Todos os azuis de Capri, num passeio em volta da ilha 1

Todos os azuis de Capri, num passeio em volta da ilha

Capri

Os dias estavam quentes em Capri — um início de outubro extremamente agradável, com temperatura de verão durante o dia e friozinho à noite. A previsão indicava uma seqüência de dias ensolarados. Não dava para não fazer um passeio de volta à ilha.

Existem duas modalidades de “giro dell’isola”.

Você pode dar a volta em barcos grandes, com 20 a 30 passageiros, a módicos 15 euros por pessoa. Ou você pode cacifar um barco privativo, com marinheiro. No porto, há vários vendedores agenciando esses barcos. O preço vai depender do dia, do nível do barco e da sua capacidade de negociação; pense numa base de 120 euros para duas horas de navegação.

Eu fiz pelo meu hotel, dado que sou ruim de negociação e queria um barco/marinheiro de boa reputação. Pela tabela do hotel, o passeio de duas horas para até 4 pessoas saía 140 euros. (Um passeio de dia inteiro para até 7 pessoas saía 280 euros — comparativamente, uma pechincha.) O recepcionista fez a reserva por telefone de tardezinha na véspera e nos deu o voucher.

Gozzo em CapriGozzo em CapriCapri: passeio de barco em volta da ilha

Procuramos o marinheiro no lugar combinado, às 11 da manhã. Entregamos o voucher e fomos direto ao nosso barco.

Era um gozzo, o barco de madeira típico da região. A proa devidamente atoalhada. Pípols, com um bom farnelzinho e bebidas na geladeirinha, isso daria um passeio de dia inteiro inolvidável.

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Logo na saída cruzamos com um barco de excursão e tivemos certeza de que o investimento no barquinho privativo compensava 😀

O giro começa pelo lado direito do porto, no caminho oposto ao trânsito pesado em direção à Gruta Azul. Neste primeiro trecho pegamos sombra da montanha.

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Dez minutos depois de sair já estávamos ao sol.

Capri: passeio de barco em volta da ilhaCapri: passeio de barco em volta da ilhaCapri: passeio de barco em volta da ilha

Pois a combinação do sol com as inúmeras profundidades distintas do entorno da ilha é que produz uma paleta incrível de azuis (e alguns esverdeados).

Capri: passeio de barco em volta da ilha

O marinheiro leva às grutas mais bonitas e aponta os lugares para você fotografar 😀

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Capri: passeio de barco em volta da ilhaCapri: passeio de barco em volta da ilhaCapri: passeio de barco em volta da ilha

Você pode fazer quantas paradas para banho quiser.

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Parando umas duas vezes dá para completar a volta em duas horas. Se quiser parar mais, ou por um tempo mais prolongado, negocie uma hora extra.

Capri: passeio de barco em volta da ilhaCapri: passeio de barco em volta da ilhaCapri: passeio de barco em volta da ilha

Esta é a Grotta Verde, que dá para atravessar a nado.

Capri: passeio de barco em volta da ilha

E a Gruta Azul? Você sabe que chegou perto dela quando vê repentinamente um engarrafamento de barcos.

Capri: entrada da Gruta Azul

Nós poderíamos ter incluído a entrada à Gruta Azul no passeio; mas perderíamos pelo menos meia hora nesta operação. E como eu queria fazer o passeio convencional (aguarde o próximo post de Capri), pulamos.

Capri: passeio de barco em volta da ilha

Foi um lindo passeio. Melhor que isso, só tivesse sido de dia inteiro.

Minha recomendação: negocie três horas, para incluir a paradinha em frente à Gruta Azul (a entrada é paga à parte, 12,50 euros por pessoa, mais uma gorjeta para o barqueiro da Gruta) e poder se demorar mais em banhos naquele mar absurdo de bonito e gostoso. E leve bebidas — o gozzo sempre tem gelo a bordo.

Leia mais:

65 comentários

Olá Ricardo! Sempre leio suas dicas antes de viajar. Muito boas. Saberia me informar se vale ficar em Salerno como apoio? Será que vou achar passeios de barcos privativos para Capri saindo de Salerno? Vou viajar em setembro. Obrigada

    Olá, Ivana! Salerno é um balneário comum, sem maiores atrativos. Um transporte privativo de barco a Capri deve sair carissíssimo, não sei nem onde procurar. Se você quer se hospedar num lugar mais barato para visitar Capri, escolha entre Sorrento e Nápoles.

Olá Bóia !

Vou passar a lua de mel na Itália e tenho 3 dias inteiros na Costa Amalfitana (vou ficar baseado em Positano). Um desses dias está reservado para Capri.

Eu estou em dúvida entre duas opções:

1. pegar um tour compartilhado direto de Positano para Capri (eventualmente eu dispenso o retorno e pego um ferry pra poder ficar mais tempo em Capri, ou
2. ir e voltar de ferry e pegar o tour de volta a ilha direto em Capri.

Qual das oções vc acha melhor ?

Obrigado e parabéns pelo site !

    Olá, Luiz Henrique! Dos dois jeitos dá certo. Se for por conta própria, reserve ida e volta com antecedência.

Boa noite!!
Primeiramente dizer que amo as postagens do VnV, são sempre ricas em detalhes e ajuda-nos muito.
Me dêem uma dica, por favor.
Terei do dia 19 ao dia 22 de maio livres em Roma e estou pensando em alugar um carro e ir até Sorrento e de lá fazer os passeios para Capri e Costa Amalfitana (por mar). Vocês acham que vai dar pra aproveitar bem os passeios estando hospedada em Sorrento? No caso, terei apenas 3 dias completos pois o último dia (22/5) terei que voltar cedo pra Roma. Me dêem dicas, por favor.
Bjs

Boa tarde Boia!

Estamos indo a Costa Amalfitana em abril/2019, ficaremos 4 dias em Amalfi e 2 em Capri, estou na dúvida em fazer este passeio de barco porque em passeios de barco meu esposo enjoa muito, qual dos tipos de passeio é mais recomendado para pessoas com este problema? Acompanho você e sou fã dos seus comentários. Muito obrigada por cada dica!

    Olá, Laís! As condições do mar variam diariamente, há dias em que o mar está calminho, outros em que está revolto, outros em que está tão revolto que os passeios são suspensos. Abril ainda estará um pouco frio para passeios de barco.

Olá Ricardo Freire, seus posts tem ajudado muito a programar minha viagem pra Costa Amalfitana porém ainda fica um ponto de interrogação se em meados de maio não vai ser literalmente uma “fria” (e deprê); em Capri por exemplo estou pensando em duas noites mas fico até com receio de ser muito tempo já que não vai estar calor… Se puder dar mais esse pitaco agradeço!

    Olá, Marcia! Quem responde é A Bóia. Maio já terá tudo funcionando. A temperatura máxima costuma ser de 22ºC. Para o europeu, que terá saído de vários meses de inverno, já é quente. Brasileiros precisam redimensionar sua expectativa para esta realidade.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.