Villa La Angostura com crianças: os relatos do Amaro e da Ana

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Hostería Antuquelen, Villa La Angostura

Quando estive agora em março em Villa La Angostura, o vilarejo beira-lago a 80 km de Bariloche (e no caminho de San Martín de los Andes), vi que não eram exagerados os elogios que tinha ouvido sobre o lugar. Ainda estou devendo um post próprio. Ainda bem que o Amaro saiu do Recife agora em julho e levou as filhas de 7 e 10 anos (e os seus pais) para passar cinco dias por lá e nos presenteou com este testemunho. Sem mais delongas, passo a bola para ele:

Aeroparque

Caos total. Como não há fila única (com aqueles divisores) e os guichês são válidos para todos os voos, cheguei com 1h30 do meu voo para Bariloche (Villa La Angostura) e tive que sair em outro porque passei ‘apenas’ 2 horas na fila do check in, sem nenhuma informação disponível. Uma característica curiosa nos aeroportos (Ezeiza, Aeroparque e Bariloche): na área de check in e de embarque os painéis avisam os horários de chegada e não de partida, que seria o mais lógico.

Bariloche

Ainda bem que meu destino era Villa La Angostura, pois a calle  Mitre & cia. ficam parecendo a 25 de março na véspera de Natal. Se não gosta de muvuca, fuja. Para a criançada vale a pena o parque de diversões na neve Piedras Blancas: o velho esquibunda em versão macro. Diversão na certa.

Villa La Angostura

Maravilhosa. Só a estrada já vale a viagem. Ficamos na Hostería Antuquelen; os donos Marta e Alejandro são muito atenciosos e a pousada é muito aconchegante (tem até piscina térmica ao ar livre). Vale a pena. A cidadezinha é uma delícia, praticamente uma rua com lojas e restaurantes. Há uma fábrica de ‘pastas’, Nicoleto, que tem um restaurante no andar de cima que é coisa de cinema, fica em uma rua transversal. Para evitar os ‘gafanhotos’ eles estão com uma campanha contra os ônibus de turistas. Minha filha adorou o termo, não podia ver o pessoal da CVC com suas roupinhas azuis e amarelas, para tentar descobrir se eram gafanhotos ou formigas (a classificação era em função do estrago que faziam na cidade).

O Cerro Bayo, para ser 'boutique’ é muito pretensioso: para quem não esquia ou esquia pouco, não há muito o que fazer, os restaurantes/bares são apertados e com cardápio restrito. Mas o visual é maravilhoso (segundo minha irmã que seguiu viagem para San Martín de Los Andes, Chapelco é muito melhor, com estrutura mais variada).

Vale também um passeio a Puerto Manzano, na beira do lago, há umas pousadas lindas e alguns restaurantes e o visual é estonteante. A dona da Antuquelen disse que a alta temporada deles é no verão, o pessoal viaja muito para pescar, passear de barco e fazer esportes de aventura. Já fui na região em janeiro e sei que também é muito bonito. Se for no inverno e alugar um carro, não esqueça de pedir as ‘cadenas’ (correntes) para colocar no pneu. Lá é mais úmido que Bariloche, neva mais e boa parte dos acessos às pousadas não é pavimentado, o carro patina que é uma beleza.

Obrigadíssimo, Amaro!

Villa La Angostura no inverno

(A foto "conceitual" do portão abandonado em Puerto Manzano é da Luiza, filha do Amaro.)

A Ana Luisa também acabou de chegar de lá e escreveu um guia detalhadíssimo na caixa de comentários. Claro que eu tinha que trazer para cá! Fala, Ana Luisa!

Chegando em Bariloche uma van nos aguardava e fomos para Villa La Angostura onde nos hospedamos no El Faro. O hotel realmente foi um capítulo a parte. Fica debruçado sobre o lago Nahuel Huapi e é de um bom gosto impressionante. São apenas 15 suítes, uma diferente da outra, divididas em 4 categorias (boutique, especial, superior e suíte). Nós ficamos em duas suítes especiais que se comunicavam com o fechamento do corredor. Lindas e enormes! O meu quarto tinha uma bela varanda e uma banheira gigante com vista ao lago.As janelas eram inteiras, ou seja, até o chão, de modo que você acordava com as montanhas nevadas e o lago escancarado sobre o seu quarto. O atendimento foi de primeira.Funcionários muitíssimo bem preparados e extremamente solícitos. Jantamos dois dias no hotel e em um deles comi o melhor sorrentino de jamón y queso da minha vida. Sensacional. Ao final tivemos uma agradável surpresa pois embora tivéssemos reservado e pago 50% da estadia (que seria de 27/07 a 03/08) efetivamente só chegamos no dia 28/07 por conta de problemas com a Aerolíneas e eles não nos cobraram essa diária, embora os quartos estivessem reservados para nós. Achei bacana. É uma excelente opção de hospedagem, com um ótimo custo x benefício.

Quanto à Villa: foi uma experiência inesquecível. Concordo com o Amaro. Fomos um dia a Bariloche e me senti extremamente oprimida com a quantidade de gente, notadamente de brasileiros. Sem dúvida, Bariloche tem mais opções de diversão para crianças, todavia, ao meu ver não compensa.

O Cerro Bayo é um lugar lindíssimo, cercado de verde e bem menos muvucado que o Cerro Catedral de Bariloche. Tudo parece novinho. A organização deixa um pouco a desejar. No Cerro comemos em um lugar estilo bandejão chamado Tronador. A comida estava razoável (milanesas com papas fritas) porém achei caríssimo. Há também um bistrô Barsorvia (do Las Balsas) no Cerro, mas estava lotado.

O restaurante Nicoletto ( também mencionado pelo Amaro) é muito bom, as massas são fantásticas e o preço bem camarada (pagamos 240 pesos por 5 pratos com vinho incluído - Alto de las Hormigas, que não é um vinho tão barato). Além disso comemos no La Caballeriza ( sim é a mesma de Bsas) onde comemos um excelente bife de chorizo. Indico também a truta do Las Varas (fica na Av. Arrayanes) e os morrones ( pimentão assado) do Los Pioneiros (Av. Arrayanes).

À parte desses restaurantes menores, que ficam na própria Villa, tomamos um chá no Las Balsas (que fica para o lado contrário ao nosso hotel, mas é belíssima. Pude visitar a suíte top deles e é fantástica. Também é bem exclusiva com apenas 13 suítes, mas o preço é bem mais salgado que o El Faro). E na última noite jantamos no Correntoso (que vale a visita)onde comi um excelente risoto de vegetais e por incrível que pareça paguei o mesmo preço que o bandejão do Cerro Bayo. O hotel é extremamente suntuoso e pareceu ter uma ótima estrutura para crianças, mas faz o gênero hotel grande (sem perder o charme é verdade). El Faro, Luma, Sol Arrayán e Correntoso ficam praticamente lado a lado na Av. Siete Lagos.

Quanto aos passeios, fizemos o Bosque Arrayanes (com uma balsa praticamente nossa) que saía do Porto de Angostura; Cerro Bayo; um passeio de quadriciclo bem bacaninha contratado no La Piedra ( na subida do Cerro Bayo) onde também tem tirolesa e arvorismo (canopy) e alugamos um Suzuki ( super barato, diga-se de passagem - custou 200 pesos por dia com limite de 200km) na locadora 100X100 que nos proporcionou fazermos um passeio ao Cerro Otto em Bariloche. A estrada que liga Angostura a Bariloche é de tirar o fôlego ( 80km).

A roupa de esqui e equipamentos alugamos no Bananas que fica na Arrayanes e tem bom preços e roupas novinhas. Mas atenção: Achei roubada total alugar equipamentos embaixo porque é um peso insano para subir até o topo do Cerro Bayo. Melhor pagar (bem) mais caro e alugar lá por cima mesmo.

Só fiquei na vontade de ir a San Martin de los Andes pela Rota dos 7 lagos, mas nevou muito e a estrada estava sem condições. Fica para uma próxima.

Desculpem o tamanhão do comentário, mas super indico essa viagem. A família toda adorou. Já havia ido em Bariloche em 2006 e apesar da variedade de atrações não troco Angostura por lá nem a pau.

Muchísimas gracias, Ana Luisa! Ninguém mais precisa comprar guia pra ir a Villa La Angostura!

Para ler o relato completo da viagem do Amaro, incluindo suas impressões de Buenos Aires (Buenos Aires Bus, outlets de Villa Crespo, Parque de la Costa e outras milongas  mais), clique aqui. E os contratempos da Ana Luisa com a Aerolíneas em Buenos Aires estão aqui.

145 comentários

Diego
DiegoPermalinkResponder

Puerto Manzano é um dos lugares mais lindos que eu já fui. Ótima dica pra fugir de Bariloche mesmo.
Fiquei no Patagonia Paraiso, um hotel super bom lá. Recomendo.
Abraços

http://www.interhabit.com/villa_la_angostura/pousada_patagonia_paraiso_739-50688-1-2-4.htm

CASCIA
CASCIAPermalinkResponder

VILLA ANGOSTURA É MESMO MARAVILHOSA, JÁ ESTIVE LÁ DUAS VEZES COM MEU MARIDO. O PASSEIO PELO BOSQUE ARRAYANES A PARTIR DE ANGOSTURA TAMBÉM É LINDO...

Vera Lúcia
Vera LúciaPermalinkResponder

Para crianças pequenas é o melhor lugar para passear, esquiar. A cidade é pequena, mas muito linda, a comida é ótima e o entorno sensacional.

Sut-Mie
Sut-MiePermalinkResponder

A Família (com filhos pequenos) que deixou o seu relato no meu blog também gostou muito da Villa La Angostura. Ficou claro que da próxima vez, é lá que vão ficar para passar alguns dias, em vez de Bariloche.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Vamos lá;
O começo de nossa viagem foi bem conturbado por culpa da Aerolineas Argentinas cujo serviço está cada vez pior. Fariamos um vôo no mesmo dia ( Rio Bsas/ Bsas Bariloche) via Aeroparque e tivemos 2 vôos cancelados de modo que o meu vôo que sairia às 10:30 do Rio e pousaria em Aeroparque saiu ás 13:30 e pousou em Ezeiza.
Ademais, cancelaram o voo que partiria de Aeroparque para Bariloche naquele dia e nos colocaram em um pardieiro para pernoitar em Bsas ( Hotel Presidente no Cerrito).
Detalhe, eramos 2 adultos e 3 crianças!
Passado esse embrólio inicial no dia 28/07 partimos para Bariloche via Aeroparque. Esse vôo foi tranquilo e saiu relativamente no horário.
Chegando em Bariloche uma van nos aguardava e fomos para Villa La Angostura onde nos hospedamos no elfaropatagonia.com/pt/
O Hotel realmente foi um capítulo a parte. Fica debruçado sobre o lago Nahuel Huapi e é de um bom gosto impressionante.
São apenas 15 suites uma diferente da outra e divididas em 4 categorias ( Boutique, Especial, Superior e Suite) Nós ficamos em 2 especiais que se comunicavam com o fechamento do corredor. Lindas e enormes! O meu quarto tinha uma bela varanda e uma banheira gigante com vista ao lago.As janelas eram inteiras, ou seja, até o chão, de modo que você acordava com as montanhas nevadas e o lago escancarado sobre o seu quarto.
O atendimento foi de primeira.Funcionários muitíssimo bem preparados e extremamente solícitos.
Jantamos 2 dias no hotel e em um deles comi o melhor Sorrentino de Jamon e Queso da minha vida. Sensacional.
Ao final tivemos uma agradável surpresa pois embora tivessemos reservado e pago 50% da estadia ( que seria de 27/07 a 03/08) efetivamente só chegamos no dia 28/07 por conta da Aerolíneas e eles não nos cobraram essa diária embora os quartos estivessem reservados para nós. Achei bacana.
É uma excelente opção de hospedagem, com um ótimo custo benefício.
Quanto à Villa:
Olha foi uma experiência inesquecível. Concordo com o Amaro. Fomos um dia a Bariloche e me senti extremamente oprimida com a quantidade de gente, notadamente de Brasileiros. Sem dúvida, tem mais opções de diversão para crianças, todavia, ao meu ver não compensa.
O Cerro Bayo é um lugar lindíssimo, cercado de verde e bem menos muvucado que o Catedral. Tudo parece novinho. A organização deixa um pouco a desejar.
No Cerro comemos em um lugar estilo bandejão chamado Tronador. A comida estava razoável ( milanesas com papas fritas) porém achei caríssimo.
Há também um bistrô Barsórvia (do Las Balsas) no Cerro, mas estava lotado.
O restaurante Nicoletto( também mencionado pelo Amaro) é muito bom, as massas são fantásticas e o preço bem camarada ( pagamos 240 pesos por 5 pratos com vinho incluído- Alto de las Hormigas, que não é um vinho tão barato).
Além disso comemos no La Caballeriza ( sim é a mesma de Bsas) onde comemos um excelente bife de Chorizo.
Indico também a truta do Las Varas ( fica na Av. Arrayanes)e os Morrones ( pimentão assado ) do Los Pioneiros ( Av. Arrayanes).
A parte desses restaurantes menores que ficam na própria Villa, tomamos um chá no Las Balsas (que fica para o lado contrário ao nosso hotel, mas é belíssima. Pude visitar a suíte top deles e é fantástica. Também é bem exclusiva com apenas 13 suítes, mas o preço é bem mais salgado que o El Faro).
E na última noite jantamos no Correntoso (que vale a visita)onde comi um excelente risoto de vegetais e por incrível que pareça paguei o mesmo preço que o bandejão do Cerro Bayo.
O Hotel é extremamente suntuoso e pareceu ter uma ótima estrutura para crianças, mas faz o gênero hotel grande ( sem perder o charme é verdade).
O El Faro, Luma, Sol Arrayanes e Correntoso ficam praticamente lado a lado na Av. Siete Lagos.
Quanto aos passeios fizemos o Bosque Arrayanes ( com uma balsa praticamente nossa) que saía do Porto de Angostura; Cerro Bayo; um passeio de quadriciclo bem bacaninha contratado no La Piedra ( na subida do Cerro Bayo) onde também tem Tiroleza e Canopy e alugamos um Suzuki ( super barato, diga-se de passagem- custou 200 pesos por dia com limite de 200km)na locadora 100X100 que nos proporcionou fazermos um passeio ao Cerro Otto em Bariloche. A estrada que liga Angostura a Bariloche é de tirar o fôlego ( 80km).
A Roupa de Ski e equipamentos alugamos no Bananas que fica na Arrayanes e têm bom preços e roupas novinhas.
Mas atenção: Achei roubada total alugar equipamentos embaixo porque é um peso insano para subir até o topo do Cerro Bayo. Melhor pagar (bem) mais caro e alugar lá por cima mesmo.
Só fiquei na vontade de ir à San Martin pela 7 lagos, mas nevou muito e a estrada estava sem condições. Fica para uma próxima.
Desculpem o tamanhão do comentário, mas super indico essa viagem. A família toda adorou.Já havia ido em Bariloche em 2006 e apesar da variedade de atrações não troco Angostura por lá nem a pau.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Caros Amaro e Ana,

Primeiramente parabéns pelos relatos sobre Villa La Angostura. Estou praticamente fechando uma viagem para lá em JUL com esposa e meu filhinho de 4 anos. O depoimento sobre o caos de Bariloche em confronto com a tranquilidade da Villa está sendo decisivo na escolha. Ocorre que alguns conhecidos têm me dito que na Villa não há opções de lazer para crianças e que eu necessitaria de alugar um carro pois sequer há agências de turismo. Indago-lhes se isso procede, pois não estou muito seguro para alugar um carro na neve e pretendia contratar passeios nas agências locais.

Obrigado.

Ricardo Freire

Leonardo:

Agências de turismo e receptivo em Villa La Angostura:
http://www.interpatagonia.com/villalaangostura/serviciosturisticos.html

Passeios e atividades em Villa La Angostura:
http://www.interpatagonia.com/villalaangostura/paseos.html

Todos os lugares turísticos oferecem.... turismo. Eles vivem disso. A recepção de todo hotel de lugar turístico é uma central de reservas de passeios e traslados.

Amaro - Recife

E não é que o Riq publicou mesmo as fotos?
Estou em Belém/PA (desta vez a trabalho), quando chegar quero ver a cara de Luiza, quando eu mostrar a foto dela no blog.
Só um detalhe eu deixei escapar: minha irmã (e família) também foram para Angostura, éramos 10 no total.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Oi Riq, obrigada por prestigiar o comentário.
Foi realmente uma viagem muito bacana.
Abs

Ricardo Freire

Eu que agradeço o serviço!!! Está espetacular!

Anna Francisca

Indo de São Paulo para Ushuaia, ano retrasado, meu marido e eu fizemos uma conexão em Ezeiza. Não havia funcionário em terra para nos orientar. Saímos da ala internacional e fomos andando a procura da ala nacional de embarque. Confusão maior impossível. Como disse o Amaro: fila única. Nenhuma informação. Para não perdermos a conexão, saímos da fila que nem sabíamos para que era, passamos pelo portão de embarque, entramos no avião sem sabermos ao certo se era mesmo o nosso vôo, sem fazermos o "check in". Se Cumbica é uma coisa de louco, Ezeiza é a própria loucura.

Hortencia Pereira

Como fui no final da temporada não tive o problema de super lotação em Bariloche. A minha viagem só não foi perfeita porque na semana anterior havia caido uma nevasca e por isso não pude visitar San Martin de los Andes. Não faz mal, fica pra próxima...
Fiquei 5 dias em Bariloche, fiz todos os passeios indicados e depois fui para Villa Angostura onde fiquei mais 3 dias no Porto Manzano, no Hotel El Corazon de la Bahia (http://www.agoda.com.pt/south_america/argentina/villa_la_angostura/el_corazon_de_la_bahia_hotel.html) que também recomendo muitíssimo.

Dani S.
Dani S.PermalinkResponder

Ai, que vontade! Deixa o meu filhote nascer, que hei de programar uma viagem pra Villa La Angostura... Mas eu vou na baixa estação, que a paisagem é LINDA de morrer (e eu sou friorenta) wink

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Infelizmente eu passei poucas horas em Villa La Angostura, voltando do Cerro Bayo para Bariloche. Não gostei do Cerro Bayo - tivemos alguns problemas lá e o pessoal é muito ruim de atendimento (comprovado por reclamações de turistas locais). Mas da próxima vez, pretendo passar mais tempo em Angostura. É linda mesmo, e a estrada é cinematográfica. Concordo com a irmã do Amaro, Chapelco dá de 10. Aliás, San Martin de los Andes também vale muito a pena conhecer e quero voltar no verão, pois dizem que é lindo e tem muita coisa para fazer. A experiência em Bariloche valeu, mas não repito, pelo menos no inverno. Dei sorte e não peguei caos no Aeroparque - acho que viajamos uma semana antes dos gafanhotos.

José Bosco
José BoscoPermalinkResponder

Olá, estou indo para Villa Angostura em setembro e tenho dúvidas se é melhor ficar em um hotel perto do centro ou se hospedar em Porto Manzano. Alguém poderia me ajudar ??? penso alugar um carro e ficar 05 dias nessa região. Será muito tempo ?

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

José;
Depende do que você espera.
Os melhores hoteis, a exceção dos Las Balsas, ficam na Av. 7 Lagos.
Ali estão, lado a lado, o El Faro, Luma, Sol Arrayan ( esses 3 menores e super exclusivos) e logo em seguida o Correntoso, que é mais tradicional e suntuoso.
Não me parece muito tempo 5 dias em Angostura não, até porque dali você está a 80 km de Bariloche e 100 km de San Martin.
Eu fiquei sete dias e sai de lá com um gostinho de quero mais.
Aproveite!
A propósito, não deixe de alugar um carro, vale muito a pena e é bem em conta.

José Bosco
José BoscoPermalinkResponder

Ana Luísa, obrigada pela atenção.
Você conhece a Hosteria Aldeia Bonita ? a localização é boa ?

http://www.aldeabonita.com.ar/

Ricardo Freire

Me metendo: não creio que haja localização ruim em Villa La Angostura, Bosco. Tem beira-lago e não-beira-lago -- com a diferença de preço que o lago implica. Não é um lugar em que você queira ficar na rua central (não por ser feia, mas porque a experiência Angostura tem a ver com campo). Estando de carro e o hotel sendo bacaninha, tá redondo.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

José;
Concordo com isso que o Riq falou...Essa Aldeia Bonita fica antes do Cerro Bayo de quem vem de Bariloche. Me pareceu bem bacana, porém certamente não tem a vista daqueles que listei mais acima.

José Bosco
José BoscoPermalinkResponder

Obrigado Ricardo. E San Martin, vale a pena passar 01 noite ou apenas um bate-volta é suficiente ??

LILIAN AZEVEDO DE MORAES

Estou completamente encantada com as fotos e os depoimentos sobre Villa Angostura,San Martin e Chapelco e tomei a decisão de ir conhecer.Já mandei emails para hoteis em Villa Angostura para Março.Fiquei com a mesma dúvida do Jose Bosco :fico os 7 dias em Villa e passeio até San Martin ou divido a estadia entre essas duas lindas cidades ?

Viaje na Viagem

Fique pelo menos duas noites em San Mar´tin.

ELOISA
ELOISAPermalinkResponder

ja estive em Angustura em maio de 2008 e peguei muuuuuita chuva e restaurantes fechados,em reforma....mas adorei!é linda!
Como é Angustura e san martin em janeiro?Planejo uma viagem com a familia (eu,meu marido e 3 filhos jovens,o mais novo tem 18 anos).
Pensei em el calafate e ushuaia e gostaria de complementar a viagem com mais algum lugar.
Temos 15 dias para viajar....alguma sugestao Ricardo?
Devemos incluir Buenos Aires? E Santigo? San Martin?

Ricardo Freire

No verão a região dos lagos fica cheia de argentinos que buscam atividades lacustres. O lugar é lindo o ano inteiro.

Santiago só cabe no roteiro se você atravessar a Puerto Montt/Puerto Varas.

Leia os posts da expedição à Patagônia, nas páginas de Buenos Aires e Santiago.

https://www.viajenaviagem.com/americas/buenos-aires-ricardo-freire

https://www.viajenaviagem.com/americas/santiago-ricardo-freire

Masao Murata
Masao MurataPermalinkResponder

Devo ir para Bariloche no final de Janeiro e ficar dois dias, fora o dia da chegada e da saída. Gostaria de saber o que vcs recomendam de passeios. Vamos ficar hospedados no Design Suites....

sabrina
sabrinaPermalinkResponder

olá...em agosto pretendo viajar com meu marido e meu filho que terá quase 2 anos pra villa la angostura ou san martn de los andes...ou algum lugar frioooo!!!! em villa la angostura ja estivemos ha 3 anos e amamos!!! mas estamos meio receosos devido a idade do meu filho...alguem pode me ajudar!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sabrina! Ninguém conhece seu filho melhor do que você! Fora de resorts e de parques de diversões, os pais precisam ser criativos e participativos durante as férias!

Ivana
IvanaPermalinkResponder

Gente,

Alguém ja ficou hospedado no Villa Sofia em Bariloche? http://www.villasofiabariloche.com.ar/index_p.php
Fica muito longe do Centro, isolado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Hola, Ivana! O Villa Sofia está fora da muvuca do centro, e não fica beira-lago. A sua pergunta vai para o Perguntódromo, vamos ver se algum tripulante já esteve por lá!

elza goncalves guedes

ola ,pessoal!
eh a primeira vez que vamos a bariloche e gostaria de saber se alguem ja se hospedou no aldeia andina resort??? a expectativa e gde ....e podem me dar dicas de passeios pois vamos ficar 3 dias la e seguimos p/ buenos aires
obrigada

Paulo Vitor rocha

Os vôos de Bariloche p Buenos Aires possuem preços diferenciados para estrangeiros na compra feita na própria argentina?

Obrigado

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Paulo, possuem preços diferenciados sim, mas que eu saiba é só para argentinos.

Paulo Vitor rocha

No site da LAN e AEROLINEAS possuem preços diferentes para aquisição direto no site argentino e no site brasileiro.

Há problema se adquirir passagens mais baratas pelo site argentino?
Embarque em Bariloche p Buenos Aires.

Abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo Vitor! Se você conseguir completar a transação, não há problemas.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Engraçado, comigo aconteceu o contrário. Hj adquiri na LAN o trecho AEP/BRC/AEP e estava mais barato pelo "lado" brasileiro. Além disto, devemos lembrar que ao comprar na Argentina provavelmente a transação sofrerá a incidência do "novo" IOF de quase 7%

meily
meilyPermalinkResponder

Riq/pessoal,
Estivemos em Bariloche no ano passado e adoramos. Queremos repetir a dose, incluindo San Martin e Villa La Angostura no roteiro. Como parte do grupo não conhece Bariloche, pensamos em ficar 4 dias em SM, 2 dias em VLA e 4 em BRC. Está ok a divisao dos dias entre SM e VLA? Aguardo sugestoes!

Ana Ligia
Ana LigiaPermalinkResponder

Olá
Quero "combinar" na minha viagem Santiago-Calafate-Bariloche.
Vc poderia opinar no meu roteiro? Escreverei um adendo em cada local sobre o motivo da minha escolha; talvez assim fique mais fácil opinar.
Sua opinião será de extrema valia, pois é a primeira vez que monto um roteiro para fora do Brasil. Segue o roteiro:
Iniciaria por Santiago ( ficarei 2 dias para conhecer a capital e estou em dúvida se incluo um dia para Valparaíso- depois que li seus comentários do local... Vc acha que vale a pena deixar um dia livre para conhecer uma vínicula perto de Santiago?
-Santiago p/ Calafate ( se tiver vôo)- reservaria 3 dias para esse loca.
-Calafate- Bariloche: aí deu bolo: tinha pensado em ficar 2 dias para conhecer o local, mas depois que li sobre Villa La Angostura, tb quero ir... quantos dias são suficientes ?
Há voo direto Bariloche-Brasil?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Ligia! Não existe vôo de Santiago para El Calafate. Você teria que voar a Punta Arenas, de lá ir de ônibus a Puerto Natales, de lá ir de ônibus a El Calafate.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/04/expedicao-zig-zag-chile-argentina-todas-as-aventuras/

Michele
MichelePermalinkResponder

Oi Ricardo! Gostaria de fazer uma viagem mais romântica eu e meu marido pela Argentina e/ou Chile. Mas a questao é que so temos 13 dias. Escolho Chile ou Argentina? Tenho entrado direto no seu blog, mas na verdade fiquei tao deslumbrada com os comentarios e fotos dos 2 paises que fiquei meio perdida...rsrs. Vou em agosto pq quero pegar frio, neve, etc Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Michele! Aqui quem responde é a Bóia. Por aqui não podemos decidir pelo leitor smile Mostre os posts pro maridão! Vai ser mais bacana se vocês escolherem juntos!

felipe moore
felipe moorePermalinkResponder

Ricardo..pessoal,
estou num dilema e preciso de uma opinião.Tenho 15 dias em MAIO
para fazer uma viagem (minha 1a fora do Brasil),somos um casal com filhos de 15 e 19 mais a namorada do meu filho de 19 .Nossa primeira opção é Orlando ,mas preciso de um plano B caso haja algum imprevisto.Pensei em ir para Buenos Aires 5 dias ,Bariloche 3 dias e Punta del Leste 4 dias ,o que você acha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe!

Aqui quem responde é A Bóia. Argentina em maio é ótimo. Tenha em mente, porém, que Punta del Este só funciona direito no verão; fora de temporada é quase uma cidade fantasma.

Néia Costa
Néia CostaPermalinkResponder

Oi, Riq!
Andei lendo os "posts" sobre Villa La Angostura e achei sensacional. Será a minha primeira vez na Argentina e pretendo viajar, com minha família, em julho!!! com todo o frio. Gostaria de saber se tenho de alugar carro Villa ou se há algum serviço de "transfer" do aeroporto até lá.
Agradeço pela atenção,
Néia.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Néia! Você pode alugar carro no aeroporto de Bariloche ou pedir para o hotel providenciar trânsfer. Se alugar carro, alugue com antecedência, em julho faltam carros.

Daniel Martins

Olá.
Fui pesquisar voos saindo de Buenos Aires até Bariloche e encontrei tarifas na ordem de US$ 230 por pessoa por trecho. O preço é esse mesmo? É que tenho muitas milhas e queria aproveita-las voando do Brasil até B. Aires. O que me impressionou também (fiz a pesquisa) é a diferença de preço quando utiliza o site internacional da LAN e quando utiliza o site argentino. No segundo o preço cai pela metade. Pode isso? E eles enfatizam que se não for residente Argentino, não deixam embarcar...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniel! Se você conseguir comprar a passagem com seu cartão brasileiro, não terão como não deixar embarcar. O difícil é completar a transação. Ops, parece que não dá mesmo não sad

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Daniel, os voos dométicos agregados ao international tem tarifas excelentes , ao menos com a Aerolineas.
Se está escrito q a tarifa é para residente, é isso .
Vais perder o teu bilhete ao mostrar o passaporte ou a ID.
Isso ocorre em muitos paises , é comum diferenciar tarifas aéreas e hoteleiras para os diferentes mercados.

Ernesto, o pato

Daniel

Se voce não tiver medo de voar em aviões velhos e quiser ter um pouco de trabalho, na LADE tem voos por 241 dolares por trecho. Na LADE não se diferencia entre estrangeiros e argentinos.

Outra alterativa: nos onibus os preços sao iguais para argentinos e estrangeiros . A viagem e longa, mas no cama suite, é bem confortável.

Daniel Martins

Será que alguém aqui já fez isso para compartilhar? Porque ambos sites da LAN e da Aerolineas enfatizam isso, mostrando inclusive o número de uma resolução do mercado Argentino sobre isso.

Mariana - Querido

Oi, Bóia! Oi, Daniel. Permita-me discordar. Eles não vão deixarembarcar de jeito nenhum e isso eles deixam claro no site, no texto “jurídico” ! No check-in, todo mundo tem que apresentar o documento e essa tarifa mais baixa é válida exclusivamente para argentinos ou qualquer estrangeiro (brasileiro, norueguês, whatever) que possua documentação de residente no país, o que é meu caso por ejemplo, que moro aquí há 6 anos e possuo o DNI argentino para estrangeiros (um equivalente ao nosso RG). Vale também para quem ainda não é residente permanente - e sim temporário – mas possui o documento de residência temporária emitido pelo Departamento de Imigração, certificando tudo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Obrigada pela correção! Vou apagar minha bola fora!

Vinícius (mais do que uma viagem)

Daniel, infelizmente acho que será difícil embarcar dessa forma, embora seja uma afronta pagar tão mais caro pelo mesmo trecho.

Gabriely
GabrielyPermalinkResponder

Gente, eu conheço pessoas que ja conseguiram embarcar dessa forma, mas teve gente que ja foi barrada.
O ano passado fui e nao quis arriscar, mas da uma dor no coracao ne rsss

Daniel Martins

Muito obrigado galera!

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Caros amigos!
Situação: viagem em setembro (10 dias) com marido e 3 filhos!

Acham que 5 dias em Bariloche e 5 dias em Villa La Angostura é muito? Há o que fazer?

Seria interessante alterar para 4 dias em Bariloche, 3 dias em Villa e esticar em Buenos Aires 3 dias?

Já li o site TODO e não consigo me decidir...
Obrigada!

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Patrícia;
Eu faria 5 dias em Villa e 5 em Bsas. Não tem sentido se alternar entre Villa e Bariloche, até porque a distância entre elas é de apenas 80km em uma estrada linda e fácil de dirigir. Alugue um carro e passe um dia em Barilo. Bsas é muito bacana para criança também.

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Obrigada Ana Luisa
Pelo jeito, todos se renderam às belezas de Villa, não? Seria então melhor conseguir hospedagem por lá? E quanto à esquiar (ou brincar na neve), parece que em Bariloche há mais opções de estações e também mais coisas para se fazer? Ou estou enganada?

Obrigada!

eva
evaPermalinkResponder

Eu também fui com criança e gostei de ter dividido a estada entre Bariloche e Villa la Angostura. Villa é mais charmosa e romntica, a estação também é menor e mais bonita. Bariloche tem mais opções de passeios para brincar na neve, a estação é melhor equipada e a pista para iniciantes é mais fácil.

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Obrigada pelas opiniões! Estou fechando o roteiro e venho avisar!

Andre
AndrePermalinkResponder

Pessoal,
viajaremos para Villa La Angostura em 2 familias, cada uma com 2 adultos e 2 crianças de 8 e 4 anos em 9 de julho 2011. Minha duvidas são: é melhor alugar um carro em Bariloche e ficar com o carro durante uma semana ou ficar pegando os transfers de Bariloche para Villa e em Villa, se locomover de taxi para as pistas, restaurantes e passeios?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andre! Perdoe-me pelo trocadilho, mas estar de carro por lá é realmente uma mão na roda. Nos comentários acima você lê as opiniões de quem já foi smile

Leonardo Melo
Leonardo MeloPermalinkResponder

Boia, pelo que percebi de outros posts, inclusive um do Ricardo na Rota dos 7 Lagos, parece-me que neste período de inverno o aluguel de carro não é tão "mão na roda" assim. Viajarei mais ou menos no mesmo período do Andre e continuo com a dúvida: não sei se é melhor alugar ocarro ou contratar transfer/taxi/passeios.
abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! Dá certo das duas maneiras; faça como você acha mais confortável. A estrada mais perigosa, entre Bariloche e San Martín, é fechada quando há gelo ou neve. Mas o caminho pelo asfalto continua aberto.

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Olá! Gostaria de saber se há necessidade de carro para se locomover dentro da cidade, além do percurso Bariloche - Villa La Angostura. Isto é, dos hotéis à beira do Lago para restaurantes etc. Como são essas distâncias? Outra coisa, é necessário que ao fechar um hotel eu o feche através de alguma agência conveniada a Cerro Bayo para ter acesso ao centro de ski? Ou posso pagar diárias separadamente? Como funciona exatamente para esquiar? Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiza! Há táxis em abundância em Bariloche, e eles são baratos.

Para esquiar, basta pagar as taxas! Quando chegar mais perto da temporada, entre nos sites para ver os preços todos.

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Obrigada!

Mas e dentro de Villa la Angostura há taxis também?!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiza! Villa La Angostura é uma cidadezinha de uma rua só. A maioria dos hotéis está localizada fora dos centrinhos. Normalmente quem se hospeda por lá está de carro. Mas você pode chamar táxis por telefone.

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Olá! Muito obrigada pela resposta! Estou aqui na maior tensão, pois estaria em Villa la Angostura em 10 dias. Não sei como estará a situação do vulcão até lá. Já estou aqui pensando em um plano B. Acredito que em função disso o hotel devolve o nosso dinheiro, certo? Beijos

Leonardo Melo
Leonardo MeloPermalinkResponder

Oi, minha opção por Villa Angostura deu-se basicamente pelo que li aqui no Viaje. Vou entre 11 e 18 JUL, minha esperança é de que até lá as coisas já se normalizaram. Um especialista ouvido pelo Clarín diz que, uma vez cessada a erupção (o problema tá é aí), as cinzas dissipam-se em 2 dias.
Todavia, sobre Angostura, a situação atual não é nada animadora:

http://www.clarin.com/sociedad/Tapada-cenizas-Angostura-recuerdos-belleza_0_494950623.html

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Voltei para contar a quantas anda minha preparação para Bariloche de 1º a 9 de setembro (acredito que até lá o vulcão tenha dado uma trégua). Comprei as passagens direto pela Aerolíneas (2 adultos e 3 crianças) por 4890,00 em 5x no cartão. Aluguei um apartamento de 2 quartos próximo ao centro da cidade no site www.apartmentsbariloche.com (li muitos reviews positivos sobre a empresa no TripAdvisor) por 200 dólares a noite. Agora vou procurar o aluguel de um carro. Tenho lido bastante sobre os passeios, mas minha preocupação maior é com as roupas e sapatos para usar lá. Tô correndo atrás e espero que dê tudo certo, porque com 3 crianças qualquer deslize no planejamento é complicado! rsrsrs

Um abraço e obrigada pelas dicas.

Claudio
ClaudioPermalinkResponder

Patricia,
Em Bariloche, nas ruas do Centro, existem várias lojas para aluguel de roupas de neve. Não deixe de ir a Piedras Blancas com as crianças. è muito divertido!!!!

Patrícia Alves

Oi!Gostaria de saber muito se seria melhor ir com crianças para Ushuaia ou Bariloche indo até Puerto Varas no Chile, no verão.Por favor me de uma dica o que é eles vao gostar mais, minhas crianças tem 7 e 13 anos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! Subimos a sua pergunta ao Perguntódromo, vamos ver se o pessoal dá pitacos grin

Luciana Ferreira

Patrícia,

Não conheço Bariloche e andei em Puerto Varas no inverno. Mas Ushuaia, já fui na primavera e voltei no verão. Se seus filhos gostam de aventuras, lá tem trilhas, parques, montanhas, ilhas, passeios de barco, de 4 x 4, dá prá ficar uma semana sem faltar programa. A pinguineira no verão está cheia de filhotes e é deslumbrante caminhar pertinho de centenas de pinguins. Me apaixonei pelo lugar e já planejo uma terceira ida. Se quiser mais informações, te passo. Um abraço

Luciana

Rodrigo Barneche

Patrícia, eu já acho que Bariloche é uma opção mais legal para ir com crianças. Já estive nas duas cidades mais de uma vez, porém sem as crianças. Mas me parece que Bariloche tem uma vibe mais adolescente, tem muito parque com trilha tranquila, lago (no verão rola até um banho), e a cidade é mais animada. Se for o caso, tem colonias de férias em Bariloche que parecem bem legais, sempre que vi aquela criançada fazendo trilha imaginei que seria uma boa pra quando meus guris forem maiores.
Ushuaia tem opções bem mais reduzidas, e à noite é SEMPRE muito frio. Ainda, acho Bariloche uma cidade mais bonita do que Ushuaia. Se fosse pra ir com meus filhos, escolheria a região de Bariloche.

Patrícia Alves

Agradecida Luciana

Então não tem o que pensar! Ushuaia eles vão gostar.Quero informações sim, quero saber do frio lá, comidas,passeios, hóteis e se os preços são tão altos como eu vejo muitos comentários.Um abraço.

Patrícia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patrícia! A rede hoteleira de Ushuaia é infinitamente mais reduzida que a de Bariloche e região. A cidade é mais longe e isolada. Tudo isso influi para que seja mais cara.

Luciana Ferreira

Ushu é bem pequena mesmo e muito tranquila. Agito, se tem, não vi. Como é sempre frio, as ruas ficam desertas à noite, as coisas acontecem em lugares fechados. Em pleno verão, em fevereiro, peguei ventanias geladas e rolou uma nevasca nas montanhas - alto verão! A água do canal é geladíssima. O visual muda a cada instante, o céu vai de cinza chumbo a azul aberto em 1 hora e em mais uma chove. Chove e seca em menos de 1 hora. Em novembro, pegamos uma geada na beira do canal e em seguida abriu o sol. Os nativos conhecem o padrão, prá nós é imprevisível. Mas até isso me encantou na cidade.
Nas duas vezes fiquei no Cilene del Faro www.cilenedelfaro.com, num ap de 2 quartos, novinho, excelente, todo equipado, por US$ 350/dia/4 pessoas, com café (fev2011). É muito bem localizado e de lá dá prá fazer quase tudo a pé.
O passeio de 4 x 4 pros Lagos Fagnano e Escondido custa 200 pesos/pessoa, o dia inteiro (tem uma versão noturna, que fica prá próxima vez), um passeio de barco de 3 a 4 h, com caminhada numa ilhota, 180. O passeio prá pinguinera inclui uns 100 km de van até o cais e a travessia prá reserva da Isla Martilo, custou mil e poucos pesos prá 3 adultos e um de 9 anos. Barato, não é. Mas são passeios que valem.
Ushu é porto livre, algumas coisas não são taxadas. Compramos tênis e roupa de frio da North Face, Montagne e outras marcas de outdoor a preços excelentes.
Comida tem de todo preço e tipo, os típicos são o cordero fueguino e a centolla, o king crab. Vinho argentino lá é vendido sem impostos, o que prá nós, acaba sendo barato demais.
É uma questão mesmo de preferência pessoal, de tipo de programa agrada mais a cada um. Fui com o marido, a filha de 27 e o sobrinho de 9, um grupo improvável de conciliar programas, mas foi ótimo prá todos. A natureza do lugar é diferente e linda. Já estamos nos organizando prá voltar ano que vem, com um grupo maior.

Elaine
ElainePermalinkResponder

Luciana, já que falou em compras em Ushuaia, estarei lá em 3 /09, posso ficar tranquila que vou encontrar roupas e calçados de frio feminino e masculino para compra com facilidade e boas opções?

David Galo
David GaloPermalinkResponder

Bóia,

Sempre tive vontade de ir à Bariloche. Já estou programando uma viagem para lá em agosto(inverno) ano que vem. Contudo, vi aqui diversos comentários positivos de Villa La Angostura e comentários não bons a respeito de Bariloche. A viagem será feita em 3 casais e o com objetivo de ir a todos os passeios possíveis em uma semana conhecendo bem a região e aproveitando tudo de bom que ela tem a oferecer. Aí te pergunto, qual a(s) diferença(s) entre Bariloche e Villa La Angostura? Quais as vantagens/dsvantagens de cada um?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Bariloche é mais adequada para esse tipo de viagem que você quer fazer. Villa La Angostura é para uma estada mais tranqüila e contemplativa, ou para esquiar de verdade.

Milena Ribeiro

OLá pessoal, estou num dilema cruel. Tenhos férias programadas para 2ª quinzena de Junho, só posso nesse período por 15 dias. Iremos em um grupo, mas neste bolo tem 3 crianças de 8, 11 e 13 anos. Pensamos em Bariloche porque seria bem interessante para as crianças e elas mesmas já disseram que querem ir ver neve. Mas tenho visto que tem nevado cada vez mais tarde, tipo a partir de meados de Julho, mas ao mesmo tempo já vi relatos de que começou a nevar até em Maio, que nevou em Junho e por aí vai.
Pergunta: alguém já foi nesse período de meados de Junho? Foi possível fazer Piedras Blancas, Cerro Catedral, Refúgio Arelauquen com as motoneves, Lago congelado?
Citei esses dois últimos passeios porque, lí relatos de pessoas que foram com crianças e elas gostaram da experiência de andar de motoneve e de andar com raquetas nos pés.
Desde já agradeço.
Milena Ribeiro

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Milena! Não conte com neve em Bariloche em junho -- ponto. Você vai poupar oito meses de expectativa e aflição que podem resultar numa decepção.

Milena Ribeiro

Vixe, o negócio tá assim tão feio?!!! rsrsrsrsr Há algum lugar por alí pela Patagônia, pode ser Patagônia chilena também, que tenha neve ou até mesmo que não tenha, mas que seja interessante para crianças com essas idades que citei? Que tenha atividades legais.
Valeu Bóia, pela resposta rápida!!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Milena! Se você estava com as atividades de "parque de diversões na neve" de Bariloche na cabeça, nada vai chegar perto. Deixe para ir quando você puder levar as crianças em agosto.

Em outros lugares, como Ushuaia, você vai passar bastante frio, ver gelo e eventualmente neve, andar de trenzinho, ver bichos, mas não é um lugar moldado para esse tipo de turismo infantil que você tem na cabeça...

Luis Fernado
Luis FernadoPermalinkResponder

Por favor alguém tem informaçoes sobre o aluguel de "cabanas" em Bariloche ?
Achei muita informação nos sites ,mas gostaria de informações de algum viajante .

A viagem é com familia e crianças.

Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Luis Fernando! Os hotéis em que os nossos leitores se hospedaram em Bariloche estão todos compilados aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/04/hoteis-em-bariloche-e-regiao-os-relatos-dos-leitores/

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Desde 2003, quando fui lá pela primeira vez, eu praticamente volto TODOS OS ANOS a Villa la Angostura e Bariloche. Vou com meus filhos pequenos e nos divertimos muito.
Em Villa, já fiquei em vários hoteis/cabanas maravilhosos

- Marinas Alto Manzano - provavelmente, o melhor lugar em que já fiquei, cabanas supertransadas, com teto de vidro, e vista para a cordilheira até do banheiro. Indescritível. http://atravessarfronteiras.blogspot.com.br/2009/06/onde-meu-coracao-quer-ficar.html

- Cabanas La Estancia - já fiquei duas vezes lá (inclusive ano passado com as cinzas do vulcão Puyehue). Um gramado delicioso, piscina externa e interna, vista para o Cerro Bayo, perto da cidade, perto da entrada do Cerro Bayo. Cabanas maravilhosas e confortáveis. Beira a perfeição - http://atravessarfronteiras.blogspot.com.br/2009/07/angostura-de-nuevo.html
http://atravessarfronteiras.blogspot.com.br/2011/08/angostura-beleza-sob-as-cinzas.html

- Já fiquei também nas maravilhosas
Huitan-Co (em frente ao lago correntoso) - sensacional, vista fantástica!
Guardianes del Bayo (na frente da entrada do Cerro Bayo, muito boa) - http://atravessarfronteiras.blogspot.com.br/2009/07/angostura-de-nuevo.html

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá, gostaria de saber se alguém conhece alguma empresa de ônibus que faça o trecho Villa Angostura a Pucon.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! Não há ônibus direto. Você vai precisar ir primeiro para San Martín de los Andes.

A Igillaima faz o trajeto San Martín-Pucón e pelo jeito vende a combinação com Angostura:
http://www.igillaima.cl/index.php?option=com_content&task=view&id=310&Itemid=334

Há também uma outra companhia, a Centenario-San Martin, mas não conseguimos achar link na net.

Uma vez em Angostura você conseguirá destrinchar isso com facilidade.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Obrigada Bóia.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Agora estou em Villa La Angostura que renasceu das cinzas e ficou ainda mais deslumbrante
http://atravessarfronteiras.blogspot.com.ar/2012/12/villa-la-angostura-renasce-das-cinzas.html?m=1
Adriana

Amaro - Recife

Que bom Adriana, 'nossa' Villa La Angostura firme e forte novamente.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Linda! Exuberante!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar