São Paulo para garotas adolescentes

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Galeria Melissa, São Paulo

A querida Eunice pede dicas para repassar à sua filhota Eunicinha, que tem 16 anos e vem passear em São Paulo com uma amiga de 20.

A turistagem básica -- Mercadão Central, Museu da Língua Portuguesa, Pinacoteca do Estado, MASP, Liberdade, Ibirapuera -- já foi feita em viagens anteriores. O que ela busca são dicas bacanas de passeios compatíveis com a idade da filhota, por regiões e horários seguros.

Bora ajudar?

De minha parte, eu indico a Galeria Melissa, na Oscar Freire, que periodicamente muda a fachada e a ambientação, sempre a cargo de um artista de vanguarda (a foto do post foi gentimente surrupiada do site da galeria).

De dia vale a pena enfrentar a ladeira da Augusta, dos dois lados da Paulista, para ver as lojas alternativas (sobretudo as colaborativas, como a Endossa e o Mercado Mundo Mix) que estão pipocando na rua.

Um lugar bacana para almoçar no Baixo Augusta (cinco quadras abaixo da Paulista, em direção ao centro) é o Kebabel, na esquina com a Fernando Albuquerque. Do outro lado, nos Jardins, eu experimentaria a Z-Deli, na Lorena, que é a deli mais nova-iorquina de SP.

A região da Paulista e Jardins tem três megalivrarias que funcionam como passeio -- a Fnac Paulista na Santos, a Livraria Cultura no Conjunto Nacional e a Livraria da Vila na Lorena. Outro ótimo programa-cabeça na região é o cineminha Reserva Cultural, que tem programação de arte, no prédio da TV Gazeta, na av. Paulista.

A cidade tem muitos musicais em cartaz. Estão falando bem da versão brasileira de Mamma Mia.

E no quesito shopping, o imperdível (talvez mais para ver do que para comprar) é o Cidade Jardim. Fica longe, mas vale os R$ 30 da corrida de táxi.

A Val dá dicas do Itaim: pegar um cineminha no Kinoplex, traçar um temaki na Temakeria & Cia. e passear no Parque do Povo. E recomenda também (eu endosso!) a feirinha da Praça Benedito Calixto, sábado à tarde em Pinheiros.

A Adri Lima reforça a Pinacoteca do Estado (sempre tem uma exposição nova), acha que garotas também vão amar o modernérrimo Museu do Futebol, no Pacaembu, e indica a padoca mais cultuada da cidade, a Bella Paulista, para lanches a qualquer hora.

E você? Que dica dá para uma garota adolescente em São Paulo? Mande ver!

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire


68 comentários

Aline Matos
Aline MatosPermalinkResponder

O Catavento é um programa que geralmente agrada os teens. Tb vale a pena uma visita ao Parque Villa Lobos e alugar uma bike ou patins, lá dentro ainda tem uma biblioteca de primeiro mundo que faz muito sucesso. Um passeio pela Libertade para encarar um restaurante japonês mais tradicional e passear pelas lojinhas

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar