Mendoza

Índice de posts
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Mendoza no Viaje na Viagem

18 hotéis em Mendoza comentados pelos leitores

Mendoza: agora com vôos diretos, pela Gol

Uma degustação em Mendoza

Mendoza: como visitar as vinícolas de ônibus, por Maura

Vindima em Mendoza: dicas dos leitores

Réveillon em Mendoza

5 roteiros para combinar Argentina e Chile na mesma viagem

Paisagem na janela: de Santiago a Mendoza de ônibus

Travessia Chile-Argentina com carro alugado: dicas dos leitores

Primeira viagem a Buenos Aires: um roteiro completo (inclui Mendoza)

Primeira viagem: roteiro dia a dia em Santiago do Chile (inclui Mendoza)

121 comentários

ELEYNE DEYANNYS DE SOUSA SILVA

Cheguei de Mendoza a poucos dias. Infelizmente, o centro da cidade está todo em obras, inclusive o Museu está fechado. No entanto, o que me chamou atenção é que não se come tão bem como havia lido nos sites; se você não pesquisar sobre os restaurantes com cuidado vai ter surpresas bastantes desagradáveis. Conseguimos comer muito bem e recomendamos os seguintes restaurantes: Azafrán (serviço e ambiente impecáveis e comida deliciosa), Francesco Barbera Ristorante (Italiano maravilhoso) e La Lucia (fomos no da Sarmiento - também excelente).

GILBERTO CASELANI

Acho importante destacar que nos almoços contratados junto as bodegas, ELES estabelecem o horário e servem todos os clientes ao mesmo tempo... Não é como um restaurante convencional que voce chega e vai sendo servido....

Lucia Helena Cruz Moya Cuevas

Chegamos de Mendoza há uma semana, e diferente do padrão, optamos por alugar um carro e visitar as vinícolas sozinhos e foi muito bom! Fizemos as reservas de degustação pelo site das vinícolas, em média 3 por dia. Visitamos 12 em uma semana e foi tudo perfeito, com atendimento pontual e muito organizado. Quanto a encontrar as vinícolas não tivemos problemas. A dica é comprar um chip no aeroporto para ter internet no celular por 8 dias, pagando apenas 40 reais pela semana. Para não ter problema, baixar no waze o percurso das vinícolas que serão visitadas ainda usando o wifi do hotel, para o caso do sinal ficar ruim no percurso você poder seguir por off line. Ao baixar o endereço, observe se é o mesmo que está no email de confirmação da vinícola, pois as maiores costumam ter 3 ou 4 sedes na região, então para não ter erro é melhor confirmar direitinho. Espero ter ajudado. Abçs,

Cassia
CassiaPermalinkResponder

Boa noite! Estou planejando uma viagem a Mendoza e as passagens mais baratas a partir de Buenos Aires são da Andes Líneas Aéreas. Alguém conhece ou recomenda essa companhia aérea?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cassia! No TripAdvisor as reclamações são muitas.

https://www.tripadvisor.com.br/Airline_Review-d12665305-Reviews-Cheap-Flights-Andes-Lineas-Aereas

Não planeje conexões entre os vôos de cias. diferentes. Se você usar o serviço desta cia., pernoite em Buenos Aires na ida e na volta.

Orce também uma passagem na modalidade múltiplos destinos, normalmente é o melhor preço, com toda a segurança de conexões:

http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum

Cassia
CassiaPermalinkResponder

Muito obrigada, Bóia! Depois dessas informações, não vou arriscar essa companhia, não!

thamy
thamyPermalinkResponder

Voltamos de Mendoza essa semana. Fizemos ótimos passeio e comemos muito bem. o q tive mai dificuldade de descobrir por ter varias informações conflitantes foi: qtidade de vinhos.No aeroporto de Mendoza eles são péssimos. Enfim as malas tem q ter 23kg, sem um kg a mais, senão vc paga 90 dólares de excesso. Sim vc pode trazer vinhos na mão, apesar do pessoal da TAM de la dizer q não. Corremos o risco de trazer pois já tínhamos estourado a cota de peso e chegamos com todas as garrafas, ninguém questionou nossa entrada com elas na bagagem de mão!!

Bárbara Queiroz

Boa tarde! Essa informação dos vinhos é legal. Compramos em Mendoza algumas garrafas e foi de boa passar na Aduana.Eles não deixam entrar no Chile com alimentos de origem vegetal e animal. Alfajor também pode comprar. O que soubemos no dia de voltar do Chile foi que cada um pode viajar com três garrafas na mão. Enchemos uma mala e ela acabou dando 30 kg kkkk. Só na hora da fila que ouvimos a atendente dizer que cada um podia levar as 3 garrafas.

Andreia Pessoa

Preparamos nossa ultima viagem para onecer a Argetina. Tiramos 20 dias de ferias fomos, em alguns
lugares armamos o nosso proprio itinerario e em outros contratamos as excursoes com anterioridade
porque sabíamos que queríamos visitar.
Percorremos Buenos Aires, Mendoza, Bariloche e toda a Patagonia ate o faro del fin del mundo.
Todos cartoes postais maravilhosos!!
Contarei de cada um desses lugares próximamente. Mas sim quero deixar uma segestao, se querem
conhecer Mendoza armem seu itinerario e excursoes com This is Mendoza. Eles solucionam tudo, e
proporcionam experiencias incriveis. Nos pedimos pra visitar vinícolas e compriram com cada ponto
prometido, e nos surpreenderam com a atençao a todo momento. Conseguem os passes pras vinícolas
que nem sempre se consegue e verificam que tudo saira em tempo e forma.
Fiquem atentos prque logo contarei sobre nosas aventuras na Argentina!!!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Alguém sabe informar se em Mendoza funciona serviços de transporte como Uber e Cabify?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Ainda não, mas deve chegar ainda este ano.

Existe uma página no site do Uber em que você pode ver a lista das cidades atendidas:
https://www.uber.com/pt-BR/cities/

Também é possível simular uma corrida usando o seu aplicativo. Basta modificar o local de saída. Se o aplicativo não aceitar, é porque não funciona na área.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Que pena. Estaremos de carro mas queríamos um motorista para nos levar às vinícolas. Alguma recomendação? Há o equivalente a nossa fiscalização de Lei Seca na cidade?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Seu hotel indicará remises (carros com motoristas-guias). Antigamente tínhamos uma seção de indicações, mas deu muito problema, muitos guias se fazendo passar por clientes e/ou fazendo campanha, como se aqui fosse o TripAdvisor.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Obrigada!!

Manoella
ManoellaPermalinkResponder

Acabei de voltar de Mendoza e deixo uma dica importante por aqui! As informações sobre quantidade de vinhos que podem vir na mala de mão são confusas, mas confirmamos com a TAM e trouxemos 6 garrafas que é o limite permitido! Fizemos inclusive uma conexão no aeroporto de Santiago e não deu problema algum! Não sei se as informações variam de acordo com a cia aérea, mas acredito que não! Super obrigado por todas as dicas de vocês! Foi maravilhoso!

Régis Jr
Régis JrPermalinkResponder

bom dia,
Levo reais e troco por pesos em Mendoza, ou é melhor levar dólares? as lojas, restaurantes e vinícolas aceitam reais? chego por Santiago direto para Mendoza,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Régis! Leve dólares para trocar lá e/ou use cartão de crédito.

Silvana Gallo
Silvana GalloPermalinkResponder

Boa noite!

Estou tentando comprar a passagem de Mendoza para Santiago no site da Cata, mas datas futuras estão indisponíveis.
O calendário só aceita até final de fevereiro. Eu quero comprar para abril. Estou tentando com antecedência, pois li que o ideal é conseguir os assentos 1,2,3 e 4 na parte superior do ônibus.
Alguem saberia me dizer com quanta antecedência o site permite a compra?
Grata
Silvana Gallo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvana! A lógica leva a intuir que as vendas são feitas até o final do mês seguinte. Monitore no começo de fevereiro e no começo de março. A se manter o padrão que você percebeu, estarão disponíveis no começo de março.

Eder Agnelo
Eder AgneloPermalinkResponder

Olá!!! Boa Tarde!!!
Alguém pode atualizar as melhores casas de câmbio e a cotação do dólar em Mendoza? Continua valendo mais a pena levar dólares mesmo né?
Obrigado, Eder.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eder! Temos alguém da equipe nesta semana em Mendoza e teremos notícias sobre isso em breve. Normalmente é melhor levar dólar. Remises não aceitam reais. No verão, pode ser que reais sejam mais valorizados, devido ao fluxo de argentinos ao Brasil. Saberemos nos próximos dias. Depois do verão, certamente é melhor levar dólar. Leve reais apenas se puder trocar em Buenos Aires.

Eder Agnelo
Eder AgneloPermalinkResponder

Ok, obrigado pela atenção.
Na verdade estou indo semana que vem, no carnaval, se tiveres alguma notícia até lá eu agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eder! Provavelmente até amanhã já saberemos.

Eder Agnelo
Eder AgneloPermalinkResponder

Bom dia, Bóia!!!
Alguma notícia de Mendoza?
Ats, Eder.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eder! Emendamos um passeio atrás do outro esses dias todos. O dia de apurar informações práticas no centro de Mendoza será hoje.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eder!

Há quatro casas de câmbio perto uma das outras, na esquina de San Martín com Espejo/Cajamarca.

Nas quatro o dólar tem uma cotação parecida, e compatível com a de Buenos Aires. O real varia: num mesmo dia, a Mariana encontrou cotações entre 6 e 6,50. (Em Buenos Aires no Banco Nación do Aeroparque estava 6,30.) Então, se você for levar reais, faça a ronda das quatro casas de câmbio -- de manhã, quando todas estão abertas. Algumas fecham à tarde (e reabrem às 17h para funcionar até as 20h).

Neste momento, está valendo mais a pena levar reais. No inverno, a situação deve ser diferente.

Eder Agnelo
Eder AgneloPermalinkResponder

Muito obrigado pelas informações.
Ats, Eder.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar