Chicago: as dicas do Philipp e do Wazari

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Chicago River. Foto: Alexandre Ayres, http://wazari.wordpress.com

As caixas de comentários de vez em quando me dão trabalho, mas também trazem as surpresas mais bacanas. Outro dia o Philipp Muller, que nunca tinha comentado antes, surgiu out of the blue(s) e deu um caminho das pedras insider para quem quer se divertir em Chicago. Na hora vi que aquilo tinha que virar um post.

Daí fui pesquisar uma imagem do Chicago River no Google. Gostei de uma na primeira página. Fui ver de quem era. De quem era? Do Alessandro Ayres, do Wazari! Que também tem um post ultrabacana dissecando Chicago para não-iniciados.

Bora pra Chicago, então. Primeiro, com o Philipp:

Morei dois anos em Chicago; agora vivo em Nova York e sinto falta da Windy City (mas não do inverno).

Para o blues, há várias boas casas. Eu morava no prédio em cima da House of Blues (eles chamam de “Corn Cobs”) assim era assíduo freqYuentador de lá e gostava muito de quase todas as bandas, em especial uma que chama Blue Olives. Tambem freqüentei bastante o Buddy Guy’s Legends.

A cidade é fenomenal, principalmente entre maio e setembro, quando as praias ficam cheias. Várias opções noturnas, desde lounges mais calmos a baladas intensas. Wicker Park estava/está na moda. Pubs também há de todos os tipos, mas eu freqüentava um Irish Old Style que até pouco tampo não tinha TVs que chama Celtic Crossings. Em Wriggley Ville ha um bar belga que chama Hopleaf, excelente para quem gosta das melhores cervejas do mundo junto de ótimos mexilhões.

O Art Institute é provavelmente o melhor museu dos EUA (pois Chicago não tem tantos museus quanto NYC), mas é enorme e cansativo de se visitar. Como minha esposa estuda na School of the Art Institute, fui muitas vezes, e cada vez ia para ver uma coisa específica.

A arquitetura é especial. Para o turista o tour pelo Chicago River é a melhor opção, e para os que têm mais interesse, visitem a Universidade de Chicago para ver a Robie House de Frank Lloyd Wright, o Harper Center, e a própria Universidade. O Illinois Institute of Technology com prédios do Mies van der Rohe (que viveu por bom tempo em Chicago), além dos mais altos prédios da América, Sears (Willis), Hancock e Trump Tower. Lincoln Park e a parte norte também são muito agradáveis.

Para os que gostam de música clássica, a Chicago Symphony Orchestra é uma das melhores do planeta, e conta sempre com programas espetaculares. A Lyric Opera também é excelente, mas pesa mais no bolso.

Para os que gostam de comida, minhas dicas são:

Pizza: Chicago Style eu prefiro a Uno e Due, mas Gino’s e Giordano’s também são boas.

Hamburger: Kuma’s Corner, fica perto do nada com lugar algum, mas vale MUITO a pena. O lugar é heavy metal dos mais pesados, mas os hamburguers são sensacionais.

Restaurantes: Não deve nada nem para NYC. Tem o Alinea que é considerado o melhor dos EUA, mas que vai custar uns bons $300 per capita. Gosto tambem do Bon-Soirée que e’ um “Alineazinho”. Province é um fusion latino-americano excelente, e o Blackbird é super trendy. Le Colonial, um vietnamita bem legal. Tizi Melloul é um marroquino/árabe que gostei bastante. Argentino tem o Tango Sur que é um BYOB (bring your own bottle/traga sua garrafa) assim paga-se a comida e o vinho já vem de casa.

Brunch: Bongo Room, Wishbone e Yolk.

E agora, com o Alessandro Ayres:

Chicago no Wazari

Obrigadíssimo, Philipp! Parabéns outra vez, Alessandro!

Leia também:

Todas de Chicago no Viaje na Viagem

35 comentários

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Chicago é mesmo uma cidade fantástica. É como NY, só que mais limpa, mais espaçada, mais bonita...
Eu morei em Michigan e ia sempre que possível a Chicago e acrescentaria alguns pontos no roteiro do Philipp:
- melhor vista de Chicago: a do Shedd Acquarium. Se puder ir à noite, vá. É o melhor lugar para fotografar o famoso skyline de Chicago. Imperdível. O aquário em si já vale a visita.
- Cantinho secreto: na Michigan Ave, também conhecida como Magnificent Mile, na frente da Water Tower. Há uma igreja presbiteriana com um jardim interno fantástico. Não dá para acreditar que se está no meio de uma cidade tão cosmopolita. É uma viagem no tempo.
No mais, o segredo para se conhecer Chicago é um só: andar, andar, andar. Para onde quer que você olhe, haverá uma foto imperdível,um ângulo inesperado para aquela foto especial.

Philipp Muller

Obrigado. Eu era meio que um "lurker" aqui, e me senti obrigado a dar algumas dicas, claro que esqueci de um monte de coisa, por exemplo a visita a Oak Park, entre outros.

Há algumas fotos de lá no meu flickr (que está bem desatualizado):
http://www.flickr.com/photos/philmueller/

Abraços!

PS - põe o link da melhor universidade do universo lá www.uchicago.edu grin

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Riq, obrigado por mais essa menção honrosa! Chicago é realmente uma cidade muito bacana que merece ser visitada! No meio da sua maratona de resorts, você ainda conseguiu tempo para montar esse belo post com as dicas do Philipp. Impressionante!
Só uma correção: você acabou escrevendo meu nome errado. mrgreen

Ricardo Freire

eekops: perdón!

(Corrigido, Alex... Alessandro!)

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Riq, Chicago é uma das minhas cidades favoritas e no verão ela é ainda mais gostosa!
Estivemos lá em Julho e várias dicas pegamos em uma das caixas de comentários aqui do VnV.
Eu fiz o tour pelo Chicago river, eu e o Kiko gostamos, mas meus sogros acharam chatinho pois não entendiam muito o inglês (e realmente é um tour bem completinhos e histórico).
Minha dica de Casa de Blues é o "B.L.U.E.S. on Halsted", fora de downtown, mas super autentico e muito bacana! O Buddy Guy também é ótimo e a lozalização é imbatível.
Eu recomendo uma subidinha no Prédio Hancock, o terceiro mais alto da cidade. Segundo muitos (inclusive o Kiko), a vista do Hancock é muito melhor que da antiga Sears Tower, atual Willis Tower.
Acredita que estávamos na cidade no meio das gravações do Transformers 3 (que só vai ao cinema em Julho/2011)... até escrevi no blog sobre o assunto: http://mikix.com/?p=1576

VINICIUS MARANGONI

Oi Mirella estava vendo seu post e vc comentou sobre o Tour pelo Chicago River e seus sogros não gostarem mto pelo inglês. Por acaso lá eles falam um pouco de espanhol? Os tour têm algum fone em espanhol? Se fosse pra fazer um pequeno roteiro pra 3 dias completos no outono que dicas vc daria? Grato. Vinicius.
Obs: agradeço se puder responder no meu email.

Philipp Muller

MIrella

Voce fez-me lembrar de uma dica importante que esqueci de deixar: Para os que querem visitar as torres, recomendo mesmo a Hancock Tower, eu recomendaria nao pagar para o observatorio mas ir ao restaurante, o Signature Room, e tomar um drink (vinho, cocktail, cerveja, etc) e de la deslumbrar-se com a vista de Chicago. Vai custar o mesmo que no observatorio, mas com o "kick" do vinho, e uma vista privilegiada do Navy Pier e praias da parte norte, e recomendo no final da tarde vendo o por do sol e tambem o inicio da noite. Nao e' ma' ideia tambem um almoco ou jantar la, mas recomendo agendar e pedir algo com "west or north view".

Abc

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Concordo! Também considero a vista do Hancock bem mais bonita e a dica é realmente ficar no restaurante, que foi exatamente o que eu fiz. A cerveja era cara, mas a vista e o preço que eu teria que pagar no observatório compensaram.

Marcia Kawabe
Marcia KawabePermalinkResponder

Eu estive em Chicago em janeiro desse ano em pleno invernão, e também adorei a cidade. Chicago como Montreal, são duas cidades que quero muito voltar no verão. O que eu mais gosto dos restaurantes mexicanos nos USA, são que a comida é bem diferente da tex-mex que a gente encontra por aqui, e pra quem gosta de mexicano mais tradicional, esse restaurante em Chicago é bem bacana

http://www.zapatistacantina.com/index.php?section=3

Carla C
Carla CPermalinkResponder

Também adorei Chicago no verão!!! Mas ainda preciso voltar no inverno para dizer que amo a cidade mrgreen

Uma outra dica de restaurante é o Vermillion ( http://www.thevermilionrestaurant.com/index.cfm ), comida fusion indiana e latina, com muitos ingredientes brasileiros sendo utilizados de maneira muito interessante!

Oscar
OscarPermalinkResponder

Chicago é uma das cidades que precisamos visitar antes de ir embora dos EUA.. Todo mundo que vai adora a cidade!
Ótimas Dicas..

Luciana Betenson

Não sei se ainda dá tempo, mas também tenho um post sobre Chicago, para dar uma geral para iniciantes, o "Muito para ver em Chicago" ( http://rosmarinoeoutrostemperos.blogspot.com/2010/04/muito-para-ver-em-chicago.html ). E outros posts falando sobre o jantar no restaurante Moto, o Food&Tasting Tour que é bem legal e a 'public art' em Chicago. Caso alguém se interesse: http://rosmarinoeoutrostemperos.blogspot.com/2010/05/public-art-em-chicago-imperdivel.html , http://rosmarinoeoutrostemperos.blogspot.com/2010/03/food-tasting-and-cultural-tour-do.html . Abraços!!

Natalie
NataliePermalinkResponder

Chicago está no nosso roteiro EUA/2011 desde quando eu li esses posts do Alessandro e essas dicas complementares vão nos ajudar e muito.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Há fotografías excelentes de Chicago em Wazari. A cidade é muito limpa, com um "skyline" surpreendente. Lindo!

Dicas para Chicago… « Way of life

[...] no site sobre dicas de Chicago encontrei 2 posts (1 e 2), os dois ainda um pouco antigos, como os que tenho encontrado por aí, a diferença é que nos [...]

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Oi Riq e pessoal. Estou me programando pra passar uma semana em Chicago em julho e queria dica de hotéis ou sobre a melhor região para se hospedar e poder "camelar" a vontade. Valeu!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Neste mesmo post você encontra o caminho para as dicas wink No link "Chicago pra Keka", veja nos comentários onde os tripulantes indicam ficar!

Natalie
NataliePermalinkResponder

Acabei de passar quase uma semana em Chicago e fiquei em Downtown - estação Grand (red line), ótima localização, próximo a vários restaurantes e a 1 km do Nave Pier. (Sem contar que essa Red Line leva para os principais pontos de Chicago, super tranquilo de se locomover.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Acabo de voltar de um fim de semana prolongado na minha cidade favorita da terra do Tio Sam. Tenho 4 palavras para dizer: GIRL AND THE GOAT (www.girlandthegoat.com)! Talvez a melhor experiência gastronômica vs o preço pago que já tive. O "goat neck" é FENOMENAL!

Outro lugar que recomendo de olhos fechados (segunda vez que estive lá) é o Longman & Eagle ( http://www.longmanandeagle.com ). Possivelmente o melhor Bloody Mary deste planeta (mas é picante)! Não aceitam reservas, o Brunch é de outro mundo, e são mais que apenas um restaurante pois há quartos lá também!

Iara
IaraPermalinkResponder

E compras em chicago???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Iara! Chicago tem todas as grandes lojas, marcas e outlets, como qualquer cidade americana. wink

iara
iaraPermalinkResponder

e city tour? Alguma recomendação. Vi uma equipe de brasileiros que fazem esse serviço. Mas fiz em NY e não gostei muito pois eles se preocupam em dirigir (nesses locais de transito louco) e ainda passar informações. Sei la...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Iara! Não temos indicação de city tour. A gente prefere passear por conta própria! Se fizer questão, existem tours hop-on hop-off (mas não testamos):
http://www.coachusa.com/chicagotrolley/index.asp

Leia também: https://www.viajenaviagem.com/2011/02/city-tour-x-onibus-hop-onhop-off-x-nenhuma-das-anteriores/

Juliana
JulianaPermalinkResponder

O hop-on hop-off vale a pena se for um dia bonito e se voce nao tiver muito no espirito de caminhar. Chicado downtown nao eh muito grande, em 2 dias voce consegue ver os pontos turisticos principais caminhando, o que na minha opiniao eh muito mais interessante.

Moro em Chicago, qualquer duvida pode me perguntar!

No meu blog tenho um pouco mais de dicas sobre a cidade: http://world-surpriseme.blogspot.com/search/label/Chicago

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Olá Bóia e amigos.
Irei como meu marido para maratona de Chicago e terei apenas 2 dias para conhecer um pouco a cidade.
Preciso de dicas de locais imperdíveis turisticamente falando, e não turisticamente falando tbm rsrsrsrs
obrigada
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flávia! Há várias dicas no post acima. Dê uma olhadinha!

Tania Freire
Tania FreirePermalinkResponder

Olá, estamos pretendendo passar uma semana em junho de 2015 em Chicago e precisamos de dicas, preferencialmente de hotel próximo de atrações mas que não seja em local muito muvucado. Gostamos de andar para conhecer o local e adoramos eventos musicais, pricnicpalmente blues. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tania! Veja no blog Sundaycooks dicas sobre onde ficar em Chicago: http://sundaycooks.com/2011/08/31/chicago-onde-ficar-e-como-chegar/

Camila
CamilaPermalinkResponder

Olá!!! Pretendo me mudar para Chicago dentro de 2 anos, sou estudante de Design Gráfico em São Paulo, gostaria muuuito de cursar o art institute. Você saberia me dizer se é uma faculdade boa de se cursar, se aceitam alunos imigrantes, e até mesmo se são viáveis financeiramente?
Muito obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Somos um site de turismo. Para maiores informações sobre o Art Institute de Chicago, entre em contato diretamente com eles. wink

Adriana Novaes

Camila entre em contato com minha filha Daniela ela te dará informações sobre a SVA de NY .é com certeza espetacular , de altíssima qualidade.danielanovaes.sva@gmail.com

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Camila vi somente agora sua pergunta, a SAIC (School of the Art Instutite of Chicago) e' uma das melhores escolas de arte do mundo. A escolar aceita estudantes internacionais e se quiser deixe algum contato que conheco muita gente que estudou la' (minha esposa inclusive).

Sou meio reticente com rankings, mas o da US News e' um dos mais "aceitos":
http://grad-schools.usnews.rankingsandreviews.com/best-graduate-schools/top-fine-arts-schools

A SVA em NY tambem e' uma excelente escolar.

Nathalia
NathaliaPermalinkResponder

Pessoal, vocês conhecem alguma empresa que faça transfer do centro ao aeroporto O Hare? Tenho um vôo super cedo, saindo do hotel umas 4h. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nathalia!

Trânsfer privado (marque com 3 horas de antecedência do seu vôo): https://www.carmellimo.com/

Shuttle (marque com 4 horas de antecedência do seu vôo): http://www.shupershuttle.com

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar