Guia de Foz do Iguaçu: introdução

Guia de Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é mais do que um cartão postal. As Cataratas são a estrela principal de um dos destinos turísticos mais completos do Brasil, com atrações para toda a família.

Aves exóticas, a usina de Itaipu, bares de gelo, parques aquáticos, um templo budista, churrascarias argentinas, carros velozes para pilotar, compras no Paraguai e na Argentina, cassino, ruínas jesuíticas: quanto mais dias você ficar, mais terá o que fazer.

Planeje sua vinda com este guia prático de viagem a Foz do Iguaçu.

A Bóia recomenda

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

    406 comentários

    Olá Bóia! Vou fazer uma viagem para Foz no final deste ano de 2022 e gostaria de saber se vale a pena utilizar nas lojas e restaurantes cartão de débito internacional em dólar da Nomad ou C6, ao invés de ficar usando dinheiro, até por questão de segurança. Vale a pena? Eles são bem aceitos? No aguardo e muito obrigado!

      Olá, Guilherme! No Brasil você não consegue usar esses cartões com dólar carregado não. Na Argentina use dinheiro vivo, o câmbio nos cartões será sempre oficial, que deixa tudo o dobro do preço.

    Por favor , gostaria de ir do aeroporto de Foz do Iguaçu até a cidade de posadas na Argentina com algum transfer ( van, microônibus). Teria alguma empresa que faz isso pra eu ligar e acertar ? Vi aqui no site que tem ônibus de linha mas demora 5 horas pra chegar, queria fazer em menos tempo mas sem alugar carro.

      Olá, Andrea! Você teria que combinar com um taxista. Veja se o seu hotel de Posadas não manda um.

    Olá, gostaria de saber como faço pra ir de foz até o aeroporto de Cataratas Na Argentina, pois estou pensando em ir até lá e pegar um voo pra Buenos Aires, visto que é mais barato que pegar em foz

    Olá! Vou deixar algumas impressões e informações neste espaço de onde tanto bebo água sobre minha viagem a Foz do Iguaçu. Os comentários dos leitores neste Blog são também fontes riquíssimas para tirar dúvidas.
    Os passeios Itaipu Panorâmica, Parque das Aves e Vale dos Dinossauros superaram minhas expectativas. O passeio ao Templo Budista é dispensável principalmente se você já pisou na Tailândia.
    A Igufoz é uma excelente dica do VnV.
    Fiz um ótimo tour gastronômico em Puerto Iguazú. Fui o “fiscal” do VnV nessa turnê….rss…
    O câmbio blue estava ARS 61 / R$ 1.
    El Quincho del Tío Querido cambiava ARS 45 / R$ 1.
    La Rueda ARS 48 / R$ 1.
    Acqva ARS 50 / R$ 1.
    Os preços dos pratos eram muito semelhantes.
    O atendimento no La Rueda foi fraco.
    No Acqva, sem dúvida, o atendimento e os pratos (inclusive saladas) foi o melhor das três churrascarias. O “ojo de bife” derreteu na boca e valeu a viagem!
    Já no La Rueda e El Quincho del Tío Querido tinham a mesma qualidade de carne que as boas churrascarias no Brasil. Não me surpreendeu!
    Sobre a Western Union (WU). Liguei antes de viajar para a WU e garantiram que poderia retirar o dinheiro em Puerto Iguazú. E de fato consegui retirar o dinheiro em dois locais: Correo Iguazu e Ecopagos.
    Nos Correios me informaram que o limite máximo para saque era de 60.000 pesos argentinos. Preparem-se para o atendimento muito antipático. Solicitam xerox do seu passaporte (imprimam no hotel) e preenchimento de um formulário. Eu preenchi o formulário com caneta azul e preta porque fui “tocado” de um lugar que estava preenchendo com a caneta dos Correios. Depois de preencher o formulário e apresentar para o atendente, ele não admitiu o formulário com duas cores diferentes. Lá fui novamente preencher o formulário enorme. Atenção ao funcionamento dos Correios: 8h às 14h.
    No Ecopagos fui pela manhã e disseram que o atendimento para WU era somente das 15h às 19h. Cuidado com o intervalo do almoço (12h às 15h), pois não funcionam. Nesse local, pediram o xérox do passaporte, mas a atendente tirou a cópia internamente. Não há formulário para preencher. Há também falta de dinheiro. Teve pessoas que não conseguiram sacar.
    Fiz todo esse malabarismo para pagar com antecedência o Minitrekking e outros passeios na futura viagem a El Calafate. O excelente site https://en.patagoniachic.com/ me ofereceu a opção para pagar no Pago Fácil por meio de um número de referência.
    Outra questão importante: você consegue comprar ingressos nas cataratas da Argentina na bilheteria, evitando pagar mais do que o dobro os valores dos ingressos utilizando o cartão de crédito.
    As filas para atravessar a fronteira Brasil – Argentina são bem demoradas. Uma contra economia do país vizinho!
    Enfim, a Argentina parece que parou no tempo. Enquanto resolvi quase tudo na minha viagem ao Peru dentro do Brasil com os cartões de débitos internacionais, na Argentina é um grande transtorno você planejar uma viagem. Espero que a viagem vale muito a pena para compensar tanto esforço e contratempos no planejamento.

      Olá, Rodrigo! Poderias me informar ppr gentileza onde/como consigo adquirir pesos argentinos pelo câmbio blue? Irei para Foz no fim deste ano! Desde já obrigada!
      Karin

      Olá, Karin! O Rodrigo não usou o câmbio blue. Usou a Western Union/Pago Fãcil. Se você quiser adquirir pesos por valores parecidos com o blue, use uma das casas de câmbio de Foz, como a Atlas.

      Olá, Karin! A Bóia está correta. Eu utilizei a Western Union / Pago Fácil. Eu apenas informei o valor do câmbio blue a época com os valores trocados em reais por pesos argentinos diretamente nos três restaurantes. O VET (valor efetivo total) do meu câmbio na Western Union / Pago Fácil na época foi de ARS 52,60 / R$ 1 e R$ 53,55 / R$ 1.

    Voltamos ontem de Foz. Realmente usar Uber está muito complicado, muitos cancelamentos.

    Contratamos táxi indicado pelo hotel para ir e voltar das Cataratas argentinas (400 reais). Fila da fronteira é caótica, se for em carro próprio ou alugado espere ficar umas 2 horas em cada passagem por lá. Táxis têm uma fila preferencial, ficamos menos de 30 minutos em cada sentido. Novidade é que agora estão aceitando CNH na fronteira. Achei que valeu a pena pelo conforto e praticidade, ainda deu tempo de ir ao Marco à noite quando voltamos.

    Ficamos no Sanma (antigo San Martin), ao lado do parque das Aves e 10 min a pé do parque brasileiro, hotel excelente porém algo distante para quem quer curtir a noite do centro. Corrida de táxi pro centro à noite para jantar fica em 60/70 reais (cada perna) na bandeira 2 (após 20h).

    O que eu faria de diferente em uma próxima ida: 2 dias no parque argentino (dormindo lá).

    Itens essenciais: capa de chuva e repelente.

    Obrigado pelo guia, ajudou muito!
    Abs

    Galera, atualização em 29/11/2021… Onibus que sai do lado do TTU, que vai pra Argentina não está circulando e sem previsão de retorno… Se quer ir pra visitar as Cataratas da Argentina procurem outra opção… Tb se preparem pra volta pq é meio complicado pedir transporte por app estando lá… voltar foi meio perrengue mas ok valeu a pena, o pq e a vista das Cataratas lá são espetaculares!!!

      Olá, Fernando! Obrigada pelo feedback. Provavavelmente o ônibus da Argentina só retorne depois que o Brasil abrir a fronteira terrestre para argentinos. Hoje a fronteira segue fechada.

    Olá! Faço meus roteiros baseados nas dicas da Bóia e sempre deu muito certo 😉 Temos viagem marcada pra Foz para janeiro/22 e nunca fomos. Poderia me orientar quanto à distância entre os pontos turísticos (Cataratas, Marco, Itaipu, Puerto Iguazu etc) Obrigada!

    Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.

    Assine a newsletter
    e imprima o conteúdo

    Serviço gratuito