Vai por mim: montar bases é mais eficiente do que pinga-pinga

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Foliage na Provence

Ao montar um itinerário de viagem, nosso primeiro reflexo é pegar a seqüência de cidades e programar um pernoite em cada uma. A idéia é chegar, visitar, pernoitar, sair no dia seguinte, viajar, chegar, visitar, pernoitar, e assim por diante.

Sem saber, estamos emulando o esqueminha das excursões de ônibus. Eu não gosto nadinha de excursões de ônibus, mas preciso admitir que nisso elas são insuperáveis: o timing é todo azeitado. O motorista e o guia sabem exatamente a que hora precisam partir, onde vão parar, onde fica o hotel, em que lado do palácio fica o portão, qual restaurante vai estar aberto às 21h30.

Já quando tentamos fazer roteiros parecidos para viajar de carro, sem nunca ter passado antes pelo lugar, tudo tudo tudo leva invariavelmente mais tempo do que imaginamos. É natural. Os tempos de deslocamento que simulamos são líquidos. Não estão previstas distrações, paradas, engarrafamentos, bobeiras, obras, desentendimentos com o GPS, curiosidades que aparecem pelo caminho, dificuldade de estacionamento, fila no check-out ou no check-in.

O deslocamento acaba tomando cada vez mais tempo proporcional do nosso dia, e vai ficando menos agradável -- porque existe o compromisso de chegar no próximo destino ainda naquele dia (e às vezes ainda tendo que conseguir achar um restaurante aberto, já que talvez não tenha dado tempo de comer direito durante o dia).

O abre-mala/fecha-mala vai ficando cada vez mais chato, e a gente sai de cada cidade em que dormiu sem ter conseguido aprender a se orientar.

Como alternativa a isso, eu proponho -- e pratico grin -- o sistema de bases.

Sistema de bases: como funciona

Sempre que possível, programo três noites (ou pelo menos duas) num mesmo lugar. De uma tacada só, reduzo o abre-mala/fecha-mala, e o tempo perdido em achar o hotel, fazer check-in e depois check-out todos os dias. De bônus, ganho uma certa intimidade com uma cidade que vai me acolher todos os dias depois de passear por aí. Na terceira noite, vou me sentir quase como voltando para casa.

Nos três dias (ou dois, ou quatro, ou quantos forem) em que fico baseado por ali, programo passeios, primeiro dentro da cidade, depois às redondezas. Quando dá, tento fazer esses passeios às redondezas de um modo circular, indo por um caminho e voltando por outro (claro que nem sempre será possível).

Para mim, a maior vantagem do sistema de bases é que ele permite uma readequação de ambições e expectativas. Porque no papel tudo é perto, tudo é fácil, tudo é igualmente importante. Na vida real a gente logo percebe que não é assim. Que vale  mais a pena ver menos com calma do que ver mais com pressa. Que ir atrás de algo que a gente não sabia que existia na maioria das vezes é mais divertido do que cumprir exatamente o roteiro original.

Outra sintonia fina que o esquema de bases proporciona é o da seleção de passeios conforme a meteorologia se apresenta -- ou de acordo com imprevistos (um evento do qual você não tinha informação, um feriado local). Quem está no itinerário linear não pode se dar a esse luxo.

Experimente implementar bases na sua próxima viagem. Mesmo que você ainda não tenha percebido os defeitos do itinerário linear, aposto que você vai curtir a diferença mrgreen

Leia mais:

277 comentários

Lansarin
LansarinPermalinkResponder

Aluguel de apto/casa: qual a melhor cidade base: Colônia, Stuttgard, Dusseldorf? Airbnb é confiável?

enocir mello
enocir melloPermalinkResponder

o Ricardo se puder me de sugestões para eu ir do sul da frança pra croacia ( zagrebe ) . em principio gostaria de ir de trem como você diz estabelecendo bases em algumas cidades sem fazer maratona...se puderes me ajudar , valeu.

enocir mello

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Enocir! Quem responde é A Bóia. As conexões ferroviárias com a Croácia não são boas nem desde seus vizinhos, que dirá desde a França. Vá de avião.

Christiane
ChristianePermalinkResponder

OI, Ricardo.
Estarei viajando para a Europa em dezembro próximo, para passar o natal com a familia em Portugal. Porém, pra "não perder a viagem" pretendemos passar antes na Alemanha, para aproveitar uns dias.
A programação está saindo do p
Brasil em 04/12, chegando em Munique no dia 5, dai pretendemos ir a Fussuen, Garmish, Zugspitze, Konstanz, Konigsee, etc (ainda é plano), e sairemos para Porto no dia 14/12.
Perguntas:
O q é melhor nesse caso, ficar em Munique e fazer bate-e-volta, ou pinga-pinga (2 noite em Munique, 2 em Fussen, 2 em garmish...)?
Ou ainda ficar em outra cidade , Garmish, e ai sim, fazer bate e volta?
Como estaremos em 2, (eu e meu marido) será melhor trem ou carro?
Ou ainda o bilhete Bayern ticket?

Desde já agradeço a atenção.
Christiane

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Christiane! Quem responde é A Bóia.

Garmisch-Zugspitzee e Füssen podem ser feitas em bate-volta com Bayern Ticket.

Para o lago Constance, programe pernoites. Pode ir de trem ou carro.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Estou indo conhecer Portugal, com minha namorada, de 10 a 25 de outubro. Nossa passagem é São Paulo/Madri/São Paulo. Como vc sugere que a gente vá e volte de Madri a Portugal? Lisboa de avião? Ou trem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Só existe um trem, e noturno, entre as duas capitais. REcomendamos o avião.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Estou pensando em passar uns 3 dias em Lisboa e depois alugaar um carro para ir ao Porto e Serra da Estrela. Que tal?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! É um bom roteiro.

Audrei
AudreiPermalinkResponder

Eu e marido vamos pela primeira vez para a Europa em 20/09 voltando em 05/10. Estou organizando tudo e tenho muuuuitas dúvidas. Chegaremos em Paris dia 21 à noite, então ficaremos lá até o dia 27, quando planejo ir para Veneza de avião, ficar dois dias inteiros. Ir para Londres, mais dois dias inteiros em Londres, e então Madrid, ficando um dia inteiro em Madrid e voltamos para o Brasil. É um total de 15 dias e o trecho Londres-Madrid está incluído na passagem internacional. Lendo a suas ótimas dicas, pensei em fazer um bate-volta no dia 26 de Paris a Bruxelas, usando o trem. O que acha disso tudo? Será que dividimos bem o tempo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Audrei! Fique pelo menos cinco dias em Londres (o ideal são 7) e no mínimo 3 dias inteiros (sem contar o da chegada) em cidades do porte de Madri.

Lembre-se que o dia de deslocamento é perdido.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Eliel Bartels
Eliel BartelsPermalinkResponder

Olá, em Fevereiro/14 desembarco com minha família em Barcelona para 21 dias de férias. Tenho algumas dúvidas e peço ajuda a ti para responder:
* cotei locação de carro (Ford Focus gasolina a partir de Barcelona) por R$900 todo os 21 dias, é isso mesmo?
* vale a pena pagar mais caro pelo veículo a diesel?
* nosso pontos macro serão Barcelona - Paris - Munique - Barcelona. É possível realizar este trajeto em 21 dias com tranquilidade? (1 criança de 3 anos e outra de 7 anos)
Muitíssimo obrigado por sua ajuda!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ellei! O Ricardo Freire entende que viagens de carro são para explorar regiões demarcadas, explorando as estradas secundárias, e não para cruzar o continente pela monitonia das auto-estradas, com pressa, e enfrentando os problemas de trânsito e estacionamento das cidades grandes.

O valor do aluguel deve estar sem seguros.

PAULO GOMES
PAULO GOMESPermalinkResponder

ola,Pretendo ira a Portugal em 2014 ( maio)com esposa ( sem filhos), pretendemos ficar 23 dias, com uma ida a toledo na Espanha , locarei um carro.
intenção principal cidades pequenas do interior,porto , douro,cascais,, serra da estela, etc . peço indicação: de uma boa locadora com preço bom.e se tiver algumas dicas de roteiros.. e dicas específicas para Portugal se puder agradeço muito! pois estamos u pouco perdidos em dimensionar tempo locais
agradeço pela ajuda e parabens pelo trabalho!!!!

Luciana Araujo

Olá Bóia!
Estou indo para a Europa em setembro com meu marido, minha mãe e 2 filhos de (3 e 1 anos). Já conheço a Europa e sou partidária de viagens tranquilas sem correria. Pensei em alugar apto nas principais cidades e um motorhome para o interior. Justamente para evitar a correria de check in- check out.
A dúvida é: dá pra viajar tranquila com o motorhome na Europa ou é um tiro no pé?
Queremos visitar portugal e o sul da itália.
Pretendo ficar 30 dias.
Meus filhos são acostumados a viajar!
Vou em frente com o motorhome ou esqueço essa estória?

Abs,
Sou sua fã!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Motorhome é um tipo de transporte indicado para viagens no campo, de natureza. Para visitar cidades grandes e médias será um estorvo.

silvia barbosa

boa tarde!
meu marido e eu pretendemos viajar para Europa em abril quando faremos 40 anos de casados.
sou def.fisica,fiquei com sequelas pós um avc há 6anos, gostamos muito de viajar e viajamos de 4 a 5 vezes por ano.Tenho um scooter próprio para viagens,que me ajuda muito para longas distancias.Gostaria de receber algumas opçoes de roteiro a seu gosto.com cidade de base.15 a 20 dias.Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! Lamentamos, mas não podemos fazer roteiros personalizados. Mas a gente pode ajudar nas dúvidas que você tiver. Como inspiração, navegue no menu "Europa". wink

Como organizar um roteiro de viagem - 360meridianos

[...] ideia que o Ricardo Freire defende e eu, que não sou boba, assino embaixo, é criar “bases” nos lugares que for [...]

Luzia
LuziaPermalinkResponder

Olá , td bem?

vou pra Itália em Maio, não comprei ainda as passagens , gostaria de conhecer tbm França, Suiça, Austria, mas gostaria de poder ir tbm até a Grécia será que em 17 dias consigo fazer esse roteiro?????
Obrigada.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Oi Luzia, leia o texto acima que irá lhe ajudar!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luzia! É um roteiro que fica corrido e caro para o tempo que você tem, especialmente se estiver pensando em países inteiros, e não em cidades. wink Leia: https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Mayara Gomes
Mayara GomesPermalinkResponder

Olá, me caso em junho de 2015 e temos planos de passar 15 dias na Europa. Poderia dá uma luz em relação ao roteiro e transporte?
Obrigada.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Mayara, isso eh super pessoal, mas ja que vc perguntou, vou dar o meu pitaco smile
Voces conhecem a Italia? Eh um pais que vc pode passar tranquilamente por 15 dias e ver coisas diferentes. Sendo em junho, ainda, vcs podem curtir um pouco de praia...

Tenho muitas dicas da Italia no meu blog ( e alguns paises para escrever ainda), venha me visitar: www.ciaoviaggio.com

Abracos
Vanessa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mayara!

Comece seu planejamento por aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Oi Boia. Tenho do dia 14/04 a 24/4 para conhecer Amsterda , saindo do Rio de Janeiro, e algo mais. Estou indo com a minha filha de 17 anos. Pensei em fazer conexão e depois Amsterda. Pode me dar uma focinha, gostariamos de chegar de trem.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Se você ainda não comprou a passagem, o mais interessante seria chegar por Amsterdã e sair pela outra cidade, ou vice-versa, incluindo o trecho entre as duas na passagem transatlântica.
Dicas aqui: https://www.viajenaviagem.com/2013/10/dicas-comprar-passagens-areas-nacionais-internacionais/

A dobradinha de trem entre Paris e Amsterdã, com pit-stop em Bruxelas, também é super bacana. Nesse caso, seria bom ter mais 1 ou 2 dias de viagem: https://www.viajenaviagem.com/2012/07/bruxelas-entre-paris-amsterda/

Andréa Herino Tulio

Olá Ricardo,
Eu e minha família vamos passar 15 dias em dezembro/14 na Suíça.
Nossa dúvida é a seguinte:
Estabelecemos 3 bases Lucerna, Berna e Lausanne e incluímos 3 dias nos Alpes (Interlaken ou Grindewald). O que queremos evitar são os roteiros cansativos, acredita que desta forma conseguiremos isto?
Obrigada
Andréa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andréa! Quem responde é A Bóia.

Nossos roteiros pela Suíça estão aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2013/09/roteiros-trem-suica-swiss-pass

Thais Araujo
Thais AraujoPermalinkResponder

Oláá! Parabéns pelo site, não saio mais daqui!

Pretendo passar 30 dias na Europa em agosto de 2015. Vou com uma amiga e é nossa primeira viagem. Fizemos a relação de países que queremos conhecer e, obviamente, a lista é imensa! Ficamos com Irlanda, Inglaterra, Holanda, Bélgica, Alemanha, França e Espanha, você acha que vai ficar muito corrido? Pode nos ajudar a montar os blocos? Em que lugares seria melhor fazer nossas bases?
Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thais! Não pense em países, pense em cidades. Comece por aqui: https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Liliane Lima
Liliane LimaPermalinkResponder

Olá, Bóia
Vou fazer um cruzeiro saindo de Génova,em abril/2015, vou chegar 5 dias antes para conhecer Veneza, Florença. Qual deve ser a cidade que faço de base antes de chegar em Génova para embarque. Obrigada pela ajuda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Liliane! Chegue pelo menos com uma semana de antecedência para fazer Veneza e Toscana. Durma a véspera do embarque em Gênova mesmo, uma cidade que merece um dia inteiro de visita.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/destino/veneza
https://www.viajenaviagem.com/destino/toscana

Merondy Sindra

Olá amigo. Fiquei impressionado com a simplicidade de seus comentários. Sou viajante contumaz.Já são quase quarenta países vencidos e alguns até 6 vezes. Sempre uso o sistema de base e nunca planejo voltar pelo mesmo caminho. Nesse sentido fechamos em tudo. Usei muito o eurail pass e vejo que hoje não é tão atraente seu uso pelo alto custo e exigências. No próximo mês de fevereiro (2015) estarei viajando com minha esposa para o leste europeu pela primeira vez e gostaria de apresentar meu roteiro:Brasil Suiça onde ficarei 5 dias girando interiormente. Depois a intenção é seguir sempre girando para a Áustria onde fico 5 dias depois para a Republica Checa, Eslovaquia, 3 dias cada. Após o que vou para a Hungria por mais 5 dias. Total 21dias.Vizinho para seu visitado?
voce sugere algum outro país a ser visitado? Entre esses países o melhor é ir de trem ou avião? Obrigado antecipadamente..

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Merondy! Dá pra fazer tudo de trem.

Léa
LéaPermalinkResponder

Olá... em abril/15 eu e meu marido faremos o leste europeu, fiz uma relação das cidades q gostaria de conhecer (amsterdam, belgica, frankfurt, berlim, praga, viena e zurique) e como você disse colocamos mais do que é possível... gostaria de saber o que é possível fazer bate e volta e quais as cidades que posso utilizar como base.

Desde já agradeço!
Léa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Léa! Nenhuma das cidades que você lista cabe em um bate-volta. Veja aqui quantos dias passar em cada lugar e defina suas prioridades: https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Moacir Volpato Sombrio

Em 2015 estou planejando uma viagem para Europa com minha família e vou ter 13 dias com um detalhe...meu filho é fã do Borussia da cidade de Dortmund ou seja tem que passar pela Alemanha e tbm Espanha - Madri e Itália - Roma;
Melhor época
chegar e voltar por onde
outras dicas
tenho no total R$ 25 mil

Cesar
CesarPermalinkResponder

Olá. Eu e minha esposa planejamos viajar no final de maio de 2015 para Grécia (parte das ilhas e a região de Meteoras), Croácia (Dubrovnik, Split, Plitvice-parque Nacional e de repente em Bled - Eslovênia) e Itália (uns cinco dias no norte e mais uns cinco dias na costa Amalfitana), em um total de uns 22 a 25 dias. Queremos fazer o sistema de cidades base, como recomendado. Estamos dispostos a usar trem e carro. O que vocês poderiam nos sugerir de roteiro? Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cesar! Infelizmente não temos condições de montar roteiros individuais.

Cesar
CesarPermalinkResponder

Acho que me expressei mal. Na verdade com esse esboço de roteiro que eu expus foi no sentido de ter uma sugestão de qual cidade das regiões citadas poderia servir de base e o que poderia ser usado de bate e volta. Contudo, se essa dúvida ainda ficar muito tendente a um roteiro individual, a principal dúvida é: o que é mais indicado, o uso do trem ou carro, principalmente no que se refere a Grécia. Obrigado pela compreensão.

Andressa
AndressaPermalinkResponder

Olá Ricardo! Primeiramente gostaria de dizer que adoro o seu site, excelente!! Estou tentando montar um roteiro de viagem para os meus pais de 20 a 25 dias sendo Espanha e Portugal, porém está um pouco complicado adequar todas as cidades que eles querem. Poderia me ajudar por favor?
PORTUGAL: Braga, Porto, Coimbra, Fátima, Nazaré, Óbidos, Sintra, Lisboa, Évora, Sesimbra
ESPANHA: Zaragoza, Salamanca, Madri, Toledo, Valência, Barcelona, Córdoba, Cartagena, Sevilha, Granada, GIBRALTAR. Começo por Barcelona? Obrigada pela ajuda

Sheila Di Natale

Olá, eu, meu marido e dois filhos(3 e 5 anos) moraremos 3 meses na Alemanha: Colônia (entre 20 marco e 20 junho/15) por motivo de trabalho do meu marido.
Queremos aproveitar a oportunidade e visitar as principais cidades q fazem divisa com Alemanha. Teremos todos os finais de semana, sendo q os 5 fds de maio serao prolongados. As cidades pretendidas são: Berlin, Munique, zurique, Viena, Praga, Budapeste, Copenhagem, Amsterdam, Bruxelas, Luxemburgo. Estou perdida com relação a ordem das cidades para evitar o vai e vem. Por favor ajudem, socorro!!! Bjos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sheila! A ordem não influi. Mas antes de decidir todas as viagens, lembre-se de visitar os arredores, como os vales do Reno e do Mosel, Heidelberg, Rota Romântica. Morando três meses na cidade, vocês ficarão sabendo de muita bacana mais perto de vocês.

Everaldo
EveraldoPermalinkResponder

Caro Boia,
Estou planejador fazer o roteiro, de CARRO, de Frankfurt para Bruxelas, e Bruxelas para Amesterdan, em maio/2015.
Alguém sabe se vale a pena ir de carro? Planejo ficar 4 dias em cada uma dessas cidades. É suficiente?
É muito caro locar o carro em Frankfurt e devolver em Amesterdan? Somos três casais.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Everaldo! Vá de trem.

Assista:

https://www.youtube.com/watch?v=X9hAQ6BQJHQ

Henrique Moscovich

Já fiquei AirBNB Em: Toronto,NY,Berlin,Londres,Paris. Em várias viagens desde 2015.

Henrique Moscovich

De Munich a Flussen é pertinho.Sugiro depois de Flussen ir direto a Zurich e voltar outro dia de volta a Munich ou em direção à Frankfurt e entrar na Alsácia,voltar e ir até Hiedelberg e ir pra terrinha depois.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Acabei de voltar da Hungria( Budapeste) ,Eslovaquia ( Bratislava) ,Eslovenia ( Liubjana)e utilizei o Flixbus ( onibus) . Excelente! Fui de Liubjana para Trieste tb com Flixbus, passando por Viena. Além de mais barato que trem , a paisagem é mais bonita.

Luis Eduardo
Luis EduardoPermalinkResponder

Olá Comandante e tripulantes. Procuro uma informação sobre cruzar fronteiras na Europa usando o carro de um amigo que mora em Portugal (e que não fará a viagem junto conosco). Preciso de algum documento do dono do carro autorizando a viagem? Em caso positivo como fica a questão do idioma? Algum seguro especial? Será que conseguem me ajudar? Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luis! Peça para o seu amigo pesquisar, a informação será muito muito mais garantida e ele é parte interessada.

João jose
João josePermalinkResponder

Já fiz varias viagens pela Europa e sempre de carro poucas vezes fiz bases
É uma boa opção sim porém gosto muito de seguir o caminho é ir descobrindo novos lugares sem ter a obrigação de chegar ao destino inicialmente planejado
Tenho algumas dicas
Tenha uma mochila para o dia a dia assim não precisará desembarcar com toda a bagagem
No interior sempre tem restaurantes nas estradas que sao muito bons simples mas com boa comida e basicamente para os locais
Fique em hotéis fora das cidades a Europa tem redes de hotéis para pernoite com preços ótimos e confortáveis
Acorde cedo e pare cedo

Aldineia
AldineiaPermalinkResponder

Oi Bóia, estou me planejando pra fazer .inha primeira viagem a Europa. Pretendo ficar uns 20 dias. Moro em Manaus e pretendo voar direto para Portugal. Ficar uns 05 dias em Lisboa. E a partir de Lisboa ir até Sevilha de carro. Ir pelo sul de Portugal, talvez parar em Faro. Vc tem algyma sugestão. Pretendo ficar 02 dias em Sevilha e de lá pretendo ir de trem até Madri. Ficar uns 06 dias em Madri. De Madri pretendo ir a Paris de aviao. Ou a Londrea. O que vc me sugere?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aldineia! Não se aluga carro num país para devolver em outro, a sobretaxa de devolução é altíssima. Faro não é uma boa base para o Algarve, as melhores praias ficam entre Lagos e Albufeira. Fora da temporada (junho-setembro) não é recomendável ir ao Algarve. Além disso, pense se na sua primeira viagem à Europa praia (ainda que com uma paisagem bonita) tem essa prioridade toda...

Leia:

https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

https://www.viajenaviagem.com/2015/03/europa-roteiro-15-dias/

https://www.viajenaviagem.com/2014/02/andaluzia-roteiro-7-dias/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar