Férias no inverno: como não passar frio na Europa e nos EUA

Piumino da Moncler

Quando me pedem opinião sobre o que vestir no inverno do Hemisfério Norte, eu deixo claro que não sou adepto do estilo cebola. Acho que se vestir em camadas dá trabalho e não é eficaz. Isso porque, toda vez que você entra num ambiente fechado, a temperatura estará pelo menos ali pelos 20ºC — e não é em todo lugar que você pode ficar tirando a série de pulôvers que foi amontoando sobre o corpinho.

O ideal, para mim, é vestir um casacão, luvas, gorro, cachecol e calçado impermeável. Por baixo do casacão, roupa primaveril (uma camiseta de manga comprida, com suéter fino por cima).

O problema desse esquema está justamente no casacão. Os casacos elegantes são quentes mas não são impermeáveis. A chuva (e a neve) são intermitentes no inverno do hemisfério norte. É por isso que antigamente os superfinos usavam sobretudos de gabardine por cima de tudo.

Piumino da Hugo Boss

De uns anos para cá, meio que virou uniforme nas ruas da Europa este casaco horroroso, que transforma até quem tem cinturinha de pilão num bonequinho da Michelin.

Esses casacos são descendentes diretos dos anoraks, casacos de esquiadores. Quando vim mochilar na Europa em 1985, era a única coisa que eu podia comprar. O meu anorak era vermelhão e azulão. Traumatizei. Andava na rua e me sentia paupérrimo, invejando os casacões e sobretudos dos nativos.

Piumino acinturado para mulheres

Os anoraks ganharam uma nova vida agora em cores sóbrias. Os fabricantes mais finos, como a Moncler, usam penas de ganso no estofo. Por isso na Itália se chamam piumino (pluminha). Na França são doudounas, informa a Maria Lina do Conexão Paris. Na Espanha e em Portugal não sei como se chamam, mas já já saberei.

Mesmo em tons plúmbeos, os piumini/doudounas jamais perderão a superfície plastificada que lhes pemite a impermeabilidade, mas condenam seus proprietários a se sentirem num saco de dormir de nylon ambulante.

Um piumino com pena de ganso de verdade custa mais de €500. Vi na vitrine da Max Mara a €1.100 (e no outlet da Prada a €350 o modelo masculino mais simplinho). O preço não impede que a loja da Moncler fosse a única da Via Spiga em Milão com fila na porta no domingo passado:

Fila na Moncler em Milão

Nas lojas mais plebéias, piuminos com estofo de poliéster saem em torno de €100 (preço da Zara).

Eu já consigo entender que se trata de um casaco imbatível para enfrentar o inverno aqui de cima. Mas ainda não tive coragem de comprar um. Sinto, no entanto, que capitularei antes do fim da viagem.

Devo ou não devo?

Leia também:

Dicas para viajar no inverno na Europa por Ricardo Freire

A rede AccorHotels.com apoia essa temporada do VnV na Europa.

Os carros desta viagem são alugados com todos os seguros pela Mobility Cars.

O Mondial Travel é a assistência viagem oficial do #viajenaviagem no projeto Europa de carro.

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem


97 comentários

Ricardo, você é o máximo! Chorei de rir aqui. Sou super fã do VnV, mas cheguei a este post ao buscar “que calçado usar com casacos de nylon” porque minha noção de elegância só me permite usá-los com tênis esportivos, que, por sua vez só uso para praticar esportes. Como lidar? Kkkkkkkk
Um abraço Michelan!

ola pessoal!! estou indo pra Portugal e Espanha(Santiago de Compostela) em 15 de novembro e vou pegar um friozinho…..onde encontrar esses casacos tipo michelin aqui em SP? obrigada

Acho viadagem (sem homofobia, claro) esse lance de querer ficar chique no frio. Os casacos estilo North Face são ótimos. Estou nem aí se fico Michelin ou gordo, eu quero é ficar quente do jeito mais prático possível. Já tinha um casaco comprado na Alemanha que não era impermeável e tratei de comprar um da North Face em NY. Já estou pronto para as estações de esqui. 🙂

Gente, os de poliéster esquentam do mesmo jeito, experiência própria. E a estética também é a mesma. Vergonha alheia de quem ainda usa peles, penas, pelos e plumas de animais em pleno século XXI, sem parar um segundo pra pensar, sem um pingo de dor na consciência… Que horror. Tipo homem das cavernas, rs, primitivismo total e nenhuma ética.
Não adianta nada se achar muito elegante por passear na Europa e postar fotinhos nas redes sociais, se os valores são esses aí. Triste.
Chique é ser consciente, galera. Por favor. 😉

Ola, pessoal do vnv.
Em Maio ainda faz frio na Europa (pelos arredores de Portugal, Espanha e
ate Croacia) a ponto de se precisar de tais casacos?

    Olá, Viviane! Em princípio, não seria necessário agasalho tão pesado nesta época.

Eu tenho um desses comprado na Uniqlo de San Francisco. Concordo que não são os casacos mais lindos do mundo, mas os da Uniqlo são levíssimos (se forem da série Ultra light, podem ser dobrados pra ficar bem pequenos na mala, alguns vem com uma bolsinha para colocar o casaco dobrado dentro, e tem desde cores chamativas até bem sóbrias (o meu é preto). E são realmente impermeáveis e esquentam bastante. O meu custou US$ 80,00 em janeiro de 2014. Há também coletes da mesma linha.

Hoje, esses casacos com pluma e pena de ganso estão bem mais em conta. Sempre tem liquidação deles.
Comprei um, maravilhoso para meu marido, na Esprit de Londres, por menos de £60

Por EstoU Indo Para AmSterdam Em Abril E Gostaria De Saber Onde Posso COmprar Esse Casaco POr Lá E Se é Fácil Achar Deste Modelo Infantil. Obrigada!

    Olá, Renata! Em lojas de departamentos, como a Zara. Na região da Damrak há várias.

Concordo com a Fernanda, é um absurdo o incentivo ao uso de casacos de penas de ganso, sendo que há diversas opções hoje em dia.

Falta bom senso na hora de fazer compras e aconselhar leitores.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.