Califórnia: verifique se o mesmo encontra-se

California warnin'

Desde que eu vi um aviso numa garrafa de champagne para tomar cuidado com a rolha, nenhum letreiro parecia capaz de me surpreender nos Estados Unidos. Os americanos não vivem: cumprem um contrato, repleto de letrinhas miúdas.


A última advertência que tinha me chamado a atenção era o aviso a alérgicos de que o produto xis ou ípsilon foi produzido numa cozinha onde existe a presença de nozes. Tudo bem, deve ter gente que sofre com isso, vamos avisar esse povo. E pelo menos o aviso é específico: se você não tolera nozes, mantenha-se longe deste cookie.

Agora: esse letreirinho que obrigaram os restaurantes a expor — sinceramente, mera poluição visual transformada em lei.

California warnin'

“Elementos químicos que o Estado da Califórnia sabe causarem câncer, defeitos congênitos e outros danos à reprodução humana podem estar presentes em alimentos ou bebidas vendidos ou servidos aqui”.

Desde o nosso malfadado verifique se o mesmo encontra-se não lia algo tão inconveniente e mal escrito. Que tal, Califórnia: “Cuidado: viver é perigoso” — e pronto?

A Mobility é a locadora oficial desta viagem.

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


14 comentários

Melhor frase do post: Os americanos não vivem: cumprem um contrato, repleto de letrinhas miúdas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.