Vai por mim: montar bases é mais eficiente do que pinga-pinga

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Foliage na Provence

Roteiro de viagem: montar bases x pinga-pinga

Ao montar um itinerário de viagem, nosso primeiro reflexo é pegar a seqüência de cidades e programar um pernoite em cada uma. A idéia é chegar, visitar, pernoitar, sair no dia seguinte, viajar, chegar, visitar, pernoitar, e assim por diante.

Sem saber, estamos emulando o esqueminha das excursões de ônibus. Eu não gosto nadinha de excursões de ônibus, mas preciso admitir que nisso elas são insuperáveis: o timing é todo azeitado. O motorista e o guia sabem exatamente a que hora precisam partir, onde vão parar, onde fica o hotel, em que lado do palácio fica o portão, qual restaurante vai estar aberto às 21h30.

Já quando tentamos fazer roteiros parecidos para viajar de carro, sem nunca ter passado antes pelo lugar, tudo tudo tudo leva invariavelmente mais tempo do que imaginamos. É natural. Os tempos de deslocamento que simulamos são líquidos. Não estão previstas distrações, paradas, engarrafamentos, bobeiras, obras, desentendimentos com o GPS, curiosidades que aparecem pelo caminho, dificuldade de estacionamento, fila no check-out ou no check-in.

O deslocamento acaba tomando cada vez mais tempo proporcional do nosso dia, e vai ficando menos agradável -- porque existe o compromisso de chegar no próximo destino ainda naquele dia (e às vezes ainda tendo que conseguir achar um restaurante aberto, já que talvez não tenha dado tempo de comer direito durante o dia).

O abre-mala/fecha-mala vai ficando cada vez mais chato, e a gente sai de cada cidade em que dormiu sem ter conseguido aprender a se orientar.

Como alternativa a isso, eu proponho -- e pratico grin -- o sistema de bases.

Sistema de bases: como funciona

Sempre que possível, programo três noites (ou pelo menos duas) num mesmo lugar. De uma tacada só, reduzo o abre-mala/fecha-mala, e o tempo perdido em achar o hotel, fazer check-in e depois check-out todos os dias. De bônus, ganho uma certa intimidade com uma cidade que vai me acolher todos os dias depois de passear por aí. Na terceira noite, vou me sentir quase como voltando para casa.

Nos três dias (ou dois, ou quatro, ou quantos forem) em que fico baseado por ali, programo passeios, primeiro dentro da cidade, depois às redondezas. Quando dá, tento fazer esses passeios às redondezas de um modo circular, indo por um caminho e voltando por outro (claro que nem sempre será possível).

Para mim, a maior vantagem do sistema de bases é que ele permite uma readequação de ambições e expectativas. Porque no papel tudo é perto, tudo é fácil, tudo é igualmente importante. Na vida real a gente logo percebe que não é assim. Que vale  mais a pena ver menos com calma do que ver mais com pressa. Que ir atrás de algo que a gente não sabia que existia na maioria das vezes é mais divertido do que cumprir exatamente o roteiro original.

Outra sintonia fina que o esquema de bases proporciona é o da seleção de passeios conforme a meteorologia se apresenta -- ou de acordo com imprevistos (um evento do qual você não tinha informação, um feriado local). Quem está no itinerário linear não pode se dar a esse luxo.

Experimente implementar bases na sua próxima viagem. Mesmo que você ainda não tenha percebido os defeitos do itinerário linear, aposto que você vai curtir a diferença mrgreen

Leia mais:

286 comentários

Lucia coutinho reis

Oi Bóia,

Valeu!!!
Obrigada!

Alina Miranda
Alina MirandaPermalinkResponder

Oi pessoal! Realmente, o site é demais. Sem ele não conseguiria pensar em viajar para Europa com o mínimo de organização. Apesar de ter lido várias vezes muitas coisas, já percebi que cometi alguns errinhos.

Comprei o trecho Rio de Janeiro-Lisboa para 28/03, Lisboa-Paris para 02/4 e comprei nesse pacote pela TAP o retorno de Roma-Rio de janeiro 18/04. Minha ideia era após passar 4 ou 5 dias em Paris ir para Barcelona, mas estou tendo dificuldades... não incluí no meu trecho porque achei que encarecia demais, mas quando fui nas dicas de vcs das low-costs, verifiquei as tarifas sobre mala e sai até mais caro que a TAP cobrava. Mas outro incoveniente era o vôo ir p Lisboa entre Paris e Barcelona... achei isso ruim. Após a estadia em Paris, pretendo ir para a Itália dia 11/4 e estar em Roma até dia 16/4 para ficar até 18/4 quando pego o vôo de volta para o Rio, sendo o voo só à noite, ainda aproveito o dia. Aí queria perguntar:

Em 02/4 ao 12h chego em Paris e quero ficar até 7/4. Daí pergunto se devo abrir mão de Barcelona (pela dificuldade de achar vôo barato e de trem ser longe) e se é difícil ir conhecer o sul da França, tipo Nice? Ir de trem? De Nice teria como ir para Veneza de trem? Pararia em Milão um dia (tenho visto que 1 dia em Milão bastaria...)? De Veneza queria conhecer Florença e depois Roma - vou de trem nessa sequencia? Eu queria uma ajuda também em sujestão de base em Paris para Bate volta. Vale Londres? Estou sem programação entre 7/4 quando pretendo sair de Paris... e 11/4, quando imagino que devo estar em Veneza. E como não sei o que fazer, não sei como chegar à Veneza, se de trem pela frança ou de avião.... Queria uma dica, se puder.

Alina

Alina Miranda
Alina MirandaPermalinkResponder

e desculpem esse "sujestão" aí... não vi o erro da grafia.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alina! Não se faz bate-volta de Paris a Londres. Londres precisa de pelo menos 5 dias, idealmente uma semana no mínimo na primeira visita (Paris também).

Voe de Paris a Veneza, continue de trem a Florença e Roma.

sandra
sandraPermalinkResponder

Ricardo
Tbem concordo com vc e acho que pode me ajudar.Vou a Lisboa (4 noites) e depois pretendo subir até Porto (ficar 3 noites. Nesse trajeto quero ficar numa cidade base para conhecer com calma Obidos, Alcobaça, Batalha e Nazare. Que cidade vc sugere como base´.
muuuuito agradecida

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! A sugestão para base é Coimbra.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Alguem pode fazer uma sugestão para uma primeira viagem aos Açores? Qual a melhor base, o que não deixar de ver, hoteis bem centrais para poder passear a pé, como se deslocar entre as ilhas que não podem deixar de ser visitadas na primeira vez. Serão 15 dias (22/dez/12 a 05/jan/13, na verdade 13 dias). Meu pai, de 80 anos, vai estar conosco.Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! A Isabel O. já fez esta viagem e recomenda o seguinte:

https://www.viajenaviagem.com/europa/europa-a-z/comment-page-4/#comment-101185

Vamos colocar sua pergunta no Perguntódromo para ver se aparecem mais pitacos.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Já valeu!!!

