pit stop

Como visitar mais lugares, com menos perrengue: episódio 5 do Vai Por Mim

pit stop

Adivinhou, né? Bate-volta e Pit-stop são os assuntos do 5º episódio da temporada Europa da websérie Vai Por Mim, em cartaz no canal do Viaje na Viagem do YouTube.

Numa viagem picadinha, a gente gasta tempo e energia demais arrumando e desarrumando mala, entrando e saindo de hotéis. Se a idéia for ficar apenas uma noite, vale a pena considerar se a cidade não cabe num bate-volta (passeio de um dia a partir de outra cidade) ou num pit-stop (escala de algumas horas entre uma cidade e outra).

Tanto no bate-volta quanto no pit-stop, a gente começa a curtir a cidade no momento da chegada — sem aquele desperdício de tempo e energia para ir até o hotel, fazer o check-in e se livrar da mala.

É isso que eu destrincho, em menos de 3 minutos — com exemplos dos melhores destinos para bate-voltas e das melhores paradas como pit-stops.

Perdeu algum dos episódios anteriores? Opa, aí vão pra você:

Assista, inscreva-se no canal — e compartilhe com seus amigos: você pode salvar várias viagens à Europa numa compartilhada só 🙂

8 comentários

Já tinha lido todos os posts a que os vídeos fazem referência (o site de vocês é sensacional!), mas foi ótimo ver estes vídeos tão bacanas, tão bem produzidos, que resumem de forma bastante prática os principais pontos dos posts que mencionei. Vocês estão de parabéns!

Boa tarde.
Os vídeos estão ótimos, parabéns.
Onde encontro o artigo completo referente ao vídeo? Você fala nos vídeos que os artigos detalhados estão no blog, porém nunca os encontro. Pode me situar?
Obrigado.

    Olá, Bruno! Deixe o vídeo rolar. Quando o Ricardo Freire apontar “Clique aqui” você vai ver o letreiro VIAJE NA VIAGEM aparecendo no vídeo. Clique naquele letreiro na tela do vídeo, e você será levado ao post mencionado.

    Também não estou encontrando o post. O “clique aqui” do vídeo só funciona pra quem está vendo pelo computador. Pra quem está no celular ou tablet, não funciona… Sugiro disponibilizar ao menos na descrição do vídeo no YouTube

Hospedei-me 7 noites em Florença e fiz 4 dias de bate-volta para outras cidades. Os trens chegavam tarde, alguns por volta de 9 ou 10 da noite, mas mesmo assim valeu a pena. O Ricardo que não me “leia”, mas fiz bate-volta até para Cinque Terre (o que ele não recomenda), mas deu certo! Outro que indico (não citado no vídeo) foi Florença-Modena, para visitar os museus da Ferrari.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.