São Paulo: domingão de sol no Minhocão, o passeio mais fotogênico da cidade

Minhocão

Ano que vem vai fazer 20 anos que o Minhocão é fechado ao trânsito aos domingos e vira uma passarela de lazer. O horário de fechamento no fim de semana acaba de ser ampliado: desde julho, o tráfego de veículos pára às 15h de sábado para ser retomado só às 6h30 da manhã de segunda.

Minhocão

Num domingo de sol, não existe passeio mais fotogênico em São Paulo. À luz do dia, o lugar é seguro e você pode trazer sua câmera para fazer um safári fotográfico. Não tem como não render fotos no mínimo curiosas.

Minhocão

Sem carros, a maior aberração urbanística de São Paulo — que acelerou a decadência de uma área nobre da cidade — adquire uma beleza dramática.

Minhocão

Caminhar pelo Minhocão é como percorrer uma instalação de arte. “Em sua obra ‘Arvorismo Urbano’, o artista experimental Paulo Salim Maluf propõe um olhar sobre a indiferença nas relações sociais na metrópole. Os espectadores passeiam alheios à solidão dos ocupantes dos apartamentos do centro de uma grande cidade estacionada entre os anos 40 e 70”, diria o catálogo.

Minhocão

Nos últimos anos, o interesse por percorrer os 2,8 km do elevado fechado vem aumentando.

Minhocão

Primeiro (chute meu) como reflexo do sucesso do High Line, o parque de Nova York instalado num minhocãozinho abandonado entre Chelsea e o Meatpacking District.

Minhocão

E nos últimos tempos (certamente) como extensão do circuito de ciclofaixas, algumas temporárias, outras permanentes, que estimulam o passeio de bicicleta pelo centro da cidade no domingo.

Minhocão

Minhocão

Pouco a pouco vai crescendo a disposição de desativar o monstrengo — seja transformando em parque como em Nova York, seja demolindo a estrutura como aconteceu com a Perimetral da zona portuária carioca. A estratégia atual parece ser a de ir aumentando os horários de interdição do viaduto, até que a cidade encontre um jeito de rodar sem ele.

Minhocão

Minhocão

Minhocão

Depois de fazer a travessia do Minhocão de ponta a ponta num domingo de sol, é difícil não se apaixonar pela idéia de fazer dele um Railainão paulistano. Seria espetacular. Mas tenho sérias dúvidas se o projeto seria bem executado e bem mantido. Meu receio é que se crie uma Praça Roosevelt 2, uma grande laje permanentemente em reforma e permanentemente ao deus-dará. Sou pela demolição, mesmo.

Minhocão

Minhocão

Minhocão

Caso uma dessas duas coisas realmente venha a acontecer — a transformação bem-sucedida num High Line ou sua simples demolição –, São Paulo vai ganhar uma Berlim Oriental pronta para ser reincorporada à cidade.

Minhocão

Minhocão

Minhocão

Minhocão

O mercado imobiliário parece já apostar nisso, pois ao longo do elevado começam a ser construídos prédios novos com nomes em inglês que sugerem um estilo de vida moderninho e dinâmico.

Minhocão

Talvez não aconteça nada, e esse seja apenas mais um dos incontáveis alarmes falsos de renascimento do Centro de São Paulo.

Minhocão

Pelo sim, pelo não, se você estiver num domingo de sol em São Paulo, pegue um táxi (ou vá de bicicleta) até a igreja da Consolação ou ao Largo Padre Péricles, onde ficam as duas pontas do elevado. Prepare a câmera. E esbalde-se.

Leia mais:

15 comentários

Olá, vi vários comentários sobre o minhocão, mais não vi a resposta que eu queria , para acessar o minhocão é somente pelas 2 pontas , não tem nenhuma entrada pelo meio

    Olá, Cleiton! Tem um acesso fácil pelo meio mais ou menos no final da av. Angélica. Metrô Marechal Deodoro.