Riviera de Montreux: Vevey e os vinhedos tombados de Lavaux

Rivaz, Lavaux

Vou falar de Montreux propriamente dita semana que vem, depois que tiver visitado as outras cidades à beira do lago Léman — Lausanne e Genebra.

Por hoje vou contar só de um programita superfácil de fazer a partir de Montreux (ou de Lausanne): um passeio pelo centro velho de Vevey e pelos vinhedos de Lavaux.

Vevey, SuíçaIMG_0672

Vevey fica coladinha em Montreux (menos de 10 minutos de trem) e é mais conhecida por estar em todas as latinhas de produtos Nestlé: é ali que fica a sede mundial da megamúlti da alimentação.

O centrinho histórico, porém, vale a caminhada — sobretudo se for terça ou sábado, que são os dois dias de feira. (O mercado de Natal da cidade também é famosão.) A cidade velha começa à esquerda da praça do mercado (olhando para o lago), e vai ficando mais antiga à medida que você avança mais para a esquerda.

Vevey, SuíçaVevey, SuíçaVevey, Suíça

Volte pela promenade à beira-lago; é tão bonita quanto a de Montreux. Você vai achar por ali uma escultura intrigante — um garfo fincado no lago. O garfo marca a localização, na promenade, do Alimentarium, um museu da Nestlé dedicado à alimentação. Parece que é bacana. (Eu não consegui entrar, porque nossa visita calhou de ser numa segunda-feira, dia em que os museus, até mesmo os particulares, fecham na Suíça.)

Rivaz, Suíça

Pegando o trem novamente e continuando na direção de Lausanne, desça na estação de Rivaz. Atravesse por baixo para o outro lado e suba pela estradinha que funciona como rua principal deste vilarejo encravado na encosta.

Rivaz, Suíça

Da rua mesmo você vai poder apreciar um lote dos vinhedos de Lavaux, que a Unesco declarou como patrimônio da humanidade por serem cultivados em terraços murados (como no Douro, onde também foram tombados).

Rivaz, SuíçaRivaz, SuíçaRivaz, Suíça

Essa região é famosa pelos brancos robustos e mineralizados feitos com uva chasselas (diga: xasslá). A robustez se deve à insolação generosa, proporcionada pelo que os locais chamam de “os três sóis”: o sol propriamente dito, o reflexo do sol no lago e também o reflexo do sol nos muros de pedra clara que formam os terraços.

Rivaz: a cave do produtorArte do rótulo do vinho St. SaphorinRótulo do St.-Saphorin

Na vila você pode comprar vinhos diretamente de fabricantes e fazdr degustações. Ao pé da colina, um bom lugar para almoçar é o restaurante do Auberge de Rivaz — peça os filezinhos de perche, um peixe pequenino mas carnudo que é característico do lago Léman.

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Pesquise

Seguro de viagem na Mondial Assistance

Leia mais::

Suíça alemã: Zurique x Lucerna x Berna

Suíça francesa: Montreux x Lausanne x Genebra

Lugano, Suíça à italiana

Estações alpinas: Interlaken x Zermatt x St. Moritz

Trens panorâmicos: como é o Glacier Express

Trens panorâmicos: como é o Bernina Express

Trens panorâmicos: como é a Golden Pass Line

Trens panorâmicos: como é a Jungfraubahn

Trens panorâmicos: como é o Wilhelm Tell Express

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email

33 comentários

Eu e um amigo estamos programando viajar para a Europa em abril.Ficaremos três semanas a partir da segunda quinzena. Temos um destino certo, Paris, mas gostaríamos de visitar um amigo em Freiburg na Alemanha. Alguma sugestão de roteiro? Que outras cidades próximas poderíamos visitar?

Helena

    Olá, Maria Helena! Infelizmente não temos como dar conta de fazer roteiros individuais. Seu amigo em Freiburg será de grande valia, acredite no que ele recomendar.

*a partir

    Olá, Catarina e Felipe! Não temos condição de elaborar roteiros individuais.

    Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo, se houver resposta aparecerá aqui.

Prezados,

estarei em lua de mel apartir de 10/11/13 e o destino sera :

zurich
interlaken
annecy
chamonix
aosta
castello di pavone
e por fim Milao 26/11/13

nunca fui a europa neste periodo ,e como se trata da minha primeira viagem organizada por mim, gostaria de saber sobre a media de temperatura, bons restaurantes e roteiros estilo o de “24h em zurique” que por sinal, nos ajudou muito a sabermos de quanto tempro precisamos para ver a cidade . Ah sim ! faremos toda a viagem de carro , preferimos do que os trens. e ai alguma sugestao?

    Olá Catarina e Felipe,

    Temos algumas informacoes genéricas disponíveis lá no nosso site, e se vocês quiserem um roteiro personalizado, é só entrar em contato.

    Abraços!

    Para informações sobre temperatura e precipitação, consulte o site do Weather Underground (http://www.wunderground.com) e coloque no menu de busca essas cidades. Novembro é começo de inverno. As temperaturas baixam rápido. Não é comum ter neve nos locais baixos, nos picos provavelmente já haverá neve para cobri-los, mas insuficiente para esquiar.

    Em lua-de-mel, eu não iria com essa mentalidade de “quanto tempo preciso para ver a cidade”, não! Isso é tornar as férias uma rotina de trabalho, com obrigações e compromissos de “ver tudo” ou voltar com sentimento de culpa pro hotel e pra casa.

    Quanto ao carro: dirigir nas altitudes baixas é tranquilo, as estradas de montanha alta estarão já fechadas para o inverno. Nessa sua rota não tem nenhum trecho de estrada complicado, não. Procure alugar um carro com pneus de inverno, just in case. Devolver carro da Suíça na Itália custa um tanto bom de dinheiro extra. Se esse custo extra (chega fácil em € 400 extras) te incomodar, a solução relativamente simples é vc dirigir de Castello di Pavone para Chiasso, logo ali na fronteira Suíça-Itália, devolver o carro lá e pegar um trem para Milano (1h15 de viagem).

    A subida de gôndola + elevador no Mont Blanc até o Aiguili do Midi fica bem melhor com um dia de céu claro. Se vc estiver em Annecy em um dia com céu aberto e sol, vale a pena dirigir até Chamonix só para passar boa parte do dia no passeio ao Mont-Blanc. É próximo, e a ligação feita por uma auto-estrada fácil de dirigir.

    e bem completo, para que vcs aproveitem ao máximo a viagem…Abraços!

    Olá Catarina e Felipe
    Tive o privilégio de ir à Suíça ano retrasado. Com certeza de carro vocês irão curtir muito mais. Em nossa viagem alugamos o carro em Lugano (perto da fronteira com a Itália, não deixe de ir lá, é linda) e fomos até Zurich. O lugar mais bonito que vimos foi na região de Guttannen, próximo a Interlaken (lá tem a Jungfrau, o ponto mais alto da Europa). Faça um roteiro por quatro rodovias secundárias: vá de Interlaken para Innertkirchen pela rodovia 6, pegue a rodovia 11 em direção a Wassen, depois entre na rodovia 2 (a secundária, não a principal) até Andermatt, depois pegue a rodovia 19 até Gletsch, depois entre novamente na rodovia 6 até retornar a Innertkirchen. Vocês não irão se arrepender. Um lugar mais lindo que o outro. Verifiquem se estas rodovias estarão abertas, porque próximo ao inverno, se tiver muita neve, elas ficam fechadas.

    Essa rota é interessante, mas as passagens alpinas (Nëufen, Furka, Stuten, San Gottardo, Grimsel) estão fecahdas nessa época em que eles vão viajar.

    Olá Catarina e Felipe, acabei de voltar de Annecy e Val-D’Isere, em Annecy em 1 dia(2 no máximo) dá para conhecer tudo, a cidade velha é bem pequena, mas é linda, estilo medieval, jantei num restaurante chamado Le Chalet, pedi um Raclet que é um prato típico da região (queijo derretido com batatas, ótimo) e me hospedei no Splendid, bem em frente ao lago (gostei do hotel também)…de lá encontrei com uns amigos e fui até Val-D’Isere, nos alpes, não é bem por onde você vai passar mas é nos Alpes também, e a estrada é bem tranquila, sempre tem caminhões limpando a pista e jogando sal, para não acumular neve….como disse AL acima, um carro com pneus de neve é o suficiente. Quanto a temperatura peguei -4 em Annecy e um dia -18 em Val-D’Isere, mas é um frio diferente do nosso (seco), com as roupas adequadas é tranquilo…boa viagem!

    Eu fiz uma viagem de carro, com minha namorada pelo norte da Itália. Passamos pelo Lago di Como, Dolomitos, Vale d’Aosta e Milão. Foi bem legal e é uma bela pedida pra viagem de lua de mel. Se quiserem detalhes, é só pedir que eu passo. Ainda não publiquei posts dessa viagem no meu blog.

    Abraços

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.