Turismo religioso: Museu do Internacional

Campeão de Tudo!

Não gosto de imiscuir assuntos religiosos aqui no site. Religião sempre dá problema — nem vamos lembrar aqui aquele caso dos devotos da Portuguesa que enviaram homens-bombas virtuais alguns anos atrás.

Mas como nesse caso estamos falando de uma atração turística importante e fundamental, e turismo é a razão da existência do site, então acho que posso falar dela como falaria do Vaticano, de Medjugorige ou de Borobudur.

Pra associados é de graça

Pois muito bem. Porto Alegre acaba de ganhar um local de peregrinação. O Museu do Sport Club Internacional, no Beira-Rio.

Márcio PinheiroA entrada do museuO Mundial da Fifa

Fui levado por uma pessoa importante na hierarquia eclesiástica: meu amigo Márcio Pinheiro, de aristocrática linhagem colorada. O destemperado Diogo Carvalho soube da peregrinação e resolveu ir junto.

Entrando...

Realmente trata-se de um lugar impregnado por uma carga mística poderosa. Você entra e já começa a ter visões.

Manchetes históricas

Vê gols históricos em telas imensas. Ouve sons do passado. Taças e mais taças aparecem para você do nada.

Comemorando...

Tive uma visão ali que não consegui ter quando fui ao Museu do Corinthians, aqui em São Paulo. Uma Taça Libertadores apareceu para mim.

E, a propósito: uma taça do Mundial de Clubes Fifa, também. (Como vocês já sabem, Barcelona é freguês de Inter. Todo Inter.)

A Copa é nossa

Enfim, recomendo a peregrinação, inclusive aos agnósticos. Mas saibam que correm o risco de tornar-se convertidos.

No fim da visita, se sobrar tempo, em mais cinco minutos de carro você chega ao outro ponto turístico da Zona Sul, a Fundação Iberê Camargo. Mas aí é só um museu, não um santuário.

Bis!

#nadavainosseparar

23 comentários

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.