Último episódio (aaaahhhh!) do Desempacotando RJ no ar!

Zac(k) Henry e moi

E já está no ar o quinto e derradeiro episódio da segunda temporada do Desempacotando. No último programa da série, o Zac(k) e eu desempacotamos a tese de que turista só se dá mal. Como assim? Pára com isso!

Como ficaram muuuuuitas cenas de fora, eu ainda tenho esperança de que alguns clipezinhos com cenas extras ainda rolem nos próximos meses. Quem sabe, né?

Se você perdeu os primeiros episódios, visite Desempacotando.com.br que estão todos lá!

38 comentários

Ah , dessa eu gostei ,a edição ficou supimpa 😆
Só vais ter que descolar um novo-off pra gente , pois agora o Trapiche que já era beem pequeninho ficou intransitável .

“Você vai voltar que eu sei” é muito bom! Pena que já acabou no Rio, aguardamos ansiosamente o “making of” e principalmente o próximo destino! Qual será?

Eu penso que as séries Desempacotando (NY ou Rio, não importa) são imprescindívels! Os vídeos tem um formato vitalista e inovador, ademais de possuir um registro de imagem excelente!

Ah! Zac Henry é um gringo professional que fala super bem o português. Que sorte tem!!!

A série está muito legal e o Zac é figuraça! Adorei a cena do samba e você com os dedinhos pra cima igual a gringo! 😉

Riq, super parabéns! A série Desempacotando é o MÁXIMO! Ótima iniciativa da Hotéis.com.

Aguardando ansiosamente pela próxima cidade! Já tem previsão? Ainda é segredo??

Paris? Madri? Lisboa? Barcelona? Roma? Milão? Veneza???

Ou vai fazer um roteiro brasileiro, novamente?

Mais uma vez, parabéns pela ótima idéia e pela magistral execução!

Está excelente mesmo Riq! Tente por favor colocar as tais das cenas que tiveram que ser cortadas porque acho que vale a pena. A série é muito curtinha e a gente fica passando vontade quando acaba!

    Verdade! Não daria pra fazer uma coletânea das cenas desprezadas? Principalmente aquelas com erros, que geraram muitas risadas? (sei que tem um nome pra isso, mas hoje estou mais loira do que o normal, :oops:)

    Né nada não Marcie , é que o nome é em ingrêis : making-off ❗

    Na verdade é bloopers! ( o cérebro voltou a funcionar, uffa!) 😉

Riq
Adorei, o último foi o que eu mais gostei, super relax.O Zac fala super bem portugues. Parabens prá vcs!

Riq, eu gosto do conceito da série a achei muito interessante o Desempacotando NY. Sem de forma alguma querer ser o chato que aparece aqui, eu achei que a primeira série sobre NY ficou muito melhor que a do Rio. Não que tenha ficado ruim essa, mas a de NY ficou espetacular e aí estamos com as expectativas sempre lá em cima neh.

Lá, havia uma “historinha” bem encadeade com o Dudu, os constrastes com seus passeios, e as idéias e dicas desempacotadas fluiam bem mais naturalmente.

Nesse episódio do Rio, senti falta dessa “history line”. Os episódios ficaram individuais, e aí dá impressão que é muita coisa pra cada episósio, como se tivessem tido que cortar muita coisa na edição :S

Mas, /again/, parabéns pela série. Já estou aguardando a próxima cidade!

Já pensou em fazer algo como Manaus e selva amazônica desempacotados? E, o que seria o ápice, um roteiro desempacotado no paraíso tupiniquim dos pacotes, a “Costa do Descobrimento”. Lá daria um espisódio bem legal ao estilo NYC.

    Lot, concordo com você, o de NY elevou nossas espectativas a um patamar bem alto. O de NY tinha o lado das furadas que os pacotes oferecem com as vantagens dos desempacotados. Este do Rio teve outra abordagem, Zac não foi colocado em roubada. Mas no geral ficou muito bom.

    Pois eu acho que for sempre a mesma abordagem (historinha disso e daquilo), a série ficará BORING, repetitiva. Assim tá perfeito. Parabéns, Riq !

    Não sei com quais pousadas/hoteis o hoteis.com trabalhar no sul da Bahia. Mas imagina, comparar um turista que viaja de pacote para Porto Seguro com as suas dicas?

    ; )

    Hummmm, Guilherme, a sua sugestão eu acho show, porque Arraial é tudo de bom, Trancoso, Caraíva e etc, mas Porto Seguro anda com um turismo tão “predador” que seria interessante pensar em como aproveitar a cidade fora dos pacotes! Será que é possível? Ela está virando uma cidade empacotada né não?