Puerto Iguazú: vale a noitada (e até o pernoite)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

El Quincho del Tío Querido

Das três cidades da Tríplice Fronteira, Puerto Iguazú é a menorzita -- e a menos visitada pelos brasileiros. Na maior parte das vezes passamos batidos pelo lugar. Depois de visitar o lado argentino do parque, fazemos a parada regulamentar no free-shop, que fica à beira da estrada, perto da fronteira, e voltamos ao Brasil. Há quem volte à noite, normalmente para fazer uma fezinha no cassino, que fica na entrada da cidade.

A cidadezinha argentina tem outras qualidades, porém. Não chega a ser bonita, mas é compacta -- e oferece, em poucas quadras, coisas que Foz, grandona, torna mais trabalhosol achar: bons restaurantes, vida noturna. O próprio pessoal de Foz de Iguaçu gosta de fazer incursões gastronômicas por lá. Nos fins de semana a quadra da muvuca (Brasil entre Misiones e Félix de Arara) lota com a moçada vinda de Foz.

Há três modos de usar Puerto Iguazú.

Pit stop na volta do parque

As lojas estarão todas abertas, mas muitos restaurantes fecham entre o almoço e jantar. Duas boas opções permanecem abertas: o Aqva e o Terra (falo deles em seguida). O cassino só abre às 18h.

Jantar + cassino ou balada

As duas churrascaria mais famosas da cidade são  El Quincho del Tío Querido (Bonpland, 110, entre Misiones e Perito Moreno; tem shows folclóricos ao vivo à noite) e La Rueda (Córdoba, 28 -- a rua da rodoviária).

Eu testei outros dois restaurantes. À tarde, almocei no Terra (Misiones 125), que tem pratos com sotaque asiático feitos na wok. Recomendo. Funciona também como bar -- é o ambiente mais charmoso que vi na cidade (mas está fora da muvuca brazuca, e por isso andava meio devagar no dia em que passei na cidade).

Terra, Puerto IguazúTerra, Puerto Iguazú

À noite me encontrei com o nosso PêEsse e a querida Gerliana naquele que é tido como o restaurante mais sofisticado da cidade, o Aqva (na Córdoba, a rua da rodoviária, esquina com Carlos Thays).

PêEsse e Gerliana

Pedimos um sortido de entradas (entre elas, a "sopa paraguaia", um empadão delicioso) e depois emendamos com bife de chorizo, trio do mar e panqueque de dulce de leche. Os trips potiguares não me deixaram nem ver a conta (!), mas me lembro pelo cardápio de que os preços eram menores do que no Brasil, porém sensivelmente mais caros do que se encontraria em Buenos Aires.

Sopa paraguaia e outras mumunhas mais, no AqvaBife de chorizo no AqvaPanqueque de dulce de leche

A outra zona com muitos restaurantes é a quadra da Brasil entre as avenidas Victoria Aguirre e Misiones. Por ali há lugares bacaninhas como a pizzaria Il Fratello, que também tem bons pratos italianos na carta (Gustavo Eppens, 294, quase esquina com Victoria Aguirre).

Jackie Brown, Puerto Iguazú

O povo da noite se concentra (sobretudo às sextas e sábados) na Brasil entre Misiones e Félix Azara. Por ali tem os bares bochinchados Jackie Brown (Brasil esquina Paraguay) e La Tribu (Brasil 149). Tem discos também, como a Cuba Libre (Paraguay esquina Brasil) e a La Barranca, na avenida Costanera, que é reduto quase 100% de brasileiros de Foz.

O cassino abre das 18h às 5h. Não é permitida a entrada de menores.

Para dormir

Se você gosta de sair a pé à noite para jantar (coisa que é difícil fazer no centro de Foz, e impossível entre a cidade e o parque brasileiro), e quer fazer o lado argentino com calma (isto é: em duas visitas), considere passar uma ou duas noites em Puerto Iguazú.

O grosso das acomodações são albergues e hotéis pouco estrelados, voltados para mochileiros e mãos-fechadas. No centro da cidade, a alternativa mais civilizada é o hotel Panoramic, que fica à beira-rio. (Na entrada da cidade, dá pra ficar no Iguazu Grand, onde está o cassino, mas a caminhada para o centro não é agradável.)

Uma opção intermediária e muito conveniente é o hotel Saint George, um quatro-estrelas que fica em frente à rodoviária e tem quartos a 100 dólares. (Para quem está sem carro, estar em frente à rodoviária é ótimo, porque é de lá que sai o ônibus El Práctico, que vai ao parque argentino.)

Eu não acho muito negócio ficar nos hotéis entre a cidade e o parque, porque isso eliminaria a tal vantagem de sair a pé à noite do hotel...

Mas atenção: dormir em Puerto Iguazú só vale a pena para fazer o lado argentino com calma (e também para seguir viagem de lá a outros pontos da Argentina, como as Misiones). Fazer base na Argentina para ir ao Brasil só compensa se você estiver de carro; e para ir ao Paraguai o programa de índio ganha mais dois tacapes. Um bom esquema para quem não se importa de trocar de hotel é passar duas ou três noites no Brasil e uma ou duas na Argentina.

Leia mais:

224 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Flávia
FláviaPermalink

Olá,

sou do Rio e estou planejando uma viagem com meu namorado a Foz do Iguaçu seguindo até Buenos Aires. Começamos a planejar agora e queremos fazer algo no estilo mochilão, dormindo em hoteis mais baratos, e gastando somente com as atrações, boas noitadas e restaurantes. Nada de ficar em hoteis quatro estrelas ou coisas do tipo.

Preciso de ajuda e estou visitando varios blogs p pegar dicas de viajantes.
Primeiro vamos de avião Rio - Foz. Chegaremos em Foz as 10 da manhã e minha intenção era ir direto as cataratas no lado brasileiro (que ouvi dizer não é tão interessante), atravessar a fronteira de ônibus depois e curtir o fim de noite em Puerto Iguazu. No dia seguinte faremos o lado Argentino e a noite partimos p Buenos Aires. Minha maior dúvida é se iremos a Buenos de carro alugado parando nas cidades do caminho (sei q o caminho é longo rs) ou se vamos de avião e aproveitamos p fazer as cidades ao redores de Buenos de carro.
Gostaria de dicas sobre hoteis com preço bacana no centro de Puerto (que sejam limpos!!) e a curta distância para os bons bares e restaurantes.

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flávia! O serviço sobre a noite de Puerto Iguazú está dado no post, por favor leia com atenção grin

Não é barato nem mochilonesco alugar um carro no norte da Argentina e devolver em Buenos Aires. A taxa de devolução em outra cidade é medida em quilômetros rodados. Mochileiro que é mochleiro anda de ônibus; o ônibus na Argentina é muito bom. Há um problema sério no seu planejamento logo no primeiro dia; você pensa em ir com a mochila nas costas ao parque brasileiro? É preciso primeiro deixar suas coisas num hotel ou albergue...

Bruno
BrunoPermalink

Olá, primeiramente parabéns pelo site! sempre que viajo acesso para pegar as melhores dicas da net!
Estou indo no reveillon para Foz. Ficarei 5 noites por lá. Pensei em passar duas noites em puerto iguazu e três em foz. Gostaria de saber a oferta de taxi lá principalmente a noite, e tbm se é barato como BsAs? e tbm se o hotel saint george fica próximo do aqva e el quicho del tio querido... dá pra ir andando? ou é melhor pegar um hotel só em foz e pronto?

A Bóia
A BóiaPermalink

Alô, Bruno! Sim, o St. George fica bem no centrinho de Puerto Iguazú. Não há necessidade de táxi à noite, a cidade é bem pequena.

Jacqueline Costa
Jacqueline CostaPermalink

Olá!
Chego em Foz dia 24/12 à tarde e volto de manhã no dia 31/12 pra São Paulo. Estamos indo no estilo mochilão, queremos ficar em hotéis mais baratos e curtir mais a noite e atrações.
A princípio reservei 7 noites no Hotel Rouver em Foz, mas estou querendo ficar duas dessas noites em Puerto Iguazú. Só paguei a primeira diária (R$140 - quarto triplo).
Qual hotel ou hostel vocês me recomendam? Preferencialmente algum bom, bonito e barato e mais ou menos nos padrões do Rouver...
Brigadão!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jacqueline! Você encontra dicas de albergues em Puerto Iguazú neste outro post: https://www.viajenaviagem.com/2011/04/albergues-hostels-pelo-mundo-os-relatos-dos-leitores/

Jacqueline Costa
Jacqueline CostaPermalink

Brigadão Bóia!!

Já entrei em contato com o Hostel Inn, mas como meu irmão é menor de idade, não vai rolar...
Estou falando com o pessoal do Che Lagarto, vamos ver o que vai dar!

Tati
TatiPermalink

Oi,vou chegar em Foz na sexta feira dia 30-12-11,gostaria de saber um lugar bom,barato e animado para passar a virada do ano.Em Foz ou em Puerto Iguazu.Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tati! O Comandante recomenda baladas, restaurantes e bares no texto -- dê uma olhada, e consulte para saber qual a programação de Ano Novo!

Pablo Augusto
Pablo AugustoPermalink

Ola Bóia, primeiramente gostaria de parabenizar pela matéria sobre "Puerto de Iguazú", ficou show.

Então, eu sou de Rondônia, to preparando uma viagem com meu primo pra ir no Paraguai fazer umas compras, e decidimos ir por Foz, assim poderiamos aproveitar e passear, ve as cataratas, porem à noite gostariamos de sair, em baladas e ótimos barzinhos. Eu gostaria de saber se compensa ficar nessa cidadezinha da argentina para ir para o paraguai todo dia pra fazer comprar ? "vamos ir de carro próprio", sãl quantos kilômetros de Puerto de Iguazu até a ponte da AMIZADE ? quanto é a base de preço da diaria dos hoteis ou albergue economicos ? vale a pena ficar nesses hoteis economico/confiavel ? da umas dicas aee.. vlw's

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Pablo! Para ir da Argentina ao Paraguai é preciso passar pelo Brasil. Se o seu objetivo são compras, a Argentina não é o melhor lugar para ficar. Há albergues também no Brasil. Pesquise em http://www.hostelworld.com .

Simone
SimonePermalink

Decidi meu destino!! Meu desejo é ir pro feriado de 1 de maio, que cai numa terça.
Como faremos 3 anos de casados, pensamos numa viagem mais light pra gastar menos.
Mas não ligamos pra opções românticas. Queremos uma boa cama e um banheiro decente.
O q vc me sugere pra 4 noites? Chegariamos na sexta e terça retornamos pro RJ.
Dá pra curtir a noite de puerto iguazu e voltar pra foz? Qual distância entre elas?
Qual lado seria melhor nos hospedarmos? Em qual localização?
Eu soube que há operadoras de passeios nos hotéis e alguns disponibolizam transporte próprio. Vc me indica alguma?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Simone! Nossas indicações de hotéis em Puerto Iguazú estão no texto, por favor releia com atenção.

Puerto Iguazú fica a meia hora de distância de Foz do Iguaçu.

Veja a opinião dos leitores sobre hospedagem do lado brasileiro:
https://www.viajenaviagem.com/2010/05/onde-ficar-em-foz-no-centro-ou-na-estrada/

Em todos os hotéis você encontrará panfletos e folhetos de operadoras que fazem passeios e oferecem traslados.

Leia nossa página sobre Foz do Iguaçu:
https://www.viajenaviagem.com/destino/foz-do-iguacu/

Raisa
RaisaPermalink

Olá! Sou de Curitiba e estou planejando ir à Foz de ônibus, ficar uns dias hospedada lá, e passear em Porto Iguaçu, uma noite ou duas (cassino e restaurante com show de tango).

Gostaria de saber qual a melhor forma de comprar esses passeios? Se em alguma agência de turismo de Curitiba, se numa agência de Foz ou de alguma outra forma? Qual a sua opinião?

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Raisa! Em todos os hotéis você encontrará panfletos de agências que levam você a todos passeios.

Você também pode alugar um carro e fazer por conta própria. Vai do estilo da pessoa.

Simone
SimonePermalink

Obrigada pelo retorno.
Estou lendo tudo direitinho e tomando nota.
Como foz é pertinho de puerto iguazu, estou na dúvida de onde vale mais a pena se hospedar.

Núbia
NúbiaPermalink

Como está o clima em abril? vale a pena escolher um hotel com piscina ao ar livre no início desse mês de Abril?

A Bóia
A BóiaPermalink

Alô, Núbia! Dê uma espiada nas médias de temperatura e chuvas: http://www.weather.com/outlook/travel/businesstraveler/wxclimatology/monthly/graph/ARMS0120

Guilherme
GuilhermePermalink

Olá, estou querendo ir a foz, da para acordar bem cedo ir pra argentina, fazer carataras, passeio em puerto e parada no duty no mesmo dia ? posso alugar um carro na unidas e ir a puerto sem problemas ? tipo sei q eles não autoriza mas da para entrar ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Guilherme! Entre em contato com a locadora para ver sobre a disponibilidade de carros para atravessar à Argentina. Não atravesse se não obtiver permissão. Qualquer problema e você vai pagar caríssimo, pois nenhum seguro vai cobrir a sua quebra de contrato.

Sylvia
SylviaPermalink

Guilherme, Ciudad Del Este durante a semana abre cedo( 8h) e termina cedo ( 15h já tem muitos fechando as portas); as Cataratas do lado brasileiro devem ser visitadas antes das 15h e Puerto Iguazu é legal no fim do dia e a noite.
É facinho de chegar em todos de transporte publico e taxi ( conte com 1h para deslocamento entre cada um dos pontos ); ou seja tens que sair de Ciudad Del Este para as Cataratas antes das 11 da manhã.

Guilherme Sttellet
Guilherme SttelletPermalink

Olá, gente achei em foz do iguaçu uma locadora de veículos que da gratuitamente a autorização de entrada na argentina e a diaria do veiculo básico não fica nada mais que R$104,00 ja com o seguro do veiculo, é um conforto para quem quer ir a argentina visitar as cataratas, ir no dutyfree e jantar em puerto iguazu sem precisar dormir na cidade. procure por ECODRIVE. espero ter ajudado, e nem posso esquecer de agradecer a nossa querida Boia pelas publicaçoes sobre a cidade que nos ajudam muito. obrigado tbm a Sylvia.

jetro
jetroPermalink

Estive em foz agora no Carnaval. Ficamos hospedados no Paraguay (Hotel Casa Blanca) mto boa relação custo/benefício além de estar dentro de condominio privado o que nos dava mta segurança!!
Fomos jantar 2 vezes em Puerto Iguazu:
- El Quincho del Tío Querido: confesso que esperava mais, parilha como outra qualquer, atendimento honesto.
- Te Amare Maitena: Este sim, valeu a pena... nosso, melhor restaurante da viagem, ambiente cool, moderno, mas elegante, garçons super atenciosos, comida saborosa (achei o bife de chorizo muito mais gostoso do que o do El Quicho), e o sorvete de duce de leche estava maravilhoso!!!!!

Rodrigo
RodrigoPermalink

boa noite pessoal
Que tipo de moeda tem que leva para foz do iguaçu

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Leve reais mesmo.

Sonia Nabuco
Sonia NabucoPermalink

Em junho estarei indo para Dionísio Cerqueira (Sc) mas vou por Foz do Iguaçú. Gostaria de saber se de PUERTO IGUAZÚ existe algum transporte para Bernardo de Irigoyen pois me disseram que indo por Puerto Iguazú o caminho é muito mais curto.Desde já, muito obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Sonia! Parece que sai às 9 horas da manhã. Infelizmente não conseguimos localizar o nome da empresa. Note que o post é antigo, de 2007.

http://blogdelatriplefrontera.blogspot.com.br/2007/07/una-linea-muy-especial-iguaz-andresito.html

ANDRE
ANDREPermalink

Parabéns pelas informações. Vou ficar hospedado no Iguassu Resort. Queria saber se tem táxi de madrugada, na saída da balada de puerto iguazu para os hoteis da rodovia das cataratas no brasil.
Obrigado!
André

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, André! Tem.

Alex
AlexPermalink

Parabéns pelo site muito útil. Gostaria de uma sugestão estarei indo com minha esposa para foz período 25.06 retorno 02.07 pretendo ficar até o dia 30 pela manhã em foz e partir para Puerto Iguazu atá o dia do retorno 02.07 volto por foz mesmo. estarei sem carro como você sugere que eu faça: me hospedo por puerto iguazu ou fico em foz e faço esse translado? e a noite existe taxi ou transporte para voltar a noite para foz?
abraço

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Alex! É possível voltar de remis à noite. Se pernoitar por lá, fica mais fácil.

wellington
wellingtonPermalink

Bom dia, amigo tenho uma duvida, eu todo ano vou a foz e as cidades vizinhas, porem esse ano eu vou com meus familiares, porem um deles só tem a identidade militar, gostaria de saber se portando a CNH ele consegue ingressar em Puerto Iguazu, pois eu acho que foi criado um artigo permitindo, mas mesmo assim tenho minhas duvidas...
Um forte abraço e aguardo o seu retorno...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Wellington! A CNH é válida no território argentino. O carro é que precisa ter seguros especiais. Mas parece que rodando apenas até 30 km da fronteira não há problema.

jo
joPermalink

Estou pensando em viajar para Foz e gostaria de saber se a CNH eh aceita como dumento para ingressar em Puerto Iguazu ( nao vou de carro, seria somente para ingressar mesmo), ou somente com RG eh possivel? Li que tem um acordo firmado em 2009, porem nao consigo saber se ele ainda esta valendo.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jo! A CNH é válida sim.

itaciara carvalho
itaciara carvalhoPermalink

Oi, estarei em foz dia 22 de junho, gostaria de saber qual o nome da cidade argentina mais próxima de Foz do iguaçu, e se seria mais barato pernoitar nesta cidade na argentina ou em Foz??? Desde já agradeço.Em foz encontrei um hotel que para um casal pernoitar e 140 reais, será se na argentina é mais barato???

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Itaciara. O nome da cidade, como você pode ler no post, é Puerto Iguazú. É indicada para quem quer curtir o lado argentino. É complicado para vir todo o dia para o Brasil e bastante inconveniente para compras no Paraguai.

itaciara carvalho
itaciara carvalhoPermalink

Então, minha perguntinha foi um pouco confusa. Vou explicar.
Vou estar sexta -feira em Foz, mas neste dia gostaria de ir no final de tarde para argentina e pernoitar apenas sexta-feira na argentina. Sabado já vou passar a noite em foz do iguaçu mesmo, pq já terei passado este dia no paraguai. E Domingo para o parque do lado brasileiro. Gostaria de saber orientação quanto a :
- hospedagem: se seria mais barato voltar da argentina e dormir em foz do iguaçu, em algum hotel, ou se dormiria na argentina e voltaria de manhã para foz do iguaçu?????
- compras: me informaram que na argentina é mais barato, isso é verdade???

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Itaciara! Compras são mais baratas no Paraguai. Viajar com mala para cá e pra lá não é muito cômodo.

Ana
AnaPermalink

Olá! Bom dia.

Eu e uns amigos estamos indo para Foz no dia 06/07 e voltaremos dia 16/07. Gostaria de saber o que tem de bom pra fazer a noite nesta cidade? Quanto tempo de lá para o Paraguai (fazer compras)? Precisa tomar a vacina (febre amarela)? Só com a identidade consiguimos ir a esses outros países (Argentina e Paraguai)?

Desde já agradeço.

Sem mais, subscrevo-me.

keila monica
keila monicaPermalink

Oi , estive em Puerto IGUAZU EM 2011 LA TEM UMA FEIRINHA ANOITE COM VARIAS IGUARIAS MUITO DELICIOSAS FICA ATRAS DO CACINO VISITEM LA VAM GOSTAR MUITO , UM VINHO E UM EXCELENTE QUEIJO ARGENINO MUITO BOM

Luciano
LucianoPermalink

Estive em Puerto Iguazu por um dia (26/06/2012), pois estava visitando Foz. Fui apenas visitar a cidade que foi para mim uma decepção total! A primeira impressão é que a cidade está em amplo processo de decandência, com muitos prédios mal cuidados!
Fomos andar pela cidade para ver se comprávamos algo, como couro e algumas comidas típicas como queijos e embutidos! Outra decepçao, primeiro porque eles nao colocam o preço em quase nada e quando se pergunta o preço é lá em cima! Outra decepçao foi com o almoço! Decidimos almoçar em um restaurante bem central, se nao me engano na avenida brasil (angelo restaurante). Francamente foi uma das piores e mais caras comidas que já experimentei. Um bife cheio de gorduras/nervo mais batatas boiando no óleo, uma pizza com 4 pedaços, 1 suco de laranja e uma pepsi:71 reais!!!!!! Absurdo! Quem disse que alimentaçao na Argentina é barato está mentindo e muito!!! No supermercado a mesma coisa!!! Voltei correndo para o Brasil onde jantei super bem e paguei 28 reais!!!

Amelia
AmeliaPermalink

Já eu tive uma outra experiência, Luciano.
Já estive 3 vezes em Puerto Iguazu(a 1ª há 35 anos era um deserto...) e pude constatar um melhora da cidade, cada vez mais descolada, com novos hoteis, restaurantes, inclusive muito bons, que você só consegue comer com reserva, as lojinhas são pobres, mas nas ruazinhas você acha algumas lojinhas de design, como em Bs As, e a feirinha tem produtos da terra a preço muito bons, como queijos, alfajores, vinho, doce de leite ....

Mariana Ferreira
Mariana FerreiraPermalink

Gostaria de saber se eu for para puerto iguacu de taxi , terá como voltar de taxi ? E perigoso andar de taxi na cidade ?queria saber se consigo pacotes para ir no duty fere e cassino no mesmo dia.? Irei em agosto obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariana! Encontram-se táxis e remises com facilidade em Puerto Iguazú. Preferindo ir de passeio organizado, pergunte na recepção do seu hotel, eles têm os contatos.

Gidione Lopes
Gidione LopesPermalink

Olá Mariana, eu tb estou indo em Agosto para Foz e pretendo alugar um carro pois fica mais barato do que taxi se quiser dividir as despesa do aluguel da carro? vou ficar 3 dias lá.

Danielle
DaniellePermalink

Oi
Estou indo pra Foz em agosto e planejo passar uma noite em Puerto para ir ao Cassino e a um restaurante que valha a pena. Meu marido queria ir a um que tivesse show de tango. Existe?
E o que são remis? É verdade que lá os taxis não cobram por taximetro, e sim por preço fixo?
Obrigada desde já.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Danielle! Aparentemente há show de tango no Casino Iguazú, informe-se ao chegar.

http://www.facebook.com/casinoiguazu

Os táxis cobram por corrida, que é tabelada. Remises são carros com motoristas que são contratados via agências ou telefone, não ficam na rua como táxis.

