Bocas del Toro e San Blas: quem já foi?

Punta Caracol, Bocas del ToroO Panamá virou um dos hubs mais importantes na rota do turista brasileiro: muita gente passa pelo aeroporto em trânsito. Quem fica mais tempo faz uma fezinha nos shoppings, ou dá um pulinho no Canal do Panamá, ou ainda pernoita na capital —  uma das cidades que mais crescem na América Latina.

Leia mais: 7 horas no Panamá, o passeio do Rodrigo Purisch

Leia mais: 2 dias no Panamá, o roteiro do Anderson

Mas o Panamá não é só uma escala; também pode muito bem ser um destino final. E duas de suas maiores atrações — os arquipélagos de Bocas del Toro e San Blas — estão na mira da Jojo, que pediu ajuda na caixa de comentários.

Bom. Os dois destinos ficam na costa panamenha banhada pelo Caribe, porém em lados opostos da Cidade do Panamá.


Visualizar Panamá: Bocas del Toro e San Blas em um mapa maior

San Blas é um arquipélago a menos de uma hora de teco-teco da capital na direção leste. É uma reserva indígena, habitada pelos Kuna. Visita-se o lugar em bate-voltas desde a Cidade do Panamá ou em pacotes que incluem pernoites em pousadas bem básicas, admnistradas pelos índios.

Bocas del Toro fica na a noroeste da Cidade do Panamá, perto da fronteira da Costa Rica. Chega-se de avião (45 minutos) à cidadezinha de Bocas, na ilha Colón. É a jóia do turismo panamenho, onde se pode fazer ecoturismo como na Costa Rica, aproveitando um mar bem mais bonito do que o da vizinha. Ali está instalado o hotel mais fotografado do Panamá, o Punta Caracol, de palafitas sobre a água, próximo a um belíssimo manguezal.

O ponto baixo da costa caribenha do Panamá é que chove bastante o ano inteiro. Os meses menos chuvosos, me diz a Wikipédia, são março (85 mm), janeiro (125 mm), outubro (150 mm) e maio (180 mm). Os mais chuvosos, com mais de 300 mm de precipitação, são abril, julho, agosto, setembro e dezembro.

Lugares onde começar a sua pesquisa sobre os arquipélagos do Caribe panamenho:

San Blas na Wikitravel

San Blas no Lonely Planet

Bocas del Toro na Wikitravel

Bocas del Toro no Lonely Planet

Bocas del Toro no Frommer’s

E você? Já foi a San Blas ou a Bocas del Toro? Ou já pesquisou o assunto por aí? Conte como foi — ou o que você tem achado na net! Obrigado!

Leia mais:

Todas do Panamá no Viaje na Viagem

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


52 comentários

Boa tarde, estou escrevendo para vcs e nesse exato momento estou em Bocas del Toro.
Estamos em família de 5 pessoas e estamos passando os dias de 11/06/2017 a 26/06/2017.
Estávamos na Costa Rica e cruzamos a fronteira a pé, experiência bastante diferente e válida, pegamos uma van até Almirante e de lá um barco q chega em Bocas. Já saindo de Almirante em barco foi frustrante, muita, mas muita sujeira mesmo, chegando em Bocas nada mudou, o lixo continua, se não está na água está nas ruas. Águas claras e cristalinas são puro marketing, a única praia paradisíaca é cayo zapatilla, as outras praias não são feias, mas nada de espetacular. Estamos em uma hospedagem tipo palafita, experiência muito legal qdo se consegue desfrutar da água q está embaixo de vc, mas no nosso caso isso não aconteceu, o lixo era tanto q não tínhamos coragem de entrar na água, para aproveitar de praias temos q nos deslocar muito longe ou tomar barcos para outras ilhas. A cidade está tomada por chineses q são donos de todos os mercados e lojas, ou seja, nativos até tem, mas já não é um lugar característicos somente deles, digo índios panamenhos.
Rodar pela cidade se nota muita sujeira, pouca consideração com o meio ambiente, muito cachorro e gato nas ruas, casas abandonadas, caindo aos pedaços.
Já fui a várias ilhas do Caribe, definitivamente essa é uma q não vale a pena, melhor gastar esse dinheiro em outra ilha, tipo San Andres, na Colômbia, muito melhor e mesma distância para brasileiros e talvez mais barato.
Em setembro temos marcado para San Blas, espero q não me desaponte, acho q não, mas depois da propaganda de Bocas, já não tenho tanta certeza qto a San Blas.

Olá Ricardo, olá Bóia! 🙂 Moro no Panamá há dois anos, e por causa de uma paixão enooorme pelo Arquipélago de San Blas, já estive lá mais de 20 vezes. Também já fui 2x a Bocas del Toro.

Algumas dicas básicas de San Blas:

– Melhores ilhas para se hospedar: Isla Iguana (perto do pier e cabanas com banheiro dentro); isla coco blanco (cabanas mais bonitinhas) e isla franklin e cabanas senidup (muuuito baratas).

Gosto muito de alugar um veleiro, com serviços incluídos (alimentação, hospedagem, transporte etc) e poder chegar a ilhas mais distantes e ainda mais paradisíacas.

– Melhor jeito de chegar: eu ainda voto no “por conta própria”, alugando carro e contactando um barqueiro previamente (deixei algumas sugestões de barqueiros com seus telefones e perfil no face no meu blog). Mas há também opção de ir com uma agência de turismo, que te busca no hotel. Outra opção é avião, mas não vale a pena, pois ir de carro não é tão difícil quanto parece.

– Alimentação: muitas ilhas tem restaurantes, mas a comida é básica e sempre muito parecida. Recomendo levar um cooler com alguns lanchinhos, sanduíches snacks etc. Vai que… rsrs.

– Ilhas imperdíveis – vale muito a pena conhecê-las: Isla Perro (tem um barco afundado que torna o snorkel ainda mais lindo); Isla Pelicano (super pequeninha e mar muito azul); Isla Chicheme Chico (mar de miiiil tons de azul) e Isla Fragata (uma ilha restaurante que tem uma geografia super distinta).

Mais dicas do arquipélago, você pode encontrar no meu blog. Fiz um post suuuuper atualizado, com todos os valores, na última semana. Está aqui: http://www.lalarebelo.com/guiasanblas

Quem quiser saber sobre Bocas (passeios, sugestões de hotéis, melhores restaurantes, etc), o post está aqui: http://www.lalarebelo.com/bocasdeltoro

Obrigada!
Qualquer dúvida, só dizer. Tenho o maior prazer em ajudar, ainda mais quando o assunto é o meu querido Panamá!!

Beijos, Lala

    Gostei da opção do veleiro. Deve ser bem bacana. Vou guardar a idéia. 🙂

bom dia, teria uma indicação de agência que faz o “bate e volta” do panama para San Blas ? Vou para o panama em Jan/2015 e gostaria de ir um dia para a praia. òtimo post. Agradeço desde já

Olá! Acabei de voltar de uma viagem incrível para San Blás, e como peguei muitas dicas valiosas no seu blog, acho que o mínimo que posso fazer é acrescentar minha experiência. Saí do Brasil com a idéia fixa de conhecer a ilha paradisíaca mais “famosa” de san Blas, a Ilha Perro. Como há pouca informação, comprei minha passagem aérea da cidade do Panamá para um hotel em achutupo. Acontece que a comarca de san Blás é muito grande, e Achutupo é longe das ilhas paradisíacas. Tem sim algumas poucas ilhas bonitas,e muita, muita cultura Kuna Yala, mas nada comparado ao setor carty. Após 3 dias muito bacanas em Achutupo, voltamos à Cidade do Panamá e aí sim combinamos com um Kuna de nos levar de carro e depois de barco até as ilhas paradisíaca e finalmente conheci as ilhas Perro, Diablo, etc. Então, se alguém pretende ir à San Blas com o intuito de contemplar as ilhas mais bonitas, a minha dica é procurar saber quais são as ilhas próximas do local onde você irá se hospedar. Espero ter ajudado.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.