Milão: 10 Corso Como, a mãe das concept stores

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

10 Corso Como, Milão

A loja mais bacana de Milão fica razoavelmente longe do Quadrilattero da Moda, a área delimitada pelas vias Montenapoleone, Manzoni, Sant'Andrea e della Spiga, habitada pelas übergrifes de sempre.

Não dá para dizer que ela é única porque andou abrindo filiais em Tóquio e Seul. Mas certamente é a pioneira em seu estilo, e costuma disputar com a Colette de Paris o título de loja mais cool do planeta. Me refiro à 10 Corso Como, loja-conceito cujo nome é o próprio endereço.


Visualizar 10 Corso Como, Milão em um mapa maior

Aberta em 1991 (seis anos antes da Colette) por uma ex-editora da Vogue italiana, a 10 Corso Como foi a loja que lançou o conceito de... loja-conceito -- traduzindo: lojas autorais, em que a curadoria do dono/comprador vale tanto quanto as grifes (e as não-grifes) que seleciona para vender.

A 10 Corso Como não tem vitrine. Quem passa pelo Corso Como desavisadamente não tem como saber que atrás daquela passagem discreta existe uma loja tão cultuada. Só ao ganhar o pátio você percebe a loja (na verdade, o que você vê primeiro é o café).

10 Corso Como (café)

O que eu mais gostei ao conhecer a loja pessoalmente foi a total falta de afetação do ambiente. É supertranqüilo entrar e circular pelos salões. Mesmo quem não tem interesse em comprar (como eu) vai achar inusitado ver vestidos caríssimos expostos ao lado de quinquilharias exóticas e artigos para casa.

10 Corso Como (loja)

O complexo também tem uma livraria, uma galeria, um café-restaurante e até um pequeno hotel de apenas 3 quartos, o 10 Corso Como 3 Rooms.

10 Corso Como (livraria)

É fato que a Colette ficou bem mais famosa -- primeiro por estar em Paris, e depois por mudar totalmente de cara toda a semana. Mas a 10 Corso Como tem um astral bem mais gostoso.

Você já foi à 10 Corso Como? Conte o que achou!

10 Corso Como. Abre: de 6ª a 3ª das 10h30 às 19h30; 4ª e 5ª até as 21h. Metrô: Porta Garibaldi.

Leia também:

Última Ceia em Milão: se esgotar online, compre por telefone

Milão: curtindo a noite em Navigli

Todas de Milão no Viaje na Viagem

Os carros desta viagem são alugados com todos os seguros pela Mobility Cars.

O grupo Pestana e as Pousadas de Portugal apoiam esta viagem.

O Mondial Travel é a assistência viagem oficial do #viajenaviagem no projeto Europa de carro.

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email

12 comentários

Nick
NickPermalinkResponder

Eu já estive várias vezes no local, e concordo com o Ricardo...não tem aquela afetação da Colette. Dá para circular na boa que ninguém te incomoda e se precisar de alguma informação, eles são super solícitos. É legal também dar uma passada na galeria pra ver se está rolando alguma exposição interessante.

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Adorei o post com tema moda. A 10 corso como é bem legal mesmo. Se vc nao conhece corre o risco de ficar circulando por ali um bom tempo até entender o conceito ( aconteceu comigo). Estilo totalmente diferente da Colette, a mesma diferença da moda francesa pra italiana.

Kristen
KristenPermalinkResponder

Em que pese o mérito da Corso Como como pioneira das concept stores, acho que para o turista brasileiro de classe média, aquele que poupa o seu salário para viajar, não vale a visita. Isso porque tudo lá é caríssimo e está fora do nosso alcance, a não ser que você esteja disposto a dar 50 euros num bloquinho de anotações ou 200 euros num tênis All Star. As roupas e os perfumes nem tive coragem de perguntar o preço. Sem duvida a loja é muito bacana mas eu penso que o objetivo de se ir a um estabelecimento comercial é comprar alguma coisa e não apenas visitar. O pior é que alguns guias e revistas de viagem ficam enchendo a bola da loja e recomendando como se fosse alguma coisa acessível, foi o que me levou até lá achando que ia conseguir comprar alguma lembrança bacana de Milão.

Tattiana
TattianaPermalinkResponder

Mas afinal é uma loja de luxo ou é uma loja popular?
Pelo que eu entendi é uma loja de luxo. Pode ter o clima cool, ser despretenciosa e ter um atendimento bacana, mas não é uma loja popular, isso os guias devem ter falado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tattiana! É uma loja de luxo, tem até algumas coisas em conta, mas não está escrito em lugar nenhum que é popular.

Kristen
KristenPermalinkResponder

Mas verdade seja dita, o Riq e os comentaristas acima tem razão quanto ao clima "amistoso" da loja, não me senti intimidada pelo ambiente, e há coisas lindíssimas expostas. Tendo-se o dinheiro e a disposição para pagar o preço sugerido dos produtos não há problema.

Rafael Victor
Rafael VictorPermalinkResponder

A 10 Corso Como é bacana, mas a loja mais legal de Milão, especialmente por ser "acessível", é a La Rinascente. Ela possui filiais nas outras cidades de grande porte, como Florença, Roma e Veneza, mas a matriz de Milão é maior, melhor e mais variada. Vale á pena a visita.

Graziela
GrazielaPermalinkResponder

Estou indo à Itália com minha família.Tenho 2 filhas adolescentes e desde bebes, aproveito para comprar as roupas das meninas no exterior, por ser bem mais barato q no Brasil.Vc tem uma boa dica pra compras com preço bom em Milão? Obrigada,Grazi

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Graziela! Veja essa dica de outlet:
http://www.viajenaviagem.com/2011/11/compras-na-toscana-os-outlets-valdichiana-e-space-da-prada/

Não espere encontrar roupas a preço de banana como nos Estados Unidos. Os descontos não são tão grandes.

Andreia Fernandez

Olá, preciso de mais algumas dicas, ficar em um hotel na região da Corso Como, fico muito distantes dos pontos turisticos de Milão... e ir de Milão para Veneza de carro, eu tenho que ir até Mestre, ai pego um barco para veneza...ou vou de tren... Me ajudem, que souber, Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andreia! Vá de trem, não faz absolutamente nenhum sentido alugar um carro para ir a uma cidade onde o carro não é usado.

Um hotel próximo à 10 Corso Como é o Una Hotel Tocq.

Silmara Cuel Coimbra

Achei um charme... Em primeiro lugar vc não imagina o que encontrará lá dentro. Despretensiosa, mas com estilo e bom gosto além dos modelos mais "afetados". Vale a pena a parada para conhecer e tomar um café ou um spritz.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar