Noite de Natal fora de casa: o que fazer?

Rockettes no Radio City Music Hall

De vez em quando essa pergunta aparece em alguma caixa de comentário; só muda o endereço. Trata-se de um campo delicado, porque envolve duas coisas bastante pessoais: família e, eventualmente, religião.

Mesmo que a gente viaje com a nossa família mais imediata, a gente sempre vai sentir falta da família estendida. E sair para jantar num restaurante na noite de Natal simplesmente não faz parte da nossa cultura (além de custar caro pra chuchu).

O que fazer?

Bom. A minha melhor dica para a noite de Natal é: voar. As passagens na noite de 24 para 25 são as menos caras, e às vezes são as únicas que restam. A confraternização a bordo costuma ser engraçada; todo mundo vira uma grande família de sem-Natal, então fica (quase) divertido.

Fora de casa, a coisa depende de onde você se hospedar. Resorts (no Brasil ou em qualquer lugar do mundo) e pousadas (aqui no Brasil), por exemplo, sempre têm jantares especiais. Acaba baixando um espírito natalino espontâneo.

Difícil é quando você está hospedado num hotel convencional, numa cidade estranha.

Acho que eu nunca vivi esse problema (sou adepto mesmo de voar nesta noite), mas deixo aqui três pitacos, para abrir a caixa de sugestões.

1) A ceia bacana no quarto do hotel, que eu recomendo para o Réveillon, também funciona no Natal. Passe a tarde em mercados e delicatessens, faça uma decoraçãozinha, fotografe tudo.

2) Se a decisão for jantar fora, eu escolheria o restaurante pelo cenário. Quanto mais bonito/extravagante, melhor.

3) Mesmo que você não seja religioso, pegue carona nas celebrações. A Missa do Galo é uma linda hora para visitar uma igreja. A noite de Natal também costuma ser pródiga em concertos. Compre os jornais do lugar, procure no google, e você vai achar alguma coisa para ter lembranças especiais desta noite.

E você? Já passou um Natal fora de casa? O que fez?

E se você mora no Exterior, o que você recomenda para um brasileiro fazer na sua cidade nesta noite?

92 comentários

Oi

Eu já passei o Natal em Londres. A programação foi ceia no hotelzinho com quitutes comprados no mercado e depois Missa do Galo na St. Margareth’s Church, ao lado do Parlamento e da Westminster Abbey. A cidade estava morta. Neste link tem a programação das missas de Natal em Londres:
http://www.viewlondon.co.uk/whatson/christmas-eve-services-london-feature-530.html

Acho que a principal decepção que nós, brasileiros, passamos no Exterior, tanto no Natal quanto no Reveillón, é por causa da tradição da “meia-noite”. A gente tá acostumado com uma “virada”, com a troca de presentes, com a ceia. Na Europa, as tradições são mais diurnas e familiares, e se estendem durante um período longo (não se concentram em intensas 24h, como aqui).

Morei em Barcelona, mas nunca não passei Natal e Reveillón por lá, porque aproveitava para viajar. A melhor experiência de todas foi em Portugal, na casa da família de uma amiga minha. É o que eu recomendo: se você tiver conhecidos, vá passar as festas na casa deles. É a melhor maneira de mergulhar na cultura.

No mais, o Natal é lindo na Europa porque todas as cidades têm feiras natalinas, as igrejas têm programações diferenciadas e a oferta musical (principalmente erudita) se intensifica.

Se alguém se interessar por conhecer as tradições catalãs de Natal, eu escrevi sobre elas há um booom tempo. Mas, como tradições por lá não saem de moda, segue valendo:

http://vouviajar.blogspot.com/2006/11/natal-e-reveillon-as-tradicoes-catalas.html

Saludos, Lu

Com meus pais e irmãos, passávamos os natais em hotéis, principalmente no Radio Hotel em Serra Negra, e era uma delícia.
Com meus filhos e marido sempre fiz em casa e juntava as duas famílias…trabalho!!!!!!!
O mais gostoso foi quando passamos na Disney com nossos filhos, na época com 8,9 e 10 anos. Inesquecível.O Reveillon foi no Epcot, deslumbrante.
Agora com os 3 casados, netinho e mais 3 famílias para conciliar resolvi fazer um almôço no domingo anterior ao Natal e liberar todos. Sem stress.
Vamos sempre à missa do Galo e depois, eu e meu marido, vamos brindar. Punto e basta.

    Sábia criatura! Há uma frase, não me lembro a autoria, que diz assim: família só serve pra tirar fotografia e passar doença… 😉

    Parabéns Malu,
    sempre é dificil conciliar filhos, com as respectivas familias de noras e genros.
    Sábia decisão fazer um evento num horário alternativo!

    Família é uma delícia e uma benção, em qualquer época do ano.
    As vezes estressa, mas nos momentos mais difíceis é nela que encontramos apoio e solidariedade. Só acho que não é legal ficar o ano todo de intrigas e fazer uma ceia de Natal fingindo que está tudo bem. Família é sempre. Eu amo Natal e os últimos tem sido, com parte da família, em Costa do Sauípe. Todos os anos o hotel oferece uma ceia para todos os hóspedes, com música, tudo lindo, bem no clima.
    Sensacional!!!

    Concordo totalmente. Minha familia se dá bem o ano todo e vários finais de semana são infinitamente melhores que a noite de Natal.

    Sei lá, Natal tem que ser sempre. Desejar o bem sempre. Fica meio artificial se for só no Natal.

    E a coisa da obrigação também. Alguém sempre tem muito trabalho…sei lá não gosto disso.

Passei o Natal duas vezes em BsAs. A primeira, em um hostel, fizemos uma festa no terraço com gente do mundo inteiro. Bêbados, todos se entendiam e foi bem divertido. Na segunda, de apartamento alugado, fiz um jantarzinho com meu marido. Comemos e ficamos na sacada vendo como os portenhos do prédio da frente comemoravam o Natal. Foi diferente e também divertido. Recomendo disposição e tudo dá certo.

Natal em casa, à beira do lago, com casa cheia;
Réveillon à beira mar com pouca gente.
Itacaré me traumatizou…

Natal e Ano Novo Couchsurfing, sempre tem uma familia disposta a adotar um viajante solitario, ou varios viajantes que se juntam p nao passar as datas em branco! Algumas comunidades de Couchsurfers no Brasil e no mundo fazem ate eventos especiais para as datas! 🙂 Aprovadissimo! Esse ano vai rolar festa do Couchsurfing do Rio!

Eu sempre viajo com minha família mais imediata em Natal. Cada ano nós viajmos para um lugar diferente. Normalmente, no meu país. Nós olhamos para acomodações agradáveis e bons restaurantes nas proximidades. É complicado, porque em Natal acomodação de qualidade, muitos estão fechados, porque são lugares pequenos, com poucos funcionários e dar-lhes a festa para estar com a suas famílias.

Uma parte da vida da minha família, mora em Alicante e da família do meu marido, em Barcelona. Buscamos um pouco de relaxamento entre as festas familiares.

Este ano eu e minha familia vamos passar o Natal em NY. Chegaremos no dia 24Dez.
Nossa grande questão é: como sera nossa Ceia de Natal?
Estarei atenta às dicas de vocês.
Diariamente leio o VnV e tenho encontrado sugestões muito legais.
Obrigada Ricardo, obrigada a todos!

Adoro passar o Natal fora de casa com a pequena-familia, alem de viajar, ainda fico livre do trabalhao de reunir a grande-familia.

Ja passei em Fortaleza no Vila Gale ( meio depre), na pousada do Rio Quente ( meio farofa), e 2 vezes na pousada do Toque ( maravilhosos).

Esse ano penso na possibilidade de aproveitar a vontade de ir a Santiago + semana do Natal…

    Tava mesmo pensando nisso. Será que ainda dá tempo?

    Eu nunca gostei do Natal, acho que pq meu pai não ligava e minha mae se esforçava pra ser divertido e acabava não sendo.

    Casei e meu marido tb não gosta pois o pai faleceu entre o Natal e o Ano Novo.

    Meu sonho de consumo é viajar no natal. Mas ainda estamos na fase de fazer média com as famílias que se dão bem (a minha e do maridão).

    Mas esse ano eu queria fugir. Será que dá tempo de ir a Santiago? Vou pesquisar.

    Ana, achei mesmo! Tô fazendo as contas e vendo se ficamos no Radisson. Parece bem bacana. Vamos ver se vai dar. Tenho até domingo pra resolver. Beijos e obrigada.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.