Ruim para a Tailândia, bom para o Nordeste

Lembra quando as geadas nas lavouras de laranja da Flórida eram festejadas no Brasil?

Pois os Estados do Nordeste deveriam comemorar essas três semanas de manifestações da oposição na Tailândia, bem no momento em que os europeus estão batendo o martelo nas suas férias do meio do ano.

(Mas se você me perguntar se eu cancelaria uma viagem à Tailândia por causa disso, eu diria não, não e não…)

Quem está na Tailândia e logo, logo deve falar da influência da política no dia-a-dia das ilhas  é a Rachel Verano, do Viajar Bem e Barato.

23 comentários

Riq, eu dei uma escapada pro Mayanmar e nao presenciei os ultimos incidentes na Tailandia (aproveitei para deixar agendados os ultimos posts de la’ no Viaje Aqui ja’ que a internet aqui, controlada pelo governo, e’ praticamente inexistente – consegui a unica conexao decente agora, quase na hora de ir embora!). Eu concordo com vc: nao deixaria de ir a Tailandia por causa disso. Eu estava por la’ quando a oposicao ja estava ocupando a sede do governo e estou voltando para la’ em quatro dias. Acho que e’ preciso ter cautela sim, claro, mas eu nao mudaria meus planos a menos que a coisa fosse se agravando, e parece que esta’ acontecendo o contrario, ne? 😉 Beijos!

Que mané Nordeste nada!! Reparem só pra onde os gringos virão, graças ao Guardian: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI68422-15223,00-JORNAL+INGLES+ELEGE+PRAIA+DE+RIO+NO+PARA+COMO+A+MELHOR+DO+BRASIL.html

    Dri, acho que meus coleguinhas de revista foram apressados na titulagem.

    As praias não estão em ordem de importância, até porque foram consultadas 10 pessoas diferentes.

    (A praia que o editor da matéria colocou, o Arpoador, está na sexta posição na matéria.)

    Na verdade as praias estão descritas em ordem geográfica, do norte para o sul. POr isso começou no Pará e terminou em Santa Catarina.

    Aaaaaahhhhhh!!!! Eu como boa tupiniquim perdida no meio da correria do dia a dia, só li a versão da matéria da época (vergoinha). De qualquer forma, menos mal assim. Eu já tinha visto que vc tinha posto o link no Twitter, mas achei que vinha bem a calhar aqui nesse post…

Pessoas e pessôos, já falei várias vezes aqui, o turismo no Brasil é uma atividade incipiente e pouquíssimo desenvolvida.

Recebemos 5 milhões de turistas por ano, boa parte deles vinda da Argentina, que é vizinha, e dos Estados Unidos, a trabalho, bate-volta a São Paulo.

Pra Tailândia, que não faz fronteira com nenhuma Argentina, recebe 15 milhões de turistas por ano.

O que eu quis dizer é que a instabilidade política por lá pode fazer com que um ou outro europeu desista de pegar sol em Phuket em julho ou agosto, e isso acabe conseguindo encher os vôos da TAP para o Nordeste.

Só isso 😆

    Riq, eu já acho que não são os europeus que lotam a Tailândia não… Phuket é um destino caro até para os europeus. Creio que os próprios asiáticos sejam os principais viajantes desse destino.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.