Edimburgo

Edimburgo

Edimburgo no Viaje na Viagem

Edimburgo: o fascínio de uma cidade ao mesmo tempo fofinha e sinistra

Edimburgo: 3 restaurantes descolados e 1 bar secreto

Um roteiro por Londres, Edimburgo e Highlands, nas dicas da Andrea

Edimburgo em agosto: para aproveitar os festivais

Castelo de Stirling e Loch Lomond (saindo de Edimburgo ou de Glasgow)

5 razões para um bate-volta a Glasgow

A volta de carro ao Reino Unido, passando por Edimburgo: a viagem da Aline

#Linkódromo | A volta à Escócia em 7 blogs brasileiros

Como montar sua viagem à Europa

Europa: quantos dias em cada lugar?

Europa: roteiros de 9 dias

Europa: roteiros de 15 dias

Europa: avião, trem ou carro?

Trem na Europa: tudo o que você precisa saber

Como comprar a passagem aérea certa para a Europa

Dinheiro para viagem: euro x cartão pré-pago x cartão de crédito

Como estimar gastos de viagem


Que moeda levar para 50 países
Não perca dinheiro no câmbio

Passagens mais baratas para Londres no Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue carro em Edimburgo na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões em Edimburgo com a Viator

56 comentários

Fiz uma road trip pelo UK. O que eu faria: De Glasgow, iria direto para Stranraer, de carro. Fui até Cairnryan para pegar o ferry a Belfast e a estrada é bem tranquila.
Depois do casamento, viajar até Edimburgh. Fique lá 3 noites. De Edimburgh para Portree (Skye), duas noites, almoçando em Port William. De Skye para Inverness, almoçando em Fort Augustus. Em Inverness, uma noite: faça o passeio de barco no Loch Ness. De Inverness para Glasgow, com uma parada no Castelo de Stirling. Entregue o carro e vá a Londres de trem.

Olá, Arnaldo.
Em Edimburgo indico a Wee Scotia da brasileira radicada na Escócia, Susana Grillo! Contratamos os serviços super exclusivos da Susana e valeu demais!!! Indico sem qualquer dúvida! Para as Highlands (para mim, o melhor da Escócia) indico a Mad Goat, do brasileiro Rafael Fonseca. Fizemos a tour pelas HIghlands com ele. O cara sabe todos os detalhes e melhores points para se conhecer, fotografar e hospedar. Sem a ajuda e conhecimento do Rafael jamais teríamos desfrutado ao máximo desta região inóspita e belíssima! Highlands merece no mínimo 7 dias. Já Londres, sendo a primeira visita, no mínimo, mesmo, 5 dias. Claro, na minha singela opinião. Boa sorte e curta muito a cultura e as histórias dessa Região inspiradora! Boa viagem 🙂

    Fiz um tour a pé de um dia em Edimburgo com a Wee Scotia também! Imperdível!

Arnaldo, estive em Isle of Skye 3 noites. Adorei Portree, vc pode fazer passeios de barco, trilhas, passeios de carro pelos pontos turisticos. Fomos por conta propria, trem e barco. Tem bons hotéis. Ficamos no Cuillin Hills Hotel, tem uma vista linda.
De la fomos a inverness e ficamos so uma noite, num B&B. A cidade é bonita, tem o passeio pelo lago Ness e Castelo Urqhart, me arrependi. Acho que vale 2 noites ou mais pra curtir a cidade.
Edinburgo é muito fofa e muito receptiva, a parte histórica bem conservada. Acredito que 3 noites dê para vc curtir e andar bem pela cidade. Mas acho que nao da para ir conhecer castelos nos arredores. Ficamos no Hotel Royal Scots Club, onde o atendimento foi excelente.
Se ficar 3 noite em Skye, 2 em inverness e 3 em Edimburgo, te sobram as 5 noite em Londres, onde ja da para fazer ótimos passeios. Glasgow ficaria de fora, nao conheci, mas quando pesquisei, devido a restrição de tempo, tambem foi a que escolhi para ficar de fora. E nao me arrependi. Skye, Inverness e Edinburgo sao lugares lindos!
Existem empresas turísticas especializadas nestes passeios, mas tb é totalmente viavel fazer por conta propria, usando trens ou carros alugados.
Boa viagem e divirta-se.

Oi Arnaldo!
Acho que o Raphael resumiu bem, mas queria ratificar aqui o quanto Skye é incrível. Também fiquei duas noites por lá e nao me arrependo. Eu fui em um tour, e achei que valeu a pena pelas explicações, sabe? O lugar tem uma mitologia muito forte e é bacana alguém te explicar tudo. Acho que é algo a ser considerado.
O caído do meu tour é que passei muito rápido por Inverness, que não era o foco. Nao sei opinar sobre lá. Me decepcionei com o loch ness, mas achei o elian donan castle incrível, nem que seja para olhar de fora, vale a parada, até mesmo porque é perto de Skye.
No mais, fiquei duas noites em Edimburgo e realmente amei. Aliás, todos que estavam comigo adoraram.
Por fim, acho que, se gostar de whisky, vale adaptar o roteiro para incluir destilarias. De todo modo, fica a menção ao talisker de Skye.
Um abraço e boa viagem!

Olá Arnaldo! Estive na Escócia em novembro passado, não tenho dicas propriamente, mas algumas experiências para dividir. Acho que tudo depende de que tipo e ritmo de viagem que você quer, assim como a época do ano. Quando fui, os dias estavam mais curto e estava um pouco frio já. E eu prefiro uma viagem mais tranquila, sem passar tempo demais em transportes ou com um check list extenso de lugares a conhecer. Me concentrei em Edimburgo, deixei Glasgow para outra oportunidade, e Highlands; também deixei Skye porque seriam muitas horas dirigindo. Aliás, não senti tanta dificuldade em dirigir mão invertida, o que você precisa entender são as rotatórias, são muitas mesmo! Fiquei 5 noites em Edimburgo, tem muitos museus, parques, castelos, ótimos pubs e, para que gosta, vida noturna. Também tem trilhas, uma das atrações é subir o Arthur Seat. A cidade é compacta e o transporte público muito bom. Daí aluguei um carro, saí cedo para passar pelo castelo de Stirling e imediações e fui dirigindo até Elgin, uma pequena cidade perto de Inverness. Escolhi essa cidadezinha por ter a melhor posição para visitar as destilarias, era um dos meus objetivos; organizando seus horários, dá para fazer umas 3 a 4 por dia. Os processos são similares, mas dá para escolher destilarias de perfis diferentes, o que torna tudo muito interessante. Uma dica que só descobri quando tinha passado é ir à fábrica que produz barris que são usados no envelhecimento do whisky. Não é o meu caso, mas pra quem joga ou quer experimentar, os campos de golfe são lindos. Fui para Inverness, de lá vc vai a loch Ness e vizinhanças, Fort George também recomendo. Tem muita coisa para ser explorada nessa região. De lá voltei via Fort Willians, meu objetivo era o loch Lomond, mas acabei gastando bastante tempo com paradas nas lindas paisagens do caminho. O GPS me colocou em estradas secundárias, bem sinuosas e estreitas, mas que valem muito a pena. São várias cidades e pequenos lagos ao longo da estrada, na época que fui o topo das montanhas já tinha neve. E aí encontrei o Ben Nevis, belíssima região que tem até cachoeiras. Vi muitas pessoas caminhando em trilhas. Novamente, não são dicas propriamente ditas, só experiências 😉

Olá,

Temos um casamento dia 26/05 em Stranraer, Escócia – a duas horas de Glasgow. Nosso voo chega em Glasgow e parte de Londres no 09/06. Portanto, temos 13 noites de férias a partir do dia seguinte ao casamento.

Perguntas

1) Minha esposa ainda não conhece Londres, 5 noites seriam suficientes em Londres?
2) Supondo que sim, restariam 8 noites na Escócia a serem distribuídas, e é aqui que pairam nossas maiores questões.
Pressupostos:
a) Pretendo inicialmente fazer o circuito Glasgow / Fort William / Skye Island / Inverness / Edinburgh.
b) Não gosto de ficar mudando muito de hotel, e todos meus amigos gostaram muito de Edinburgh e não gostaram de Glasgow. Gosto de ficar em hotéis de charme ou hotéis butique (roteiros de charme, SLH, etc).
c) Não sou um viajante alucinado que quer conhecer tudo em uma única viagem.
Questões:
Esse circuito é muito “over”? Você tiraria alguma cidade do circuito? Vale a pena ir para Skye Island?
Onde é melhor fincar âncora?
Vale a pena algum bate-e-volta?

    Olá, Arnaldo! Vamos compartilhar seu roteiro no Perguntódromo. Se houver pitacos, aparecerão aqui.

    Olá! Fiz recentemente com minha esposa uma viagem extensa no UK que passou principalmente por Inglaterra e Escócia. Eis minhas considerações, item a item conforme você listou:

    1) 5 noites em Londres são o mínimo razoável para você aproveitar o básico da cidade, com foco em algumas programações específicas. Tem MUITA coisa pra fazer. Certamente não dará tempo de tudo, mas aí você decide suas prioridades: pontos turísticos? Museus? Estádios de futebol? Baladas, restaurantes, feiras? Depende do seu perfil.

    a) Existem várias empresas que podem ser contratadas tanto partindo de Glasgow quanto Edinburgh para fazer o passeio das highlands, de forma que você passará por Fort William/Skye/Inverness dependendo do pacote contratado. São locais que não compensam fazer bate e volta, assim como a região de Loch Ness. Optei pela empresa Timberbush saindo de Glasgow, num passeio de 3 dias onde dormimos em Skye por duas noites (este especificamente não passou por Inverness). Na volta eles lhe deixam já em Edinburgh, e se quiser retornar a Glasgow lhe dão um ticket de trem para retorno (50 minutos de viagem).

    b) Edinburgh tem predominância do estilo histórico, com muitas construções antigas, mirantes, castelos, é uma cidade muito agradável e aconchegante. Glasgow também possui alguns passeios do tipo porém trata-se de uma cidade ligeiramente maior e onde já se vê a modernidade mais integrada à arquitetura dos tempos antigos. Passamos 3 dias cheios em cada uma e há programação suficiente para assegurar que você gastará bem mais tempo conhecendo a cidade do que ficando no hotel.

    c) Com adequações, considerando os 13 dias, você pode passar 2 noites em Glasgow, partir para as highlands no terceiro dia (há pacotes de 1 a 3 dias de estadia), já descer em Edinburgh no retorno (consulte a empresa contratada) para 3 noites lá e depois culminar nas 5 noites em Londres. Dependendo do pacote das highlands você talvez tenha de subtrair dias de algum lugar, para dar tempo de ir da Escócia a Londres sem se cansar demais.

    Eu realmente recomendo Skye, a cidade de Portree (meio que a capital da ilha) é bem pitoresca e dá pra ter contato com um ritmo de vida bem diferente das grandes cidades. Fora a quantidade de paisagens fantásticas na região, que fazem parte do tour.

    Espero não ter causado mais dúvidas ainda, é realmente um roteiro empolgante!

    Raphael, muito obrigado pela sua ajuda!
    Após as suas considerações, acho que vou fechar
    2 noites em Glasgow
    2 noites em Skye
    3 noites em Edimburgo
    trem ou avião p/ Londres
    6 noites em Londres

    O trecho Stranraer/Glasgow/Skye/Edimburgo devo fazer de carro, pois a rota de trem não é boa. Vou considerar cotar com essa empresa que te atendeu, sempre é bom não dirigir – especialmente na mão inversa.

    Muito obrigado

    Fico feliz em ajudar! Imagino que o trem Edimburgo-Londres leve em torno de pelo menos umas 4 a 5 horas de viagem (fiz a viagem pingando em várias cidades no meio do caminho, então não sei quanto ficaria ir direto), avalie bem o tempo disponível e o preço para considerar uma passagem aérea. Sua distribuição de dias me parece boa!

    Minha intenção ao contratar o passeio com empresas foi justamente ter de evitar dirigir na mão inglesa, por mais que alguns conhecidos tenham dito que a adaptação é rápida. Além da Timberbush há a Rabbie’s e a Highland Experience, todas funcionam de modo e com roteiros similares, apenas confira o que está incluso em cada pacote (se o valor já contém a hospedagem ou se será pago no ato, etc.). Boa viagem!