Danielle
DaniellePermalink

Obrigada, Bóia!

Vc tem algum remis pra indicar?
E tem algum restaurante em Foz que eu não posso deixar de ir?
Só mais uma coisa: li algumas informações de Peurto Iguazu e indicaram dois lugares: a sorveteria Grido e o restaurante Te amare maitena. Vc conhece? Indica?

Obrigada novamente!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Danielle! Não temos referências destes lugares, mas se a fonte é boa, devem ser bons.

Não temos indicação de remises. É fácil conseguir.

Amelia
AmeliaPermalink

Em maio o preço do taxi era de 50 reais. Pegavamos o onibus para ir de Foz para a Argentina e voltavamos de taxi, não tem outro jeito.Não se esqueça de reservar o jantar se for no El Quincho del Tio Querido!!!

Fernanda
FernandaPermalink

Olá,
Estou progamando meu Fim de Ano para passar em Puerto, mas tenho dúvida de onde me hospedar.
Pretendo passar 3 dias na Argentina, 1 no Paraguai e 1 em Foz. Gostaria de me hospedar em Puerto pois acho que deve ser mais interessante que Foz e os hotéis parecem ser mais charmosos e baratos.
Tenho receio quanto a locomoção (ônibus, taxi ou aluguel de carro), e se eu teria dificuldade de atravesar do Paraguai para Puerto com compras e depois voltar para o Brasil.
Obrigada desde já,
Fernanda

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fernanda! Se você estiver sem carro, é melhor ficar no centrinho, perto da rodoviária; é mais prático para curtir os restaurantes, aproveitar a noite e também para fazer os passeios. Os hotéis também estão preparados para agendar traslados para qualquer parte.
Veja mais dicas de deslocamento aqui: https://www.viajenaviagem.com/2010/05/foz-do-iguacu-carro-alugado-taxi-ou-onibus/

Antonio Luzardo
Antonio LuzardoPermalink

Ricardo, não sei se já informaram antes; mas, na dúvida, aqui vai uma dica para não ser enganado por taxistas, em Foz do Iguaçu (e em outros locais também):
http://precodotaxi.com/foz-do-iguacu
Abs,
Antonio Luzardo

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Antonio! O link não funcionou!

Mariana Ferreira
Mariana FerreiraPermalink

Na aduana argentina consigo um visto no passaporte

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariana! Se você enfrentar a fila da aduana, terá seu passaporte carimbado com o registro de entrada. No caso, passe na volta para carimbar a saída. Não há visto para a Argentina.

junior
juniorPermalink

estou querendo passar o ano novo em foz alguem poderia me dar algumas dicas,tipo festas na virada,melhores lugares para passear irei dia 30 e voltarei 03/01/2013

Letícia
LetíciaPermalink

Olá nunca fui para Foz e gostaria de passar o reveillon irei dia 29/12 e voltarei dia 01. Pretendo ficar no Pietro Ângelo, alguém já foi? Tem algum restaurante legal para casal curtir a ceia de reveillon. Aguardo dicas.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Leticia! Tente o Aqva.

Marisa
MarisaPermalink

Boa tarde, gostaria de saber se é possivel entrar na Argentina, apenas com o R.G,caso, seja possivel, se existe alguma tipo de restriçao quanto a data de expedição deste do R.G

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marisa! É possível ir com o RG, não com a CNH. A sua foto precisa estar identificável.

César Maurício
César MaurícioPermalink

Olá!
Gostaria de alguma dica de onde comprar vinho em Puerto Iguazú

Danilo Fellipe Mingarelli

Não entendi.Para entrar em Puerto Iguazu na Argentina posso somente apresentar a CNH?
Se eu chegar em Foz do Iguaçu eu encontro hotel com preço acessivel sem reserva?Na Argentina tb é facil?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Danilo! A CNH não é documento válido em fronteira. É possível passar pela fronteira e permanecer legal até 30 km, mas se você for fiscalizado na passagem vai precisar mostrar carteira de identidade ou passaporte.

Não recomendamos chegar sem reserva em lugar nenhum. É um desperdício do seu valioso tempo de viagem e não garante descontos.

Marcus Pimentel
Marcus PimentelPermalink

Ola vou viajar agora em outubro para foz do iguaçu sei q o limite de compras no duty free e 300 dolares mais quanto posso gastar na cidade de misiones? existe algum limite para compras em shopping e no paraguai o limite e o mesmo

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcus! Em viagens rodoviárias o seu limite é 300 dólares a cada 30 dias. Se você comprar 300 dólares no Paraguai, precisa esperar 30 dias para comprar 300 dólares na Argentina se quiser fazer tudo legalzinho.

Marcus Pimentel
Marcus PimentelPermalink

obrigado mais ainda tenho duvidas entao quer dizer se gasto 300 dolares no duty free eu nao posso comprar mais nada em loja alguma eh isso eh? nem artesanato posso trazer?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcus! Compras no duty free no exterior não entram na cota de isenção. Só compras feitas em free shops ao desembarcar no Brasil.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/compras-no-exterior-conheca-limites-isencoes-e-impostos/

Jose Alfredo
Jose AlfredoPermalink

Olá

Estou com uma reserva para o carnaval, de 7 a 10 de fevereiro no Loi Suites Iguazú. Uma barbada, U$ 500 com o ISS para as três noites.
Mesmo pretendendo ficar os três dias exclusivamente em Puerto Iguazú (depois passarei mais dois em Foz) estarei a 5 km do centro.

Queria alugar um carro, mas independente de carta verde, alugando o carro em Foz, enquanto este estiver fora do território brasileiro não está coberto por seguro (colisão, furto roubo e incêndio). E não tem solução, nenhuma locadora oferece seguro que cubra fora do país.
Uma solução seria alugar por dois dias um carro em Porto Iguazú, mas tem outro problema: voltar dirigindo os 5 km depois da balada ou de um jantar regado a vinho.
Ou seja, para ir ao centro à noite não escaparia do taxi.
Não há solução para romper este isolamento, que não seja taxi.

Mas o hotel parece muito bom e mesmo contra a dica maior: em Pueto iguazú, sem carro, fique no centro, alo me diz: não é furada, não vai ser.
Tenho vasculhado os posts atrás de uma luz e eis que acho: comentário de 04 de maio de 2010, escrito pelo próprio Ricardo Freire.
“Acho que esse seria um “destination hotel” — para sair só para ir ao parque, desencanando total da cidade, e aproveitando para descansar no hotel”.

Agora já tenho um esboço de estratégia básica para parte argentina da viagem:
Na primeira noite, entro no hotel e dali não saio, com certeza.
No segundo dia, sexta-feira, cataratas argentinas, o dia inteiro. Para noite, se não for aio centro há os restaurantes nos hotéis das proximidades.
No sábado, dou um pulinho no Free Shop (já que não vou ao Paraguai mesmo), talvez volte ao parque e, à noite, vou de taxi para o centro.

José Alfredo

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, José Alfredo! Quando voltar, conte sobre a experiência pra gente!

Luciana L.
Luciana L.Permalink

Olá turma viajeira, em Foz do Iguaçu fiquei no hotel Golden Tulip (antigo Internacional), que fica mais perto do Centro. Recomendo. Os quartos são bons e o hotel tem uma piscininha legal para depois dos passeios. Para ir a Puerto Iguazu, seguimos a dica que li aqui no VnV, pegamos uma van para o Cassino e de lá pegamos um táxi. Foi um esquema um pouco estranho, pois na frente do Cassino não passava nenhum taxi e os funcionários ficavam olhando pra gente com uma cara estranha quando viram que estávamos procurando taxis. O Cassino é bem decepcionante. São duas salinhas com uma roleta e poucas mesas de poquer, maquinhinhas, etc. Tem um restaurante no Cassino, mas o preço é fora do padrão "de mercado" em Foz. Jantamos em Puerto Iguazu e foi legal, comida ótima, mas não espere mais que isso. A cidade é horrorosa e ficamos até com um pouco de "medinho" de sair da rua principal. Buen viaje!!

marcio jose da silva
marcio jose da silvaPermalink

Boa Noite
Em Puerto Iguazú aceita Reais ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcio! Aceitam, sim.

Antônio Brun
Antônio BrunPermalink

Estive em Puerto em outubro e poderia dar minhas dicas (em agradecimento as que peguei aqui) e no TripAdvisor, onde postei esse mesmo texto:

Acabei de chegar de Puerto em 08/10 e já me sinto a vontade em retribuir as dicas:

1- Primeiramente vou falar sobre o último "tema" em discussão: que moeda usar. Saquei apenas 600 pesos no banco de La Nacion e foi mais que suficiente (passei 3 dias por lá). Usei basicamente para pagar taxi, pois fiquei no Boutique Hotel de La Fonte (falo dele adiante) e devido ao ENORME calor, não dava pra andar até o centrinho com frequência. Em dois almoços que fiz por lá (no Il Fratelli) e só percebi que poderia pagar em reais (cash), ao digitar a senha na 2ª vez. E observando no meu celular (que tem o serviço de me informar qualquer transação bancária, verifiquei que paguei 6 reais a mais em cartão, do que se tivesse optado por reais cash (87 x 81 reais). Daí em diante, somente paguei em reais em TODOS os restaurantes que passei, pois na nota já vem as 3 opções: reais, dólares e pesos (em cartão se paga em pesos, que são convertidos para dólar e depois para reais). Ah, em alguns casos, até a "propina" dá pra ser em reais, pois tem garçons que preferem reais que peso.
Nos supermercados, a mesma coisa: o/a caixa lhe pergunta se vai pagar em reais ou peso. Na feirinha então, nem se fala, pois a maioria é de brasileiros mesmo (os feirantes). Se eu tivesse percebibo que poderia usar meus reais desde o início e tivesse ficado em um hotel no centrinho, só teria precisado dos pesos para pagar o passeio às cataratas argentinas (entrada a 90 pesos e transporte (ônibus(25 pesos/pessoa/trajeto)//táxi(100pesos/trajeto)).

2- Hotel--> O Boutique Hotel de La Fonte, é até razoável (bonzinho), mas não achei sua localização tão perto assim, como verifiquei em algumas dicas. Na verdade, minha primeira opção, era o Jardim Iguazu (localização/preço/qualidade), mas estava lotado. Para quem não se preocupa em andar uns 10 a 15 minutos, o HBF, pode até servir. Outro ponto, é que fiquei no quarto mais luxuoso, que tinha banheira e , apesar dela, não o achei tão luxuoso assim (paguei USD 180/ R$ 360) por noite. Mas o atendimento é bom, principalmente o Ariel e a Vanessa. café da manhã razoável e os preços muito caros (água 500ml a 14 pesos(7 reais)). Tem um restaurante, que não experimentei.

3- A cidade/bares/restaurantes --> Durante o dia, uma verdadeira cidade fantasma. Quase nada abre (descobri na minha chegada, que foi por volta das 13:30 h), o que a torna ainda mais feia (sim, durante o dia, ela é uma cidade muito feia). Porém, durante a noite, ela se transforma e fica FANTÁSTICA, com alguns bares e restaurantes sensacionais. Para beliscar/beber/ouvir música ao vivo, nada melhor que o Te Amare Maitena. E quanto a almoçar/jantar, seguialgumas dicas e gostei demais do A Piacere (experimentem o Bife de Chorizo ao roquefort). No Il Fratelli, acabei comendo duas vezes, por contingência e dos quatro pratos que pedimos, apenas o Surubi ao molho de limão esteve divino.

4- As cataratas --> Fiz primeiro as do lado argentino e foi tão emocionante, que durante o início da trilha das cataratas brasileiras, cheguei a ter a sensação de anticlímax. Mas, da metade do percurso do lado brasileiro em diante, fiquei maravilhado também (ou até mais, que do lado argentino). Concluí que é fundamental fazer os dois lados. Lembrando que do lado argentino se cansa muito mais e não se consegue fazê-lo totalmente em um só dia (fiz em um dia e reduzi minhas opções ao Sendero Verde, Paseo Alto e a Garganta). Aproveitei para comprar un alfajores Havanna. O detalhe, fica por conta do transporte. O ônibus que peguei na ida, custou 25 pesos/pessoa/trajeto (50 pesos /2 pessoas)e na volta, resolvi pagar um pouco mais (100 pesos), pois além de ter achado o ônibus (muuuuiiito lento), ele não tinha ar condicionado (fundamental naquele clima infernal) e nem sequer tinha chegado um na hora em que saí do parque.

5- A feirinha --> Muito badalada e, em parte, com razão. Há algumas guloseimas que valem a pena investir. Só não recomendo trazer a quantidade de azeitonas recheadas que eu trouxe, pois as tampas das embalagens saem/afrouxam e você fica fu*** na hora de trazer. Elas sujaram o quarto e depois a mala. Por sorte, levei uma mala pequena que utilizei como bagagem de mão e o prejuízo foi um pouco menor (só haviam azeitonas e alfajores nela). Não gostei do tempero para chimichurri, pois em nada se parece com o tradicional, que, aliás, aprendi fazer. NUNCA comam as empanadas da feira. Em nenhuma barraca. Elas são um meio termo entre empanada e pastel, não sendo boa como nenhum dos dois. Conversando com uma barraqueira, descobri que há somente um fornecedor de empanadas para toda a feira, por isso, após experimentar em 3 lugares, não via diferença nenhuma. Uma outra dica: comprem bastante alfajor La Recoleta Premiun (dulce de leite), pois apesar de barato (R$ 1,50 cada e numa cx com 12 sai a 1,25 cada), é o mais parecido com o Havanna (que sai a R$ 3,50 cada nas cataratas). E olha que experimentei cada um que encontrei na feira e nos supermecados. O "segundo" colocado, é um tal de Negro (a marca, não o tipo (do Punta Ballena por exemplo)), mas não o 3d (pois tem mais camada de massa).

6- Particularidades--> A água de Puerto, tem sódio (como em Santiago) e a melhor que você consegue, é a que tem SOMENTE 10 mg/L. Fiquem atentos. Cheguei a ver água da Nestlé com 79 mg/L.

7- Transfer--> O preço do aeroporto até Puerto Iguazu, é tabelado (aliás,para todo lugar) e ficou em R$ 80,00. Não procurei os taxistas comuns, porque antes liguei para vários e os preços eram o mesmo. Enviei e-mails para taxis e remises argentinos e o valor era até maior (na ida), mas na volta, pode-se conseguir preço melhor, após usar alguns dentro da cidade e conversar com o taxista. Eu acabei ficando com o mesmo taxista que peguei no aeroporto (Cabral -- tel: 45-8415-0070) e, apesar de ter conseguido preço melhor para voltar ao Brasil, dei-lhe preferência por conta de seus serviços durante minha estada (fiz com ele de Puerto até as cataratas brasileiras, passei no dutyfree, quando me esperou e ainda passou em uma zona eleitoral para que eu justificasse minha ausência). Paguei R$ 170,00 ida e volta no passeio e de novo R$80,00 no transfer de volta ao Brasil. om os taxistas de Puerto, gastava 15 pesos do hotel ao centro e na volta, pagava 15 pesos durante o dia e 20 a noite. E ainda os 100 pesos das cataratas até o centrinho.

8- DutyFree--> Por último e não menos importante, dica sobre o limite das compras no DutyFree, pois recebi VÁRIAS informações, antes e durante a viagem, incluindo no próprio DutyFree. Alguns diziam que não havia limite, outros somente USD 300,00 e outros ainda, que se eu estivesse na argentina, o limite seria de USD 300,00 e se tivesse no lado brasileiro, sem limite. Pois bem, somente na hora de pagar a caixa me informou que para TODOS os brasileiros, independente de onde estejam hospedados, o limite é o céu. Os tais USD 300,00, se referem apenas aos ARGENTINOS que saem do país, para o Brasil. Fez total sentido essa explicação. Nós podemos comprar o que pudermos carregar, já que na aduana brasileira, NUNCA nos param.

9- Experimentem a cerveja Patagonia. Muito boa!! Carinha, mas boa!!

bruno simpson
bruno simpsonPermalink

Olá,
estou indo para foz agora dia 20/11/12 e ficarei lá por 06 dias.
Estou pensando em não levar bagagens, pois gostaria de saber se poderia comprar no Paraguai uma mala de viagem, com roupas, vestuarios, calçados, etc, enfim me equipar com o que bastasse para essa minha estada por lá... porém, será que tenho que declara-los? Mesmo caracterizando-os como itens comprados para o meu uso, tirando as etiquetas e embalagens originais, etc? Se sim, como posso atravessar a fronteira de volta para o Bradsil, sem maiores constrangimentos, alugando um taxi ou pegando vans de viagens ou até ônubus?
Aguardo respostas!
Obg.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bruno! O problema maior são eletrônicos e artigos comprados em grandes quantidades para revender.

Bruno Simpson
Bruno SimpsonPermalink

Ok! Qual a forma mais viável (custo x benefício ) de fazer a travessia pra Ciudade de Leste?
Vans turismo, taxi ou ônibus? Considerando espaço para trazer uma mala de viagem comigo?

Bruno Simpson
Bruno SimpsonPermalink

Outra duvida: Viajaremos em 02 casais e ficaremos num hotel do centro de foz (Lanville) pensamos em alugar um carro basico (sem ar cond. sera q o clima daí precisa?) onde cotamos e conseguimos por um preço médio de R$85,00 imaginando termos certa mobilidade e independencia, etc, para conhecer e visitar os passeios, pontos turisticos, noite em puerto iguazu, etc, enfim, termos de uma forma mais comoda, completa, etc... Ao mesmo tempo vem a duvida; sera q vale a pena (dividindo esse valor diario por 04 pessoas) esse luxo de carro alugado ou seria mais economico pegarmos transportes alternativos, considerando idas e voltas a noite em puerto iguazu?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bruno! Veja com a locadora se a passagem para o lado argentino está permitida em contrato. Caso contrário você pode ter problemas com o seguro se acontecer alguma coisa no outro lado da fronteira. Alugar vale a pena.

Murilo
MuriloPermalink

Boa Noite

Alguem saberia me informar o horário de funcinamento das lojas em Puerto Iguazu? Preciso saber ate que horas as lojas ficam abertas.

Qual moeda é melhor eu levar para lá?

Att.

Thais
ThaisPermalink

Ola,
tenho uma dúvida, ficarei hospedada em Foz (Brasil) e gostaria de jantar no lado Argentino (tio querido).
É possível atravessar a fronteira durante a noite? chegar às 20h00 na fronteira Br-Ag atravessar para a Ag e depois, lá por umas 23h00 voltar para o Br??
Da última vez que estive em foz, na fronteira Ag o agente me informou que a mesma fechava às 17h00.
Será que perderei minha reserva no del tio?
Grata pelas informações.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Thais! Ou o agente não entendeu a sua pergunta ou você não entendeu a resposta. A fronteira não fecha.

Sabrina Mello
Sabrina MelloPermalink

Olá, eu e meu marido vamos para Foz do dia 29/12 e vamos passar o réveillon lá. Gostaríamos de dicas para passar a virada do ano. É possível passar no Cassino? Na parte da manhã e a tarde gostaríamos de aproveitar os passeios como Cataratas, Parque das Aves, Templo Budista e etc e anoite aproveitar os restaurantes, barzinhos, Cassino da cidade de Puerto Iguazu. Conseguimos fazer isso usando ônibus ou é melhor alugar um carro?
Obrigada pelas dicas.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Sabrina! Com carro é mais confortável, mas é possível, durante o dia, passear de ônibus. À noite, pegue táxi ou remis (se sair do lado argentino).

Vamos pôr sua pergunta sobre Réveillon no perguntódromo. Se alguém responder, a resposta aparecerá aqui.

Carla
CarlaPermalink

Para aproveitar a noite, é melhor estar de carro, principalmente se vcs estiverem hospedados no Brasil e quiserem ir para a Argentina. O pessoal da região costuma passar o reveillon nos hotéis de Foz: Mabu, Rafahin, mas é bom dar uma olhada porque costuma esgotar logo!

Sabrina Mello
Sabrina MelloPermalink

Tenho outra dúvida, é possível entrar na Argentina e no Paraguai com Carteira de Trabalho (a nova que parece um passaporte)?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Sabrina! Não dá para entrar com nenhum outro documento que não sejam o RG original e o passaporte.

Paula
PaulaPermalink

Olá Riq, Bóia e Trips!

Tudo bom?

Inicialmente, quero agradecer pelas valiosas dicas de BsAs. Retornei no último sábado e aproveitei várias informações do seu blog. A propósito fiquei hospedada no novíssimo Hotel Boca Juniors. Gostaria de registrar impressão sobre ele, mas não o localizei no blog.

Pois bem, quanto à Foz, estarei indo no Carnaval. Decidimos ficar no Bella Italia porque faremos o "circuito completo" (lado brasileiro, lado argentino, lado paraguaio e Itaipu). Com isso, as opções noturnas ficaram beeemmmm limitadas. Vc saberia me dizer se vale a pena pegar taxi para passar a noite em Puerto Iguaçu? Somos 4 pessoas (dois casais jovens.

Obrigada.

Paula.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Você pode deixar suas impressões sobre o Hotel Boca Juniors neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2011/01/hoteis-em-buenos-aires-os-depoimentos-dos-leitores/

Puerto Iguazú tem opções para a noite que em Foz do Iguaçu vocês não encontram. Se quiserem sair para jantar, ir ao cassino ou dar uma badalada, vale a pena.

Paula
PaulaPermalink

Oi Bóia,

Valeu pelo breve retorno.

Esqueci de perguntar se é tranquilo de achar táxi para ir e voltar para Puerto Iguaçu à noite. Afinal, estarei hospedada no centro de Foz...

Outra coisa: assim como em BsAs, será que vale a pena levar dólares?

Aliás, qual moeda deve-se levar à Puerto Iguaçu?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Os argentinos estão ávidos por dólar, se você tiver leve. Se não tiver, leve reais, que também têm boa cotação. De Puerto Iguazú a Foz volte de remis, o restaurante chama para você.

Paula
PaulaPermalink

Valeu, bóia! Seguirei suas orientações. Pena que não exista algum lugar em que possamos calcular os valores de remis... seria bom ter noção antes de viajar, né?

Marcio
MarcioPermalink

Olá Bóia.

Vou com minha família para Foz no final do ano, tenho uma criança de 1 ano que não tem RG, a certidão de nascimento é válido para entrar na Argentina?
Grato pelas dicas.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcio! Precisa ter RG e estar acompanhada dos dois pais, ou ter RG e autorização do pai ou mãe que não esteja presente.