Um mês depois: Confissões de uma Bóia

Salva-vidas num saveiro em Ilha Grande

Está fazendo um mês que A Bóia saiu de sua plácida posição no alto do site e passou a freqüentar as caixas de comentário respondendo perguntas, encaminhando os leitores aos posts corretos e selecionando perguntas para o Perguntódromo — tudo isso com simpatia constante e um bom-humor inabalável. (Não sei como não tinha pensado nisso antes. Bóias são criaturas dóceis e divertidas por natureza.) Pedi para que ela relatasse como está sendo a experiência. Diz aí, Bóinha:

Um mês de imersão neste vasto mar de comentários. Haja fôlego, Comandante! Lembro do ingênuo sentimento ao receber o memorando do RH. Após seis anos, enfim uma promoção! Imaginava que, neste novo cargo, gozaria de sombra, água fresca e até uma piña colada ocasional, daquelas com guarda-chuva em miniatura. Afinal, pensei, o que mais teriam a perguntar os leitores, diante de posts tão detalhadinhos?

Pois é. Cá estou, algumas centenas de perguntas respondidas depois, ainda sem ver nem sombra da tal piña colada. Ao contrário do que imaginam, por aqui não há refresco! Os pedidos de SOS não param de surgir. Ainda bem que existem tripulantes que ajudam a fazer tudo fluir de vento em popa. Mas ainda há quem tente nadar contra a corrente, procurando na página de Maceió informações sobre Nova York; os que quase se afogam nos planos, querendo conhecer toda a Europa em 15 dias; fora as inúmeras requisições recebidas por neve no verão e sol no inverno, como se tivéssemos trânsito com São Pedro. É, Comandante, às vezes um drink cairia bem!

Mas, se falta calmaria, sobra diversão. Quando mergulhei no Comentódromo, passei a viajar na viagem de muita gente. Planejar um roteiro só não é mais gostoso do que lançar-se na própria aventura. Hoje, dando uma força para a tripulação, sinto como se estivesse prestes a arrumar as malas para Punta Cana, Buenos Aires, Foz do Iguaçu, e fico bem tentada a esticar ali pelo Nordeste (possivelmente mais para o sul, fugindo das chuvas que chegam no próximo mês). Boiando em um mesmo lugar, já aprendi sobre tantos outros!

Na qualidade de Bóia, vejo esta como a minha missão: mostrar a quem está à deriva que com poucas braçadas se chega longe. Por isso, em vez de uma resposta direta, muitas vezes encaminho a uma outra página do site, indico uma discussão na mesma caixa de comentários, passo o endereço de outros blogs. E nunca, nunquinha, escolho entre dois hotéis, duas cidades, dois países por ninguém! Vou checar com o RH, mas acho que até mesmo por contrato estou proibida de fazer isso.

Um velho ditado de família diz que, melhor do que entregar um colete salva-vidas, é ensinar a flutuar. Pesquisar deve ser um prazer, e decidir, um risco maravilhoso! Que os oceanos de links sejam desbravados! Que as marés de informação nos levem para todo lugar! Que o Viaje na Viagem nos oriente, e que o Google nos guarde! Que… Ok, deu para pegar o espírito.

Por fim, gostaria de agradecer pelas boas-vindas que recebi por este primeiro mês como respondedora oficial dos comentários. Mas não sou nova por aqui! E todo o tempo de garota-propaganda deste site, graciosamente cedendo minhas curvas ao cabeçalho?

Cordialíssimas saudações,

A Bóia

Ilha Grande: passeio de saveiro

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


65 comentários

Adorei seu texto Bóia! Vc tem mesmo o dom da palavra e do humor, como nosso COmandante.
Mas, concordo com a Malu, desconfio que é uma bóia masculina, pela introdução que teve o texto da viagem Rio-SP e por alguma menção feita pelo Riq em algum post…
Mas, só esepculação para animar o misterio… hehehee….
Parabéns Bóia!

Bóia,
Brigadão (ou seria Brigadona?) por toda a ajuda que tem me dado, particularmente. E vc escreve muito bem, parabéns!

Minha mãe sempre diz, quando alguém entra em um período de entressafra: “o melhor a fazer, agora, é boiar”.
Genial, Riq!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.