Broadway: qual é a quente? Qual é o mico?

Família Addams, com Nathan Lane

Indo a Nova York, fazer uma fezinha na Broadway é de lei. Escolher um musical, porém, é que são elas. Não é um investimento barato. Os espetáculos são longos — com intervalo, levam entre duas horas e meia e três horas. Mesmo quem tem inglês fluente sofre para entender as partes cantadas (presente!). Mas a experiência é incrível — eu recomendo, pelo menos uma vez.

Muita gente aparece aqui pedindo dicas de quais são os espetáculos que valem a pena. Como estou desatualizado — minha última incursão à Broadway foi para ver um espetáculo off-Broadway que chegou lá no susto e não durou muito em cartaz –, repasso o microfone a vocês que andaram vendo musicais recentemente.

O crítico é você: o que você assistiu? Gostou? Odiou? Fala pra gente. Obrigado!

336 comentários

Como meu marido já disse (Gustavo Bonelli), amamos Wicked e compartilho a idéia de que Fantasma deve ser um dos primeiros, inclusive há tradução simultânea em português, é só se informar na bilheteria.
Realmente agora estamos pensando em ver Rain e talvez algum outro.
Os musicais da Disney são uma boa opção para quem não domina inglês. Rei leão, Mary Poppins e antigamente a Bela e a Fera.
Outra boa opção para quem não fala inglês tão bem assim é Chicago e Billy Eliot, que são histórias já conhecidas. Assim como mama mia.

Além do playbill uma outra boa opção de desconto online é o http://www.broadwaybox.com, onde vc pode comprar outras atrações com desconto e tb fora de NY, como Londres.

Por falar em Londres, mes que vem vamos assistir o último espetáculo de Sister Act (Mudança de hábito), que acaba para ir p a Broadway. Inclusive o último mes vai ser com a Whoopi Goldberg fazendo o papel principal.

Os musicais que eu ainda não vi e que estão em cartaz em NY não estão me enchendo os olhos, mas os q estão para estrear: Alice no país das maravilhas(adulta, tentando salvar sua filha), Homem Aranha e Priscila rainha do deserto. 2011 e 2012 prometem.

Pra quem vai depois de 14 de novembro o espetáculo wintuk do cirque de soleil é imperdível.. Ahhhh… Tem show do David Mathews tb!!!!

    Priscila é INCRÍVEL! Eu vi em Londres e adorei. Mas acho que só estréia em NY em março de 2011.

Rei Leão tem a montagem mais fantástica que já vi em qq musical. Assisti 3x! Vale tanto pra adultos qto pra crianças, claro.

Estive em janeiro deste ano e um musical que recebeu muitos prêmios mas me decepcionou foi Chicago. Não só a mim, mas a todo o grupo de 5 pessoas que foi comigo. Apesar das músicas serem maravilhosas, achamos uma pobreza, não tem cenário, não tem figurino, acho que não vale a pena pagar o preço do ingresso deste show visto a forte concorrência.

Eu vi a American Idiot em julho e gostei muito. É uma boa pedida pra quem gosta de rock ou pra levar jovens.

Fantasma da Opéra eu acho que tem que ser a primeira, é classico. Mamma mia também é bem divertido… Na verdade, os musicais, se você se familiarizar com a história antes de ir assistir, não vai precisar muito do inglês. Entra no clima… e faz festa com os olhos.
Já assisti várias que não estão em cartaz mais.. Rent, Nine…
Lion King eu recomendo muitissimo, mesmo para adultos… mas é lotado de crianças, já aviso logo.
Off-broadway: Tem Blue Man e Stomp que não exigem inglês.
Agora, a quente mesmo que eu acho este ano é o Al Pacino, fazendo o Mercador de Veneza, mas aí é Shakespeare… as vezes complicado mesmo pra quem sabe ingles. Os ingressos tem que ser comprados com antecedencia… http://boxoffice.broadway.com/boxoffice/switchsell.aspx?oi=17882374&ox=E8EC9B6D-A8AA-4573-B807-AC4D66DB04BB
Hoje por exemplo, só tem ingresso disponivel para fim de outubro. Mas eles vendem pacotes com hoteis.

Eu nunca tive muita vontade de ver os espetáculos justamente por não falar inglês, mas desde que vi que Mary Poppins estava em cartaz em 2006, fiquei com muita vontade de ver e fui agora em agosto e adorei! Como já vi o filme várias vezes, deu pra entender a história direitinho e fiquei surpresa quando meu marido que fala bem inglês, disse ter sido complicado entender tudo. Mas valeu muito a pena, e adorei a peça, mas achei um pouco longa, portanto acredito que pra quem não fala inglês e não curte muito musical, pode ser sim um tiro no pé.

Eu fiz um cadastro num site chamado Theater Mania e consegui comprar ingressos na orchestra ( 8ª fileira) por US$ 80 cada.

Uma dica que eu achei que funciona melhor na prática do que as cabines TKTS: cadastrar-se no Playbill Club ( http://www.playbill.com/club/offers ) e receber as ofertas por email. Só de ser membro do clube já se tem direito a descontos, mas as ofertas que chegam por email são ainda melhores. Alguns dos ingressos podem ser impressos em casa, outros devem ser retirados na bilheteria antes do espetáculo. Tem a explicação toda lá no I&V: http://www.idasevindas.com.br/2009/03/17/on-and-off-broadway/

Ano passado, consegui Mamma Mia a pouco menos de US$ 70, na primeira fila do mezzanino. Comprei também Altar Boyz (acho que já saiu de cartaz – uma pena, eu amei!) por cerca de US$ 32 e o Stomp por US$ 36, sempre em ótimos lugares.

    Foi lendo o Idas & Vindas que descobri o Playbill e fiz meu cadastro no mês passado.

    E hoje que recebi uma oferta de show famoso, o Wintuk no Madison Square por US$ 69,00.

    Antes só havia recebido promoção p/ espetáculo não conhecido, pelo menos p/ mim.

    Essas ofertas podem flutuar até de acordo com a época do ano, Thyago. Como era verão, com a cidade cheia de turistas, os espetáculos vendem bem mesmo com o preço cheio – com o fim do verão as promoções para os shows mais famosos devem começar a aparecer!

    Que bom que o I&V foi útil! 😉

    Olá, Carla, dá para comprar sem medo através desse site que você recomendou?

    Juliane, eu compro praticamente TUDO na minha vida via Internet, e nunca tive problema nenhum, então não tenho medo. Agora, também não saio por aí colocando meu número de cartão de crédito em qualquer site, né? A Playbill é responsável por todos os libretos de musicais da Broadway, desde que eu me entendo por gente – então, se eu não puder confiar no site deles, não vou confiar em nenhum outro… 😉

    Carla, muito obrigada pelas dicas! Essa é a primeira vez que viajo para os EUA e as dicas que encontrei neste blog estão sendo uma mão na roda para mim!

    Carla, obrigada. Foi lendo seus posts que me cadastrei no Play Bill, no ano passado, e comprei para dois espetáculos, em Nova York e Toronto.

Olá!

De todos que já assisti e que estão em cartaz, acho que Wicked é o melhor. Concordo com vc Cristina. É uma superprodução com uma historia bem inteligente e uma nova visao sobre o que aconteceu em Oz antes e depois da passagem de Dorothy.

Estou indo em novembro e pretendo assistir Rain, sobre os Beatles. Alguem já viu?

Tava ansioso por este post.

Em novembro,vou pela segunda vez a NYC e, agora, quero ver o STOMP, já que na primeira vez não consegui ingresso na TKTS para 06 pessoas. Como vou passar 06 noites, vou esperar pra comprar no dia do show os ingressos para 03 pessoas

Ahh… quero ver tbm a estréia de Spiderman e Fuerza Bruta. Alguém que já foi pode comentar algo sobre este último.

Valeu por mais esta ajuda, Riq.

    Eu vi Mary Poppins e Fuerza Bruta… Amei os 02.

    Mary ´Poppins é lindo e fez parte da minha infância, vi o filme umas 20x e sei todas as músicas…

    Fuerza bruta é louco… vc assiste tudo em pé, não tem palco… vc vai andando e a ‘peça’ acontecendo. A maior parte do tempo vc tem que ficar olhando para o alto. O espetáculo mais diferente que eu já vi, com certeza… e vale muito. No final chove no palco, mas só se molha quem quiser.

    Puxa Ingrid,

    embora tenhas contado a surpresa final… acho que vale a pergunta:
    – Adolescente de 12 anos vai curtir Fueza Bruta?

    Eu mesma respondo:
    Minha filha de 12 anos amou, eu também. Achei Fantástico Fuerza Bruta, uma desconstrução total, maravilhoso!

Assisti Hair e achei sensacional! E ainda consegui ingressos no TKTS pela metade do preço.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.