Deu no New York Times: Trancoso

Quadrado (foto minha mesmo)O suplemento Travel do New York Times deste fim de semana fala daquele que eu considero o mais encantador vilarejo de praia do Brasil — Trancoso, na Bahia. A matéria foi apurada em janeiro por Alexei Barrionuevo e editada sob a retranca “Next stop”, reservada para destinos que estão causando.

Refletindo o auge da temporada do soçaite paulista no pedaço, o repórter fala de uma Trancoso com pousos intermitentes de jatinhos e helicópteros, e bares de praia coalhados de modelos e artistas. Sua base na praia é o Tostex (para mim um erro, porque está do lado de uma das megabarracas de farofa organizada). Fala também do Pink Elephant, a novidade da praia do Rio Verde, mas não dá nenhuma dica da distância que separa esses dois pontos da costa (lendo o texto você acharia que são vizinhos). Não há nenhuma referência ao bar de praia do Uxuá, instalado no lugar do antigo Cauim, e que é o oásis mais classudo da praia.

Sem manjar muito do lugar, diz que o calçamento da vila tem os mesmos paralelepípedos irregulares da época dos hippies. (Na época dos hippies era tudo terra; o calçamento não tem nem cinco anos…)

Ele também devia estar sob efeito de fortes medicamentos, porque diz que a praia do Espelho está a meia hora pela estrada…

Enfim, não vamos tripudiar. Fico imaginando quanta bobagem eu já falei sobre a praia dos outros 😳

Leia:

Unspoiled beach fit for the chic

57 comentários

Eu to rindo do americano neurotico de NY falando do serviço na Bahia: “The slow service can even be maddening at times. A grilled cheese sandwich at Tostex can take an hour and 15 minutes on a busy afternoon.”

O bares do Estrela D’Água fazem o Toxtex parecer um quiosque 🙂

Qualquer um que já tenha ido de carro próprio, taxi ou o que for entre Trancoso e espelho sabe que leva-se no mínimo 50 minutos andando de forma desconfortavelmente veloz.

Oh Riq… o Bar de praia da Pousada Bahia Bonita, na Rio Verde, ganha em charme e elegância da Uxuá, não?

Nossa Tostex não…pelo amor!!! Acho que ele achou que as piriguétches de chapéu de cowboy e os bombadões e sunga branca eram os bacanas do jatinho…

Ele não foi lá não, o cara catou tudo no Google e o resto inventou. Aí fez a matéria…

Não adianta , só um natural da terra , com olhar dos gostos globais , pode ser especialista avalizado .

Estas matérias servem pra gente não ir ás cegas com as dicas , e conferir direitinho .

Esta semana encontrei uma quantidade enorme de mapas de localização de hoteis errados , nos sites de sempre .
( a maioria com excelente localização e que nos mapas aparecem entre o-nada-e- lugar-nenhum )

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.