Machu Picchu limita visitantes; ingressos só são vendidos online

Disponibilidade em Machu Picchu - julho

Quem avisou foi a querida Lu Malheiros, que além de fazer um post no seu Dividindo a Bagagem, deixou um recadinho na caixa de comentários.

Seguindo (ma non troppo) recomendações da Unesco, o sítio arqueológico reduziu o acesso a 2.500 visitantes por dia (a Unesco advoga 917). E para que isso seja respeitado, a partir desta semana só se pode entrar no parque com ingresso comprado antecipadamente pela internet.


A venda é feita pelo site MachuPicchu.gob.pe. Estão abertas as vendas até o fim do ano (mas lembre-se de que a época das chuvas começa em novembro). Clique em “consultas” para ver a disponibilidade. Não há mais vagas para esta semana, mas agosto ainda está tranqüilo.

Comprando no siteLista de agências que podem comprar o ingresso (veja no site)

Para comprar é preciso usar um cartão de crédito Visa integrado ao sistema Verified by Visa. Ou seja: é provável que os cartões que dão galho nos sites de trem na Europa tenham problemas aqui também. Há duas alternativas: comprar por intermédio de uma agência de viagem local (clique em “consultas” e, ao pé da página, em “agencias de viaje”, que aparece uma lista, com sites e emails) ou deixar para comprar quando você estiver no Peru — porque depois de comprar pela internet você ainda tem seis horas para pagar pessoalmente num banco credenciado. Esta alternativa não é recomendável nos meses de julho e agosto, altíssima temporada de visita.

Segundo este site, o limite de 2.500 pessoas por dia nem é tão draconiano assim; só em julho e agosto os visitantes estourariam este número se não houvesse a restrição.

Obrigado pela dica, Lu!

Leia também:

Mudança na compra de ingressos para visitar Machu Picchu, por Lu Malheiros

MachuPicchu.gob.pe

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


182 comentários

Oi Rômulo.

Cara, o Inti Raymi é a maior festa deles. Vai estar lotado mesmo e muito provavelmente estará também a plateia gratis (se realmente existir).

A maior parte da festa acontece em Sacsayhuaman numa área bem grande, o que daria para ver de muitos lugares da ruína, o problema é que com a quantidade de gente, os lugares que houverem serão bem longe :/

Eu também vi um vídeo na TV da festa e mesmo num lugar bom, a vista já não era tão de perto assim, por isso acho mais interessante que você compre adiantado os ingressos.

Recomendo que vc olhe lá no meu blog Sundaycooks as agências que nossos leitores já usaram e tente ver com eles como fazer para comprar e preços, pq além de tudo chegar em Sacsayhuaman a pé não rola.

http://sundaycooks.com/2013/02/05/agencia-de-viagem-do-peru-indicacao/

No post nós falamos da experiência com uma agência local e citamos as outras agências que os leitores indicaram.

Qualquer dúvida é só falar.

Como comprar ingresso / tickets para o inti raymi 2013 ?

Vou para Cusco com minha esposa, chegando dia 19/06/2013 e planejei esta viagem nesta época porque eu havia ouvido falar sobre o Inti Raymi e me interessei bastante. Outro motivo é que aproveitei a super promoção da TAM ( 350 ida e volta + taxas , saindo do Rio-GIG)

Como junho é alta-temporada, mesmo com os relatos negativos sobre o festival, vou querer aproveitar o Inti Raymi da melhor maneira possível.
Enfim, estou aqui para tirar dúvidas sobre como comprar os ingressos / arquibancada / tribunas para o inti raymi 2013.
Achei este site em algum lugar: http://emufec.gob.pe/en/inti-raymi-.html Mas já mandei email e nada de resposta.
Entrei em contato com uma agencia de viagem somente para tirar umas duvidas, e ela me informou que “os espaços para o inti raymi estão se esgotando”.
Isto me assustou pois realmente não quero perder esta atração já que vou estar lá na época exata. E pelo visto tenho que deixar tudo garantido antes de sair.
Não que eu esteja com dinheiro sobrando (vamos ficar em hostel e fazer os roteiros mais baratos), mas só gostaria de ficar na platéia gratuita que ouví falar, se realmente der para ver o ‘espetáculo’ a partir deste local.

Oi pessoal,
Postei minhas dúvidas aqui, mas sumiu.
Eu desejo saber se alguma das viajantes já foi ao Perú sozinha, se é seguro, etc…
Eu estou pretendendo ir agora em junho 27, passar meu niver por lá e retornar dia 30 junho.

    Zezê,
    Entre 2009 e 2013, estive 4 vezes no país, 3 delas sozinha. Nunca me senti ameaçada nem passei por qualquer tipo de constrangimento por estar sozinha. Tome os mesmos cuidados que tomaria no Brasil.
    Só acho que você vai ficar pouco tempo!
    Boa viagem

Olá viajantes. Preciso de ajuda.
Irei a Cusco com meu marido dia 31/05, chegada as 8h e volto para Lima dia 02/06 as 11h.
Minha dúvida é se contrato uma agência de turismo para fazer o roteiro a MP e adjacências, uma vez que meu tempo será curto… ou faço sozinha?
Fico hospedada as duas noites em cusco?

Abçs

    Olá, Daniela! Você terá que ir a Machu Picchu no dia 1º. Contacte uma agência para conseguir comprar o ingresso ao sítio arqueológico. Você precisa também comprar a passagem do trem.

Boa tarde!
Tenho passagem comprada para cuzco e pretendo visitar o Vale Sagrado em mp. Pretendo sair de Ollantaytambo para mp em 23/feb e retornar 24/feb. No site da perurail existe como destino tanto mp quanto o vale sagrado , mas nenhum com rota a partir de Ollantaytambo. Qual a forma correta correta de compra para o Vale Sagrado, saindo de Ollantaytambo?
O serviço oferecido pela Inca Rail é o mesmo da PeruRail?
É possível subir de carro ou ônibus até o Vale Sagrado?

Antecipadamente agradeço.
Att.: Luis Alberto

    Olá, Luis Alberto! São empresas concorrentes. Inca Rail faz a rota Ollantaytambo-Machu Picchu. PeruRail também sai de Cusco. “Sacred Valley” é como a Peru Rail chama as estações de Ollantaytambo e Urubamba.

    Veja o mapa da rota da PeruRail:
    http://www.perurail.com/maps_routes.php

Boa tarde, fui a MP ano passado, setembro, e como não sabia que para Huayna Picchu precisava-se de entrada antecipada, fiquei sem ir, esse ano quero ir em dezembro, e aparentemente, não tem como comprar entrada pra lá separado, é isso mesmo? Estou comprando pacote por esses sites de compras em grupo, e inclui a viagem para machu pichu, existe algum meio de se comprar só a entrada para Huayna Picchu? Obrigada!

    Oi Milena.

    Não tem como comprar só a entrada para Huayna Picchu não, porque a entrada para a montanha é dentro do parque de Machu Picchu e não tem como você chegar só até a montanha.

    Ah, e cuidado com as excursões, pois elas geralmente tem horário contado e chegam mais tarde em Machu Picchu. As entradas para Huayna Picchu são em 2 horários específicos e você tem de comprar a entrada com o horário definido.

    Eu explico sobre a compra de passes e algumas dúvidas no post do Sundaycooks:

    http://sundaycooks.com/2012/10/22/como-comprar-ingressos-para-machu-picchu/

    Até,

Pessoal,
sou novo no excelente blog do VnV e estou planejando minha viagem ao Peru com minha esposa em Novembro/12 com as dicas do site. Porem, me surgiu uma duvida: alguém sabe qual eh o limite de peso por bagagem nos trechos da Peru Rail? Nos pretendemos levar duas bagagens de mão e uma media de aprox. 20kg. Os trechos que pretendo fazer são de Puno/Cuzco (parece q nao ha problema de limites), Vale Sagrado/Machu Picchu/Cuzco (aqui que me parece que so posso levar bagagem de mao).
Obrigado!

Olá

Gostaria de saber como faço para comprar os ingressos para os passeios abaixo:
– Machupicchu – 29/09/2012;
– HaynaPicchu – 30/09/2012.
Muito grata,

Diana

Lili,
fui em janeiro e não lembro de ter pego chuva não, só um pouquinho na trilha Inca, mas não chegou a atrapalhar. O que eu não achei muito legal foi que, chegando a Machu Picchu pela trilha Inca tem uma foto clássica que é tirada na chamada Porta (ou portal) do sol, com Machu Picchu ao fundo… Nós não conseguimos tirar porque havia muita neblina e a cidade estava totalmente encoberta. Mas, mesmo assim a viagem valeu muito a pena.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.