de Lins
Cumprem todos os protocolos. As malas são desinfetadas no check in, levam as malas até o quarto, porém não podem entrar para não correr risco de contaminação. Ocupação de 50% da capacidade, restaurante com horários de todas as refeições para cada quarto evitando aglomerações. Todos os hóspedes ficam de máscaras, somente para comer que pode retirar. Caso alguém esqueça, sempre a funcionária atenta chama a atenção para que seja colocada. No buffet é colocado luva descartável em todos na mão que tocará nos utensílios para pegar comida. Tudo muito limpo e organizado. Estão de parabéns. (Alê)

Maceió

Hotel Costamar
Acompanho o painel do VnV e resolvi ir pra Maceió! Escolhi esse destino porque apresenta controle da pandemia com sucessivas quedas. Todos hotéis com protocolos rígidos e a população bem preparada para atender os turistas com segurança. Recomendo! Eu fiquei no hotel CostaMar que é 3 estrelas mas todos hotéis e restaurantes estão cumprindo. (Doug)

Pratagy Beach All Inclusive
Estive em agosto com meu esposo, meu filho de 2 anos e minha sobrinha de 9 anos e recomendo! Distribuem máscara/álcool, as atividades são ao ar livre, mesas espaçadas, a maioria das comidas em embalagem individual, funcionários paramentados... Achei seguro sim. E como havia poucos hóspedes no nosso período foi melhor ainda. (Kely)

Maragogi

Pousada Rangai
Fui em agosto. Achei extremamente organizada, todas as refeições servidas no quarto, malas desinfetadas logo na chegada. Vi a limpeza que eles fizeram num bangalô ao lado do meu antes dos hóspedes chegarem e eles ficaram uma manhã inteira limpando. Tiraram até a cortina pra limpar. Achei bem meticulosa! Fiquei num bangalô com piscina privativa, buscando menor contato com outros hóspedes e dispensei a limpeza no quarto. A praia de Antunes é maravilhosa e bem vazia durante a semana. Fora os protocolos covid, o atendimento foi impecável, a comida excelente e as instalações muito confortáveis. Recomendo e voltaria! (Fernanda)

Pousada Sol e Mar
Ficamos fora do centro, na praia de Barra Grande, na Pousada Sol e Mar, com todos os protocolos de higiene. No check-in eles deram um kit com máscara e álcool-gel. No café da manhã um funcionário servia os hóspedes. Na cidade apenas os donos de estabelecimentos usavam máscara, mas na rua quase ninguém usava..." (Priscila)

Monte Alegre do Sul (SP)

Recanto da Siriema
Muito organizada. São apenas 6 chalés, todos muito distantes uns dos outros. Tem pratos para almoço e opções de entrega pro jantar. Não precisei ir a um restaurante sequer. Um local excelente para relaxar. (A. Franco)

Monte Verde (MG)

Estalagem Wiesbaden
Meu marido e eu ficamos 5 noites, no final de agosto. A estadia foi fantástica! Protocolos estão sendo seguidos à risca, com cesta de café da manhã deixado na porta do chalé pelas manhãs, piscina fechada, uso de máscara em todas as áreas da pousada, jardim e instalações. Também não estão fazendo a limpeza diária dos chalés para proteger hóspedes e funcionários. Amamos a experiência, serviço impecável! A cidade também está muito organizada. Ótimo exemplo de retomada do turismo pós pandemia. (Mafê)

Villa Monte Verde
Café servido na mesa. Todos os hóspedes de máscara. (Marcos)

Hotel Saint Michel
Nos hospedamos em julho. Medição de temperatura, uso obrigatório de máscaras nas áreas comuns, café servido à la carte (você escolhe um dia antes), limpeza do quarto feita sem a presença do hóspede e jantar no restaurante só mediante reserva. Funcionou muito bem. Recomendo!. (Denise)

Natal (RN)

Praiamar Express Ponta Negra
Estou com meu filho e o marido no hotel. Como já estava comprado desde o ano passado, resolvemos encarar. Posso notar como eles estão se esforçando: higiene nota 1000, máscara obrigatória, café da manhã buffet mas com luvas e máscaras. (Paula)

Paraty (RJ)

Pousada Pardieiro
Super recomendo. Café da manhã na mesa, sem buffet. As mesas estavam intercaladas, para dar espaçamento entre elas. Não presenciei hóspedes se recusando a aderir aos protocolos. A equipe estava sempre de máscara, álcool-gel nas áreas comuns e a pousada não estava na capacidade máxima. (Mary)

Pousada Porto Imperial
Fomos no fim de agosto. As ruas do Centro histórico estavam bem movimentadas, o que me incomodou um pouco. Na pousada, 6odos os funcionários de máscaras e o tempo todo higienizando as mãos. Mantinham uma distância dos hóspedes sem serem frios. Obrigatório o uso de máscara em todos os locais dentro do hotel, exceto no restaurante durante o café da manhã (que foi servido na mesa) e na piscina. Porém, na área no entorno da piscina, as pessoas não usavam, embora fosse obrigatório (nós usamos o tempo todo). Na cidade, difícil conseguir lugar em restaurante, por causa da limitação de horário e capacidade. Passeio de barco com 30% máximo de lotação. Eu voltaria, mas não num feriado, por exemplo. (Sandra)

Namastê Paraty
Eu e minha esposa nos sentimos bem seguros e atendidos. A pousada é pequena e os proprietários atendem os hóspedes diretamente e com todas as medidas de segurança. Os quartos são espaçosos e arejados (há uma varanda térrea com porta de correr) e o café da manhã é servido diretamente na mesa fixa de cada hóspede, ou no próprio quarto, com a fartura e abundância de sempre. O local para refeições é aberto e arejado, ao lado de um rio. A pousada também fica em uma região mais tranquila e afastada do centro (logo, menos movimentada), o que ajuda bastante. Recomendamos muito. (Bruno)

Pipa (RN)

Madeiro Beach
Os chalés já são afastados uns dos outro. O café da manhã com hora marcada por apartamento e cardápio escolhido na noite anterior, via WhatsApp. Quando a família chegava no restaurante, já tinha seu lugar reservado e o café era servido na mesa. O check-in também foi antecipado via internet, uso de máscaras obrigatório, álcool, tapetes sanitizantes e termômetros na recepção, toda a segurança possível. Nesse passeio, saímos do hotel apenas para irmos ao day-use Ponta de Pirambu, e lá é um paraíso mesmo em tempo de Covid: mesas bem afastadas, tudo ao ar livre, praia quase deserta, equipe com máscaras... É um local que se pode ir sem receios. Enfim, vitamina D, água salgada e coração aquecido aumentam a imunidade. Vale a pena sair de casa desde que se tome os cuidados necessários e se escolha bem o destino. (Pclaranja)

Pipa Lagoa (Tibau do Sul)
Em julho, nos hospedamos eu, marido e filha. O hotel tinha acabado de reabrir e estava adotando todos os protocolos de segurança: check-in antecipado online, apenas 50% dos apartamentos disponibilizados, obrigatoriedade do uso de máscara nos ambientes coletivos, café da manhã com distanciamento entre as mesas, buffet assistido (funcionário devidamente paramentado nos servia), álcool 70% disponibilizado em todos os espaços. Nos sentimos bastante seguros. (Pclaranja)

Porto de Galinhas (PE)

Vivaz Porto de Galinhas
Nos hospedamos em agosto: 2 adultos e uma criança de 9 anos. Café da manhã: estilo buffet mas servido por um funcionário de máscara, face shield e luvas, sem nenhum contato direto com o hóspede. Existe um mix de alimentos embalados e expostos mas como os hóspedes estavam todos de máscara no ambiente do restaurante. Havia mesas bloqueadas. Recreação: as crianças ficavam juntas, muitas vezes sem máscaras, mas os recreadores sempre usavam, com exceção das atividades realizadas nas piscinas. Acho este o ponto mais vulnerável e que precisa de maior atenção do hotel, seja cancelando todas as atividades recreativas ou adaptando o que é feito hoje. Uso de máscaras pelos hóspedes: com exceção do restaurante e do cinema, onde o uso era obrigatório e fiscalizado, nas demais áreas não notei nenhum tipo de fiscalização e/ou cobrança, incluindo as demais áreas comuns do hotel. Early check-in: foi disponibilizado sem solicitação, inclusive o processo foi quase todo on line. Não utilizamos o late check-out. Conclusão: o hotel está adotando a maior parte das medidas de prevenção determinadas pelas autoridades, mas muitas vezes tais medidas são falhas e/ou inócuas, seja por desleixo dos hóspedes ou por negligência do hotel. De maneira geral dou uma nota 8/10 para o Vivá. (João Carlos)

Porto Feliz (SP)

Fasano Boa Vista
Fui em julho, de carro. Uso de máscaras nas áreas sociais e todas as refeições eram realizadas no quarto. Eles disponibilizam álcool-gel e máscaras no quarto para os hóspedes, além de ter nas áreas do hotel. Apesar de haver bastante gente no hotel, as famílias faziam atividades diferentes -- caminhadas, bicicletas, golfe, tênis, piscina etc -- resultando que não encontrássemos ninguém. Achei super seguro. (Claudia)

Praia do Espelho (BA)

Hotel Calá & Divino
Por natureza é um local em que é possível manter isolamento seguro. Além de ser um local sensacional, todos usam máscara, são somente 8 quartos distantes, a praia em si é super vazia, a limpeza é impecável. Na verdade, o lugar é perfeito para a atual situação (mas não exclusivamente). É o meu hotel preferido da vida. (Thiago)

Pousada Bendito Seja
Achei bastante seguro. Café da manhã servido na mesa, atendentes sempre de máscaras, álcool-gel sempre disponível, talheres embalados individualmente. (Thiago)

Praia do Forte (BA)

Hotel Via dos Corais
Me senti segura em relação ao cumprimento dos protocolos. O café era servido na mesa. Recomendo, além de ser uma delícia de passeio". (Fran)

Santo Antônio do Pinhal (SP)

A Casa da Fazenda
Café da manhã servido na mesa. Funcionários com máscara e preocupados com as condições de higiene." (Marcos)

Pousada 4 Estações
Nos hospedamos no início de julho, quando os hotéis estavam começando a reabrir. Eu já conhecia a pousada e optei por um lugar conhecido para correr menos risco. Achei tudo muito seguro: check-in online, ao chegar no hotel nem descemos do carro, o recepcionista foi ao nosso encontro, mediu nossa temperatura e nos entregou as chaves e os acessórios do chalé em embalagem lacrada e higienizada. O café da manhã era servido no chalé, os funcionários não entravam no quarto e deixávamos a cesta com as louças para fora para ser retirado. O uso de máscaras era obrigatório nas áreas comuns e como há poucos chalés não houve qq aglomeração. Fizemos todas as refeições no quarto pedindo por delivery ou indo até a cidade para buscar comida. O hotel forneceu todos os utensílios e estavam sempre higienizados e embalados." (Stefany)

São Francisco Xavier (SP)

Chalés Quinta de Santa Bárbara
Recomendo. Muita área aberta e com protocolos de segurança. (Nandoca)

Pousada Serra do Luar
Fomos eu e meu marido. Eles têm restaurante na pousada e levam todas as refeições numa cesta no chalé. O chalé é lindo, com lareira e bandeira, janelas enormes de vidro, possibilitando a vista das montanhas e do céu estrelado! Lá perto tb é possível fazer uma trilha para o Pouso do Rochedo, que tem uma vista sensacionais! Nos sentimos bem seguros, super recomendo! (Celice)

Saquarema (RJ)

→ Recanto do Quati
A pousada é incrível! Ideal pra quem busca paz e descanso, é super aconchegante e está seguindo todas as recomendações (e mais!!!) sanitárias: quartos com avisos de higienização e data e horário do último hóspede naquele cômodo, máscaras para funcionários e disponíveis pra hóspedes, café da manhã podendo ser no buffet (tudo tampadinho e fresco) com marcação de horário, ou servido no quarto com o que foi escolhido previamente (utensílios lavados e guardados). Tem álcool em gel por todo canto, máscaras obrigatórias nas áreas comuns e ocupação da pousada está bem reduzida. Me senti super à vontade, segura e confortável! Recomendo muito pra quem precisar fugir da rotina e cuidar de si. (Maria Gabriela)

Serra de São Bento (RN)

Pousada do Lajedo
A pousada possui apenas 5 chalés. Todas as áreas comunitárias são ao ar livre, café da manhã com distanciamento entre as mesas, o garçom dava as opções e a gente fazia as escolhas e tudo era servido em nossa mesa. A pousada é maravilhosa, muito contato com a natureza e tudo muito limpo e bem cuidado. Todos os estabelecimentos da região estavam adotando os protocolos recomendados. (Pclaranja)

Serra do Cipó (MG)

Canto das Águas - Cipó
Indico! Estão seguindo vários protocolos de segurança. Equipe paramentada. Na área comum é obrigatório uso de máscara por todos, exceto na área de lazer ao ar livre onde pode ficar sem. A pousada está trabalhando apenas com 50% da ocupação total. Havia álcool-gel em todos lugares. Cada hóspede tinha sua mesa fixa. Tanto no café quanto na área de lazer. O café era servido pelas funcionárias, com luvas e tudo ficava em distância de segurança. A temperatura de cada hóspede foi medida e um questionário é respondido na entrada. (Henrique)

Serra do Rio do Rastro (Bom Jardim da Serra) (SC)

Rio do Rastro EcoResort
Fiquei 3 noites. Na chegada mediram nossa temperatura e avisaram o uso obrigatório da máscara em todos os ambientes comuns do Hotel. O café da manhã foi adaptado, escolhíamos os itens e o atendente trazia à mesa, para evitar circulação das pessoas. Em todas as refeições você deve optar entre dois horários, pois o restaurante está operando com capacidade reduzida. Mesas bem espaçadas, me senti bem segura. O chalé tem álcool-gel logo na entrada e acompanhamos a limpeza de um chalé (ficamos observando da nossa varanda) e vimos que ficaram mais de 1 hora limpando, pudemos observar que tiraram tudo do chão pra limpar, inclusive. A piscina aquecida era só com reserva (1 família por vez). As atividades ao ar livre, como o hotel é enorme e repleta delas não necessita do uso de máscara, pois você nem encontra quase com as pessoas. Enfim, foram dias de paz num paraíso. (Bárbara)

Em todos os momentos me senti muito segura, sempre todos os funcionários com máscara, os do restaurante com luvas. Álcool-gel em todas as mesas e na entrada dos chalés. Café da manhã na mesa. Todos os protocolos seguidos e todos os hóspedes respeitando também. Recomendo muito para quem tem criança: apesar de não ter recreação, a área verde com atividades foi extremamente satisfatória para a 'desquarentena'. (Flavia)

Serra Negra (SP)

Hotel Fazenda São Matheus
Super recomendo. Seguiram todos os protocolos. Álcool-gel na entrada do restaurante, álcool em cada mesa (fixa por quarto), cada um colocava luvas descartáveis e se servia, só tirando a máscara para comer. E tinha álcool-gel em todas as áreas. Chalés limpíssimos. Senti muita segurança. Voltarei com certeza. (Meire

Pousada Shangri-la
Mega recomendo. As refeições têm a opção de serem servidas no quarto. No café da manhã não podíamos entrar sem máscara, e somente os funcionários tinham acesso à comida. Todas as mesas tinham garrafas de café e leite. (Natalia

Hotel Firenze
Segue rigorosamente os cuidados. (Loraine)

São Luís (MA)

Luzeiros São Luís
Nos hospedamos agora no feriado de Independência (o casal e 3 filhas - 19, 17 e 10 anos). O hotel segue os protocolos, alguns hóspedes é que às vezes não. Álcool-gel na entrada, recepção, elevadores, mesas nos restaurantes, avisos e sinalização de distância. Café da manhã estilo buffet, alimentos expostos atrás da proteção de acrílico e servido por funcionários devidamente equipados com luvas, máscaras e face-shield. Uso de máscara exigido em todas as áreas comuns. Nas piscinas tudo servido embalado (pratos, talheres, petiscos). Sem recreação. Sauna fechada. Funcionários firmes na exigência de seguir o protocolo. Com early check-in e late check-out. Enfim...recomendo. (Márcia)

São Miguel do Gostoso (RN)

Pousada Mi Secreto
Ótimo lugar pra relaxar. Fui no início de agosto e a pousada está adotando todos os procedimentos de segurança sanitária. (Ana)

Teresópolis (RJ)

Village Le Canton
Me hospedei em julho com meu marido e filhos de 14 e 10 anos. Super aprovei os protocolos de segurança, a recreação era só ar livre com máscara, no restaurante quem servia eram os funcionários. Super indico! (Gleicy)

Vassouras

Fazenda União (Rio das Flores)
Perfeita em tudo. As refeições eram feitas ao ar livre (só tem que torcer pro tempo colaborar). Na entrada dos quartos puseram um cesta pata deixar os sapatos. Se quiser limpeza do quarto tem que agendar com antecedência. Uso da piscina aquecida também mediante agendamento e somente com as pessoas da mesma acomodação. (Aline)

Visconde de Mauá (RJ)

Pousada Infinito
Todos os protocolos foram seguidos com rigor. A pousada investiu em gás de ozônio nos quartos, café servido na mesa com agendamento prévio, todos usando máscaras. A limpeza dos quartos não era diária para evitar contaminação, porém o que você precisava era entregue embalado em uma sacola na porta do quarto (toalha, coberta…). Recomendo muito a pousada. (Luzia)

Pousada Moriá
Medição de temperatura na chegada, café da manhã servido na mesa e com agendamento". (Priscila)

Vitória (ES)

Golden Tulip Porto Vitória
Café da manhã com agendamento, entrega de luvas para se servir no buffet, quartos sem serviço de quarto constante para evitar a entrada de pessoas e evitar contágio, restaurante somente entregando no quarto, todos de máscara o tempo inteiro. (Thiago)

Leia mais:

21 comentários

Carla
CarlaPermalinkResponder

Fomos para Gramado-RS. Ficamos no Hotel Canto Verde. Todo higienizado, uso de máscaras obrigatório dentro das dependências do hotel. O Café da manhã foi servido por uma funcionária e as mesas tinham distância segura entre si. Nos sentimos seguros, aproveitamos passeios ao ar livre pela cidade e os restaurantes. Enfim, foi ótimo para a saúde mental depois de meses sem viagens!!! Recomendo!

Mayara
MayaraPermalinkResponder

Infelizmente me hospedei no Américas Copacabana Hotel, que fica localizado em Copacabana no Rio de Janeiro. Fujam, pior experiência da vida, uma zona, ninguém usa máscara, somente os funcionários. Não obrigam ninguém a usar nada. Piscina lotada. Não há distanciamento em nenhum momento. O check in e o check out são caóticos. Aglomeração no café, nos elevadores. Aparentemente o hotel ficou fechado e reabriu a pouco tempo. Sem nenhuma manutenção. Ar condicionado dos quartos não funcionava e haviam quartos sem black out, somente cortina transparente. Café da manhã miserável e desorganizado, sem higiene era bufê com aglomeração. Faltavam itens básicos como achocolatado e bolo, o pão francês parecia ser de três duas atrás e o queijo prato totalmente ressecado. Total desrespeito com o hóspede e com os funcionários que estavam sobrecarregados Gerência completamente incompetentemente. O hotel deveria ser interditado devido à falta de cumprimento dos decretos.

Márcia Albuquerque

Me hospedei com a família agora no Feriado( o casal e 3 filhas-19,17 e 10 anos). Hotel Luzeiros São Luís no Maranhão. O hotel segue os protocolos, alguns hóspedes é que às vezes não. Álcool em gel na entrada, recepção, elevadores, mesas nos restaurantes, avisos e sinalização de distância. Café da manhã estilo buffet, alimentos expostos atrás da proteção de acrílico e servido por funcionários devidamente equipados com luvas, máscaras e face-shield. Uso de máscara exigido em tds as áreas comuns. Nas piscinas tudo servido embalado( pratos, talheres, petiscos). Sem recreação. Sauna fechada. Funcionários firmes na exigência de seguir o protocolo. Com early check-in e late check-out. Enfim...recomendo.

CAROLINA SCANNAPIECO

Estou em Porto de Galinhas em uma pousada de frente a praia.
O café da manhã é servido na mesa com todos os itens embalados individualmente.
Os funcionários estão fazendo uso de máscaras e viseiras.
Não tem recreação e vi poucas crianças.
O uso da máscara é obrigatório para circulação e as malas são higienizadas na entrada da pousada.
Ofereceram late e early check-in (entrada antes das 14h) ou late check-out.
A pousada está com 60capacidade de ocupação. As cadeiras na praia bem distanciadas (1,5m).
As mesas no restaurante estão reduzidas e são higienizadas a cada troca de pessoas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina! Qual é o nome da pousada?

Paula
PaulaPermalinkResponder

Estou em Natal neste momento com filho é marido ,como já havia comprado desde ano passado, resolvemos encarar.Hotel Praia Mar Express em Ponta Negra e pude notar como eles estão se esforçando, higiene nota 1000 ,máscara obrigatória, café da manhã buffet mas com luvas e máscaras .Fizemos os passeios tranquilamente .Acho que a cidade está retomando o turismo gradualmente.

João Carlos
João CarlosPermalinkResponder

Nos hospedamos em agosto, 2 adultos e 1 criança de 9 anos, no Vivá Porto de Galinhas e posso dizer que o hotel está adotando a maior parte das medidas de prevenção determinadas pelas autoridades sanitárias mas entendo que muitas vezes tais medidas são falhas e/ou inócuas, seja por desleixo dos hóspedes ou por negligência do hotel, o que entendo até ser “aceitável” tendo em vista este novo padrão que ainda precisa ser melhor assimilado por todos. De maneira geral dou uma nota 8/10 para o Vivá. Falando um pouco mais sobre os itens citados:
Café da manhã: estilo buffet mas servido por um funcionário de mascara, face shield e luvas, sem nenhum contato direto com o hóspede. Existe um mix de alimentos embalados e expostos mas como os hóspedes estavam todos de máscara no ambiente do restaurante e o buffet ficava distante creio que as medidas adotadas estão ok com as melhores práticas. Cabe a ressalva que várias mesas foram bloqueadas para que o distanciamento recomendado fosse respeitado;
Recreação: as crianças ficavam juntas, muitas vezes sem máscaras, mas os recreadores sempre usavam, com exceção das atividades realizadas nas piscinas. Acho este o ponto mais vulnerável e que precisa de maior atenção do hotel, seja cancelando todas as atividades recreativas ou adaptando o que é feito hoje;
Uso de máscaras pelos hóspedes: com exceção do restaurante e do cinema, onde o uso era obrigatório e fiscalizado, nas demais áreas não notei nenhum tipo de fiscalização e/ou cobrança, incluindo as demais áreas comuns do hotel;
Early check-in: foi disponibilizado sem solicitação, inclusive o processo foi quase todo on line. Não utilizamos o late check-out.
Como comparação, acabamos de retornar de uma viagem a Curitiba, 2 adultos, e a percepção é que o Blue Tree Batel, local que nos hospedamos, não está tomando nenhuma medida além de disponibilizar álcool gel nas áreas comuns e luvas descartáveis no restaurante, que manteve o estilo buffet mas com os próprios hóspedes de servindo, utilizando a mesma escala anterior diria que o Blue Tree Batel levaria uma nota 4/10.

Thaisa Lopes
Thaisa LopesPermalinkResponder

Fomos para Bonito/MS. Ficamos em um chalé no Camping do Rio Formoso. A área do camping é bem grande e a propriedade não estava cheia. Pudemos aproveitar os decks na beira do Rio Formoso sem ninguém por perto. Deu pra fazer distanciamento social tranquilamente. Preparamos todas as nossas refeições no chalé. Fizemos compras em um mercado da cidade e o uso de máscara era obrigatório e a população estava respeitando. Todos os funcionários do camping também usavam máscaras. No entanto, fomos em agosto. Agora no feriado da Independência li notícias de que a cidade estava lotada. Aí, é impossível não haver aglomeração. Se eu só tivesse opção de viajar em alta temporada e feriado não iria de jeito nenhum. Aliás, já não ia nesses períodos antes da pandemia.

Rafael Romaquelo

Fui para Arraial do Cabo, a cidade em sí está com medidas de proteção, para entrar na cidade somente com o voucher da hospedagem, a barreira é feita pela PM e GCM, além de medição de temperatura dos ocupantes do carro. A cidade não está permitindo excursões , nem acesso de ônibus. Fiquei hospedado em um excelente hotel onde eles ocuparam somente 30% do hotel, o horário do café da manhã tinha que ser agendado para evitar tumulto, e o junto com o agendamento do café você já escolhia o que queria comer e no dia sua mesa estava reservada e a comida vinha muit bem cuidada. As praias de Arraial diferente de muitas do Rio não estavam lotadas, deu para respeitar bem o distanciamento e curtir.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! Qual é o nome do hotel?

Priscila Marqueto

Viajei com o meu esposo em agosto para Maragogi. Ficamos na Pousada sol e Mar, com todos os protocolos de higiene. No chekin eles deram um kit com máscara e álcool gel. No café da manhã um funcionário servia os hóspedes. Na cidade apenas os donos de estabelecimentos usavam máscara, na rua quase ninguém usava.

Luzia
LuziaPermalinkResponder

Em julho fui com a minha família para Pousada Infinito em Visconde de Mauá RJ. Todos os protocolos foram seguidos com rigor. A pousada investiu em gás de ozônio nos quartos, café servido a mesa com agendamento prévio, todos usando máscaras, a limpeza dos quartos não era diária para evitar contaminação porém o que você precisava era entregue embalado em uma sacola na porta do quarto (toalha, coberta...). Recomendo muito a pousada.

Tassiane Corrêa

Eu me hospedei em final de Junho/2020 na Pousada Gran, dentro do complexo da casa Valduga, no Vale dos Vinhedos, no RS. Fizemos o checkin na sexta a tarde e participamos (eu, meu marido e meus sogros) de duas aulas sobre queijos e vinhos no final de semana. O complexo todo assim como os cursos, visitações, degustações e demais serviços todos respeitando distanciamento, havia muito álcool em gel em todos os lugares, uso de máscara era obrigatório e o café da manhã era servido à mesa, no salão do café da manhã, conforme as opções que tinha no dia. O complexo da vinícola incluí pousadas, loja, restaurante, cursos e visitação à fábrica estava muito bem preparado para receber os hóspedes com segurança, respeitando todos os protocolos de higiene.

Morieli Coser Zandonai

Eu e meu marido nos hospedamos na Casa Valduga no final de agosto/2020. Foi nossa primeira hospedagem durante a pandemia. Nos sentimos muito seguros e tranquilos nas áreas comuns e privativas. Inclusive fazendo o curso de degustação de vinhos. Destaque para o café da manhã, servido todo na mesa, delicioso e com todo o cuidado.

Maria Gabriela

A Pousada Recanto do Quati, em Vilatur - Saquarema/RJ, é incrível! Ideal pra quem busca paz e descanso, é super aconchegante e está seguindo todas as recomendações (e mais!!!) sanitárias: quartos com avisos de higienização e data e horário do último hóspede naquele cômodo, máscaras para funcionários e disponíveis pra hóspedes, café da manhã podendo ser no buffet (tudo tampadinho e fresco) com marcação de horário ou servido no quarto com o que foi escolhido previamente (utensílios lavados e guardados), tem álcool em gel por todo canto, máscaras obrigatórias nas áreas comuns e ocupação da pousada está bem reduzida.
Me senti super à vontade, segura e confortável! Recomendo muito pra quem precisar fugir da rotina e cuidar de si smile

Gabriela Galhardo

Estive em Buzios no final de agosto e me senti segura. Passamos por 2 hospedagens, ambas com os devidos cuidados. A primeira foi a La Belle Maison Brigitte Bardot ... uso obrigatório de máscara, café da manhã servido na varanda com itens escolhidos no dia anterior, dispenser de álcool por todo hotel e qtde reduzida de hóspedes.
Depois fomos para o Villa d’este handmade... mesmos cuidados... só o café da manhã que foi servido no próprio restaurante do hotel mas o ambiente era super arejado, mesas bem espaçadas e foi servido diretamente nas mesas.
Ficamos com mania impressão pois antes disso, em junho, tínhamos ido ao Rio, e a experiência não foi boa: ficamos no Atlântico Rio e, apesar das recomendações no check in e vários cartazes espalhados pelo elevador e corredores, poucos hóspedes usavam máscaras! A orientação era para se servir com máscara no café da manhã, por exemplo, e a maioria estava sem e ninguém chamava a atenção. O mesmo acontecia nos elevadores, lotados, e na área da piscina onde a aglomeração dominava. Tive a infelicidade de estar lá no dia dos namorados e houve aglomeração no café da manhã e hora do check out, q aglomeração foi tanta que nos sentimos mais seguros buscando algo para comer na padaria e retornando para comer no quarto :/

Tatiane Dias
Tatiane DiasPermalinkResponder

Viajamos para o México, eu e o marido, agora do dia 19 até o dia 31 de agosto. Passamos pela Cidade do México apenas em escala e seguimos pra Puerto Vallarta. Na Cidade do México tivemos uma escala longa, chegamos às 17h do dia 18 e voo seguinte era às 11h do dia 19, então nos hospedamos no Century Zona Rosa. O hotel, assim como todos os locais que fomos, estava seguindo os seguintes protocolos: desinfecção dos calçados, das mãos e aferição de temperatura ao entrar, uso obrigatório de máscaras e distanciamento social. Saímos a noite na Zona Rosa, os bares estavam fechando as 22h e também seguiam os mesmos protocolos. Teve um bar que desinfetou a gente inteiro! Nos aeroportos a mesma coisa, todos os estabelecimentos tinham um tapete desinfetante para os pés, álcool para as mãos e aferição de temperatura. Todos mesmo! Não se entra em lugar nenhum por lá sem passar por isso. Máscara sempre também. Nos hospedamos no Hard Rock Hotel Vallarta em Nuevo Vallarta por 5 noites. O hotel estava seguindo os mesmos protocolos. Alimentação somente nas mesas, a la carte, não tinha nenhum buffet. Sempre fazíamos os pedidos aos garçons. Apenas o isolamento social que algumas vezes não era muito respeitado, especialmente no bar onde um DJ ou banda tocava até por volta das 2h da madrugada, mas, é aquela história: vai quem quer! ? Depois fomos pra Puerto Vallarta e nos hospedamos na Zona Romântica, no hotel Pousada de Roger (onde já tinha ficado em 2014, na primeira vez que estivemos no México). Mesmos protocolos! Até o isolamento social estava sendo cumprido. O café da manhã era num restaurante anexo, não estava incluído na nossa diária e também era a la carte. Todos os bares e restaurantes seguiam os protocolos de desinfecção dos calçados, álcool nas mãos e aferição de temperatura na entrada, além do uso obrigatório de máscaras (exceto na sua mesa) que deveríamos usar até pra ir ao banheiro. Depois seguimos para Punta de Mita, onde nos hospedamos no Meson de Mita. Mesmo padrão! Tudo igual! Lá também tem um restaurante anexo que dá frente pra praia, mais protocolos e isolamento. De lá fomos conhecer Sayulita e San Pancho onde os protocolos eram sempre os mesmos. Em nenhum momento me senti incomodada por ter pessoas muito próximas ou falta de cuidado de funcionários, nada, nada! Ah! Em Puerto Vallarta, depois de sair da Posada de Roger, alugamos um carro para ir para Punta de Mita (que fica na Riviera Nayarit, mais ou menos a 40 km de distância de Vallarta e na verdade já é outro estado: Vallarta é Jalisco e Punta de Mita, Sayulita e San Pancho, Nayarit). Na locadora também seguiram todos os mesmos protocolos. Voltamos para Jalisco para conhecer Mayto, mas tinha acontecido uma tormenta na região na noite anterior e uma parte da estrada estava interditada em razão de um deslizamento. A gente tinha parado pra tomar café da manhã num lugar lindo na estrada saindo de Vallarta, de frente pro mar, uma vista maravilhosa, onde, claro, seguiam os mesmos protocolos e, graças a Deus, olhei meu celular e tinha uma mensagem do hotel (Hotel Collibri) avisando sobre a interdição da estrada. A equipe do hotel foi sensacional e providenciou o cancelamento da minha reserva, que àquela altura não era mais reembolsável! Mesmo assim eles entraram em contato com o Booking e solicitaram o cancelamento sem custo pra mim! Uns amores! ? Assim, reservamos outro hotel em Vallarta. Ficamos dessa vez no Hotel Los Arcos, também na Zona Romântica, de frente para o mar. Os protocolos foram os mesmos, porém o hotel estava lotado e distanciamento social zero! Bom, muito simples, não ficamos no hotel! Não utilizamos nada lá. Só entrávamos direito pro nosso quarto e saíamos pela praia evitando a aglomeração. Em nenhum dos hotéis usamos a piscina (eu particularmente já não gosto), sempre na praia, ao ar livre, mesa isolada... Eu achei super tranquilo e iria de novo! Aparentemente voltamos livres da Covid, pois já tem 1 semana que voltamos e nada de sintomas. Quanto aos voos, fomos de Confins a Guarulhos pela Gol, e GRU-MEX-PVR pela Aeroméxico em classe executiva, ou seja, tava vazio e foi tudo maravilhoso! Na volta fizemos PVR-MEX-GRU pela Aeroméxico em econômica, o avião tava super vazio e voltei com a fileira só pra mim! Maravilhoso também! Ninguém precisou sentar ao lado de ninguém! Já os voos da Gol, tanto na ida quanto na volta estavam lotados... Quando chegamos ao Brasil levamos um susto pois para embarcar em GRU não teve nenhum protocolo!!!! Nem álcool, nem temperatura e muito menos isolamento! Apenas máscaras... e mesmo assim, máscara à brasileira: com o nariz de fora! ? Bom, pra gente super valeu a pena! Estávamos confinados desde março, já havíamos passado 10 dias de férias em abril trancafiados dentro de casa e dessa vez decidimos ir. Voltamos inteiros! Não me arrependo. Agora é torcer pela vacina porque esses protocolos todos são bem chatos. Mas como disse uma amiga: a outra opção era ficar em casa! E o viajante tem uma hora que não aguenta mais...

Márcia Meine
Márcia MeinePermalinkResponder

Eu, meu marido e dois filhos adolescentes nos hospedamos em junho no Center Hotel, em Cambará do Sul. Eles estão seguindo todos os protocolos de higiene e segurança. Tapetes sanitizantes, álcool gel, máscaras, café da manhã servido individualmente por uma funcionária. O hotel é simples, mas muito agradável e bem localizado. Os passeios nas trilhas aos cânions Itaimbezinho e Fortaleza são perfeitos para época de pandemia, são trilhas lindas, autoguiadas, no meio da natureza e sem aglomerações. Devemos levar o próprio lanche e saco de lixo, pois não tem infraestrutura. No Itaimbezinho tem banheiro na recepção. Outro local próximo e imperdível é a Cachoeira dos Venâncio, dentro de uma propriedade privada, com fácil acesso.

Alberto G. Martins

Eu super recomendo o Parador, em Cambará do Sul/RS, na região dos cânions brasileiros. Além de todas as acomodações serem em barracas, no melhor estilo glamping, que favorecem o distanciamento natural entre os hóspedes, o hotel oferece opções de passeios ao ar livre e experiências gastronômicas assinadas por um chef famoso do RS.
Perfeito para se isolar em família ou a dois, a combinação natureza + conforto é imbatível.

Silvana Monteiro

Estive no Vila Gale Eco Resort Angra de 14 a 20/09
Esquema de segurança com relação à pandemia totalmente deficiente!
Checagem de temperatura somente na entrada ao hotel, na portaria, antes da recepção.
No check-in, nenhuma orientação quanto ao uso de máscaras ou demais medidas de segurança. Apenas uma placa disponível no balcão.
Álcool em gel disponível por todo o hotel.
Refeições principais servidas em esquema de buffet com luvas descartáveis à disposição dos hóspedes, mas ninguém orientando sobre o uso obrigatório nem das luvas, nem de máscaras.
Não se vê limpeza nem higienização das mesas, mesmo após o uso.
No sábado, retiraram as porções individuais de frios e frutas e o uni-filas que separava o salão das ilhas de buffets e obrigava as pessoas a passarem pela mesa onde tinha álcool em gel e luvas descartáveis.
No restaurante que atende a área da piscina e praia durante o dia são os funcionários que servem os hóspedes, assim como no lanche da tarde. Mas o quadro reduzido de funcionários impacta diretamente na agilidade do serviço.
Sensação de que o quadro de funcionários está super reduzido, mas a quantidade de hóspedes está acima do permitido, principalmente depois de quinta-feira, quando o aumento de hóspedes foi visível.
Os restaurantes a la carte tem distanciamento entre as mesas e o cardápio é disponibilizado através do portal MyVilaGale.com, únicos lugares realmente com alguma preocupação.
Na área de piscina e praia não se vê limpeza das cadeiras em nenhum momento do dia.
Meu apto ficava na área norte, o chuveiro oscilava entre água super quente e super fria, mesmo depois de reclamar na recepção, absolutamente nada foi feito, até porque dá pra perceber que não é um problema pontual do apto.
No sábado, faltou totalmente a
água quente por volta de 17h40, por quase 40minutos.
Problemas típicos de hotel lotado em alta temporada.. Só que estamos em setembro, em plena pandemia.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Eu e meu noivo nos hospedamos, final de agosto, na pousada da Vinícola Don Giovanni (Pinto Bandeira/Bento Gonçalves). Quartos e ambientes muito bem higienizados. Podemos perceber que estavam respeitando o distanciamento social em todos os ambientes (tanto da vinícola, quanto da pousada), bem como a diminuição da capacidade de ocupação dos quartos. O jantar harmonizado é excelente, tiveram muitos cuidados para servir as mesas e estavam separadas adequadamente. O café da manhã era com horário agendado por quarto e as comidas escolhidas previamente para evitar os contatos. Excelente, recomento!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar