As novidades do Carnaval de Salvador 1

As novidades do Carnaval de Salvador

Banda Didá

Com o modelo corda + camarote perdendo fôlego (e o carnaval espontâneo de rua renascendo em outras cidades), Salvador resolveu dar uma chacoalhada, de leve, na sua folia.

A maior novidade é o Furdunço, que está levando aos dois circuitos principais 40 atrações sem corda — na sexta à tarde, aconteceu no circuito Osmar (do centro); na segunda à noite, vai rolar no circuito Dodô (Barra-Ondina). Trios vintage, como a Caetanave e o Garrafão, voltam às ruas.

Nas noites de domingo, segunda e terça, o circuito Osmar (do centro)  vai se transformar no Afródromo, com a passagem dos mais famosos blocos afro em horário nobre.

O circuito Osmar (do centro) vai ficar mais rápido e menos claustrofóbico: os trios vão encerrar o desfile na Praça Castro Alves, em vez de retornar pela Carlos Gomes. O novo esquema, que transformou a Carlos Gomes numa praça de alimentação para servir quem vai ao circuito central, também deve entregar mais foliões ao circuito Batatinha, no Pelourinho, onde desfilam blocos e orquestras sem trio.

E a última novidade é um pólo dedicado ao público GLS, no Largo 2 de Julho — a Vila da Diversidade, com um mix de shows e música eletrônica.

Para ficar por dentro da programação, a Prefeitura pôs no ar um ótimo site, o Curta Carnaval.

(Obrigado pelas dicas, Adriane Lima!)

Leia mais:

Os posts mais recentes de Salvador no Viaje na Viagem

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


4 comentários

Riq e tripulantes, compartilhar informações preciosas é sempre um prazer. Bom carnaval a todos!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.