Encontrei, também, esse site, gostei:

http://pt.azoresguide.net/ilhas/smiguel.php

Volto depois pra ver se mais alguem tem dicas. Obrigada

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Cristina

Por vc ir com seu pai, eu consideraria ir "empacotado", procura na www.abreu.pt (acredito que seja a maior agencia de viagens de Portugal) que eles tem varias opcoes.

Se tem uma viagem que me arrependo de nao ter feito quando morei em Portugal é esta, mas certamente farei. Pelos relatos de meus familiares e amigos, uma viagem a Sao Miguel já vale, pelo sotaque Micaelense e pelas belezas naturais da propria ilha. Com 1 semana, eu consideraria Sao Miguel, Terceira e Pico. Com algum tempo a mais eu adicionaria Faial.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Outra coisa que esqueci de escrever. Apesar de preferir viagens independentes, ja fui empacotado com a Abreu para Marrocos e Egito e gostei muito dos servicos deles em ambas ocasioes.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Em tempo, a Cristina ai de cima não sou eu trips que normalmente associam a carioca! Tb não tenho pai vivo sad Xará, quiser botar uma letra para diferenciar seu nome e evitar confusão seria interessante. Boa viagem!

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Ricardo,
Estou com viagem marcada de 15 dias na Itália (saio dia 3 de março). Quero alugar um carro para ir e voltar de Milão a Roma, ficando em algumas cidades. Andei lendo em vários blogs e fiquei um pouco assustado com a questão das zonas restritas em várias cidades, inclusive Roma. Pelo que eu entendi, não vou poder entrar de carro em cidades como Luca, Pisa, Florença e Roma. O que você orienta?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Aqui quem responde é A Bóia.

Carro vale a pena para explorar regiões como Costa Amalfitana, Toscana, Úmbria, Sicília. Deixe para alugar o carro na Toscana, baseando-se nos arredores de Siena. Faça os outros trechos de trem.

Veja os últimos posts da Toscana:
https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Caramba! vocês são demais! a resposta é imediata.
Seguindo seu conselho, vou alugar o carro por menos dias, e só na Toscana. De lá, vou de trem para Roma e depois volto direto para Milão. Valeu mesmo, e parabéns pelo grande serviço que o VnV presta.

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Fizemos isso na última viagem e foi super bom! 4 noites em Roma na chegada e 3 na partida. 5 noites em Florença. 4 noites em Gênova. Sempre perto ( ou com fácil acesso) das estações de trem. Pudemos fazer muito do que planejamos. Descobrimos lugares que não estavam no planejamento. E replanejamos o roteiro de olho na meteorologia. Funciona muito bem!

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Agradece as respostas, a Cristina que também é carioca, mas não é a "trips".

Desmistificando a economia e praticidade do Eurail | Dois Mapas

[...] Se você quer deixar sua viagem menos engessada, como o Ricardo Freire sempre afirma, o segredo é montar bases ao invés de recorrer ao pinga-pinga. Nesse sentido, a flexibilidade proporcionada pelo Eurail é [...]

Isadora
IsadoraPermalinkResponder

Oi Bóia!!
Sou eu de novo, em mais um post pedindo ajuda rrs
(Acho que sou a única Isadora por aqui rs, nao vi mais nenhuma em tantos posts que li rs)
É o seguinte...eu montei meu roteiro, mas ainda nao tinha achado essa jóia rara de blog, e agora estou vendo que eestou prestes a fazer num determinado momento da viagem um pinga pinga, que aliás já estava povoado os pensamentos. Depois de passar 3 dias em Veneza, iremos para Verona,onde eu tinha programado ficar apenas 1 um dia e dia seguinte seguir para Milão.O que vc recomenda??Aumento os dias de Verona e deixo pra lá Milão??Ou ficando dois dias em Verona consigo fazer um bate e volta até Milão??Depois disso, Milão ou Verona pegaremos um trem até Ventimiglia e de lá até Nice.

Obrigada
Isa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isadora! Qual é o roteiro da sua viagem? Quantos dias você vai passar em cada cidade?

Isadora
IsadoraPermalinkResponder

Oi Bóia!
O roteiro é o seguinte

Roma-3 dias completos
Assis- 1 dia completo
Florença- 2 dias completos
Veneza- 3 dias completos
Verona- meio dia praticamente( chegaremos de trem as 13:00)
Milão- Meio dia também( chegaremos de trem também na hora do almoço e dia seguinte, 24 horas depois partiremos para Nice)
Nice-3 dias completos
Paris- 1 semana

Estou pensando seriamente em cortar Milão, já que a inclui no roteiro a pedidos de uma amiga que não viajará mais, pois o meu interesse maior é Verona. O que acha??
Todos os trechos serão feitos de trem.
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isadora! Não vale a pena passar a noite em Assis; é uma cidade que vale apenas pela peregrinação religiosa. Vá de trem, deixe a bagagem no depósito, e siga de trem no fim do dia a Florença. (A estação ferroviária fica um pouco fora da cidade, mas há ônibus freqüentes para o centro. Normalmente a gente indica ir de ônibus desde Roma, mas para usar o depósito de bagagens é preciso ir de trem.)

Considere fazer os trechos Milão-Nice e Nice-Paris de avião.

De toda maneira, o pernoite em Milão é recomendável, sim, seja para diminuir a duração da viagem de trem, seja para não ter problemas com a conexão de avião.

Isadora
IsadoraPermalinkResponder

Obrigada Bóia!!!smile

Noemi
NoemiPermalinkResponder

Olá! Poderiam me ajudar com o roteiro desta viagem? Irei de 12/jul a 5/ago. Brasil - Madri. Meu pai é português e fará 80 anos durante esta viagem. Irei com meu marido, meus pais (idosos) e 4 pré-adolescentes. Agradeço muito a ajuda.
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Noemi! Infelizmente não podemos elaborar roteiros individuais.

Noemi
NoemiPermalinkResponder

Em tempo: os pré-adolescentes querem Londres de qq forma.
Obrigada.

Ju Naliato
Ju NaliatoPermalinkResponder

Oi!
Em 30 de setembro, vou correr a Paris-Versailles. Comprei passagem para Amsterdã., dia 20/9.A ideia é passar 3 noites lá, seguir para Bruges, Bruxelas e acabar a viagem em Paris, para correr. Vale montar base em Bruges, ou só passar uma noite e ficar 2 em Bruxelas?.Ou não pernoito em Bruges?
Obrigada pela atenção de sempre!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ju! Bruges é bastante parada à noite. O Ricardo Freire sugere pernoitar ou em Bruxelas, se você curte cidade grande, ou em Ghent, que é quase tão bonita quanto Bruges mas bem mais animada.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2009/08/um-pulinho-em-bruges/

Ju Naliato
Ju NaliatoPermalinkResponder

Obrigada! Vou montar base em uma das duas então!

Dalva
DalvaPermalinkResponder

No período de 30 de julho a 20 de agosto (22 dias), uma amiga e eu permaneceremos na Europa. Nosso objetivo é utilizar o trem como transporte para conhecer, ou rever, algumas cidades localizadas em dez países.
Pretendemos utilizar como base: Milão (já que é por lá que entraremos na Europa) em seguida Berlim e Paris (de onde regressaremos.
Procurei no mapa e planejei o seguinte, na sequência: Milão, Turim, Verona, Innsbruck, Vaduz, Salzburg, Praga, Berlim, Leipzig, Dresden, Luxemburg, Paris, Djon, Lausanne, Berna, e Toulouse.
É loucura ou dá para executar? Pelo mapa é facílimo. É só seguir com o lápis. Na prática a conversa é outra. Dentro do roteiro acima o que dá para fazer realmente e desfrutar? Aceito, claro, sugestões e desde já muito obrigada. Em tempo: vou comprar aqui no Brasil o passe de trem através de operadora.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dalva! 22 dias em 10 países é loucura, sim.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Diego Lima
Diego LimaPermalinkResponder

Boa Noite,

gostaria de uma ajuda, estou com dificuldades em definir meu transporte durante meu mochilão pela Europa daqui 2 semanas, meu roteiro é o seguinte:

Amsterdam 3 dias
Bruxelas 1 dia
Londres 3 dias
Paris 1 dia
Madrid 3 dias
Barcelona 3 dias
Roma 2 dias
Berlim 1 dia
Amsterdam 2 dias

Alguma sugestão de como fazer esse percurso? ou devo mudar a ordem da rota para facilitar o deslocamento? quero deixar tudo reservado para não correr o risco de fazer reserva em hostel e não chegar a tempo.

Fico no aguardo.

Muito Obrigado.

Diego Lima

Juliana Rech
Juliana RechPermalinkResponder

Gostaria de saber se há diferença na copra de tkts de trem ou avião para quem tem cidadania italiana? devo fazer estas compras quando chegar ou posso fazer do Brasil?
irei para Itália em setembro e a ideia e ficar 15/17 dias..
obrigada!

sergio
sergioPermalinkResponder

ola, vou para portugal em out:12 com 08 dias .pretendo ficar tres dias lisboa dois ou tres dias em madrid e tambem conhecer o interior de portugal de carro, suas aldeias, vilarejos qual regiao mais indicada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Você não tem tempo para fazer tudo isso.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/03/roteiro-9-dias-europa/

Emilia
EmiliaPermalinkResponder

Boa noite ! Estou organizando uma viagem para o mês de abril, parece cedo mas o principal objetivo é O Salão do Móvel de Milão. Meu primeiro ponto é esse e a volta é por Paris. Entre Milão e Paris quero passar por um lugar na Alemãnha chamado Unterkirnach. Tenho vontade de conhecer Lugano... Zuriche... e fazer o passeio do Glacier Express mas estou aberta a sugestões. No total serão 15 dias, 4 noites em Milão e 4 em Paris, os dias intermediarios a esses dois pontos estão em aberto, mas não gosto de "pinga-pinga". Agradeço antecipadamente as dicas. Abraço

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Emilia! A Suíça é o caminho natural entre a Itália e França.

Leia sobre a Suíça:
https://www.viajenaviagem.com/category/suica

Andrea/RJ
Andrea/RJPermalinkResponder

Oi, estou planejando uma viagem para julho de 2013, passando por Londres, Edimburgo e esticado para as Highlands. Gostaria de uma sugestão de cidade base para visitar as Highlands - seria melhor Inverness ou Fort William, ou dá para fazer ficando em Edimburgo mesmo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Inverness é mais indicada. De Edimburgo saem passeios organizados, mas são um pouco cansativos.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2007/07/reino-unido-pra-ane/comment-page-1/#comment-232320

Andrea/RJ
Andrea/RJPermalinkResponder

Valeu, Bóia!

Maria
MariaPermalinkResponder

Bóia,vc que tem experiência de viajante pela Europa,vê se eu tô louca:
Em setembro de 2013 vou morar,eu e meu marido,10 meses, na região de Málaga,na Espanha.Só volto ao Brasil assim que o verão europeu resolver dar o ar da graça...lá pra junho de 2014.
Pretendemos comprar um carro e fazer um tour pela europa.
Vamos sair sem lenço, mas com todos os documentos, cruzando a Espanha de sul a norte,atravessar a fronteira francesa até Paris,descer até Neuschwanstein,atravessar a Suiça até Como, na Itália.De Milão até Veneza,descer até Roma e depois reiniciar o caminho de volta pelo litoral, atravessando o sul da França até Málaga.É mta loucura???Ou é viável e interessante? Vc faria isso?
Note que eu n/ tenho compromisso com o tempo...tenho de sobra!rs

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Maria, se você tem bastante tempo, essas viagens são viáveis e podem ser interessantes desde que vc inclua mais cidades menores interessantes.

Só há 2 poréns:

(1) com CNH brasileira, vc só pode dirigir até 6 meses depois de chegar na UE. Depois disso, precisará pasasr por exames para retirar a carteira de habilitaçao epsanhola

(2) para viajar esse tanto, considere bem se um leasing de carro não faz mais sentido que comprar um carro (até pq há restrições, seguro bem caro para estrangeiros etc).

JOSE MARIO
JOSE MARIOPermalinkResponder

Ola,

Tenho viagem para alemanha e tenho duvidas em um determinado trecho da viagem. Tenho um dia de hospedagem em heidelberg, um dia livre e outro dia que tenho que dormir em frankfurt (essa será noite de reveillon).

Nesse dia livre gostaria de visitar o vale do reno de carro, ao menos a parte mais interessante, até o markburg que fica aberto mesmo nos meses de inverno. A dúvida é :

1) Monto base em heidelberg ficando dois dias na cidade e uma daytrip longa resumindo as duas margens do vale do reno (distância de ida aprox. 170km) e no ultimo dia parto direto para frankfurt.

2) Monto base em heidelberg ficando dois dias na cidade com duas daytrips mais curtas ao vale do reno : uma no dia livre para curtir a margem esquerda (distância de ida aprox. 100km), deixando para conhecer a margem direita (castelo de markburg) no caminho para Frankfurt.

3) Monto base em frankfurt ficando um dia em heidelberg, visitando o vale do reno no caminho para frankfurt e dormindo 2 noites em frankfurt.

Pelo que pesquisei até agora, as cidades do vale do reno na época do inverno não seriam muito interessantes para pernoitar, pois as cidades estariam praticamente desertas. Porém as distâncias até Heidelberg e Frankfurt são consideráveis. Que acham?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Mário!

Infelizmente não temos ocmo processar roteiros individuais.

Vamos pôr sua pergunta no Perguntódromo; se alguém responder, a resposta aparecerá aqui.

Enquanto isso, leia esses posts e seus comentários:

https://www.viajenaviagem.com/2010/01/frankfurt-e-heidelberg-pra-marcie/

https://www.viajenaviagem.com/2010/10/um-roteiro-pelo-reno-e-pelo-mosel-testado-pela-evelyn/

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Opiniões sobre qual seria o "melhor trecho" do Rëin variam. A parte que tem canyons mais próximos do rio, e mais cidadezinhas panorâmicas, fica entre Koblenz e Wiesbaden (e não entre Heidelberg e Frankfurt). O trecho entre Worms e Wiesbaden é quase todo urbano, cheio de fábricas e eu pessoalmente não considero assim tão atrativo.

Não é necessário ticar cada vila do mapa em cada uma das duas margens para visitar a região. O Riq tem até um post sobre isso.

Eu faria o seguinte:

dia 1: acorde em Heidelberg, visite a cidade e saia pela auto-estrada no fim da tarde e vá até Koblenz, dormindo por lá. São 170km em auto-estrada.

dia 2: saia de Koblenz na margem direita e vá passeando pelo castelo que vc mencionou, e durma em alguma cidadezinha do vale. Não há pontes, mas há balsas que atravessam o rio em vários pontos, vc não precisa ficar preso a uma marge ou outra. A cidadezinha para pernoitar pode ser St. Goar or St. Goarhausen (que fica em frente do outro lado do rio).

dia 3: continue o passeio pelo vale do rio na direção sul, dê uma passada no rochedo de Lorely e chegue me Frankfurt onde vc já tem a hospedagem.

Samiala de senna rodrigues

Olá estamos indo para a Europa em setembro de 2013.
Nosso roteiro é: Lisboa madri Barcelona Roma Florença Veneza Suíça Paris Londres.
Minha pergunta.
Dá para sair de madri ir para Barcelona e pegar um mine cruzeiro para Roma sem ter que dormir em Barcelona?
Segunda pergunta.
Saindo de Roma para Florença. E Veneza da para ir de trem sem necessariamente ter que pernoitar em Veneza e seguir para Suíça. Ou é muito corrido.
Muito grata .

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Samiala! A Europa é grande.

Comece da casa zero:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Luis
LuisPermalinkResponder

Ola, gostaria de tirar algumas duvidas sobre uma viagem que pretendo fazer agora em marco. Minhas duvidas sao a respeito do roteiro, se esta exagerado ou nao, por onde comecar e terminar e sobre os translados, aviao, trem ou carro, face a uma parte, mesmo que pequena gostaria de fazer de carro. A viagem sera do dia 09 a 24 de marco. Este e o roteiro desejado:
Italia(Roma - base, Cassia, Florenca, Pisa, Milao e Veneza);
Suica(Zurich);
Austria(Viena);
Rep Tcheca(Praga);
Polonia(Varsovia;
Alemanha(Berlim - base);
Holanda(Amsterdan);
Franca(Paris - base); e
Inglaterra(Londres - base).

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luis! Você tem quinze dias e quer ir a 16 cidades. E ainda quer ir de carro.

Comece por este post:

https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Luis
LuisPermalinkResponder

obrigado, estou montando minha viagem do zero; a proxima duvida sera mais especifica...boa semana Luis

Luis
LuisPermalinkResponder

muito obrigao, Luis

Marina Z
Marina ZPermalinkResponder

Olá Boa tarde! Parabéns pelo site, é perfeito!!! Viajei para Paris e Punta Cana graças à este site!!!! Vou de férias em Maio para Portugal, sei que não fazem roteiros individuais, mas gostaria de voltar à Paris por 2 dias pelo menos. Você acha muito longe? Quero muito conhecer Portugal, sei que Londres seria bem + perto de Paris, né? Se alguém puder me dar idéias, aceito mmmmtas sugestões!!!! Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Dar um pulinho de volta numa cidade que amamos sempre é uma ótima; e o melhor dessas voltas é que podem ser feitas em pouco tempo. Se você tem apenas dois dias para investir fora de Portugal, melhor ir a Paris que você já conhece do que a Londres, que necessitaria de uns 5 a 7 dias na primeira viagem.

Compre uma passagem com ida até Lisboa e volta desde Paris. Inclua o trecho Lisboa-Paris (ou Porto-Paris) na sua passagem desde o Brasil.

Suelen
SuelenPermalinkResponder

Boa tarde!
Parabéeeens pelo site! Já salvei grandes dicas.
Estamos planejando nossa viagem à Europa para setembro de 2014.
Pensamos no seguinte roteiro:
19/09 - Londres
22/09 - Paris
25/09 - Roma
28/09 - Região da Toscana
03/10 - Amsterdã
06/10 - Berlim
09/10 - Retorno Brasil
Seria uma boa época para viajar por estes lugares? Queremos mais tempo na região da Toscana, por isso pensamos em alugar um carro neste período, mas para os outros trajetos, quais as melhores formas de locomoção? O tempo em cada lugar está adequado? Como incluir Capri nesse roteiro?
Aceitamos dicas e críticas!! Obrigadaaa!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Suelen! No seu roteiro você deixa apenas dois dias inteiros para cada cidade. É muito pouco tempo. Comece pelo básico e leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/
https://www.viajenaviagem.com/europa/europa-como-quando-quanto-tempo/
https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/

Camila
CamilaPermalinkResponder

Ricardo, Bóia, leitores que saibam: já fucei todos os links que achei aqui sobre a Croácia, mas minha dúvida é bem específica e tem a ver com esse post aqui.
Estarei na Croácia de 20 a 27 de junho. Serão 4 noites em Hvar e no dia 24 iremos pra Split, de onde pegaremos um carro e subiremos até Zagreb, passando pelos lagos Plitvice.
Minhas amigas montaram o roteiro da seguinte forma: 24/06 - Split, dia 25 pegar o carro e subir até Pag para mais uma noite, dia 26 de Pag para Zagreb, porém no caminho fazendo a parada nos lagos.

No meu ponto de vista o problema é o pinga-pinga: passar uma noite em Split, uma em Pag, uma em Zagreb e depois viajar para Lisboa. O que quero fazer: tiraria Pag do roteiro, ou seja, de Split pegaríamos umas 3h30 de carro até Plitvice, faríamos alguma das trilhas, e no fim da tarde mais 2h de carro até Zagreb, onde passaríamos duas noites e assim conheceríamos a cidade direito e não só dormiríamos por lá.

O ponto de vista delas: o dia de fazer Split-Plitvice-Zagreb seria muito cansativo, pois além de ter que fazer trilhas, seriam pelo menos 5h30-6h dirigindo. Para não ter isso, uma noite em Pag, que é próximo ao parque, uma noite em Zagreb.

Então fica a pergunta: melhor ter esse dia cansativo de trilhas/carro mas ter duas noites em Zagreb ou fazer essas paradas de uma noite em cada cidade para diminuir os trechos? Alguém já fez alguma dessas duas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Vamos pôr sua pergunta no Perguntódromo. Se houver resposta, aparecerá aqui.

Patricia I.
Patricia I.PermalinkResponder

Oi, Camila!
Vamos ver se te ajudo um pouco: na verdade, fiz este roteiro ao inverso, ou seja, saímos de Zagreb, paramos em Plitvice para conhecer os lagos (há varias opções de trilhas, com informação de tempo de duração previsto. Se não me engano, a nossa deve ter levado umas 3 horas), e seguimos no mesmo dia para Split. Mas nós fomos de ônibus. Foi bastante tranquilo e eu recomendo. Assim, vocês teriam um pouco mais de tempo para conhecer Zagreb, uma cidade sem muitos atrativos óbvios, mas que eu gostei muito.
Se o problema for o cansaço por dirigir, então, o ônibus pode ser uma excelente opção (há lockers para deixar a bagagem em Plitvice)! Mas cheque se os horários dos ônibus "casam". De Zagreb-Plitvice-Split, o timing foi perfeito, pois o ônibus saía de Zagreb umas 8am. E pegamos o segundo trecho por volta das 4pm. Mas não sei se existem as mesmas opções de horários no sentido contrario. Verifique em www.autobusni-kolodvor.com. Há versão em inglês. Plitvice=Plitvicka Jezera.
Abs, Patricia.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Obrigada Patrícia! Assim acho que fica tranquilo fazer esse trajeto no mesmo dia. Você ficou quantas noites em Zagreb?

Patricia I.
Patricia I.PermalinkResponder

Oi, Camila!

(desculpa se este comentário aparecer mtas vezes, mas acho que estou com algum problema... Ultima tentativa...)

Respondendo sua pergunta, meus planos iniciais eram ficar duas noites em Zagreb, tendo efetivamente um dia inteiro (cheguei no final da tarde-trem de Budapeste). E até achei que tinha dado para sentir um pouco o clima da cidade, ficando aquele pequeno gosto de "quero mais", sabe? Já era setembro, final do verão, e Zagreb já estava de volta ao ritmo normal, ao que me pareceu (dizem que no auge do verão, de fato, a cidade fica vazia). No final das contas, acabei ficando uma noite e um dia a mais pois sofri um acidente, e precisei de pronto atendimento...
Enfim, como vocês têm poucos dias e será junho, talvez valha mesmo a pena passar mais tempo no litoral e só meio dia em Zagreb...
Hummm, peraí... acabei de rever seu roteiro, e vi que não menciona Dubrovnik como um de seus destinos... Desculpa, acho que vou te criar mais um problema, ao invés de solucionar este(hahaha!): mas vocês PRECISAM ir a Dubrovnik! É tão lindo! Gostei bem mais de lá do que de Split.
Agorinha, está difícil achar um roteiro viável juntando Hvar, Dubrovnik e os lagos em 7 dias, mas se eu tiver alguma idéia, te falo, tá bom? (me metendo um pouquinho mais, duas dúvidas, se ainda quiser algum pitaco, é claro...: por onde vocês vão chegar na Croácia? E a passagem para Portugal, saindo de Zagreb, já está comprada ou vocês considerariam pegar um vôo de Dubrovnik mesmo?)
De qualquer maneira, eu diria que vocês estão com um “problema” maravilhoso, pois a Croácia é linda (o povo também, diga-se de passagem...) e vocês vão amar, independentemente do roteiro! ;o)

Camila
CamilaPermalinkResponder

Nosso plano inicial tinha Dubrovnik, mas pelo tempo que teremos na Croácia, acabamos tendo que escolher uma das cidades pra tirar.. e foi ela! Zagreb teremos que ir pq passamos lá no voo de volta, e não queremos perder Hvar e Split.
Chegaremos por Split (Vueling/Iberia) e de lá direto pra Hvar.
A passagem pra Portugal na verdade faz parte da nossa volta para o Brasil, o voo é Zagreb-Lisboa-Fortaleza, sendo que, como não tinha conexão no mesmo dia, vamos dormir em Lisboa.

Luis Veles
Luis VelesPermalinkResponder

Na rodoviária de Split tem ônibus saindo para Plitvice Lakes. Mais horários em alta temporada e menos na baixa. Sugiro pernoitar lá em pousadas previamente acertadas e próximas aos portões de entrada se você não conseguir sair de Split nas primeiras horas da manhã, o trajeto leva de 4h-5h. De lá, há trem e ônibus para Zagreb, acho que a viagem de trem é mais interessante. Esse roteiro inverso que a Patrícia fez é o mais comum, pois a maioria das pessoas chega por Zagreb e desce ao litoral, além do trajeto ser mais curto Zagreb-Plitvice (2h30). O contrário talvez não dê para fazer no mesmo dia, tudo depende do horário do ônibus na rodoviária. Se tiver dias sobrando também é legal pegar o trem em Split para MOSTAR, na Bósnia (4h) e Sarajevo (+3h), o que para mim foi a cidade mais surpreendente de todas. Boa viagem!

Camila
CamilaPermalinkResponder

Dá um "faniquito" pra conhecer a Bósnia, tão pertinho! Mas falta o tempo! sad

karine
karinePermalinkResponder

Oi Camilla!

Nós também fizemos o inverso, de carro, saímos de Zagreb de tarde, acho que foi depois das 14, chegamos em Plitvice no fim da tarde, mas não dava para entrar no parque, então ficamos numa das pousadas que tem perto do parque (casas transformadas em pousadas simples, mas bastante confortáveis). No outro dia acordamos cedo, fizemos a trilha de 4 horas pelo parque e fomos para Trogir, que é perto de Split. Acho que fazer Split-Plitvice-Zagreb é muito puxado, mas dá saindo bem cedo de Split e chegando tarde em Zagreb.
Na minha opinião, Zagreb merece mais tempo sim, é daquelas cidades que surpreende. Já Split não vale tanto assim. Dubrovnik é linda.

Lu
LuPermalinkResponder

Camila,
Talvez vc possa cortar 1 ou 2 dias de Hvar. É mto legal, mas qdo o tempo é curto, e o lugar é longe, temos q tentar tirar o melhor proveito. Eu fiquei 2 noites em Hvar e 2 em Dubrovnik e achei ótimo. Pag é legal, mas Hvar é mto mais. Dormimos no Pilvitce Park, depois da caminhada de umas 3 hrs q valeu a pena e saímos no dia seguinte cedinho. Split ñ teve a menor graça. Em Zagreb, ficamos 3 noites, mas 2 tá bom. Se puder, faça o tour de bike, c/guia e tudo. É bem legal. Isso dá um total de 7 noites.
Boa sorte!

Michele - PlanejandoaViagem

Oi Camila, concordo com a Patricia que o ônibus é uma boa opção. Fui duas vezes e sempre fiz os trajetos de onibus. Eu não iria até Pag só para dormir, e dormiria em Plitvice somente caso fosse necessário. Pag apesar de próximo é um desvio da sua rota. Na Croácia a principal estrada que costeia o mar é de mão única e tem muitas curvas, o que torna a ultrapassagem chatinha, as vezes o trajeto é pequeno porém demoradinho. Além disso ouvi de uns turistas, quando estava em Zadar, que Pag é muita festa. Eles disseram que era impossível descançar à noite porque o barulho incomodava bastante. É claro que isso depende do que estas buscando. Se queres aproveitar a noitada, Pag pode ser uma opção.
Quanto a Zagreb, ainda não estive porém ouvi dizer que não tem muitos atrativos, é pequena e meio sem graça. Além disso no verão os croatas migram para o litoral. Acho o pinga-pinga bem chato pela perda de tempo porém eu não ficaria duas noites por ali. Tentaria até fazer o contrário, se der é claro, dedicaria mais tempo a Split ou Hvar(na minha opiniao o melhor da Croácia) e tentaria chegar em Zagreb direto para o voo. Abraços

Camila
CamilaPermalinkResponder

Tb considerei essa opção de adicionar uma noite em Split e diminuir uma em Zagreb. Tanta gente fala que é sem graça... mas não consigo acreditar que metade de um dia seja o suficiente! De fato Split no verão deve estar mais interessante que Zagreb.

Luis Veles
Luis VelesPermalinkResponder

Usa esse dia a mais em Split e passa o dia na praia de Zlatni Rat, em Bol, Ilha de Brac, é a melhor praia de toda Croácia, larga no google imagens pra tu veres. Do porto saem ferrys todos os dias de manhã cedo, são meia hora de viagem e depois mais meia hora de taxi comunitário com até 6 pessoas ou van.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Lindíssimo mesmo! Muito boa a dica, ainda não tinha visto essa praia! Acho que Zagreb perdeu seu lugar, coitada.

Marjory
MarjoryPermalinkResponder

Gente, que site FANTÁSTICO! estou passeando há dias nos vários blogs, e não me canso! Parabéns!!!
vou pedir ajuda também: chego em Roma na manhã do 20/abril e saio de Milão na noite do 30/04. pensei no seguinte roteiro (não sei se de carro ao sair de Roma ou trem, de verdade):
20 a 22 - Roma
22 a 23 – Assis e Peruggia (hotel em Assis)
23 a 26 – San Giminiano, Montalcino e Chianti (hotel em SG)
26 a 28 – Florença e Pisa (hotel em Florença)
28 a 29 – Veneza (hospedagem em Mestre)
29 a 30 - Milão (ou onde, já que embarco à noite para SP?)
Só que acho que são muitos hotéis e já não tenho certeza se o melhor é mesmo se arriscar nas rodovias.
Aceito suas valiosas sugestões!
Abraço,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marjory! Socorro, seu roteiro está corridíssimo! Leia:

https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/
https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/

Marjory
MarjoryPermalinkResponder

valeu pelas dicas e links.smile um abraço

Camila
CamilaPermalinkResponder

De trem pela Itália vale muito a pena. Tranquilo, rápido e bons preços.
Tá muito corrido mesmo, como a Bóia disse. O ideal é priorizar as cidades que vc prefere conhecer e "investir" nelas.
Eu colocaria, com o tempo que vc tem, 3-4 noites em Roma, 2-3 em Florença, 3 em Veneza e 1-2 em Milão. Tudo de trem.

Mario Kussama
Mario KussamaPermalinkResponder

Lendo as perguntas acima, gostaria que me orientassem:
Em inicio de abril/13, viajaremos para Japão como turistas, casal e mais 1 de parentes, total de 4. Destino, Osaka via Dubai (pernoitar 2 dias), em Osaka/arredores, 3 dias e depois Tokio/Nikko/Fuji, cerca de 6 dias. O objetivo é assistir o espetáculo das cerejeiras em Tokio e passeio/visitas/shopping (Tokio/Osaka/arredores). Assim planejado, pergunto:
a) que acha do roteiro; b)em cada base Osaka e Tokio, o que é essencial não deixar de visitar; c) O JR Pass de 7 dias que pretendo comprar como terá o seu custo-beneficio (por ser de 7 dias) ou seja onde devo ativar o inicio da contagem do mesmo. Por sermos viajantes de 1ªviagem, nos orientem por favor.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mario! Não fique em Osaka: vá do aeroporto direto a Kyoto, fique esses três dias lá. De Kyoto você pode ir a Nara. Depois que chegar a Tóquio, vá a Nikko antes que acabe a validade do seu Rail Pass. Ele vai se pagar, sim. Use desde o primeiro dia, entre o aeroporto e Kyoto.

Lana oliveira
Lana oliveiraPermalinkResponder

Boa tarde Bóia ! Vou fazer minha primeira viagem á Europa e farei o seguinte trecho: Londres 4 dias seguindo de trem ou avião / Paris 06 dias , e deveria seguir para Amsterdã onde ficaria 05 dias pra logo retornar ao Brasil. Minha duvida é invés de ficar 05. dias em Amsterdã poderia usar 03 dias pra conhecer outros lugares,sendo assim quais seriam viáveis ?????

--AL
--ALPermalinkResponder

Vá para Amsterdam, não é preciso acrescentar mais destinos à essa viagem.

Rita
RitaPermalinkResponder

Concordo com o AL quanto a não incluir mais destinos.
Mas eu tiraria um ou dois dias de Amsterdam para ficar mais tempo em Londres.

Susana
SusanaPermalinkResponder

Ótimo post! Tenho algumas dúvidas e caso possam me ajudar a decidir... Estamos indo para Europa em julho, chegando por Portugal (Lisboa) e voltando por Zurique (Ainda não está fechado). Pretendemos ficar 5 dias em Lisboa, 4 dias em Roma, 5 dias em Florença, Lugano ou Locarno (3 dias) e dois dias em Zurique, minha maior dúvida no momento é se vale a pena fazer bate-volta a Veneza a partir de Florença? Já verifiquei que são duas horas de trem, mas o último trem de Veneza p/ Florença parte às 19:25, o que considero cedo tendo em vista que estaremos em pleno verão, etc..., como pretendemos também fazer passeios de trem pela Suíça, não queremos descartar a volta por Zurique, help us please! smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Susana! Recomendamos pelo menos duas noites em Veneza. Os horários de todos os trens só aparecem 60 dias antes da data.

Leia sobre Suíça:
https://www.viajenaviagem.com/category/suica

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Boa tarde.
Vou chegar 19mar em Roma e Retorno no voô de londres dia 27mar as 17h.

Além de Roma, quais cidades vc sugere visitar nesse período?
Já li seu blog, mas ainda estou em dúvida.
Obrigado.
Fernando.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Ola,
estou planejando minha primeira viagem pra europa.
o roteiro é o seguinte:
Amsterdam (3 dias completos)
AMS-Praga (4 dias completos)
Praga-Berlim (3 dias completos)
Berlim-Paris (7 dias completos)

Vc acha que esse roteiro ta bom? tava pensando em adicionar 3 dias em Londres. Sera que vale a pena?

obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! O ideal seria ter pelo menos mais um dia inteiro em Berlim. Para Londres e Paris são recomendáveis 6 ou 7 dias inteiros.

https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Marianne
MariannePermalinkResponder

Olá, Ricardo.

Vou viajar para Portugal em maio (17/05 a 06/06) com duas amigas. Chegaremos por Porto e voltaremos por Faro, descendo o país de carro. Vc tem alguma sugestão de bases para ficarmos nesse período? Gostaria de aproveitar a proximidade do sul da Espanha e conhecer Sevilha antes de ir embora; é viável? Outra pergunta: compensa alugar apto ou melhor mesmo hotel ou hostel?
Muito obrigada!
Marianne

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marianne! Alugue apartamentos em lugares em que você ficar pelo menos uma semana.

Leia o que temos sobre Portugal neste link:
https://www.viajenaviagem.com/category/portugal

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Ricardo,

Quero montar meu 1o roteiro para ir à Europa em abril/maio de 2014. A ideia principal seria chegar até a República Tcheca, parando nos países mais interessantes na volta, até Portugal, retornando de lá ao Rio.
Seria loucura fazer o percurso de trem? E quantos países conseguiria fazer levando em conta que eu teria 1 mês para a viagem? A ideia seria ficar pelo menos 3 dias em cada, com mais tempo para Portugal e arredores.

Grande abraço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Sim, é loucura.

Comece seu planejamento aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Nessa
NessaPermalinkResponder

Olá bóia,Ricardo,
Mais uma vez recorra a vcs.
Eu e o marido pretendemos fazer uma viagem em maio.Pensamos em 15 a 17 dias.
Estamos com uma filha estudando em granada que ira juntar-se a nos.
Já conhecemos Granada,Barcelona,Madri e Marbella.Ainda nao conhecemos Sevilha.
Gostaríamos de ir ao Sul da franca ,e se for viável marcar a nossa chegada ou partida por Paris(matar a saudade,2dias.
Qual seria a sua sugestão de roteiro ,meio de locomoção e cidades base.
Aquário ansiosamente o seu help.
Um abraço

Conceição Simões Maia

Olá! Adorei esse site. Parabéns! Quero ir a Europa com meu marido e minha filha de 7 anos. Pretendo ficar 20 dias viajando fora a ida e volta. Quero conhecer Portugal (Lisboa, Coimbra, Porto e Braga); Itália (Veneza, Florença e Roma); França (Paris). Penso 4 dias em Paris, 4 dias em Lisboa e 4 dias em Roma. Nas demais cidades quantos dias é necessário ficar? É melhor ir de trem de Florença para Roma ou de avião? Por favor, você pode responder para meu email?

Conceição Simões Maia

Ah!Esqueci de perguntar, fazer Lisboa/Veneza e depois ir para Paris ou é melhor ir logo para Paris e depois Veneza/Florença/Roma? Grata

Naiara
NaiaraPermalinkResponder

Bóia!!!!

Vou p/ Italia no dia 07/05 e volto 21/05 e cometi o erro gravíssimo de comprar a ida e a volta por Milão...

Pensei em:

3 dias em Veneza;
4 dias em Roma;
4 dias em Florença;
1 bate-volta em Pisa.

Ficou prático? Vale a pena diminuir algum dia e acrescentar Milão ou outro bate-volta?

Abraço (o site é sensacional)

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Naiara! Não é tão grave. Tanto Veneza quanto Florença estão relativamente próximas de Milão.

O problema está no fato de você não ficar em Milão nem na ida nem na volta; coordenar os horários do trem com o do avião, sobretudo na chegada, é que são elas.

Maria Olimpia
Maria OlimpiaPermalinkResponder

Definitivamente...... nunca arrumo malas e parto em viagens (que na altura da minha vida, graças a Deus, tem sido uma constante) sem dar uma espiada no seu site!!!!! Ajuda a beça, sempre!!!!!

Naiara
NaiaraPermalinkResponder

Pois é... a chegada sempre é mais complicada... a previsão de chegada do vôo é as 15h00... acho que vai ficar muito corrido e corro o risco de perder o check-in em Veneza...
Acho que vou ficar a primeira noite em Milão...
Mais uma coisinha: de Veneza a Roma vou de trem ou avião?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Naiara! De Veneza a Roma, vá de trem.

Naiara
NaiaraPermalinkResponder

Eu de novo!!!

Essa tarde e noite que ficarei em Milão dá pra ver bastente coisa ou mais um dia é recomendável????

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Naiara!

Leia sobre Milão:
https://www.viajenaviagem.com/category/milao

Lilian
LilianPermalinkResponder

Olá adorei seu site.
Estou um pouco perdida na formulção da minha viagem. Vamos em 3 famílias com 6 crianças (12 a 16 anos). Nunca estivemos na Europa!
e vamos no inverno . Pretendemos ir a Hamburgo (familia)e aí vão muitas vontades... Berlim, Paris, Italia, Portugal (familia), espanha e se der Praga. Vamos ficar 22 dias ... não sei qual lugar sacrificar e que itinerário seguir. É duro ser marinheiro de primeira viagem. Você teria alguma sugestão ???!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lilian!

Infelizmente não temos como fazer roteiros individuais.

Comece seu planejamento por este post:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Entenda que é impossível fazer a Europa inteira de carro em 22 dias.

Ce
CePermalinkResponder

Oi! Muito bom o site!!! Bom, vou ficar um mês e meio na Europa e meu roteiro é: chego em Barcelona (3 dias, já conheço a cidade), Nice/Cannes (4 dias), Paris (7), Londres (5),Bruxelas e Amsterdan (3 cada), Milão (7), Atenas e ilhas (4), Berlim (4), Praga (3), Viena (3), Budapeste (3) e Barcelona de volta dois dias antes da volta ao Brasil. Os números são aproximados e nessa ordem (devido às datas onde tenho lugar pra ficar). Sendo que a maioria dos trechos, em trem, com exceção de Barcelona-Nice, Milão-Atenas, Atenas-Berlim e Budapeste-Barcelona. Gostaria de saber:
1- A ordem e os números estão bons?
2- O meio de transporte escolhido para cada trecho está adequado?
3- Estou tentando comprar os bilhetes de trem, porém na SNFC diz que vc deve apresentar o cartão usado na compra, na hora da retirada do bilhete, isso é assim mesmo? Pq, como não tenho cartão de crédito, usaria um emprestado e não o teria na hora da retirada.
Muito obrigada, depois compartilho minha experiência e aprendizados.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ce! O esquema da SNCF é esse mesmo, a não ser que você consiga uma tarifa ou trecho com e-billet (e-ticket).

Você deveria voar ou ir de trem de Nice a Milão (sete dias em Milão?), daí a Atenas (só 4 dias para "Atenas e ilhas"?), então voar a Budapeste, indo a Viena, Praga, Berlim e Amsterdã de trem.

Três dias para Bruxelas x 4 dias para Atenas + ilhas não faz sentido.

O ideal teria sido comprar a passagem com volta desde o último destino, para não precisar voltar a Barcelona.

Vai ser uma viagem bastante cara por causa desses deslocamentos todos.

É ilusão achar que uma viagem vai matar a Europa inteira; ninguém consegue absorver as diferenças entre tantas culturas diferentes numa viagem só. Você arrisca voltar com um borrão como memória.

Melhor concentrar em menos lugares e aproveitar melhor o seu tempo e o seu dinheiro, gastando menos em deslocamentos caros e que tomam um tempo precioso.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Ce
CePermalinkResponder

Oi! Obrigada! Então, Milão será minha base na Itália porque tenho lugar pra ficar (preciso economizar ao máximo, já que...), de lá, pretendo ver Veneza e, se tiver mais alguma sugestão, sem grandes gastos, agradeço.
Devo ficar um dia só em Bruxelas, então? E acrescentar 2 pra Grécia? Ou desencanar mesmo de Bruxelas?
Em Barcelona, como fico em casa de amigos, achei que compensava comprar ida e volta lá, pela mala (deixarei uma grande lá, pra trazer algumas coisas de Barcelona mesmo e um pouco mais de outros lugares), já que os trechos internos é mais limitado, e por ter um porto seguro caso aconteça algo.
Preciso estar em datas específicas em Milão, por tb se tratar de casa de amigo, assim como Paris e Londres. Então, teria que ser Barcelona-Nice-Paris-Londres, o restante, é flexível. Muda sua sugestão?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ce! Não se vai a Veneza desde Milão no mesmo dia. É muito difícil para alguém de fora mexer no seu roteiro; seria apenas remendar uma roupa com molde malfeito. Nossa recomendação é que você leia o post que recomendamos e corte metade dos países previstos.

Ce
CePermalinkResponder

Ok, desculpe, estou um pouco perdida mesmo, mas, sim, já li muitos posts, acho que quase tudo, rs... e continuarei lendo!
Só mais duas perguntinhas, então:
1- Visto que não posso comprar as passagens de trem daqui do Brasil, comprando de lá, pelo site mesmo, na sua experiência, o preço é muito diferente? (Tenho a impressão que não, já que, quando mexo nas datas, colocando pra semana seguinte à busca, por ex., encontro tanto passagens mais caras (mas, da mesma forma que daqui um mês ou dois) quanto baratas (da mesma forma que daqui um m~es ou dois tb).
2- Como meu último destino será no leste europeu, é possível voltar via trem para Espanha? (Seria interessante, pela menor limitação de malas).
Bom, obrigada pela atenção e espero poder trocar alguma coisa também.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ce!

Por favor. Serião. LEIA O POST QUE INDICAMOS. Ali você vai ver os posts sobre trens e sobre tudo o mais. Obrigada.

Franco Luigi Mendes

Bóia,

Mais uma vez parabéns pelo site!

Em Agosto vou sair de Barcelona e ir de carro até Firenze. Nossa ideia é conhecer a costa mediterrânea da Espanha, Franca e Italia entre Barcelona e Firenze e as cidades menores, não só as mais fomosas.

Para reduzir os custos com aluguel de carro vamos retirar em Barcelona e devolver em Barcelona - planejamos ficar viajando por 15 - 20 dias.

Você poderia me dar dicas de base entre Barcelona e Florença? Minha idéia era ter cerca de 3 ou 4 bases. Lembrando que vamos voltar de Firenze para Barcelona dirigindo, então podemos intercalar as bases na volta, ou voltar "por dentro do continente" para economizar tempo.

Agradeço caso possa sugerir algumas bases e comentar se 15 - 20 dias é adequado para este roteiro.

Caso não possa responder, coloca a pergunta no perguntodromo, por favor?

Forte abraço,
Franco.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Franco! É bastante chão. No seu percurso daria fácil para montar três ou quatro viagens de 20 dias como a que você quer fazer. Você vai passar correndo pela Costa Brava, pelo Languedoc, pela Provence, pela Côte d'Azur, pela Ligúria e pela Toscana. São 6 regiões, tendo que ir e voltar. Escolha as quatro regiões que mais lhe interessam. O ideal seria dispor de 5 a 10 dias para cada.

Bruna Ansia
Bruna AnsiaPermalinkResponder

Olá Bóia ,
estou planejando minha viagem com amigas em janeiro de 2014 fazendo o seguinte:
Madrid -15 a 19 JAN
Barcelona-19 a 22 JAN
Paris- 22 a 27 JAN
Londres- 27 a 01 FEV
??????? - 01 a 09 FEV
Bruxelas - 09 a 12 FEV
Amsterdã -12 a 15 FEV
Berlim-15 a 18 FEV
Munique-18 a 20 FEV
Zurique -20 a 23 FEV
Genebra 23 a 25 FEV

Perguntas:
Acho que dividi bem os dias em cada cidade?
O que você me sugere conhecer de 01 a 09 FEV pois 02 amigas estarão fazendo um curso em Londres?
Minhas amigas retornam de Amsterdã e eu estaria estendendo para Alemanha e Suíça , o que você acha?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar