Sea World: splash zuuuum tchibum chuá

Journey to Atlantis, Sea World

Bem. Continuando nossa maratona cultural por Orlando, hoje vamos fotopassear pelo Sea World. Aberto em 1973, é uma das instituições do lugar. Foi o primeiro grande parque fora do complexo Disney, o que ajudou a consolidar Orlando como um destino que está para os parques de diversão assim como Paris está para os museus. OK, vocês entenderam.

Depois dessa passada por Orlando vou precisar estudar o significado da montanha russa na cultura americana. Por que todos os parques precisam ter montanhas russas? Por que todos os parques precisam ter VÁRIAS montanhas russas? E por que os outlets não têm nenhuma?

Manta, no Sea World

As montanhas russas são adaptadas ao tema de cada parque. No Sea World, a montanha mais nova é inspirada na arraia-manta: os carrinhos seriam o rabo do bicho. Os passageiros (tô fora) passam a maior parte do tempo suspensos, como se estivessem mergulhando. Só que no céu. E com piruetas. Já falei que eu tô fora? Mas o povo desce e já volta pra fila.

Uma outra montanha russa, a Kraken, emula um monstro marinho, e tem trechos debaixo da terra. Uma terceira, a Journey to Atlantis, desce por um tobogã aquático. Lamento, mas vocês só vão ver fotos minhas numa montanha russa no dia em que eu passear pelos Urais.

Focas no Sea World

Entre uma montanha russa e outra, o Sea World funciona como um aquário. Peixes, corais, pingüins, tubarões, focas, peixes-bois.

Peixe-boi no Sea World

Pingüins no Sea World

Baby Orcas no Sea World

Dessa turma, o mais emocionante é o nicho dos tubarões: uma esteira rolante conduz você por dentro de um túnel transparente, e os tubarões passam por cima e pelos lados. Mas no geral, saí com a sensação de que no Oceanário de Lisboa as criaturas estão melhor acomodadas e expostas.

Túnel de tubarões no Sea World

A ala realmente impressionante é a dedicada ao Ártico, que não dá mais para descrever como aquário; está mais para zoológico marinho. Por lá estão ursos polares, morsas (o bicho mais ogro que eu já vi na vida) e as adoráveis baleias beluga.

Urso polar no Sea World

Nesse ponto você pode fazer parte do elenco: dá para comprar, à parte, um encontro com belugas, que será assistido por quem estiver passando na hora. Nota do VnV: o encontro com belugas só é feito atualmente nas unidades do Sea World de San Diego (Califórnia) e San Antonio (Texas).

Interação com beluga no Sea World

E mesmo se não houvesse as montanhas russas e os aquários, haveria o show com os golfinhos. É inacreditável o que eles são capazes de fazer. O que eu acho mais incrível é a capacidade de contar. Três golfinhos dando três splashes simultâneos para molhar um lado da platéia, depois indo para o lado oposto e dando mais três chuás — para mim isso vale mais que as piruetas.

Show de golfinhos no Sea World

Golfinhos no Sea World

Golfinho no Sea World

Comparado ao show dos golfinhos, achei o das orcas menos interessante. Até que me contaram o motivo: depois do famoso incidente em que uma treinadora foi morta por uma das baleias, foi eliminada do espetáculo toda interação com os bichos dentro d’água.

Orcas no Sea World

Orca no Sea World

(E a propósito: o episódio não aconteceu durante um dos shows; foi num programa à parte, o “jantar com belugas”, que está suspenso desde então.)

Organize sua estada no parque em torno dos shows: informe-se dos horários do dia e esteja nos estádios (cada show tem o seu) uma meia hora antes, para pegar um bom lugar.

Sea World é o mais central dos parques de Orlando, pertinho da International Drive. Ônibus freqüentes ligam o parque a seus vizinhos Discovery Cove e Aquatica. A entrada de um dia custa a partir de US$ 79. Sessões de interação com belugas ou tubarões custam desde US$ 150 e podem ser compradas online.

Há também opção de pacote de duas visitas ou três visitas a escolher dentre os parques: SeaWorld Orlando, Aquatica Orlando, Busch Gardens Tampa, ou Adventure Island Tampa (sai a partir de US$ 99 e US$ 109, respectivamente). Para entradas e estacionamento ilimitados por 14 dias consecutivos em qualquer um dos parques, o valor é de US$ 139.

Passagens mais baratas para Orlando com nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue de carro em Orlando na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões em Orlando com a Viator

Compre ingressos para os parques temáticos na RCA

42 comentários

Em termos de aquário, já que o Riq citou, acredito que o de Atlanta supere, inclusive, o lisboeta.

O que eu mais gostei (e o que mais gosto) no Sea World é a piscina dos golfinhos. É só chegar na beirada da piscina que eles vem dar um alô é dá até pra fazer carinho neles, o máximo. A minha filha ama. No Sea World aqui de San Antonio você compra peixinho pra dar pra eles, no de Orlando eu não sei se tem isso (deve ter, mas eu fui ao de Orlando há milênios e não vi isso).

No Sea World de Orlando tem uma área de parque aquático? O daqui de San Antonio tem e é bem bacaninha.

Morria de medo de montanha russa,porém,quando fomos à Orlando só amarelei na Sheikra(era a que eu mais queria ir…),a Kraken , a do Hulk ,e AeroSmith e a Duelo dos Dragões são maravilhosas , vale a pena enfrentar esse medo!!!!

Lembro que quando fui ao Sea World foi em 2000, naquelas famosas excursões da Tia Augusta, aos 15 anos de idade. Eu, que sou apaixonada por golfilhos e baleias (cetáceos em geral, viu Riq? hehe), não consegui aproveitar muito o parque porque estava com uma cólica de virar do avesso. Mas lembro de ter comprado um monte de cacareco com o tema do parque: relógio, abajur, copo etc etc. O detalhe é que nos parques da Disney não comprei um canudo sequer, rsrs.

E lembro que tinha uma piscina em que ficavam golfinhos e a gente podia passar a mão na cabecinha deles. Tão cute cute… eles vinham até a beirada e ficavam paradinhos pra gente passar a mão na cabeça… depois afastavam e faziam uma gracinha qualquer. Aliás, golfinhos são tão graciosos que nem precisam fazer nada, a gente já fica babando só de olhar. O mais legal é que apesar dos funcionários ficarem na piscina supervisionando, eles não interferiam na interação dos golfinhos. Eles vinham perto das pessoas para ganhar carinho espontaneamente. Tem como não se apaixonar? Vc sabe se ainda existe essa piscina, Riq?

Tinha um outro tanque com arraias e vc também podia passar a mão, mas tenho um pouco de medo de arraias… golfinhos são tão mais bonitinhos… hehehe

Estive no Sea World em 1999 e já naquele então os golfinhos tinham aprendido a contar até 3 à direita e à esquerda.São lindinhos mesmo!

São duas descargas de adrenalina diferentes: montanha russa e comprar barato com qualidade. O parque está bem diferente e com novidades. Dá vontade de voltar e se divertir muito.

Ric
Acabei de chegar(ontem) de uma viagem p os Eua, que incluiu 5 dias em Orlando. Fui ao Sea World também e dos parques que visitei achei o mais tranquilo(em público/menos muvucado) e mais interessante por combinar montanhas- russas e estas outras atraçoes já supra- citadas. Fui a Manta, Kraken e posso te dizer que sao bem legais. A Manta depois que se senta a cadeirinha gira e deixa vc deitado , dá um medinho mas a sensaçao de voar e mergulhar ‘faz vc querer ir de novo(só que fiquei um pouco zonza).Meu filho de 10 anos AMOU. Foi umas 5 vezes.
Sobre os parques da Disney, estavam super cheios(mesmo em maio), o que me espantou. Tinha fila prá tudo, o que é usual na alta, mas achei que nesta época do ano estaria tranquilo. Um inferno de tao lotado, principalmente o Animal Kingdom e Magic Kingdom.Quando fui em janeiro, há 2 anos, estavam infinitamente melhores.
Os parques da Universal estavam tranquilos e relativamente vazios, deu prá aproveitar. Fui também na nova montanha russa da Universal Studios (Hip Rocket …) e detestei, pois nao tem apoio cervical e saí com um pouco de dor e totalmente zonza, a cabeça bate dos lados o tempo todo, mas o fato de ouvir mísica e poder escolhe-la é um diferencial.
Fiquei no WorldQuest Resort e recomendo, tem um excelente preço e café da manha(simles, mas ok)incluso o que faz a diferença neste tipo de acomodaçao.
Paguei 120 dólares/dia , estávamos em 07, num apto de 3 quartos, sala, varanda, cozinha equipada, lavadora e secadora.
Ve se vc consegue jantar no Benihana(no Hilton ).É ótimo.
Dessa vez nao fui ao outlet porque nao tive tempo , mas como todo mundo(principalmente nós brasileiros) sabe, vale muiiito a pena.
Aproveite e perde o medo das montanhas- russas!!! Vá pelo menos ao Hulk(se vc passar pela Universal), é demais e o pescoço fica super apoiado!

O comentódromo tá meio devagar nessa fase Orlando ou é impressão minha? 😉 Só vi mais comentários naquele em que rolou a polêmica dos golfinhos em cativeiro, com pouca gente lembrando de falar como ficaram bem na foto aqueles cetáceos in love!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.