escadaria selarón lapa rio de janeiro

Rio: uma volta ao mundo na Escadaria Selarón

escadaria selarón lapa rio de janeiro

A Escadaria Selarón enche de cor um dos caminhos entre os bairros da Lapa e de Santa Teresa, no Rio de Janeiro. O gigantesco mosaico é obra do artista plástico chileno Jorge Selarón, que começou a se dedicar a decorar a escada no início dos anos 90.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Com seu trabalho contínuo, e recursos próprios, deixou um presente para a cidade: os 250 degraus entre a rua Joaquim Silva e o Convento de Santa Teresa se transformaram em um monumento e um ícone do Rio.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

A Escadaria Selarón já rodou o mundo. Foi cenário de clipes, propagandas, editorais de moda. E o mundo está na Escadaria Selarón: entre as mais de 2 mil peças que formam o seu desenho, existem azulejos de mais de 60 países, muitos deles presenteados ao artista por turistas e fãs da obra.

Depois de garantir suas selfies no cenário mais colorido do Rio, não deixe de olhar mais de perto os pedaços que formam esse mosaico.

Escadaria Selarón: uma volta ao mundo

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Veio de muito longe o azulejo da Austrália, mas o canguru e o coala sorridentes parecem não ter sofrido nada com o jetlag.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Um dos 10 maiores países do mundo, o Cazaquistão aproveitou para se esparramar na Escadaria Selarón com conjunto de 12 peças de cerâmica.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Quem levou o azulejo da Áustria preferiu apresentar os seus 9 estados; quem levou o da Eslovênia, os seus trajes tradicionais.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

E o azulejo da Jordânia não poderia deixar de mostrar um pouquinho das paisagens desérticas do país.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Mesmo o diminuto grão-ducado de Luxemburgo está na Escadaria Selarón. E, não, na Suíça as vacas não costumam usar tênis (talvez seja um modelito de férias).

E, por falar em férias, passear pela Escadaria Selarón é encontrar muitos destinos de antigas ou futuras viagens:

escadaria selarón lapa rio de janeiro

escadaria selarón lapa rio de janeiro

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Na categoria “mochilão pela Europa” tem Paris, Amsterdã e Berlim

escadaria selarón lapa rio de janeiro

… e também Barcelona, apropriadamente representada pela obra de um certo Antoni Gaudí, que também era chegado em mosaicos.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

escadaria selarón lapa rio de janeiro

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Os Estados Unidos marcam presença com os favoritos Nova York, San Francisco e Flórida, mas um animado casal de lagosta e jacaré de New Orleans ajuda a lembrar que há usos mais criativos para o visto americano do que normalmente fazemos.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

escadaria selarón lapa rio de janeiro

Da nossa América do Sul, as montanhas de Machu Picchu e as vinícolas de Mendoza devem ser destinos na lista de desejos de muitos leitores deste post…

escadaria selarón lapa rio de janeiro

escadaria selarón lapa rio de janeiro

… onde devíamos tratar de incluir mais viagens pelo Brasil, país que o chileno Selarón amou imensamente.

Como visitar a Escadaria Selarón

escadaria selarón lapa rio de janeiro

A Escadaria Selarón fica próxima aos Arcos da Lapa. De transporte público, você vai de metrô até a estação da Cinelândia, ou de ônibus até a rua Mem de Sá, e caminha de 5 a 10 minutos até lá.

escadaria selarón lapa rio de janeiro

O melhor acesso é pela rua Teotônio Regadas, que fica entre a Sala Cecília Meireles e o Restaurante Ernesto (um bom lugar para comer depois da visita; funciona de 2ª a sábado, das 11h às 2h da madrugada). Você já vai ver a escadaria ao entrar na rua.

A Escadaria Selarón tem acesso livre a qualquer hora, sem cobrança por entrada. Durante o dia, é maior o movimento nas ruas da Lapa e do Centro de 2ª a 6ª, mas a escadaria recebe muitos turistas nos sábados e domingos também.

Leia mais:

31 comentários

Hoje terei o prazer de conhecer esse lugar tão falado.
Acabei de ver no Google,e achei mto lindo e encantador.
Gostaria de colocar um azulejo com minha Manaus Amazonas,mas estou triste por não ter esse azulejo,irei ficar com o gostinho de quero mais.

Muito lindo toda escadaria, tudo muito delicado, colorido. E lendo sobre a obra, feito pôr um Chileno. E quantas peças dê azulejos foram colocados. E muitos vendo o valor, a beleza da obra, doaram peças, também vindo dê outros países. É maravilhoso, admirável o carinho como tudo foi realizado….. E fazer parte do Rio de janeiro. Mas, é preciso fazer um alerta para às às autoridades, como o local está cheio de usuários de drogas…..abondonada a segurança no local.

É triste uma cidade tão linda (Maravilhosa) não poder ser visitada com tranquilidade em pontos turísticos interessantes por causa da bandidagem. Até quando, meu Deus? Não se sabe porque antigamente o perigo era menor. E ainda acham (né, intelectualidade nacional) que a droga não prejudica. Prejudica sim individual e coletivamente. Enquanto houver usuário, ela vai existir. Que pena!

É incrível ver aqueles azulejos do mundo todo. Trabalho maravilhoso; achei lindíssimo! Pena q tem alguns usuários de droga no local.

Hoje tem policiamento a noite toda:. Lapa Presente. Inclusive não pode tocar nem bagunçar após 22h 30. E acesso aos moradores.

Olá boia. Daria certo eu subir no bondinho de Santa Tereza, almoçar por lá, descer de bondinho até a estação Curvelo p visitar o Parque das Ruinas e depois ir a pé até a escadaria e desce-la? Não dou mais conta de subir, pelo q vi são muitos degraus.

    Olá, Eleonora! Não sabemos como é a segurança nesse trecho Santa Teresa abaixo. No seu lugar, eu investiria num Uber. Ponha como endereço Ladeira de Santa Teresa, 69.

    Ok. Vou fazer isso. Também fiquei c receosa, mas é q vi pelo maps q eram só 500 m.Obrigada pelo retorno.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.