Onde você foi no Réveillon? Tem dicas? (incluindo roubadas!)

Copacabana

Todo ano é assim: terminadas as férias de julho, todo mundo já se programa para o feriado mais importante da cultura brasileira, o Réveillon.

Nessa hora somos mais germânicos que os alemães, mais nórdicos que os escandinavos, mais agendados que qualquer americano. É o único momento em que ninguém por aqui acha seis meses uma antecedência exagerada.

Pois bem. Estamos trabalhando na atualização da nossa página de Réveillon — e por isso esta é a melhor hora para perguntar o que você fez no ano passado. Você repetiria o mesmo destino? Recomenda, ao menos? Ou simplesmente desaconselha?

Conta pra gente, vai: como você descolou o ingresso (e o transporte de volta) daquela festa em Punta del Este. Ou como fez para agüentar o frio em Roma. Se houve algum lado bom na chuva que deu no Rio. O que você faria se voltasse nessa época a Floripa. Qual tática você adotou para pegar menos fila em resorts e praias concorridas. Que sites e blogs abriram o caminho para você se divertir em Buenos Aires, em Salvador, em Sydney, em Cancún.

Você também pode contar onde gastou, depois de 5 de janeiro, o que você economizou ao optar por um Réveillon em casa…

Adeus ano velho, feliz dica nova: viaje na caixa de comentários!

Leia também:

Guia do Réveillon 2012

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


187 comentários

2011/2012 foi na região dos lagos, no RJ, começou a chover bem na hora da virada e o frio espantou todo mundo correndo de volta pra casa logo depois da meia-noite. Mesmo assim foi incrível pois estar com pessoas especiais nessa data compensa qualquer perrengue! A parte ruim dessa época são as filas (e os preços) abusivos nos supermercados e o trânsito praticamente parado.
A próxima virada 2012/2013 será em Interlaken (Suíça), primeiro ano novo “fora de casa”, com pessoas especiais tb (o que já garante o bom astral), de qquer forma, todas as dicas/sugestões são bem-vindas! E que venha 2013! Tim-Tim!

Não foi ano passado, mas passei uma vez ano novo no Rio de Janeiro e fiquei hospedada na Glória. Fui passar o ano novo na praia de copacabana e a volta foi simplesmente horrível. Não achamos taxi e a fila do metrô foi a fila mais absurda que eu já vi. Este ano vou para o Rio novamente, mas ficarei hospedada em Copacabana mesmo.
Espero ter ajudado.
Beijos

Há 3 anos passei em El Calafate Argentina. Base para visitar o Glaciar Perito Moreno (maravilhoso) e a cidade lindinha de El Chalten (Fitz Roy enfeitando). O verão por lá é de um frio suportável (só fica feio mesmo se estiver ventando – windstopper nele). Como escurece tarde (quase 22:00 h), quando nos demos conta já era quase meia noite. A ceia comprada num restaurante local foi razoável para os padrões festivos brasileiros (acho que pelo fato de não conhecermos ninguém). Mas na hora da virada fomos para o lado de fora e uma queima de fogos (caseira mesmo) se espalhou pela cidade deve ter durado uns 10 ou 15 minutos e foi o suficiente para brindarmos com mais um espumante e encerrar a festa.

2011-2012 minha filha passou o reveillon na casa de uma amiga de infância, em Porto Seguro. Passaram na barraca Axé Moi. Compra-se um camarote com um pacote de shows com as estrelas do axé por alguns dias – 5 dias, não me lembro ao certo- de 27 a 31; Ivete e outros, cada dia um show. Os pais da amiga levaram e ficaram lá todos os dias. As garotas adoraram – 5 garotas. O pacote de shows, se não me engano, ficou aproximadamente R$880,00 para cada uma, comprado com antecedencia. Eu e meu marido fizemos um pequeno jantar em casa para dois casais; perto de meia-noite fomos para o Jardim dos Namorados, que estava ótimo. Clima bem familiar. Todos de branco, entregando presentes para Yemanjá, com cestas de picnic etc. De lá via-se bem o show de fogos do Jardim de Alah, mas estava-se longe o suficiente da muvuca gerada pelo show de axé que estava ocorrendo no Jardim de Alah. 2010-2011 passamos todos juntos na festa do Catussaba, que também é uma boa opção. Beira-mar, som ao vivo, bufê livre.

Este ano passei o Reveilhon em Veneza! Espetáculos musicais e pirotécnicos na Praça de SAo Marcos, muita gente na rua….infelizmente muitos, mas muitos bêbados! O frio estava razoávelmente intenso, duro SAo os pés…..voltamos andando tranqüilamente pois estávamos perto da ponte do Rialto! Se voltaria? Nao. Definitivamente prefiro passar na praia, especialmente em Floripa!

A maior roubada que eu já passei foi um Reveillon no Costao do Santinho com meu marido. O hotel não tinha a menor estrutura para atender a lotação esgotada. Faltavam talheres limpos no café da manhã, toalhas nos quartos e por aí vai. Nuca mais. Confesso que está infeliz experiência fez eu ficar com uma péssima impressão de Florianópolis.

    Você deve voltar em outro momento!! Floripa e tudo de bom! Mais de 30 praias para escolher mar aberto praia da Joaquina com água fria e ondas de surf, sem ondas com muitas famílias Praia da Daniela, pescadores e pequenos restaurantes Armação e Pântano do Sul onde fica o Arantes, no Ribeirao da ilha ao Sul e no Cacupe no norte tem ostras e mariscos maravilhosos, a Lagoa da Conceição entao….no norte da ilha tem baladas de primeira e a Praia dos Ingleses tem mar melhor que qualquer praia do mediterrâneo água trasnparente!! enfim o que quiser! Eu amo Floripa, volto todo ano e nunca me arrependo!

    Liana, volte em março… Floripa é,de fato, tudo isso que todo mundo fala mas entre o Natal e o Carnaval fica impraticável aproveitar.

Edimburgo – Hogmanay

Simplesmente espetacular, deixa qualquer outro para trás, Paris e Rio de Janeiro nao chegam nem perto.

3 dias de festa.

Os ingressos ja estao a venda, a área vip ja deve estar esgotada.

Ida e volta tranquila, a pé.

Organizaçao impressionante.

Tendo em vista o avançado da hora, amanha ou no fds volto para falar mais.

Uma boa parte do pessoal de SALVADOR que curte a festa vai pra PRAIA DO FORTE no Réveillon para a festa na Praia de Papa Gente. O link é esse – http://www.reveillondoforte.com.br/. A festa é boa, mas não é das mais baratas. Tem open bar, boas atrações, é pé-na-areia. PRAIA DO FORTE também tem uma festa na praça da igreja, com banda local. É muito boa, mas sem badalação. A maioria dos restaurantes está aberta, mas é bom fazer reserva. Em cima da hora, pode dar problema.

Em SALVADOR, a queima de fogos no Farol da Barra é bonita e pode ser vista de graça – se alugar umas cadeiras na altura do Barra Vento, fica longe o suficiente da muvuca do show e dá pra curtir a festa numa boa. Já fiz isso algumas vezes, é um bom réveillon em familia. Os bares da região cobram o acesso, mas nada muito caro, pode valer a pena, mas não tenho informações detalhadas.

A promoter Licia Fabio sempre faz festas concorridas, e seus últimos eventos vêm sendo realizados no Restaurante Amado. Ainda não li nada a respeito para o fim do ano.

Uma festa em Salvador que me parece ser muito boa por um preço justo mas que eu nunca fui é o Réveillon do Forte de São Diogo. Esse forte é o que fica do lado direito da praia do porto da barra, então pular as sete ondinhas está garantido. Fotos desta festa podem ser vistas aqui: http://reveillondofortesaodiogo.com.br/2012/01/01/cinco-quatro-tres-dois-um/

E pra quem vier pra Salvador, não pode esquecer que o dia 01 é super agitado. Começa com a procissão marítima do Senhor dos Navegantes. Nesse link, dá pra ter uma idéia do roteiro do ano passado: http://www.tribunadabahia.com.br/2011/12/28/comecam-os-festejos-da-boa-viagem

E no Farol da Barra, ao por do sol do primeiro dia do ano, Daniela Mercury faz um show aberto ao público há mais de 10 anos!

Ufa!

    Adri. No quesito festas caras existem mais duas na Barra, muito boas: a) a do Yacht Clube da Bahia: http://icb.com.br/reveillon-2012-glamour-em clima-tropical e a da antiga Associção Atletica, hoje Barra Hall: /http://verao.bahia.com.br/2011/11/reveillon-do-barra-salvador-hall-sera-inspirado-nas-mascaras-de-veneza/?lang=en.

Montevideo. Estive de 2010 para 2011 e durante o dia 31 é fantástico, as pessoas jogam calendários e agendas pelas janelas, e também água nos passantes. Como estava 35 graus, era ótimo levar banho de água gelada. O Mercado del Puerto fervia, milhares de pessoas se concentraram lá para beber medyo y Medyo e de lá todos partimos pelas ruas, dançand, pulando e bebendo ao som das charangas. Só sei que cheguei às 21h no hotel, e acordei no dia 1 pela manhã…ou seja, o dia 31 foi excepcional, a noite do reveillon não sei como é não, pq eu tava tombado na cama devido aos excessos…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.