    1) Acho 5 noites em Londres muito pouco, mas dá para ver os pontos mais turísticos.
    2.a) Em 2015 eu fiz:
    2 noites em Glasgow (1 dia é muito pouco tempo, mas dá um panorama geral da cidade sem visitar nenhum museu)
    2 noites em Fort William (a cidade é muito boa para quem faz trilha, mas peguei um clima chuvoso horrível no final de junho e um dia foi suficiente)
    2 noites em Skye (como estava sem carro contratei um tour e gostei muito, mas o ideal é está de carro e ficar 3 noites/2 dias para ver a ilha com calma)
    2 noites em Inverness (adorei a cidade, o lago Ness e o Castelo Urquhart. O tempo foi suficiente)
    6 noites em Edimburgo (como gosto de viajar com calma e ficar horas em museus reservei 4 dias para cidade, mas geralmente recomendam 2 dias)
    No total foram 14 noites na Escócia. Todo o meu trajeto entre as cidades foi de ônibus. Senti falta de carro em Skye e teria ajudado em Fort William.
    2.c) Acho que é muita coisa para 8 noites. Eu tiraria Glasgow (use para pernoite se for preciso) e Fort William, ou fazer um tour pelos Highlands com agência, que conseguem resolver a região em poucos dias. Não é possível fazer uma viagem pela região com bate e volta.
    Minhas localidades prediletas foram Inverness e a ilha de Skye.

Oi Ricardo Freire, espero q possa me ajudar.
Vou com meu esposo no final deste ano para edimburgo para visitar as destilarias mas não encontro o local de visitação da marca johnnie walker. Onde posso fazer essa visita?
Muito Obrigada

    Olá, Fernanda! Quem responde é A Bóia. Não existe uma destilaria Johnnie Walker, porque o produto é um ‘blend’ de vários ‘single malts’. Mas você pode visitar a destilaria Cardhu, de onde sai a maioria dos maltes usado nos blends do Johnnie Walker. Fica a 250 km de Edimburgo mas a 70 km de Inverness, que é uma base muito melhor para visitar destilarias.

Ric e bóia, já fiz tantas viagens sob orientação de vcs que acredito poder contribuir em algo.
Acabo de retornar de uma longa viagem ao Reino Unido, passo algumas dicas da Escócia, há muita informação sobre Edimburgo, mas pouca coisa sobre Highlands.
O Jacobite train( expresso de Hogwarts) faz um lindo trajeto entre Forte Wilian e Mallaig, porém é caro demais e turístóide demais para meu gosto.
Como estávamos de carro alugado, seguimos o mesmo trajeto do trem e ao chegar a Mallaig, seguimos o retorno à Forte willian por uma via alternativa que beira a Costa ( Cost road),com lindíssimas praias de areia branca e fina , as silver sands. Fizemos este caminho por conselho de uma moradora do local, a região é frequentada por escoceses que acampam com barracas ou home car, e toda a rota é cênica .
O trem, acreditem, é mais bonito de fora do que de dentro.
No retorno à Edimburgo, paramos para pernoite na linda cidade de Luss, na verdade tem apenas uma rua de lindas casinhas e fica à beira de Loch Lomond, que tem uma praia, onde as pessoas ficam de caiaque.

Olá!
Sei que agosto é um mês mais agradável para conhecer Edimburgo, mas estou em dúvida quanto ao que levar na mala. Manga curta rola ou nem pensar?! 🤔🤔🤔

    Olá, Karine! O verão do centro-norte europeu pode trazer frentes frias que baixem a temperatura a 15ºC mesmo no auge da estação. Mas o mais comum serão temperaturas agradáveis, acima de 20ºC, com eventuais ondas de calor forte.

Certamente uma prática absurda do com turistas… Vivi em Londres, hoje vivo em Escócia e posso garantir duas observações: a Libra emitida quer na Inglaterra, quer na Escócia não é recusada em NENHUM local do Reino Unido. Garantir a todos que o HSBC, Banco da qual sou clientele jamais permutaria tais notas acaso ñ fossem válidas.
E ten ha a certeza de que fosse voce Sr. SERVIO TULIO cliente de nacionalidade escocesa, JAMAIS tal fato terra ocorrido. Fato lamentável, como lamentável é o desconhecimento das casas de câmbio no Brasil que repetem tal absurdo POR IGNORAREM esse grande detalhe.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.