Paisagem na janela: de Santiago a Mendoza de ônibus

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Só no janelão

Relato de março de 2010

Hoje de manhã comecei finalmente a voltar pra casa. Aos pouquinhos. O primeiro passo foi voltar à Argentina, terminando a costura do zig-zag que venho fazendo há cinco semanas. Peguei um ônibus de linha em Santiago para Mendoza.

El boleto

Comprei a passagem pelo site da Andesmar, o único que aceitou meu cartão de crédito brasileiro. Ao chegar ao Terminal Sur (de onde saem os ônibus internacionais de Santiago) pude ver que continuam operando as lotações a Mendoza: taxistas ficam anunciando suas partidas nos corredores da estação.

Mendôça aí bôi xô!

Eu pensava que tinha comprado as poltronas da frente, mas a configuração do ônibus no site era diferente da vida real. Hmpf. Fiquei com uma vista lateral mesmo.

A janela esquerda também tem seu valor

Para quem faz a rota Santiago-Mendoza, o melhor lugar para sentar é o direito, para ver os Caracoles -- a seqüência de curvas vertiginosas na subida final dos Andes. (A descida é bem menos acentuada.)

Caracoles!

Mas é da direita que se vê o Caracol

O lado chileno tem os Caracoles, mas a paisagem é mais bonita do lado argentino, com formações rochosas espetaculares -- e uma linda represa de águas azulzíssimas quase no fim do caminho.

Do lado argentino

Do lado argentino

Do lado argentino

Do lado argentino

A única desvantagem de fazer esse trajeto de ônibus -- com relação a fazer de táxi, de carro ou de excursão -- é que não há paradas para tirar fotos. Todas essas fotos foram tiradas pela janela, com o bumba em movimento.

Foram 6 horas e meia de viagem (incluindo aí os 45 minutos perdidos na imigração, que funciona de maneira conjunta num posto só), mas a paisagem é tão bonita que não deu pra sentir.

Mais um cartão postal e eu tenho um treco!

Só tenho uma coisa a dizer. Depois de cinco semanas vendo cartões-postais e mais cartões-postais, se eu por acaso vir mais uma paisagem bonita, mas umazinha só, juro que eu surto mrgreen

Leia mais:

682 comentários

Marinês
MarinêsPermalinkResponder

Não brinca não !!!
As fotos estão lindas, e a descrição dos locais perfeitas.

Tatiana Vasconcellos

Lindas as fotos. Vi algo parecido num passeio que fiz em Mendoza. Fiz esse mesmo trajeto, de CATA, mas na madruga. E já achei bonito, mesmo no escuro. smile beijos.

taís
taísPermalinkResponder

Tem outra desvantagem: não poder contemplar o Aconcágua e o parque nos arredores.

Ricardo Freire

Bem lembrado eekops:

José Luiz - Viver a Viagem

Que incríveis as fotos!!

Mas me diga uma coisa, o vidro da janela do ônibus estava limpíssimo para chegar ao ponto de nem se notar que as fotos foram tiradas de dentro do busão ou houve algum tratamento nessas fotos?? grin

Mari Monteiro
Mari MonteiroPermalinkResponder

Fiz essa mesma viagem o ano passado no sentido contrário! Na verdade, vim de Buenos Aires para Mendoza e depois até Santiago. Espetacular!
Ps: fiquei 3 horas na imigração

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Que legal Riq !
Foi aí que ví o meu primeiro Condor .
Fiz essa travessia de trem , e nunca esqueçi
as montanhas cobertas de neve.
Era inverno, o trem usava correias , e em alguns trechos
dava para descer do trem em movimento e caminhar na neve mais rápido do que a máquina.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Eu comprei um de pelúcia, bebê, em Valle Nevado! mrgreen
Mas não vi nenhum de verdade.... sad

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ahhh que sonho!!!

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Que incrível, Riq!!!
Deve ser uma viagem sensacional!
Ansiosa por sua avaliação de Mendoza.
O segundo semestre que me aguarde...

Agora minhas energias estão voltadas para minha viagem a Portugal, ueba também.

Pavan
PavanPermalinkResponder

Essa estrada, no inverno, é uma das mais bonitas por que passei!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Como você consegue tirar estas fotos de dentro do ônibus? Eu nem fora dele... Semana que vem vou pra Portugal, mal posso esperar Enquanto o meu dia de embarcar não chega, vou viajando com você.
Bom retorno!

Cibi
CibiPermalinkResponder

Riq a vantagem de ir de lotação, alem da alfandega ser bem mais rapida, e que voce tem 3/5 chances de ir pela janela, ou 100% se comprar os 3 lugares de tras para viajar em 2 com mais conforto, que e uma dica que dou.

pS... Vimos condores bem de perto em Cordoba, na Sierra de Caramucha, aguardem nosso post sobre Salta.

Alex melo
Alex meloPermalinkResponder

Fiz Santiago-Mendoza 2 vezes, uma com neve e otura sem. A subida dos Caracoles é sempre impressionante... o dupla de países maravilhosos estes

Cristina
CristinaPermalinkResponder

De tanto ficar ansiosa com a viagem de férias daqui a 2 meses, surgiu outra a trabalho daqui a 2 semanas, então a sua tá me deixando ficar mais tranquila wink Antes tem a ConVnVenção!!!

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

que bela travessia! E que belas fotos, mesmo com o bumba em movimento, hein? Pensei MUUUITO em fugir pra Mendoza quando estava no Chile em janeiro, mas os voos estavam caros e acabei nao indo. grande ideia fazer a travessia assim.

JB
JBPermalinkResponder

Riq,

Esta travessia é mesmo linda. Pena que vc não pôde parar no meio do caminho. O passeio até o mirador do Aconcágua e a Puente del Inca são interessantes.

Vem cá, vc não se sentiu uma formiguinha diante do paredão de montanhas por todos os lados?

Carol Garcia
Carol GarciaPermalinkResponder

Nossa, Riq! Nossa, Riq! NOSSA, Riq!!! smile

Blog Boa Viagem

Dállee! Ariba rumbo a Los Libertadores! A viagem com as paisagens mais maravilhosas que já vi em toda minha vida wink

Amélia
AméliaPermalinkResponder

A cada curva do caminho um surpresa!E nós surtando do lado de cá, atras da telinha!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Fiquei me devendo a travessia terrestre - com o pouco tempo de que dispunha, preferi a meia horinha de vôo... As fotos estão muito lindas - já valem como estímulo para voltar! wink

Meilin
MeilinPermalinkResponder

...SIN ALIENTO! Que fotos MA-RA-VI-LHO-SAS!!!! Parabéns Riq :roll:

Chris
ChrisPermalinkResponder

Quando estivemos em Mendoza fizemos o trajeto pelas montanhas até a fronteira com o Chile. A paisagem é realmente sensacional!!! Quando chegamos próximos à fronteira pegamos neve e o Aconcágua estava bem visível. Foi lindo!!!!!!

Mariana "de Toledo" (@merel)

Peguei um Cata de Buenos Aires para Mendoza no janelão da frente! Acho que a desenvoltura das rodomoças deveria ser mencionada wink

Essas paisagens são estonteantes. Eu nunca me impressionei tanto com um lugar. Senti uma paz imensa. Quero voltar e conhecer mais coisas smile

Mira
MiraPermalinkResponder

Ricardo, não sei se está procurando dicas de Mendoza, mas mesmo assim vou recomendar a Ampora Wine tours, que faz visitaçes a viniculas que achei maravilhosas e super bem escolhidas (além dos guias serem muito bons e atenciosos o grupo é bem limitado, num dia fomos só nos, no outro, nós e um casal)e tambem o The Vines, na praça central da cidade, que tem ótimas degustaçoes por precos muito bons.
Mira

Ricardo Freire

Acabei alugando um remis para fazer um tourzinho bem específico (vim sem reservas e está tudo lotado pra Semana Santa). Mas vou no Vines of Mendoza, sim (usei o guia deles para escolher a vinícola que visitei).

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Olá Ricardo!
Faremos esta viagem de Santiago a Mendoza de onibus no final de abril. Vc pegou muito frio no alto da cordilheira? Como está a cidade de Santiago? E Mendoza, o que vc nos indica para conhecer?
Obrigada! E parabéns pelas reportagens!
Marcio

Ricardo Freire

Viajei de mangas curtas e peguei um pouco de frio na aduana. É bom deixar o casaco do lado de fora da mala.

Santiago está OK, só algumas vinícolas ainda não estão recebendo visitantes ou fazendo visitas completas. Cheque antes de ir.

Mendoza tem degustações em vinícolas, passeios à base do Aconcágua e muitas atividades de ecoturismo de aventura.

ANDRÉC
ANDRÉCPermalinkResponder

Essa viagem é realmente muito bacana. Quando eu fiz tava tudo coberto de neve... muita neve ... o que deixava a estrada ainda mais perfeita...

zemafa
zemafaPermalinkResponder

Olá Riq
é possível fazer Mendoza, Rosario e Córdoba em uma viagem só? Tipo, um delas como base - Córdoba? - e as outras em passeios mais curtos?
Obrigada

Ricardo Freire

Você pode fazer três bases para visitar os três arredores, mas usar uma dessas cidades como base para bate-voltas às outras não dá não.

martha
marthaPermalinkResponder

Oi, Ricardo!
Primeiro comentário no teu blog!!!! Adorei o livro "100 dicas...". Comprei antes de ir a Baires há 3 semanas e as dicas foram muito úteis.
Já fiz esta viagem de Mendoza a Santiago de ônibus (tenho fotos incrivelmente parecidas com as tuas, enlouqueci com as cores das montanhas e os "caracoles") e voltei de Santiago pelo mesmo caminho de carro, com um grupo de amigos, uma festa! Paramos em Puente del Inca e mergulhamos os pés em uma pequena piscina de águas termais que borbulhava, chamavam de "taça de champanhe". Foi demais! Deu saudades, o passeio foi em janeiro de 2004, long time ago...
Virei fã do blog, aproveito pra ler comentários sobre viagens pelo eixo Argentina-Uruguay, já que meu marido e eu estamos planejando 8 dias de férias no final de abril.
Abraços

rosana favalli

ligo todos os dias só cai na caixa postal.beijos. saudades

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Parabéns! Estou louco pra fazer esta viagem.
Abraços,
Marcelo
http://www.brasiladentro.com.br

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Parabéns! Lindas fotos. []'s Marcelo.

Daniel
DanielPermalinkResponder

Essa é a estrada mais bonita pela qual já passei. Realmente fantástica!

A trip que fiz passando por ela tá relatada em www.la-expedicion.blogspot.com

Abraço

Glória Mayer
Glória MayerPermalinkResponder

Oi Ricardo, adorei teu blog e todas as dicas que vc postou, estou indo para Mendoza no final de Maio e vou fazer de Santiago a Mendoza de onibus. Qual a tua sugestão para comprar o assento de frente superior. Depois que vc falou que a configuração do site é diferente fiquei em duvida.
Grata
Glória

Ricardo Freire

No meu caso foi diferente, mas não sei se isso acontece sempre.

Angélica
AngélicaPermalinkResponder

Oi Ricardo!
Qual é a melhor época para essa travessia? E qual é o tempo ideal para essa viagem (quantos dias em Santiago e em Mendoza)?

Ricardo Freire

É bonito o ano inteiro, Angélica. No inverno tem o "plus" da neve -- e a possibilidade da pista fechar. Por isso no inverno é bom ir com tempo sobrando.

Mendoza dá pra fazer bem em três dias (mais, só se você for enófila de carteirinha ou adorar turismo de aventura). Santiago precisa de no mínimo três dias também, mas tem mais coisas nos arredores a oferecer para quem fica mais tempo -- tipo até uma semana.

