Aleluia! No ar, Desempacotando RJ – episódio 1

Braços abertos sobre a Guanabara

Ueba! Acaba de entrar no ar o primeiro episódio da segunda temporada da websérie Desempacotando. Desta vez eu desempacoto a minha cidade favorita no universo, o Rio de Janeiro. Quem me ajuda nesta empreitada é um gringo da maior simpatia, o Zac, que rouba todas as cenas e ganhou todas as melhores falas (feitas por ele mesmo; o cara é bom pacas).

Também dividem a culpa pelo resultado a Energy Y&R, que criou a série, a Colmeia, que filmou (olha o diretor Julio Taubkin aí na foto), e o Hoteis.com, que está por trás desta estratégia original e moderníssima de advertaining — palmas pra todos eles, pessoal!

Julio Taubkin

Divirtam-se — e fiquem sabendo também que agora todos os Desempacotandos podem ser vistos no site desempacotando.com.br.

95 comentários

Você não mencionou como está a segurança no RJ, dá pra fotografar Copacabana sem ser roubada a câmara digital?? ou tem que andar escoltada com segurança? dá pra percorrer a floresta da Tijuca sozinha?? dá pra sair à noite em Itapema?
Lúcia

    Olá, Lucia! Aqui quem responde é a Bóia.

    Você quer dizer Ipanema, não? 😀

    O Rio não é mais inseguro do que a sua cidade. Em Copacabana você verá toneladas de turistas caminhando com máquinas — mas o bom senso manda que você só tire a máquina da bolsa na hora de fotografar. Percorrer uma floresta sozinha não é uma boa idéia nem no Rio nem em lugar nenhum. As ruas de Ipanema e Leblon são coalhadas de gente dia e noite.

Além das atrações que aparecem nos vídeos ainda temos: Petrópolis, Teresópolis, Itaipava, Ilha Grande, Parati, Visconde de Mauá, as praias da Costa Verde e também as praias da Costa Azul: Cabo Frio, Búzios, Arraial do Cabo,ou seja, belezas para todo o gosto. O Rio de Janeiro é maravilhoso o ano inteiro.

Pessoal, sério: quem não gosta do RJ é porque não conhece o RJ de verdade, do dia a dia.Quem não curtiu, venha de novo, mas dessa vez com dicas do Ricardo e de quem mora na cidade!
Outras dicas de café-da-manhã: parque lage, café das ruínas (parque das ruinas em santa teresa – é mais caro, porém vale por uma super refeição), e, se estiver pelo leblon, talho capixaba.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.