Incrível: a tripulação se mobiliza para salvar o conteúdo da fase ViajeAqui do Viaje na Viagem

Fim de viagem para os posts do VnV no ViajeAqui
Fim de viagem para os posts do VnV no ViajeAqui

Segunda atualização:

Nas últimas 24 horas, envolvido com campo, deslocamento e outras mumunhas, não consegui colocar nenhum post novo no ar. Mas o blog esteve longe de ficar parado. A caixa de comentários deste post aqui fervilhou o dia inteiro.

Resumindo a ópera: o Alessandro Ayres bolou um jeito de conseguir salvar o conteúdo da fase ViajeAqui num site gratuito de compartilhamento de arquivos. E um grupo de trips tão abnegados quanto ele está salvando os posts mais pedaçudos da extinção.

O procedimento é explicado pelo Alessandro aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

Se você tem interesse em ajudar, entre nos comentários e role a página para ver em que pé a coisa está.

Eu estou aqui, entre impressionado e emocionado, tentando entender o que vocês estão fazendo. Mas agradecidíssimo, íssimo, íssimo, íssimo.

Pessoas: vocês não existem!

Texto original do post:

Queridos trips, o portal ViajeAqui está mudando o seu visual. A primeira área a mudar foi a que mais precisava de um upgrade — a seção de blogs. Desde o meio da semana passada os blogs do ViajeAqui estão usando a plataforma WordPress (uma promessa que tinham me feito em novembro de 2007, quando fui para lá).

Vai ser sensacional para os blogueiros que continuam por lá e para os leitores. Para os posts antigos, porém, é uma sentença de desaparecimento. Os endereços anteriores não existem mais, e são direcionados para uma página genérica, e vazia, do portal.

Caso você tenha posto algum post desta fase nos seus favoritos, proceda da seguinte maneira: tente achar o post novamente pelo Google, e então peça a versão “cache”. Por enquanto todos os posts continuam gravados no cache do Google. Daí você imprime e guarda.

(Eu vou fazer isso com os posts mais importantes assim que voltar para casa.)

Caso você não se lembre do nome de algum post, peça nesta caixa de comentários, que eu dou as palavras-chave que chegam a ele pelo Google.

Como dizem por aqui em Bs. As., disculpen las molestias!

Atualização 1:

A Sylvia (obrigado!!!!) trouxe a lista de posts da fase ViajeAqui para esta caixa de comentários. Fica mais fácil de procurar o no Google copiando o título do post.

Mas atenção — o cache do Google não é eterno. Em alguns meses (talvez semanas) os posts não sejam mais encontráveis.

Os conteúdos mais importantes desta fase serão pouco a pouco retomados, e atualizados, aqui no blog.

Mas se você tem algum post de estimação da fase anterior, procure, clique no cache e imprima antes que desapareça.

336 comentários

Eu me referia a idéia do suborno, Luis…
Pode não ser assim uma idéia 51.

    Verdade, Luis. Na boa, nem pense em subornar um policial no exterior, qualquer que seja o país. Aqui também não, mas você sempre pode contar com seu advogado. Lá fora você é apenas um turista, não é um cidadão do país, vai ter que contar com a eficiência do consulado brasileiro… Há uma série no Nat Geo que mostra exatamente isso, “Férias na Cadeia”, sobre turistas que por algum motivo ou outro foram presos e comeram o pão que o diabo amassou.
    Abraços.

    Arthur, é o “Locked up abroad” q vc tá falando? Não sei o nome em português. Mas se for, eu adoro esse programa. Ilustra bem a dúvida levantada aqui.

RIQ, tudo bem? Na tua opinião, qual destino é mais legal para quem quer aproveitar praias bonitas mas também ter a civilização por perto, com lugar para passear à noite (não balada), fazer umas caminhadas agradáveis à tardinha e ter umas lojinhas para ver (a esposa agradece…): Aruba ou Cancún?

E outra coisa: os preços em geral, principalmente para comer e beber, são mais altos em Aruba ou Cancún?

Obrigado!

    O meu parâmetro com Aruba é de 2007, mas me parece que o México é um pouquinho mais em conta que Aruba.

    Para passear e ver lojas, Playa del Carmen. Não é preciso gostar de balada.

    O comércio de Aruba está no centro da cidade e funciona mais de dia, em função dos navios que aportam para passar o dia e nem sempre pernoitam.

    RIQ, Cancún tem praias tipo piscina, sem ondas? E o mar é frio ou quentinho?

    As praias piscininha de Cancún estão localizadas na ponta norte da península, voltadas para a baía Mujeres. Você pode ver quais são e os hotéis que estão próximos a elas neste post:
    https://www.viajenaviagem.com/2009/09/cancun-como-escolher-seu-hotel/

    Isla Mujeres também tem praia piscininha.
    https://www.viajenaviagem.com/2009/08/vai-por-mim-isla-mujeres/

    Playa del Carmen inteira tem praia mais calma do que as praias de mar aberto de Cancún. Mas de vez em quand pode dar uma encrespadinha.

    Se for escolher hotel na Riviera Maia, procure o nome da praia no Google Images para ver se é enseadinha ou mar aberto.

    Sempre lembrando que mesmo quando a água não é piscininha, não chega a ter ondonas, não. Raros são os trechos perigosos/traiçoeiros (um deles é a ponta sul da península de Cancún).

    A água não é fria. Nas férias de janeiro/fevereiro deve estar um pouco mais fria que o habitual, porque é inverno por lá, mas nada que lembre Santa CAtarina ou Rio de Janeiro no verão.

    As praia de Aruba são mais piscininha do que as de Cancún-cidade.

Se houver alguem com pessoal e/ou tempo disponivel para salvar os arquivos , me envie uma msg que passo o arquivo do word com todos os titulos dos posts 😀

Luis, eu retiraria essa última pergunta. Aqui nesse blog acho que você não vai encontrar ninguém que tenha informações para compartilhar sobre essa sua idéia…

    oi, rosa! e ñ é q tem gente q sabe dizer algo?
    o pessoal aqui sabe tudo com relação a viagem 🙂

antes de viajar pra algum lugar, me acostumei a consultar as diversas encarnações do seu blog e bookmarcar(?!) os posts + interessantes sobre o destino em questão. o resultado é q, em cada computador q uso (do trabalho, de casa, emprestado…) colecionei vááários posts, até sobre locais q acabei ñ visitando (ainda). acho q vou ficar só com os + recentes e esperar por novas versões dos demais, até pq, como lembrou o(?) cara acima, somando os ricos comentários, daria pra fazer uma “barsa” do turismo. e, hj em dia, usar tanto papel assim pega até mal, né? 🙂

    um p.s. off topic (ñ achei outro lugar onde postar isto): você, ricardo, ou algum de seus seguidores sabe dizer a relevância de emitir carteira internacional de habilitação? já aluguei carro algumas vezes na europa e estados unidos, com minha brasileiríssima cnh, sem problemas. mas pra ir pro méxico me indicaram fazer. como to sem tempo (e sem paciência) de ir ao detran, consultei um despachante q pediu 330 reais pra fazer a dita cuja. como viajo com outra pessoa q tb vai dirigir, seriam cerca de 300 dólares gastos com algo q nem sei se é necessário. alguém sabe dizer se vale a pena? ou melhor usar essa grana pra eventualmente subornar os guardas por lá?

    Luis e Natalie

    Aqui no RS, para fazer a Carteira Internacional (Permissão Internacional) custa R$32,00 e é só levar um comprovante de endereço e a original da CNH a um Centro de Formação de Condutores (antiga autoescola). Fica pronta em uns cinco dias.

    Fiquei chocado com o valor para emitir em SP.

    Fiz a primeira vez quando fomos ao Chile, a Hertz daqui disse que era obrigatória. Quando mostrei lá disseram que não era necessária. Quando fomos ao Leste Europeu fiz novamente e mais uma vez não pediram. Nunca fomos abordados pela polícia para saber se eles a pediriam. Em compensação, já ouvi falar de um português que foi multado aqui por não ter a internacional. Alegaram que o problema não era a língua, mas a validade do documento.

    obrigado, pessoal! vou pensar bem nos prós e contras até amanhã – e, se for pagar, prestar bt atenção nos centavos, natalie!

    Oi, luis r., o mais importante de ter a carteira intnal é em caso de sinistro. Já me informei bastante a respeito, e o que eu soube foi que nenhum guarda vai te exigir isso, mas, se vc tiver uma colisão e houver um processo judicial, a sua carteira nacional ñ vale, somente a internacional. Se vc lembrar que a validade da cart.intnal do Detran é ilimitada, uma vez que ela só vale junto c/a nacional, vale a pena ir ao Detran. Aqui no Rio, pelo menos, é super rápido e mto mais barato que a do Touring, que tem validade somente de 1 ano.
    Se ñ der tempo de tirar p/esta viagem, qdo vc voltar faça logo, e guarde jto c/o seu ppte.

    Retificando, a do Detran ñ precisa da nacional junto, e o vencto dela é que é na mesma data da nacional, ou seja, ao renovar uma vc pode renovar a outra junto.

    Ñ é ñ, Ernesto, a ñ ser que tenham baixado o preço recentemente (ou o Detran subido)

    Quem pode exigir é a polícia, mesmo. As locadoras não pedem.

    Eu nunca fiz. Mas acho que um dia vou me arrepender de não ter feito…

    Acho que tem que ser como eu digo para comprar mala: não esperar ter que viajar para comprar uma. No caso da carteira, fazer uma, claro…

Ricardo, sendo os textos de sua autoria e os comentários de autoria coletiva e considerando que os posts já não estão mais disponíveis no site do ViajeAqui (o que me permite concluir que, em princípio, o ViajeAqui “não os quer” mais), será que não existiria uma forma de copiar e colar todos os posts com todos os respectivos comentários e trazer para cá arquivando na categoria respectiva? Não estou com minha lista de posts aqui mas posso lhe assegurar que ela é enorme. Além disso, os comentários são riquíssimos. Às vezes em um post sobre um assunto surgem dicas excelentes sobre um destino completamente fora do tema principal. Mesmo imprimindo, inevitável e infelizmente sempre vai escapar algo desse material primoroso.

    Assino embaixo com a direita e esquerda .
    Tem que ter um jeito de agregar todos os posts aqui.
    É um absurdo perder tudo !! 🙁 🙁

    Riq, vou na onda do PêEsse e acrescento mais: seria uma forma de criar uma URL pros posts antigos, nem q seja uma só que agregue tudo aqui no novo endereço. Já me disponibilizo de antemão a ajudar. Pq foram tantos posts interessantes, difícil relacionar um só…

    Tb acho!! Tem que ter um jeito de juntar tudo numa URL só, señ, acho que vou precisar de um móvel novo prá guardar tanto papel. O problema, Riq, é que todos os posts são importantes, uns imediatamente e outros no futuro. Portanto, consulte os técnicos de informatica que eles hão de encontrar um jeito!

    Nossa tem que ter um jeito…sabe que eu ainda uso muito…via google!
    Os comentários daquela fase não são fáceis de encontrar mas são tão bons.

    Apoiadíssimo! Se tiver um jeito, a gente ajuda e traz o conteúdo pra cá!
    Muito difícil, pra não dizer impossível, pesquisar no papel depois…
    Sem falar que seria muito antiecológico de minha parte imprimir tudo o que eu gostaria de guardar :mrgreen:

    Primeiro tem que ver como que eles vão resolver essa parada com os posts anteriores dos blogs que continuam lá.

    Daí pra tentar com jeitinho pedir que eles dêem a mesma solução para os blogs desativados.

    Aos poucos vamos refazendo, PêEsse… atualizado e mais organizado :mrgreen:

Já peguei dois:
Brasil: fugindo das chuvas mês a mês e
Brasil: fugindo das chuvas destino a destino

Quero ver se encontro o índice!

Na verdade, não é questao de não encontrar… É questão de pânico e praticiddade mesmo. O que será da minha vida sem o indice clicável do “… para viagem”? Agora mesmo estou tentando montar uma viagem de 20 dias pra europa (e ao mesmo tempo convencer os envolvidos de que o roteiro q eles querem não é viável pra esse tempo) e estou me sentindo orfã!!!

Mas já que é pra pedir e não choramingar, existe alguma parte relacionada a Toscana por lá? As daqui eu já bookmarquei…

    A Toscana aqui no VnV tá no https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/ .

    Em breve devo abrir um post aqui sobre o destino.

    Os posts bacanas lá do ViajeAqui são da Rachel Verano. Ponha no Google — rachel verano toscana — e o primeiro post que aparecerá vai ser o Europa para Viagem. Clique em “cache”. Quando carregar, role a página e veja os posts que te interessam. Copie e cole no Google. Clique em cache.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.