Mariangela
MariangelaPermalinkResponder

Olá, vou fazer uma segunda lua de mel com meu marido no feriado de setembro. Teremos 4 dias inteiros para curtir. O q indica? Santiago + alguma estação de esqui ou mendoza+alguma estação de esqui(qual?). Obrigada

Ricardo Freire

Santiago com esqui é mais viável. As estações são próximas e há transporte fácil. A estação próxima de Mendoza é Las Leñas, e não sei se é aberta para visitantes não.

Glória Mayer
Glória MayerPermalinkResponder

Ricardo, fiz de Santiago a Mendoza de onibus pela Andesmar, a viagem foi perfeita. A paisagem indiscritivél, Caracoles com neve é emocionante. Chegando a Mendoza nem preciso falar um charme só. Adorei, peguei várias dicas suas, principalmente no que diz respeito a reserva das vinicolas. Fiz a viagem no final de maio/10. Obrigada.

Ana Mutzig
Ana MutzigPermalinkResponder

Olá,

fiz essa viagem no carnaval desse ano, fui para Mendoza de noite e voltei de lá de dia. À noite parecia que eu podia tocar as estrelas de tão perto que estavam e de dia a paisagem é deslumbrante, tirei mais de 400 fotos.

Mendoza foi uma grata a barata surpresa: comida deliciosa e um passeio à vinícolas, azeiterias e licorerias, tudo por R$ 25,00.
E ainda fiz rafting no Rio Mendoza!
Indico o restaurante Mi Tierra.

Ana Claudia

Rossi
RossiPermalinkResponder

Oi, Ricardo.

Uma dúvida: você comprou a passagem de ônibus (Santiago/Mendoza) no local ou pela internet é possível?

Muito obrigado desde já!

Rossi

Rossi
RossiPermalinkResponder

Opa!!!!
Acabei de reler o post com calma! É a ansiedade!!

Foi mal!!!! Abraço!!! Rossi

Ricardo Freire

Beleza, então. Apaguei a minha admoestação smile

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi, Ricardo. Tudo bem? Vou de Mendoza para Santiago e estou em dúvida se compro a passagem de ônibus da empresa Cata ou da Andesmar. Vamos fazer a viagem de dia, pois estaremos com nossos filhos. Também gostaria de comprar as primeiras poltronas do piso superior, mas fico com receio de não dar certo, como aconteceu com você. Você poderia, por favor, me dar alguma dica sobre as empresas e/ou as poltronas ??? Muito obrigada.
Adri.

Ricardo Freire

Se você chegar em Mendoza com antecedência, vá à rodoviária pessoalmente e compre na empresa e no horário que ainda tiver disponíveis os assentos da frente. Ou faça como eu, compre pela internet e torça para a configuração online ser factual. Eu dei azar. Como você vê, meus superpoderes são limitados.

michele lima
michele limaPermalinkResponder

Olá estou indo para Santiago no dia 25/08,eu e minha filha vamos ficar 4 dias e depois seguiremos para Puerto Mont de ônibus,gostaria de dicas ,se compro a passagem lá ou aqui mesmo e os passeios fecho no hotel ou vou até uma agencia.

Ricardo Freire

Dá pra comprar pela internet http://www.turbus.cl/commerce/venta-pasajes.jsp ou quando você chegar.

É muito fácil se encaixar em passeios organizados. A recepção do seu hotel tem todos os passeios disponíveis na região.

Puerto Varas é muito mais bacana do que Puerto Montt.

https://www.viajenaviagem.com/category/puerto-varas

https://www.viajenaviagem.com/category/chile

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi Ricardo, valeu pela informação. Compramos pela internet mesmo e fomos na primeira fileira. Gostamos muito da CATA, foram atenciosos, o motorista dirigiu bem, nos orientaram bem na alfandega (divisa c/ Chile); enfim, a viagem foi muito bonita, valeu muito a pena!!! O meu filho contou todas as curvas dos caracoles. Gostaram muito.
Obrigada, Adriana.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Para quem for para Santiago e quiser fechar passeios, tem uma agencia de turismo chamada TURISTIK, no Pátio Bella Vista, que tem um cara muito legal chamado Jorge e que fala português. Ele nos ajudou muito e nos deu bastante dicas (não fechamos o passeio com ele, mas mesmo assim ele nos ajudou a achar o que precisávamos). Lá se pode acessar a internet também.

Clarice R.
Clarice R.PermalinkResponder

Fazer a travessia de carro em meados de outubro é uma boa? Tem neve ou não?

Ricardo Freire

Acredito que sim. É quando começa o degelo, mas deve demorar para perder toda a neve.

Marisa
MarisaPermalinkResponder

Oi Clarice,
Eu fiz uma vez Mendoza a Santiago em novembro, e na estrada não tinha neve, mas as montanhas ao redor, sim, para minha surpresa. Em Mendoza peguei um calorzinho abafado (a região é um vale), mas em Santiago e arredores tava bem mais frio e usei os casacos que estavam na mala. O que mais gostei além dos Andes nessa viagem foi de Isla Negra, uma das casas do Neruda, talvez a mais bonita, que você pode visitar num passeio bate-volta desde Santiago ou Viña.
Outra dica importante, para os países do Mercosul não é necessário o passaporte, mas é bom levar. Fui só com a identidade e os guardas me chamaram umas três vezes enquanto eu estava na fila da aduana. Um saco... Eu e todos os outros que em vez de passaporte levávamos só a identidade.

carolina romão

Oi , gente!

Alguém pode me dizer se vale mais a pena ir primeiro para Buenos Aires , Mendoza e , por ultimo, aulga estação de esqui no Chile, tipo valle nevado Ou sair de SP para Santiago e depois pra Argentina, com destino final em Buenos Aires?
Vou viajar sozinha , pretendo reservar 13 dias pro roteiro em agosto! Nunca viajei pra fora do Brasil e só viajei de avião duas vezes num bate-volta de SP para Brasília com o meu patrão. Ou seja, não entendo da burocracia de aeroportos e afins! MUito obrigada pra quem me ajudar!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Carolina
Se for fazer de ônibus o trecho Santiago-Mendoza em agosto fique de olho na previsão do tempo porque às vezes a estrada fecha. Minhas férias serão nessa época, andei namorando esse seu roteiro, mas mudei os planos por temer ficar presa na estrada. Uma opção é comprar passagens aéreas da Lan que vende ida e volta de Santiago a Mendoza por 49 dólares, sob razoáveis condições (4 dias de diferença ou a noite de sábado) - tem quem compre ida e volta para só usar um dos trechos.

Mendoza a Santiago é bem viável de ônibus (ou se conseguir esse vôo da Lan com precinho esperto), mas a Buenos Aires leva umas 12 horas. Todos os relatos que eu li elogiam os ônibus argentinos (serviço de bordo, poltronas confortáveis).
Para seu roteiro, além das dicas do viajenaviagem eu sugiro que você leia os relatos do 'mochileiros.com'. E se quer a minha ideia de roteiro para seus 13 dias:
Santiago, 4 noites, com visita ao Valle Nevado, ida a Mendoza (se possível de ônibus, aproveitando a 'paissagem'. 3 noites em Mendoza. Mendoza-BsAs, se possível de avião, mas se o preço fosse impraticável testaria a tal qualidade do serviço de bordo dos busões argentinos. 5 noites em BsAs.

Observações:
* Mendoza eu só andei estudando, faz parte dos meus planos, mas ainda não estive lá.
* Eu finalizaria em Buenos Aires porque acho mais 'divertida' que Santiago e certamente mais barata, até pela desvalorização do peso argentino. Logo no fim da viagem é legal bancar uma hospedagem melhor, um restaurante bacana, uns luxinhos como táxi... para isso BsAs é show.

nati
natiPermalinkResponder

Carolina,

O risco do paso fechar é bem real, eu já fiquei 3 dias em Santiago esperando a estrada reabrir. Dificilmente você ficara presa na estrada, ou antes, ou depois. Se existe previsão de tempestade no período que leva para atravessar, eles fecham por precaução e você nem começa. O problema acontece com quem para nas estações de esqui ou restaurantes e segue sem verificar.

A paisagem é tão impressionante, que para mim, valeu o risco, mas vale dizer, eu viajava sem reservas ou planos muito definidos smile.

Marisa
MarisaPermalinkResponder

Ah, esqueci de dizer, em Mendoza gostei bastante do restaurante Tristan.

Kurt
KurtPermalinkResponder

Fiquei confuso. O lado direito q

Kurt
KurtPermalinkResponder

Ricado, ótimas fotos e dicas. Só fiquei confuso com relação ao assento. O lado direito é em relação a quem está entrando ou quem está sentado?

tania
taniaPermalinkResponder

O lado direito de quem está sentado. Acabamos de fazer a viagem, pena que depois da fronteira já havia escurecido. A viagem eh um pouco cansativa, mas vale a pena pelo visual.

Rossi
RossiPermalinkResponder

Bom dia, Ricardo.

Visitando o link Mendoza me interessei pelo Aconcágua.
Você tem alguns links bacanas que podem me ajudar a buscar mais informações?
Agradeço desde já.

Rossi

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Rossi, eu fiz o passeio de 1 dia, chamado Alta Montanha. Sai de Mendoza, passa pelo Puente del Inca e vai até a entrada do parque do Aconcágua, onde vc o vê, tira fotos e pronto. Fiz pela Argentina Rafting, que também vende outros passeios de aventura bem legais. Eles te pegam onde vc estiver para o passeio. O site é http://www.argentinarafting.com/. Se quiser ver a minha experiência no passeio, está no meu primeiro blog de viagens:
http://www.getjealous.com/Adriane.
Boa sorte!

Carlota
CarlotaPermalinkResponder

Bom dia, Ricardo e amigos

Estou pensando em fazer esse percurso Santiago-Mendoza de ônibus em novembro, mas tenho uma dúvida e gostaria da ajuda daqueles que já o fizeram. Costumo passar mal quando pego estradas de serra e queria saber se esse caminho é muito sinuoso, do tipo que derruba quem sofre desse mal. Alguém saberia dizer?

Ricardo Freire

É bastante sinuoso.

Dani Purper-to

Oi Ricardo,
fiquei encantada com a paisagem que você mostrou nesta matéria, não me contive, me organizei e passei duas semanas rodando pela Argentina. Um espetáculo!!!
Chegamos em Buenos Aires, curtimos a cidade por 3 dias, alugamos um carro, fomos para Rosário, Córdoba e depois Mendoza.
O tempo não nos permitiu ir até Santiago, mas visitamos Uspallata. Que lugar lindo, acredito que o mais lindo que já vi na vida, que paisagem marailhosa. Não conseguimos chegar até Los Penitentes pois a estrada fechou por causa da neve.
O povo argentino é muito gentil e extremamente patriótico.
Foi uma viagem com ótimo custo/beneficio, como o real vale o dobro, muita coisa sai mais barata, o pedágio é muito barato, as estradas são muito boas. Rodamos 3.200km, gastamos 59,00AR$ de pedágio, alugamos um Corsa Sedan que fez 13km/L, com gasolina a 4,00AR$/L. Não reservamos hotel algum, levei uma lista com endereços de hoteis em cidades que planejávamos ficar, peguei tudo na internet, as tarifas não foram as mesmas por ser alta temporada, mas valeu. Hotéis 3 estrelas com tarifa diária média a 300,00AR$.

Já estou aqui futricando no seu site e vendo qual será meu próximo roteiro.

carolina romão

carolina romão
3 de agosto de 2010 às 14:45 | Permalink | Responder
Oi , gente!
Gostaria de fazer um roteiro pra principiantes: Buenos Aires, Mendoza e alguma estação de esqui , no Chile ou na Argentina mesmo.
Alguém pode me dizer se vale mais a pena ir primeiro para Buenos Aires , Mendoza e , por ultimo, estação de esqui no Chile, tipo valle nevado Ou sair de SP para Santiago e depois pra Argentina?
Vou viajar sozinha , com uns 13 dias de viagem.
Nunca viajei pra fora e só peguei avião num bate-volta de SP para Brasília com o meu patrão. Ou seja, não entendo de aeroportos e afins! MUito obrigada pra quem me ajudar!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar