Milão: curtindo a noite em Navigli

Naviglio Grande, Milão

Levado por dicas deixadas pelo André Lot e muitos trips, programei minha primeira noite em Milão na zona boêmia de Navigli.

É um pouco longe, mas bem fácil de chegar. Basta pegar a linha 2 do metrô (verde) e descer na estação Porta Genova. Saia pela via Vigevano, vire à direita na via Corsico, e catapimba: você chegou à muvuca beira-canal.

Naviglio Grande, MilãoNaviglio Grande, Milão

Construídos entre os séculos 15 (com soluções de engenharia dadas por Leonardo da Vinci) e 18 (quando Napoleão completou o Naviglio Pavese), os navigli são canais feitos originalmente para possibilitar a navegação do lago de Como e dos rios Po e Ticino até o centro de Milão. Foram vitais, por exemplo, para o transporte do mármore que faz o Duomo ser o que é.

Naviglio Grande, MilãoNaviglio Grande, Milão

Com o advento dos automóveis os navigli foram abandonados — até que, há alguns anos, as áreas do entorno dos navigli Grande e Pavese tornaram-se pólos de vida noturna.

Naviglio Grande, MilãoNaviglio Grande, Milão

Nas imediações do Naviglio Grande (que é aonde se chega pela estação Porta Genova) a vibe é alternativa na medida, sem exageros. A zona tem mais bares e lojinhas do que restaurantes, mas fome você não passa. Na sexta em que cheguei, escolhi uma cantina/pizzaria napolitana que estava lotada, a Tradizionale, e não me arrependi: foi das melhores massas que comemos na Itália.

La Tradizionale, Naviglio GrandeLa Tradizionale, Naviglio Grande

Voltamos à região na noite seguinte, só que desta vez guiados pela Luisa. Ela nos levou diretamente para um aperitivo no seu bar preferido na região, o Rita. Ótimos drinks, e o aperitivo vem à mesa (não é buffet). A caponata de coelho estava divina.

Vodka, grapefruit e maracujá no RitaCaponata no Rita

Seguimos (de carro) para o outro naviglio boêmio, o Pavese. O destino era a trattoria moderna Chic & Quick, braço prêt-à-porter do badalado restaurante Sadler. Comida excelente — adorei o meu spaghetti com limão e bottarga, e fiquei com inveja do risotto milanese al salto (salteado) do Nick e da Luisa.

Chic & Quick, Naviglio GrandeRisotto milanese al salto, Chic & Quick

Due bellissime serate ai Navigli 😀

Leia mais:

19 comentários

Esse bairro é excelente. Super Seguro. Vc pode passear por todos os lugares sem medo. Voltava a pé a noite pelas estações Porta Gênova ou Rômolo passava pela praça Baden Powell sem problema algum. Tem tudo por perto, bares, restaurantes, paneterias, supermercados super simples e com toda infra e segurança.

Navigli é realmente muito agradável. Mas, na véspera do nosso retorno ao Brasil após uma viagem de 15 dias por outras cidades lindas da Itália, resolvemos parar em Navigli para jantar antes de dar entrada no hotel, após um dia de viagem que se iniciou em Veneza. Cerca de 1 hora depois voltamos ao carro e surpresa…. arrombaram o carro e levaram todas as nossas 3 malas com roupas e lembrancinhas compradas. As malas não estavam expostas pois o bagageiro do carro tinha a cobertura apropriada. O roubo ocorreu na rua do canal, Porta Ticinese. Esse post é somente para informar os leitores do Viaje na Viagem e não tem o propósito de diminuir a beleza que é a Itália. Por sorte estávamos há 2 dias de retornamos ao Brasil, pois ficamos, eu e a esposa, muito abalados com o ocorrido pelo sentimento de impotência e invasão. Dica: não deixem nada no interior do carro e preferencialmente não estacionem na rua.

Eu e meu marido vamos viajar para Milão e Zurique em julho por 10 dias(09 a 20/07). Devido às origens de minha família na Itália, gostaria de conhecer o bairro Navigli e ficar hospedada por lá, pelo menos três dias. Quero saber se é seguro, pois estaremos à pé, se o aeroporto de Malpensa é o mais próximo e se pode nos recomendar um hotel próximo de tudo, inclusive para conhecermos Milão. Também gostaria de saber se vale a pena conhecer o Lago Maggiore e ficar pelo menos uns 03 dias por lá. Ou se recomenda outra localidade próxima e que seja agradável. Já conhecemos os principais pontos turísticos da Itália. Gostaria de conhecer uma cidadezinha com poucos habitantes, antiga e sem muito turista. Será que tem algo assim por ali? Em Zurique ficaremos apenas os três últimos dias. No aguardo, grata,

Bairro bem mal encarado não fui com a cara.

Queria ficar lá hospedada por que é barato mas mudei de idéia.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.