Guatemala pra Lili

Lago Atitlán, Guatemala

A Lili Bollero procurou informações sobre a Guatemala aqui no site e, oops, não encontrou. O VnV ainda é bem carente de dicas da América Central. Mas a Guatemala é um dos destinos mais interessantes da América Latina: tem vulcão, lagos, herança colonial espanhola, ruínas maias e uma cultura indígena forte. A linha mais reta do Brasil até a Guatemala é pela panamenha Copa, com conexão na Cidade do Panamá.

Entre os blogs da comunidade, indico o Expedição da América+, do JB, como um ótimo ponto de partida.

Antigua

Río Dulce, parte 1; parte 2

Panajachel (lago Atitlán), parte 1; parte 2

Cidade da Guatemala

Como sempre, indico também o Lonely Planet e o New York Times como ótimas fontes em inglês.

Lonely Planet Guatemala

Guatemala no New York Times

Acrescento um blog e um site sobre Antigua que descobri numa googlagem recente.

Antigua Guatemala blog (de onde gentilmente surrupiei a foto)

A Antigua Guatemala

E você? Tem alguma experiência para relatar, uma dica para compartilhar um site quente na manga? Deixe na caixa de comentários, por favor!

30 comentários

Eu e uma amiga estivemos na Guatemala agora em fev/2017. Tínhamos 13 dias disponíveis, vontade de conhecer as principais atrações, mas não queríamos alugar carro. Depois de pesquisar roteiros e orçamentos, optamos pela http://www.thinkguatemala.com que adequou o itinerário às nossas expectativas. Fizemos uma excelente escolha pois a viagem foi bem organizada e contamos com o profissionalismo e conhecimento sobre o país e, especialmente sobre os Maias, do Yves, que nos acompanhou durante a viagem toda (foi guia e motorista). Altamente recomendado!
No site é possível encontrar diferentes sugestões de roteiros, dependendo do tempo disponível.
A Guatemala é realmente um país exuberante e merece muito uma visita.
Nosso roteiro foi:
1º dia: Brasília – Guatemala City – Antigua
2º dia: Antigua
3º dia: Antigua – Vulcao Pacaya
4º dia: Antigua – Chichicastenango – Lake Atitlan
5º dia: Lake Atitlán
6º dia: Lake Atitlán – Coban
7º dia: Semuc Champey
8º dia: Coban – Flores
9º dia: Tikal – Rio Dulce
10º dia: Rio Dulce – Livingston – Rio Dulce
11º dia: Rio Dulce – Quiriguá – Copán
12º dia: Copán – Guatemala City
13º dia: Guatemala Hotel – Guatemala City Airport – Brasília

Eu estive na Guatemala em 2013. Fiquei 1 semana por lá e vou tentar passar resumidamente a minha visão. Não espere fazer compras ou ir a excelentes restaurantes. Não! nesse caso, prefira o Panamá, pois a Guatemala é um país pobre e sobretudo étnico e vai te oferecer um tipo de turismo mais diferenciado. Se você gosta de lugares exóticos, história e sítios arqueológicos, esse é o lugar. Fui pela Avianca, com Conexão em Bogotá, que uma outra opção, além da Copa Airlines. A capital Guatemala City, é uma grande metrópole, sem beleza ou atrativos que mereçam uma atenção específica.Embora, logicamente isso pode variar de pessoa para pessoa. A maioria dos guias levam os turistas direto para Antígua, totalmente colonial, que fica próxima da capital e mais turística, tranquila e com um boa infraestrutura hoteleira, com cafés, restaurantes, artesanato, e tudo muito fácil.O charme é o enorme Vulcão de Água, que “vigia” a cidade.Não deixe de subir até o Cerro de la cruz para ter uma visão magnifíca da cidade! seguindo, fica a cidade de Chichicastenango, onde, particularmente, não o lugar que me fez morrer de amores, mas não pode sair do roteiro básico, de quem visita a Guatemala. Lá a característica colonial, da lugar a características indígenas, seja nas vestimentas e hábitos muita pobreza, misturada com chicken buses coloridos e camionetes lotadas de gente e tuk tuks passando numa confusão generalizada. Há também rituais xamânicos e o mercado é enorme e vendedores suplicam pela sua compra,portanto,como é de praxe, vale pechinchar. Outro ponto da viagem é o enorme Lago Atitlan, muito bonito, cercado por vilarejos como Panajachel e os vulcões Tolimán, Atitlán e São Pedro, como “pano de fundo”. Para finalizar, uma ida ao sítio arqueológico de Tikal, que é, a grosso modo, a Machu Picchu da América Central e não pode deixar de ser feita, pois é muito legal! para tal você vai ter que pegar um pequeno avião para outro extremo do país.Caso queira qual informação a mais só me contactar…Ah e não troquem seus dinheiros no aeroporto, pois eu tive um prejuízo de 100 dólares na casa de câmbio Global Exchange… fiquem ligados com o câmbio que está na faixa de 7.8 o dólar e não 6.3 como me fizeram. Abraço!!!!!

    Boa tarde rafael, sou português e ando à procura de um sitio para viver com alguma qualidade de vida na Guatemala. Pode-me indicar nivel de vida, com quanto é possivel viver mensalmente. Indique um website para eu ver isso tudo.
    abraço

recebi um convite para trabalhar em quatemala city, depois de algumas pesquisas online verifiguei k os niveis de violencia é elevadissimo maior k Caracas. Alguem k viva em Quatemala pode me ajudar a esclarcer essa informaçao?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.